Mesa redonda - formação e consolidação de Leitores
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Mesa redonda - formação e consolidação de Leitores

on

  • 997 views

Mesa redonda - formação e consolidação de Leitores

Mesa redonda - formação e consolidação de Leitores
Carlos Pinheiro
Encontro(s) em Tondela

Statistics

Views

Total Views
997
Views on SlideShare
963
Embed Views
34

Actions

Likes
1
Downloads
10
Comments
0

3 Embeds 34

http://bibliotecadesafiosdasociedadeactual.blogspot.pt 19
http://bibliotecadesafiosdasociedadeactual.blogspot.com 14
url_unknown 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Mesa redonda - formação e consolidação de Leitores Presentation Transcript

  • 1. Imagem: http://www.flickr.com/photos/umpcportal/4581962986/sizes/l/in/photostream
  • 2. “Quando lia, os seus olhos percorriam as páginas e o seu coração entendia a mensagem, mas a sua voz e a sua língua permaneciam quietas.” Sto. Agostinho de Hipona (séc. V), quando visita em Milão o já famoso bispo Sto. Ambrósio.
  • 3. 315 vezes mais informação que grãos de areia
  • 4. ◦6,91 docs. impressos ◦0,26 docs. digitais (25 documentos impressos para cada documento digital)Base de dados RBE 2009/2010 disponível em http://w3.gepe.min-edu.pt/rbe
  • 5. 1971 – Projecto GutenbergMichael Hart, da Universidade deIllinois, disponibiliza umabiblioteca gratuita de livrosdigitais com uma colecção demais de dois mil exemplaresentre os quais se encontra umgrande número de obrasclássicas.
  • 6. 2007 – Amazon lança o Kindle 6 polegadas 4 níveis de cinzento Memória interna de 250 MB Acesso à Amazon
  • 7. 2010 – iPad2010 – iPad
  • 8. Vantagens – Leitores Facilidade de acesso através da Internet: em qualquer momento, em qualquer lugar do mundo. Podem ler-se em dispositivos portáteis (portabilidade semelhante à dos livros). Facilidade de armazenamento (ocupam pouco espaço nas memórias dos dispositivos de leitura). O preço mais baixo que os livros impressos. Diversidade de títulos disponíveis gratuitamente na Internet, especialmente obras clássicas.
  • 9. Vantagens – Leitores Não ocupam espaço nem se deterioram com o tempo. Facilidade de conversão em áudio (importante para as pessoas cegas ou com graves problemas de visão). Várias funções além das literárias: formação profissional, rapidez na divulgação do conhecimento científico, partilha da informação facilitada, distribuição de múltiplas cópias.
  • 10. Vantagens – Leitores Opção ecológica: Livros vendidos pela Amazon e iTunes em 2010 Capazes de absorver 32 t de CO2
  • 11. Vantagens – Autores Distribuição da obra a nível mundial. Possibilidade de maior remuneração de direitos de autor. Facilidade de publicação a quem não tem acesso aos circuitos formais de edição. Custos de publicação mais baixos.
  • 12. Vantagens – Edição Distribuição das obras e dos autores a nível mundial e em qualquer local, sem custos acrescidos. Redução de custos: papel, impressão, armazenamento, transporte, distribuição, intermediários… Edição à medida do mercado. Protecção ambiental: menos papel, menos energia, menos poluição associada ao processo de impressão.
  • 13. Vantagens – LeituraNovas formas de leituraHipertextualidadeMultimodalLeituras multilineares
  • 14. Desvantagens Preservação; Custos (dos ebooks e dos e-readers); Pirataria; Menor variedade de títulos que a versão impressa; Fosso digital…
  • 15. Mercado de ebooks2010 crescimento de mais de 200% (+90 milhões de unidades pagas). ◦ Estados Unidos – 80% ◦ Europa Ocidental – 10% ◦ Resto do mundo – 10%Sectores de maior crescimento: livros para crianças e jovens adultos.Tendência para este ano: Banda desenhada
  • 16. Mercado de ebooks2010 Por cada 100 livros em papel (paperback) a Amazon, a maior livraria on-line, vendeu 115 ebooks e vendeu três vezes mais ebooks do que edições hardcover(Não são contabilizados os livros gratuitos). Pela primeira vez na história, leitura de notícias na web ultrapassa o papel.
  • 17. Ebooks e hábitos de leitura Estudo realizado junto de 1200 proprietários de e-readers 40% lê mais do antes, 58% lê o mesmo, 2% lê menos que antesFowler, Geoffrey. “The ABCs of E-Reading New Devices Are Changing Habits”.http://online.wsj.com/article/SB10001424052748703846604575448093175758872.htmlWall Street Journal, August 2010.
  • 18. Ebooks e hábitos de leitura Sondagem do sítio Ler ebookshttp://lerebooks.wordpress.com/2011/02/21/impacto-dos-ebooks-nos-habitos-de-leitura
  • 19. Ebooks e hábitos de leitura Amazon – clientes compram 3,3 vezes mais livros depois de comprar um Kindlehttp://lerebooks.wordpress.com/2011/02/21/impacto-dos-ebooks-nos-habitos-de-leitura
  • 20. Ebooks e hábitos de leitura Estudo* da iModerate Research Technologies e da Brock Associates 66% dos proprietários de MFD aumentaram os seus hábitos de leitura. 46% sentiram-se inspirados para ler mais livros impressos.Realizado junto de 300 possuidores de MFD – multifunction devices, como, por exemplo, iPhone,iPad, Blackberry, dispositivos Android, etc.), apresentado na Digital Book World 2011 em NovaIorque
  • 21. Ebooks e hábitos de leitura Três principais razões pelas quais os utilizadores de MFD preferem ler no seu dispositivo em vez da versão impressa:  maior conforto (80%)  facilidade na aquisição de ebooks (61%)  ecrã retro-iluminado (41%)Estudo da iModerate Research Technologies e da Brock Associates
  • 22. Ebooks e hábitos de leitura Três ocasiões de leitura mais comuns nos MDF: ◦ em viagem (72%) ◦ quando se está à espera (72%) ◦ momentos de descanso (70%).Estudo da iModerate Research Technologies e da Brock Associates
  • 23. Ebooks e hábitos de leituraImpacto nos horários de leituraConcorrência com prime time televisivo
  • 24. Ebooks e hábitos de leitura Redescoberta dos clássicoshttp://www.nytimes.com/2011/02/05/books/05ebooks.html?_r=2
  • 25. Novas formas de leitura – livros na nuvem Leitura em streaming ou cloud reading O livro deixa de ser um produto e passa a ser um serviço. O utilizador compra o acesso ao serviço (através de uma assinatura, por ex.) para poder ler, online (através do ecrã do computador, do e-reader, do tablet ou do smartphone), a obra ou obras desejadas.
  • 26. Novas formas de leitura – livros na nuvem http://www.musaalas9.com
  • 27. Novas formas de leitura – livros na nuvem http://www.amphibiaeditorial.comLivros na nuvem com opção de compra
  • 28. Novas formas de leitura – leitura socialExtensão para browsers Firefox e Chrome – Google Books
  • 29. Novas formas de leitura – leitura socialCopia partilhar notas, sugestões de leitura grupos de discussão http://www.thecopia.com online
  • 30. Novos conceitos – Vookhttp://vook.comCruzamento de livros com conteúdos multimédia (vídeos, Internet…)http://vook.com/what-is-a-vook.html
  • 31. Novos conceitos – Byookhttp://www.byook.comSemelhante ao Vook, mas com animação deliberadamenteanacrónica, feita à base de recortes em papel.http://www.youtube.com/watch?v=s33cJ9eaVAg
  • 32. Novos conceitos – Livro interactivo O livro como apphttp://www.youtube.com/watch?v=1GVPOCCnAfc
  • 33. Tendências Narrativas mais curtas: Kindle Singles: textos entre 10 000 e 30 000 palavras, o que numa versão impressa corresponderia a cerca de 30 a 90 páginas. Textual Mix: Ex. http://www.bookriff.com Aparecimento de novos conceitos de livro (formatos híbridos, realidade virtual, realidade aumentada, gesture based computing) Empréstimo
  • 34. Tendências Revolução nos e-readers - mais finos (ecrã flexível), mais ecológicos (menor consumo de energia) e com melhor resolução que os suportes físicos Persistência do formato impresso
  • 35. “Quando se proclamou que a Biblioteca abarcava todos oslivros, a primeira impressão foi de extravagante felicidade.Todos os homens se sentiram senhores de um tesouro intactoe secreto.” Jorge Luis Borges, A Biblioteca de Babel.