Produção textual e metáforagramatical no Ensino Médio     Adriana Nogueira Accioly Nóbrega (PUC-Rio)     Ana Elisa Pioni B...
Objetivos (1):Projeto de Pesquisa  “Escrita e inclusão social: análise de corpus e a metáfora gramatical no Ensino Médio” ...
Objetivos (2):Produção textual e metáfora gramatical no Ensino Médio    Identificar e quantificar o uso de metáforas grama...
Produção textual:Ensino Médio  Escrita oralizada   • Períodos longos   • Ortografia fonética   • Falta de pontuação / pont...
Motivação Língua Portuguesa Brasileira geralmente vista como língua estrangeira; Um dos problemas para a construção de tex...
Perguntas Os alunos do Ensino Médio de escolas públicas usam a metafóra gramatical em seus textos? A produção textual dess...
Metáfora gramatical Realização gramatical de significados:  • forma mais congruente (mais esperada)  • forma mais metafóri...
Nominalização Forma predominante da metáfora gramatical; Uso de uma forma nominal como expressão do significado de um dete...
Metodologia (1) Participantes:  • Alunos da 3a. série do Ensino Médio - Escola Pública -,    com idade entre 14-18 anos (N...
Metodologia (2) Coleta de dados:  • Questionário sobre as variáveis socioeducacionais dos    alunos  • Proposta de redação...
Questionário:Variáveis socioeducacionais Objetivo:     • Perfil social dos alunos     • Informações sobre hábitos de leitu...
Faixa etária dos participantes
Hábito de leitura dos participantes (1)
Hábito de leitura dos participantes (2)
Hábito de leitura dos participantes (3)
Hábito de leitura: familiares
Análise:Produção textual• Textos analisados manualmente e com ajuda de ferramentas  computacionais (Wordsmith Tools)• Nomi...
Proposta Escreva um texto argumentativo, com cerca de 25 linhas, em que você apresente o seu ponto de vista sobre a qualid...
Resultados:Médias de frequência de nominalizações                -cia     -cias     -ção     -ções    -dor     -dores    -...
Resultados:Comparação com provas de Vestibular   Três universidades (CORPOBRAS PUC-Rio *) (N=75):    • Duas públicas    • ...
Universidade   Ensino Médio
Análise:Considerações  Textos de alunos do Ensino Médio apresentam uso de  nominalizações menor do que os de candidatos à ...
Discussão   A produção textual de alunos de Ensino Médio apresenta-se inadequada   para o seu nível:    • Expectativa não ...
Implicações• Conscientizar professores sobre a necessidade do ensino da  metáfora gramatical;• Possibilitar aos alunos do ...
ReferênciasBASÍLIO, M. M. P. ( 2007). Teoria Lexical. 8th. ed. São Paulo: Atica.CASTRO, L. A. (2009). Escrita e letramento...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Produção Textual e Metáfora Gramatical no Ensino Médio

1,367 views
1,208 views

Published on

Apresentação realizada no VI ALSFAL - Fortaleza, 2010.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,367
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Produção Textual e Metáfora Gramatical no Ensino Médio

  1. 1. Produção textual e metáforagramatical no Ensino Médio Adriana Nogueira Accioly Nóbrega (PUC-Rio) Ana Elisa Pioni Besserman Vianna (PUC-Rio)
  2. 2. Objetivos (1):Projeto de Pesquisa “Escrita e inclusão social: análise de corpus e a metáfora gramatical no Ensino Médio” (Edital FAPERJ Nº26/2008), desenvolvido em escolas públicas e particulares do Rio de Janeiro. Objetivos do Projeto: Analisar a produção textual de alunos de Ensino Médio de diferentes contextos socioculturais; Analisar a transformação de ideias concretas em mais abstratas, estratégia essencial para o domínio de diversos gêneros discursivos (metáfora gramatical); Investigar a relação entre escrita e inclusão social em escolas do Rio de Janeiro.
  3. 3. Objetivos (2):Produção textual e metáfora gramatical no Ensino Médio Identificar e quantificar o uso de metáforas gramaticais em textos argumentativos; Analisar traços linguísticos que caracterizam a metáfora gramatical e calcular as frequências de uso de processos verbais e nominalizações; (Simon-Vandenbergen et al, 2003; Biber, 1988) Observar as variáveis socioeducacionais dos alunos; Relacionar o uso da linguagem metafórica na escrita com as características socioeducacionais dos alunos; Comparar o uso da metáfora gramatical na produção textual do Ensino Médio com a de provas de Vestibular. (Halliday, 1994, Schleppegrell, 2004; Christie, 2006)
  4. 4. Produção textual:Ensino Médio Escrita oralizada • Períodos longos • Ortografia fonética • Falta de pontuação / pontuação incorreta Dificuldade no entendimento de comandos e instruções Uso limitado de variáveis gramaticais
  5. 5. Motivação Língua Portuguesa Brasileira geralmente vista como língua estrangeira; Um dos problemas para a construção de textos por alunos do Ensino Médio pode ser a falta de domínio da metáfora gramatical; (Martin, 1993; Christie, 2006; Oliveira, 2006) A dificuldade de produzir / entender textos em diferentes disciplinas pode estar associada à falta de domínio da metáfora gramatical, ou seja, construções que resultem de transformações de idéias mais concretas em mais abstratas, i.e, nominalizações em lugar de processos verbais. (Martin, 1993; Christie, 2006; Oliveira, 2006, Halliday, 1994; Heyvaert, 2003)
  6. 6. Perguntas Os alunos do Ensino Médio de escolas públicas usam a metafóra gramatical em seus textos? A produção textual desses alunos está de acordo com o esperado para o nível do Ensino Médio? O uso da metáfora gramatical varia na produção textual do Ensino Médio e na de exames de Vestibular?
  7. 7. Metáfora gramatical Realização gramatical de significados: • forma mais congruente (mais esperada) • forma mais metafórica (menos óbvia) Metáfora gramatical: • ideacional • interpessoal
  8. 8. Nominalização Forma predominante da metáfora gramatical; Uso de uma forma nominal como expressão do significado de um determinado processo; Diferentes funções: • Criação de linguagem técnica • Criação de experiências “não negociáveis" • Significado “empacotado” • Desenvolvimento argumentativo
  9. 9. Metodologia (1) Participantes: • Alunos da 3a. série do Ensino Médio - Escola Pública -, com idade entre 14-18 anos (N=98) Corpus: • Textos argumentativos coletados em duas escolas públicas e uma federal Tópico de acordo com: – Idade dos alunos – Contexto socioeducacional das escolas
  10. 10. Metodologia (2) Coleta de dados: • Questionário sobre as variáveis socioeducacionais dos alunos • Proposta de redação Amostras: • Redações (250 palavras) sobre a qualidade de vida na cidade do Rio de Janeiro (N=92) • Questionário sobre os hábitos de leitura e escrita (N=98)
  11. 11. Questionário:Variáveis socioeducacionais Objetivo: • Perfil social dos alunos • Informações sobre hábitos de leitura e escrita: – Leitura obrigatória x espontânea – Hábitos de leitura dos alunos – Hábitos de leitura de familiares
  12. 12. Faixa etária dos participantes
  13. 13. Hábito de leitura dos participantes (1)
  14. 14. Hábito de leitura dos participantes (2)
  15. 15. Hábito de leitura dos participantes (3)
  16. 16. Hábito de leitura: familiares
  17. 17. Análise:Produção textual• Textos analisados manualmente e com ajuda de ferramentas computacionais (Wordsmith Tools)• Nominalizações de processos identificadas e quantificadas: – Busca baseada em sufixação nominal (Basilio, 2007) – Normatização de frequencias básicas – Médias calculadas por grupo
  18. 18. Proposta Escreva um texto argumentativo, com cerca de 25 linhas, em que você apresente o seu ponto de vista sobre a qualidade de vida na cidade do Rio de Janeiro. A figura e as manchetes abaixo sugerem alguns aspectos que podem ser abordados. Rio: a cidade mais feliz do mundo, segundo pesquisa internacional. Rio vai enfrentar enorme desafio para receber olimpíadas 2016. Vandalismo destrói história do rio e custa caro aos cofres da cidade. Operação choque de ordem atua no centro do Rio. Interchange. CUP, 2005
  19. 19. Resultados:Médias de frequência de nominalizações -cia -cias -ção -ções -dor -dores -ssão -ssões -mento -mentos Escola 1 0,12 0,06 1,41 0,29 0,00 0,12 0,06 0,00 0,35 0,18 Escola 2 0,71 0,07 1,96 0,50 0,04 0,32 0,07 0,00 0,68 0,18 Escola 3 0,23 0,09 1,77 0,34 0,06 0,34 0,04 0,00 0,81 0,09 Escola 1 (Publica) : 17 textos / 2.776 palavras*Frequências normatizadas em 5000 palavras Escola 2 (Federal) : 28 textos / 6.045 palavras Escola 3 (Pública) : 47 textos / 9.716 palavras
  20. 20. Resultados:Comparação com provas de Vestibular Três universidades (CORPOBRAS PUC-Rio *) (N=75): • Duas públicas • Uma particular Textos selecionados de acordo com a média para aprovação (≥ 5,0) Procedimentos de análises semelhantes aos das escolas públicas (* Corpus representativo do Português Brasileiro)
  21. 21. Universidade Ensino Médio
  22. 22. Análise:Considerações Textos de alunos do Ensino Médio apresentam uso de nominalizações menor do que os de candidatos à universidade; Produção textual não compatível com a proposta de redação: mais descritiva (maior uso de processos do que de nominalizações); Produção textual de alunos adequada ao segundo segmento do Ensino Fundamental.
  23. 23. Discussão A produção textual de alunos de Ensino Médio apresenta-se inadequada para o seu nível: • Expectativa não preenchida: na escola, espera-se que os alunos dominem diversos gêneros (em diferentes disciplinas) que exigem o uso de uma linguagem mais metafórica; • Transposição de aspectos da língua oral para a língua escrita; • Percepção dos alunos acerca de sua produção textual versus problemas observados nas amostras selecionadas para essa pesquisa possível relação com a ideia de Língua Portuguesa escrita como língua estrangeira; • Incompatibilidade entre o nível de letramento exigido pela escola e a real produção textual dos alunos fracasso e evasão escolar.
  24. 24. Implicações• Conscientizar professores sobre a necessidade do ensino da metáfora gramatical;• Possibilitar aos alunos do Ensino Médio o entendimento da função da metáfora gramatical na escrita;• Capacitar esses alunos para o uso da metáfora gramatical em textos de diferentes disciplinas;• Conscientizar educadores - em geral- a respeito da estreita relação existente entre escrita e inclusão social.
  25. 25. ReferênciasBASÍLIO, M. M. P. ( 2007). Teoria Lexical. 8th. ed. São Paulo: Atica.CASTRO, L. A. (2009). Escrita e letramento no Ensino Médio: Uma abordagem sistêmico-funcional e de Lingüística Aplicada. Dissertação de Mestrado, Departamento de Letras. Rio de Janeiro: PUC-Rio.CHRISTIE, F.(2006). Developmental progress in learning English in secondary schooling. Paper presented at the 33rd International Systemic Functional Congress: PUC/SP: São Paulo.CHRISTIE, F. & DEREWIANKA, B. (2008). School Discourse . London & New York: Continuum.HALLIDAY, M.A.K. (1994). An Introduction to Functional Grammar. 2nd ed. London: Edward Arnold.HALLIDAY, M.A.K. (2006). Grammatical Metaphor. In J.J. Webster (Ed) Collected Works of M.A.K. Halliday, The Language of Science, volume 5, pp. 3-7. London & New York: Continuum.HALLIDAY, M.A.K. (2009). Grammatical Metaphor. In J.J. Webster (Ed), The Essential Halliday , pp.116-138. London & New York: Continuum.HEYVAERT, L. (2003). Nominalization as Grammatical Metaphor: on the need for a radically systemic and metafunctional approach. In: A-M Simon-Vandenbergen, M. Taverniers, & L. Ravelli, Grammatical Metaphor: views from systemic functional linguistics. Amsterdam: John Benjamins.MARTIN, J. R. (1993). Genre and Literacy – modeling context in educational linguistics. Annual Review of Applied Linguistics, 13, 141-172.OLIVEIRA, L. P. (2006). Grammatical metaphors in academic texts: Cross-linguistic and cross-disciplinary contrasts. Paper presented at the 33rd International Systemic Functional Congress. PUC/SP, São Paulo,OLIVEIRA, L.P & VALÉRIO, R. (forthcoming). A metáfora gramatical na construção discursiva de gêneros do contexto pedagógico. Procedings of X Forum de Estudos Linguísticos, Rio de janeiro, UERJ.SIMON-VANDENBERGEN, A-M; TAVERNIERS,M. & RAVELLI, L. (2003).Grammatical Metaphor: views from systemic functional linguistics. Amsterdam: John Benjamins.VALÉRIO, R. G., BRITO, M. G. & OLIVEIRA, L.P. (2007). CORPOBRAS PUC-Rio: Um corpus do Português do Brasil e análise do discurso acadêmico. Paper presented at the VII Encontro da Ciência Empírica de Letras. Rio de Janeiro: UFRJ.

×