• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Oriente Medio
 

Oriente Medio

on

  • 2,197 views

O conflito de Medio Oriente

O conflito de Medio Oriente

Statistics

Views

Total Views
2,197
Views on SlideShare
2,172
Embed Views
25

Actions

Likes
0
Downloads
95
Comments
1

4 Embeds 25

http://www.blogoteca.com 10
http://torah.foroportal.es 6
http://www.torah.foroportal.es 6
http://www.slideshare.net 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • parabéns amigo, vou divulgar seu slide aosmeus amigos pela internet. obrigado pelos esclarecimentos, será de grande utilidade.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Oriente Medio Oriente Medio Presentation Transcript

    • Análise do Oriente Médio As recentes ações militares de Israel
    • Recentemente, Israel lançou uma ampla ofensiva em diversas cidades palestinas.
      • Mais de 10 cidades ocupadas
      • Cerca de 2.000 prisioneiros
      • Milhares de armas apreendidas
      Fonte: www.cnn.com
    • Alguns grupos têm afirmado que a ação israelense é injustificada e ilegal. Principais Afirmações 2) Os palestinos não têm outra alternativa para defender sua causa a não ser o terrorismo 3) O lider palestino Yasser Arafat não é responsável pelos atentados terroristas 1) Israel está cometendo um genocídio contra o povo palestino
    • Vamos analisar cada uma destas afirmações
    • Afirmação 1: Israel está cometendo um genocídio contra o povo palestino.
      • O que é genocídio?
      “ Extermínio deliberado, parcial ou total, de uma comunidade, grupo étnico, racial ou religioso” (fonte: Houaiss)
    • Vejamos se o que Israel está fazendo é realmente um genocídio.
      • a ) Israel tem um dos melhores exércitos do mundo, 3.900 tanques, 440 aviões de combate e 534.000 soldados
      b ) Nestes 1 8 meses de Intifada, morreram cerca de 1.200 palestinos e 300 i sraelenses. São cerca de 2 palestinos por dia (até 7/abril/02 fonte: www.time.com ) Quantas pessoas teriam morrido se o governo de Israel realmente desse ordens para o exército atirar? Pergunta: se Israel quisesse realmente exterminar o povo palestino, qual seria o número de mortes diárias causadas? Fonte: www.bbc.com
    • Vamos comparar alguns eventos históricos com a atual intifada. Número de Mortos Intifada 1.200 Nota: as áreas dos quadrados acima são proporcionais ao número de mortos em cada evento. (até 7/abril/02 fonte: www.time.com ) Holocausto 6.000.000
    • Quais são as proporções? 6.000.000 --------------- 18.000.000 1.200 --------------- 3.000.000 Fontes: MEMRI Institute, www.bbc.com
    • É possível que ocorram abusos por parte do exército de Israel. Estes devem ser investigados e punidos. No entanto, comparar as recentes ações militares a um genocídio é tão absurdo como afirmar que todo árabe é terrorista.
    • Afirmação 2: o s palestinos não têm outra alternativa para defender sua causa a não ser o terrorismo . Eu estou fazendo isso para protestar contra a ocupação
    • Só se consegue concessões de Israel através do terror? Territórios entregues voluntariamente ao Egito em troca da paz. Paz com o Egito (1979) Paz com a Jordânia (1994)
    • Recordemos o que ocorreu em Camp David e Taba. Nas negociações de Camp David, 2000, e Taba, 2001, o governo Barak ofereceu as maiores concessões aos palestinos da história do Oriente Médio Possivelmente não, mas era muito próxima das exigências palestinas e foi uma tentativa genuina de se resolver o conflito. Os palestinos podiam ter continuado nas negociações e conseguido pelo diálogo o que eles não estão conseguindo agora pelo terror. A oferta israelense era perfeita? Oferta Israelense Exigência Palestina Questões 97% da Cisjordânia e Gaza + 3% de terras em Israel 100% da Cisjordânia e Gaza Territórios Jerusalém Oriental Palestina Jerusalém Oriental Palestina Jerusalém 4 opções de cidadania aos refugiados. Número limitado irá para Israel Todos os refugiados poderão se tornar cidadãos de Israel Refugiados Fontes: MEMRI Institute, www.haaretzdaily.com , Palestinian Media Watch
    • E qual foi a resposta palestina a Camp David? Ao invés de permanecer nas negociações, a Autoridade Palestina lançou mão de uma revolta popular sanguenta e de uma onda de atentados contra Israel.
    • O terrorismo é a resposta legítima para a estagnação política das negociações? Fontes: Peace Watch, News Report Acordos de Oslo e Governo Rabin Uma das mais mortíferas ondas de atentados ocorreu durante o período de maior avanço nas negociações
    • O terror é injustificável Terrorismo não é alternativa à negociação Assim como Egito e Jordânia negociaram com Israel e hoje estão em paz, os palestinos podiam ter escolhido a via diplomática
    • Afirmação 3: Arafat não é responsável pelos atentados terroristas. Não estou conseguindo alcançar
    • O que Arafat diz? Em árabe, 3 dias antes: Em inglês: “ Eu condeno os atentados contra civis israelenses " (New York Times, 03/02/2002 ) “ O movimento Fatah orgulhosamente glorifica a sua heroina mártir, do campo Alamari, a mártir Wafa Idris” (sobre a mulher-bomba, Ramalah, 31/01/2002) Fontes: www.imra.org , www.nyt.com “ E stou pronto a sacrificar 70 mártires para matar um israelense " (Na r ádio oficial palestina 18 dezembro 2001)
    • O que Arafat faz? Carta do grupo Brigadas de Mártires Al Aqsa para a Autoridade Palestina: O ministro das finanças de Arafat assinou este documento, financiando diretamente um grupo terrorista. Consequência…. Fontes: www.imra.org , www.cnn.com "5) (…) Nós precisamos de uma média semanal de 5 a 9 cargas explosivas para esquadrões em diversas áreas ”
    • Os obstáculos à paz Os atentados suicidas vão continuar até Israel acabar com a ocupação… Da Cisjordânia e Gaza? … de Israel. Hamas Hamas
    • Nos últimos anos, a população palestina tem sofrido uma verdadeira lavagem cerebral de ódio a Israel. Página 64 do livro oficial de 5a. série da Autoridade Palestina: “não existe Israel” “ A luta continuará até que toda a Palestina seja liberada " ( Yasser Arafat , Rádio Voz da Palestina, 11 /11/1995 ) Educação dos jovens
    • Em muitos casos, não se trata de construir a Palestina e sim de destruir Israel. Faixa comemorativa do atentado da pizzaria Sbarro Pintura palestina glorificando os atentados Crianças são educadas para odiar: que futuro está sendo construído?
    • Enquanto a educação para a paz não prevalecer, o banho de sangue no Oriente Médio continuará.
    • Somente o diálogo e respeito pelos direitos dos dois povos, judeu e palestino, poderão trazer a paz.
    • Compartilhe as suas opiniões conosco no e-mail MidEast [email_address]
      • No entanto, as recentes operações militares são legítima defesa contra uma onda de atentados que vêm ceifando centenas de vidas.
      • Assim como qualquer democracia, Israel também erra. É totalmente válido criticar o governo e questionar as suas ações.
      Considerações finais.
      • Qualquer governo do mundo tem o direito de defender os seus cidadãos.
      Apresentação preparada por um grupo de jovens brasileiros que acreditam na paz.
      • Cabe agora aos palestinos renunciar definitivamente ao terror e a Israel apoiar qualquer iniciativa que leve ao fim deste terrível conflito.
      Nani