SistemarespiratórioProf. Emanuel
Prof. EmanuelFossas nasaisFaringeLaringeTraquéiaBrônquiosPulmãoVias aéreasZona de condução:• Musculatura lisa• Inervação:•...
Componentes Prof. Emanuel
Fossas nasais e faringe Prof. EmanuelPalatomoleLínguaGlotePrega vocalTraquéiaFiltração (pêlos e muco)Aquecimento (capilare...
Laringe Prof. EmanuelEpigloteLigamentoTraquéiaCartilagemMúsculoCartilagemPrega vocal1 – Laringe2 – Tireóide3 -TraquéiaOsso...
Laringe Prof. EmanuelLaringoscopia
Traquéia, brônquios e bronquíolosProf. EmanuelLaringeTraquéiaBrônquiosEsôfagoLúmen datraquéiaMucosa
Caixa torácica Prof. EmanuelLimites:a) anterior: Esternob) Posterior: Colunac) Lateral: Costelasd) Inferior: Diafragma
Pulmões Prof. EmanuelTraquéiaGânglioslinfáticosBrônquioBronquíoloMediastino
Pulmões Prof. Emanuel
Pulmões Prof. EmanuelPulmão direito com3 lobosPulmão esquerdo com2 lobos
PleuraparietalPleuravisceralPulmões Prof. Emanuel
Pulmões Prof. Emanuel
InspiraçãoEntrada de arnos pulmõesA entrada e saída de ar nos pulmões depende da diferençade pressão entre o meio e a caix...
Mecânica respiratória Prof. Emanuel
Etapas:• Contração da musculaturarespiratória (diafragma eintercostais)• Aumento do volume da caixatorácica• Redução da pr...
Etapas:• Relaxamento damusculatura respiratória• Redução do volume dacaixa torácica• Aumento da pressãointerna do tórax• S...
Inspiração ExpiraçãoDiafragma• Músculos contraídos• Volume torácico aumenta• Pressão interna diminui• Entrada de ar nos pu...
 Observações:a) Ar corrente – É o ar que circula semqualquer esforço (0,5 litro)b) Ar residual – É o ar que sempre fica d...
Frequência respiratória Prof. EmanuelBradipnéia Taquipnéia+_Normopnéia(12 - 20)Eupnéia, dispnéia, apnéia
Trocas gasosas Prof. EmanuelAlvéoloPneumatócito IPneumatócito IIMacrófagoalveolarOcorrem nos alvéolos pulmonares por difusão
GasesArinspiradoArexpiradoN2O2CO279 %21%0,04%79 %16,5%4,5%Ao nível do mar nitrogênio é um gás inerteTrocas gasosas Prof. E...
Hematose – é a troca de sangue venoso porsangue arterialTrocas gasosas Prof. Emanuel
Trocas gasosas Prof. Emanuel
Trocas gasosas Prof. Emanuel
Oxigênio• 5 % dissolvido no plasma• 95% Associado com a hemoglobina (Hb)Hb + 4O2 Hb(O2)4 OxihemoglobinaTransporte de gase...
Prof. EmanuelHemáciaHemeHemoglobinaHeme (Parte não protéica)• Associa-se ao Oxigênio• Degradação libera o íonFe++ e origin...
 Fatores associados com hipóxia:a) hipóxia de estagnação (choque hemorrágico)b) hipóxia histotóxica (cianeto,H2S)c) Reduç...
Altitude Aclimatação• Redução da pressão atmosférica• Redução dos níveis de oxigênio• Liberação de eritropoietina (Rins)•...
Produção deeritropoeitinapelos rinsCélulatroncohematopoiéticaEritroblastoEritrócitoOxigenação baixaFatores que reduzemoxig...
 Gás carbônico (dióxido de carbono)• 5% dissolvido no plasma• 25% Associado com a hemoglobinaHb + CO2 HbCO2 Carbohemoglob...
Transporte de gases (sangue) Prof. EmanuelCO2 produzido notecidoCO2H2O +CO2H2CO3HCO3- H+HbCl-PlasmaAnidrasecarbônica
 Monóxido de carbono (CO)Hb + CO HbCO• O CO é liberado durante as combustões incompletas,sendo um gás incolor e inodoro• ...
Controle da respiração• O centro da respiração localiza-se no BULBO• Estímulos:• Aumento do teor de CO2• Acidificação do s...
Controle da respiração Prof. EmanuelSangueAcidose metabólicaTaquipnéiaAlcalose metabólicaBradipnéiaCO2 + H2O H2CO3 H+ + HC...
PonteBulboImpulsos nervososestimulam acontraçãoCérebroMeningesCENTROSDE CONTROLEDA RESPIRAÇÃOestimulados por:Quimiorrecept...
Tipos de respiraçãoa) Difusão – Troca de gases por difusão simplesEx. Poríferos, celenterados, helmintosb) Cutânea ou tegu...
Cutânea direta (?) Cutânea indiretaTipos de respiração Prof. Emanuel
Tipos de respiração Prof. Emanuelc) Traqueal – Troca de gases realizada através datraquéias, dispensando a necessidade de ...
EspiráculosSacos aéreosEspiráculoTraquéiaCutículaEspiráculoTraquéiasTraquéolasMúsculoTipos de respiração Prof. Emanuel
d) Branquial – Brânquias são estruturas especializadas narealização de trocas gasosas no ambiente aquáticoBrânquias na cav...
Tipos de respiração Prof. Emanuel
BexiganatatóriaPulmãosaculiformePulmão alveolar• Equilíbriohidrostático• Peixe dipnoíco• Pequena superfícieinterna• Respir...
ANFÍBIOS(salamandra)RÉPTEIS(lagartos;adaptadosaos ambientessecos)ANFÍBIOS(rã; somente os adultosestão adaptados aosambient...
Respiração nos invertebradosFilo Sistema respiratórioPoríferos,Cnidários Ausentee HelmintosAnelídeos Cutânea ou branquialM...
Respiração nos vertebradosGrupo RespiraçãoPeixe Branquial e pulmonarAnfíbios Branquial,cutânea e pulmonarRépteis PulmonarA...
Sacos aéreosanterioresSacos aéreosposterioresTraquéiaAr ArTuboscom arno pulmãoInspiração:Sacos aéreoscheios de arExpiração...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Sistema respiratório

3,615

Published on

0 Comments
12 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,615
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
12
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sistema respiratório

  1. 1. SistemarespiratórioProf. Emanuel
  2. 2. Prof. EmanuelFossas nasaisFaringeLaringeTraquéiaBrônquiosPulmãoVias aéreasZona de condução:• Musculatura lisa• Inervação:• Simpática(adrenérgica)• Parassimpática(colinérgica)Zona respiratóriaComponentes
  3. 3. Componentes Prof. Emanuel
  4. 4. Fossas nasais e faringe Prof. EmanuelPalatomoleLínguaGlotePrega vocalTraquéiaFiltração (pêlos e muco)Aquecimento (capilares)Umidificação (Muco)
  5. 5. Laringe Prof. EmanuelEpigloteLigamentoTraquéiaCartilagemMúsculoCartilagemPrega vocal1 – Laringe2 – Tireóide3 -TraquéiaOsso hióideLigamentoConduto cartilaginoso, tem comofunção produzir sons e fechar atraquéia durante a deglutição(epiglote)
  6. 6. Laringe Prof. EmanuelLaringoscopia
  7. 7. Traquéia, brônquios e bronquíolosProf. EmanuelLaringeTraquéiaBrônquiosEsôfagoLúmen datraquéiaMucosa
  8. 8. Caixa torácica Prof. EmanuelLimites:a) anterior: Esternob) Posterior: Colunac) Lateral: Costelasd) Inferior: Diafragma
  9. 9. Pulmões Prof. EmanuelTraquéiaGânglioslinfáticosBrônquioBronquíoloMediastino
  10. 10. Pulmões Prof. Emanuel
  11. 11. Pulmões Prof. EmanuelPulmão direito com3 lobosPulmão esquerdo com2 lobos
  12. 12. PleuraparietalPleuravisceralPulmões Prof. Emanuel
  13. 13. Pulmões Prof. Emanuel
  14. 14. InspiraçãoEntrada de arnos pulmõesA entrada e saída de ar nos pulmões depende da diferençade pressão entre o meio e a caixa torácicaExpiraçãoSaída de ardos pulmõesMecânica respiratória Prof. Emanuel
  15. 15. Mecânica respiratória Prof. Emanuel
  16. 16. Etapas:• Contração da musculaturarespiratória (diafragma eintercostais)• Aumento do volume da caixatorácica• Redução da pressão internado tórax• Entrada de ar nos pulmõesInspiração Prof. EmanuelExpansão dotóraxCostelasDiafragmaContraçãododiafragma
  17. 17. Etapas:• Relaxamento damusculatura respiratória• Redução do volume dacaixa torácica• Aumento da pressãointerna do tórax• Saída de ar dos pulmõesExpiração Prof. EmanuelRetração dotóraxPulmãoContraçãododiafragma
  18. 18. Inspiração ExpiraçãoDiafragma• Músculos contraídos• Volume torácico aumenta• Pressão interna diminui• Entrada de ar nos pulmões• Músculos relaxam• Volume torácico diminui• Pressão interna aumenta• Saída de ar dos pulmõesMecânica respiratória Prof. Emanuel
  19. 19.  Observações:a) Ar corrente – É o ar que circula semqualquer esforço (0,5 litro)b) Ar residual – É o ar que sempre fica dentrodos pulmões (1 litro)c) Capacidade vital – É o volume máximo de arque pode ser eliminado com a expiraçãoforçada (3,5 litros)d) Frequência respiratória – Número deinspirações e expirações por minuto (12/min)Mecânica respiratória Prof. Emanuel
  20. 20. Frequência respiratória Prof. EmanuelBradipnéia Taquipnéia+_Normopnéia(12 - 20)Eupnéia, dispnéia, apnéia
  21. 21. Trocas gasosas Prof. EmanuelAlvéoloPneumatócito IPneumatócito IIMacrófagoalveolarOcorrem nos alvéolos pulmonares por difusão
  22. 22. GasesArinspiradoArexpiradoN2O2CO279 %21%0,04%79 %16,5%4,5%Ao nível do mar nitrogênio é um gás inerteTrocas gasosas Prof. Emanuel
  23. 23. Hematose – é a troca de sangue venoso porsangue arterialTrocas gasosas Prof. Emanuel
  24. 24. Trocas gasosas Prof. Emanuel
  25. 25. Trocas gasosas Prof. Emanuel
  26. 26. Oxigênio• 5 % dissolvido no plasma• 95% Associado com a hemoglobina (Hb)Hb + 4O2 Hb(O2)4 OxihemoglobinaTransporte de gases (sangue) Prof. Emanuel
  27. 27. Prof. EmanuelHemáciaHemeHemoglobinaHeme (Parte não protéica)• Associa-se ao Oxigênio• Degradação libera o íonFe++ e origina a bilirrubinaHeme BilirrubinaGlobina ( 4 moléculas)• Parte protéica• Duas cadeias α e duas β• Degradação liberaaminoácidosTransporte de gases
  28. 28.  Fatores associados com hipóxia:a) hipóxia de estagnação (choque hemorrágico)b) hipóxia histotóxica (cianeto,H2S)c) Redução da ventilação pulmonar (bronquite,enfisema)d) Diminuição da tensão atmosférica de Oxigênio (arrarefeito)Hipóxia AnóxiaTransporte de gases (sangue) Prof. Emanuel
  29. 29. Altitude Aclimatação• Redução da pressão atmosférica• Redução dos níveis de oxigênio• Liberação de eritropoietina (Rins)• Aumento da produção de hemácias• Poliglobulia compensatóriaTransporte de gases (sangue) Prof. Emanuel
  30. 30. Produção deeritropoeitinapelos rinsCélulatroncohematopoiéticaEritroblastoEritrócitoOxigenação baixaFatores que reduzemoxigenação Redução da volemiaAnemia Pouca hemoglobina Redução do fluxosanguíneo Altas altitudes Problemas pulmonaresTransporte de gases (sangue) Prof. Emanuel
  31. 31.  Gás carbônico (dióxido de carbono)• 5% dissolvido no plasma• 25% Associado com a hemoglobinaHb + CO2 HbCO2 Carbohemoglobina• 70% na forma de íons bicarbonatosCO2 + H2O H2CO3 H+ + HCO3-AnidraseCarbônicaHb HbH+Transporte de gases (sangue) Prof. Emanuel
  32. 32. Transporte de gases (sangue) Prof. EmanuelCO2 produzido notecidoCO2H2O +CO2H2CO3HCO3- H+HbCl-PlasmaAnidrasecarbônica
  33. 33.  Monóxido de carbono (CO)Hb + CO HbCO• O CO é liberado durante as combustões incompletas,sendo um gás incolor e inodoro• A carboxihemoglobina é um composto estável queimpede o transporte de oxigênio podendo causar mortepor anóxiaTransporte de gases Prof. Emanuel
  34. 34. Controle da respiração• O centro da respiração localiza-se no BULBO• Estímulos:• Aumento do teor de CO2• Acidificação do sangue• Redução do teor de O2Prof. Emanuel
  35. 35. Controle da respiração Prof. EmanuelSangueAcidose metabólicaTaquipnéiaAlcalose metabólicaBradipnéiaCO2 + H2O H2CO3 H+ + HCO3-
  36. 36. PonteBulboImpulsos nervososestimulam acontraçãoCérebroMeningesCENTROSDE CONTROLEDA RESPIRAÇÃOestimulados por:Quimiorreceptorde O2 na aortaSinal nervosoindicando decréscimode O2 Aumento de CO2/decréscimo dopH sangüíneoMúsculos intercostaisDiafragmaControle da respiração Prof. Emanuel
  37. 37. Tipos de respiraçãoa) Difusão – Troca de gases por difusão simplesEx. Poríferos, celenterados, helmintosb) Cutânea ou tegumentar – Troca de gases através dapeleEx. Anelídeos terrestres,anfíbios"Quando a pele atua como órgão respiratório, constituindouma verdadeira membrana respiratória, com íntima ligaçãocom o sistema circulatório e onde o sangue se encarregado transporte dos gases respiratórios, fala-seRESPIRAÇÃO CUTÂNEA. Quando o animal é desprovidode sistema circulatório e respiratório e os gasesrespiratórios simplesmente se difundem através dascélulas do seu corpo, fala-se que a respiração se dá PORDIFUSÃO SIMPLES."Prof. Emanuel
  38. 38. Cutânea direta (?) Cutânea indiretaTipos de respiração Prof. Emanuel
  39. 39. Tipos de respiração Prof. Emanuelc) Traqueal – Troca de gases realizada através datraquéias, dispensando a necessidade de pigmentosrespiratóriosEx. Artrópodes
  40. 40. EspiráculosSacos aéreosEspiráculoTraquéiaCutículaEspiráculoTraquéiasTraquéolasMúsculoTipos de respiração Prof. Emanuel
  41. 41. d) Branquial – Brânquias são estruturas especializadas narealização de trocas gasosas no ambiente aquáticoBrânquias na cavidade palialBrânquias externas Brânquias internas• Nas brânquias existe ummecanismo de contracorrentesanguíneo• Nos moluscos as brânquias ficamna cavidade palial• Nos condríctes não existeopérculo
  42. 42. Tipos de respiração Prof. Emanuel
  43. 43. BexiganatatóriaPulmãosaculiformePulmão alveolar• Equilíbriohidrostático• Peixe dipnoíco• Pequena superfícieinterna• Respiração cutânea• Aumenta superfícieinterna• queratinização (pele)Tipos de respiração Prof. Emanuel
  44. 44. ANFÍBIOS(salamandra)RÉPTEIS(lagartos;adaptadosaos ambientessecos)ANFÍBIOS(rã; somente os adultosestão adaptados aosambientes terrestres)MAMÍFEROS;(humanos)Tipos de respiração Prof. Emanuele) Pulmonar – Órgão interno, úmido e parenquimatoso(esponjoso) responsável pelas trocas gasosasPulmão saculiformePulmão alveolar
  45. 45. Respiração nos invertebradosFilo Sistema respiratórioPoríferos,Cnidários Ausentee HelmintosAnelídeos Cutânea ou branquialMoluscos Cutânea,Branquial ou PalialArtrópodos Branquial,traqueal ou FilotraquealEquinodermos Branquial (sistema ambulacral)Prof. Emanuel
  46. 46. Respiração nos vertebradosGrupo RespiraçãoPeixe Branquial e pulmonarAnfíbios Branquial,cutânea e pulmonarRépteis PulmonarAves Pulmonar(sacos aéreos,ossos pneumáticos)Mamíferos Pulmonar (Pleura e diafragma)Siringe nas avesProf. Emanuel
  47. 47. Sacos aéreosanterioresSacos aéreosposterioresTraquéiaAr ArTuboscom arno pulmãoInspiração:Sacos aéreoscheios de arExpiração:Sacos aéreos vaziosPulmõesRespiração nos vertebrados Prof. EmanuelPulmões

×