Inteligência Coletiva

899 views
762 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
899
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Inteligência Coletiva

  1. 1. Plano de Ensino1. Disciplina: Inteligência Coletiva2. Carga horária: 103. Data: 23 de março de 2013
  2. 2. Conteúdo ProgramáticoApresentação das novas tecnologias deinformação e comunicação tendo comoplataforma a Web e a colaboração e opapel do profissional de Marketing nessecontexto e os conceitos da InteligênciaColetiva que podem ser utilizados poresses profissionais na agregação deconhecimento dentro das organizações.
  3. 3. Metodologia• Aulas expositivas e práticas e projetos desenvolvidos pelos alunos na implementação de plataformas informacionais digitais de colaboração.
  4. 4. Avaliação• Trabalhos práticos
  5. 5. Bibliografia• CASTELLS, M. A Sociedade em Rede. 2ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.• O’REILLY, T. What Is Web 2.0. Design Patterns and Business Models for the Next Generation of Software. Disponível em: http://oreilly.com/web2/archive/what-is-web-20.html. Acessado em: 09 mai. 2012.• LEVY, P. A Inteligência Coletiva, Ed. Loyola, 1998.• LEVY, P. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço, 2007.• CAVALCANTI, M.; Nepomuceno, Carlos. O Conhecimento em Rede, 2007.• OKABE, M. Marketing de Conteúdo e Inteligência Coletiva, 2011.• JOHNSON, S. Emergência: A Dinâmica de rede em Formigas,Cérebros, Cidades. [S.l.]: JORGE ZAHAR.
  6. 6. Currículo Resumido do DocenteElvis Fusco – Centro Universitário Eurípides de Marília - Univem – COMPSI - Computing and Information Systems Research Lab• Doutor em Ciência da Informação• Mestre em Ciência da Computação• Coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação• Atua nos cursos de Especialização em Sistemas para Internet, MBA em Marketing e Negócios e MBA em Recursos Humanos e Negócios• Gerente do Departamento de Sistemas – Univem• Empresário na área de TI
  7. 7. Tecnologias de Informação e Comunicação– As atuais Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) oferecem uma infra- estrutura comunicacional que permite a interação em rede de seus integrantes.– Numa rede, geralmente são descartados modelos em que haja uma produção unilateral das informações que serão somente repassadas aos outros terminais de acesso.
  8. 8. Paradigmas Produção e Produção eComunicação ComunicaçãoUnidirecional em Rede
  9. 9. Tecnologias de Informação e Comunicação“Não importa quão criativa sua organização possaser, a comunidade livre sempre será mais criativa.” Stephen OGrady
  10. 10. Tecnologias de Informação e Comunicação– As atuais TICs oferecem:  Maior facilidade e rapidez de acesso à informação;  Melhor coordenação de colaboradores dispersos geograficamente;  Integração e automatização dos processos de negócio a fornecedores e a clientes;  Incremento da possibilidade de participação dos colaboradores nas atividades de gestão dos seus superiores hierárquicos, etc.
  11. 11. Tecnologias de Informação e Comunicação– As atuais TIC favorecem a tendência das empresas que buscam fronteiras cada vez menos demarcadas em relação ao seu meio ambiente, ao trabalharem cada mais "em rede" com outras empresas e, dentro delas, os seus colaboradores também trabalharem dessa forma.
  12. 12. Profissional de Comunicação O profissional deve garantir à empresa, a utilização eficiente e adequada das novastecnologias em informação e comunicação.
  13. 13. A Internet como Plataforma deMarketing e Negócios
  14. 14. Base de Conhecimento Colaboração wikis Tecnologias de Informação e ComunicaçãoWeb 2.0 Conteúdo Web como Plataforma
  15. 15. Inteligência Coletiva "É uma inteligência distribuída por toda parte,incessantemente valorizada, coordenada em tempo real, que resulta em uma mobilização efetiva das competências.” Ninguém sabe tudo, todos O fato de a inteligência estar distribuídasabem alguma coisa, todo o por toda parte deve transformar-se em saber está na humanidade projeto, pois essa inteligência é tantas vezes desprezada, ignorada, inutilizada e humilhada que, por isso, não é valorizada Os novos sistemas de comunicação Para mobilizar as deveriam oferecer aos membros de competências é necessário uma comunidade os meios de identificá-las. E para apontá-lascoordenar suas interações no mesmo é preciso reconhecê-las em universo virtual de conhecimentos toda a sua diversidade. Pierre Lévy
  16. 16. Conceitos– “Inteligência emergente” (Steven Johnson)– “Coletivos inteligentes” (Howard Rheingold)– “Cérebro global” (Francis Heylighen)– “Sociedade da mente” (Marvin Minsk)– “Inteligência conectiva” (Derrick de Kerckhove)– “Redes inteligentes” (Albert Barabasi)– “Inteligência coletiva” (Pierre Lévy)
  17. 17. Inteligência Coletiva • Captação da atenção dos usuários em rede • Técnica de sugestões dos agentes inteligentes • Comunidades virtuais • Problema da decisão ou da escolha A negociação das preferências individuais e sua posição no coletivo. As preferências individuais são fruto da construção coletiva.Sugestões e induções que constituem a própria dinâmica da sociedade.
  18. 18. Inteligência Coletiva Cultural Inteligência ColetivaSocial Técnica
  19. 19. Inteligência ColetivaInteligência Técnica: que vai dar suporte estrutural àconstrução das idéias e pode ser exemplificado pelasestradas, prédios, meios de comunicação (coisa);Inteligência Cultural: mais abstrato, representado peloconhecimento registrado em livros, enciclopédias, naWorld Wide Web (signo)Inteligência Social: que corresponde ao vínculo entreas pessoas e grau de cooperação entre elas(cognição).
  20. 20. Inteligência Coletiva CAVALCANTI E NEPOMUCENO (2007)
  21. 21. Inteligência Coletiva– A inteligência coletiva pode maximizar a geração de conteúdo para o Marketing. IC Conteúdo Marketing
  22. 22. Philip Kotler:Marketing 3.0
  23. 23. Marketing de ConteúdoCriar, publicar e promover conteúdo deforma planejada com o objetivo de tornarsua marca referência e líder em um nichode mercado.
  24. 24. Inteligência Marketing Coletiva de Conteúdo
  25. 25. Como está o seu conteúdo???Baixa Relevância!!!!
  26. 26. Como está o seu conteúdo???Alta Relevância!!!!
  27. 27. Web 2.0 De acordo com o site Wikipedia: “O termo Web 2.0 refere-se à segunda geração de serviços e aplicativos da Web que permitem um maior grau de interatividade e colaboração na utilização daTim O’Reilly Internet”.
  28. 28. Web 2.0 Web 1.0 Web 2.0Usuário deixa de ser apenas consumidor de informação e passa a ser agente construtor
  29. 29. Web 2.0 e Inteligência ColetivaServiços que aproveitem osefeitos de rede para se tornaremmelhores quanto mais são usadospelas pessoas, aproveitandoa inteligência coletiva.
  30. 30. Long Tail“Quando os consumidores possuemescolhas infinitas, a verdadeirademanda se revela.”Chris Anderson
  31. 31. Open Source
  32. 32. CrowdsourcingModelo de produção que utiliza ainteligência e os conhecimentoscoletivos e voluntáriosespalhados pela Internet pararesolver problemas, criarconteúdo e soluções oudesenvolver novas tecnologiascomo também para gerar fluxode informação. P&D
  33. 33. Romeo Busarello
  34. 34. Construção do Conhecimento na Sociedade da InformaçãoNa Sociedade da Informação a construçãodo conhecimento não é mais uma atividadeisolada, mas o resultado da colaboração deseus pares, seja em grupos ou em parceriacom outras organizações. Romeo Busarello
  35. 35. Construção do Conhecimentona Sociedade da Informação
  36. 36. Construção do Conhecimentona Sociedade da Informação interação
  37. 37. Construção do Conhecimento na Sociedade da InformaçãoNuma rede, geralmente são descartadosmodelos em que haja uma construçãounilateral do conhecimento que será somenterepassado a outros indivíduos.
  38. 38. Construção do Conhecimento na Sociedade da InformaçãoCaracterísticas de um coletivo inteligente:1) diversidade humana2) valorização do conhecimento individual3) circulação permanente de informação4) produção coletiva de conhecimentos5) abertura externa do coletiva inteligente6) conhecimento contextualizado
  39. 39. Construção do Conhecimento na Sociedade da InformaçãoO desafio das organizações é estimular osindivíduos a serem capazes de buscarinformações em um ambiente em rede e desaber utilizá-los no contexto da colaboraçãona construção do conhecimento e dainovação,
  40. 40. Questões• Há a necessidade de controle ou mediaçãoda IC?• Qual a capacidade de aglomerar IC?• Produção de Conhecimento x Inovação?• Sistemas Up-Bottom x Bottom-Up?• Há um estímulo para o trabalhocolaborativo na sua empresa?
  41. 41. Casos de UsoO uso da Web 2.0 pelas empresas para fazer ainterface com seus clientes e consumidores,similar à atividade B2C (do negócio para ocliente) mas com um enfoque social ecomunitário e, por isso, denomina-se B2C 2.0(do negócio para a comunidade).
  42. 42. Casos de Uso B2C 2.0áreas nas quais as técnicas da Web 2.0 podem ser utilizadas notrabalho com comunidades de clientes para viabilizar o B2C 2.0 Inovação e desenvolvimento de novos produtos Marketing Vendas Suporte Treinamento e educação
  43. 43. Casos de Uso Marketing 2.0 Vídeos / Áudios (PodCast) Vídeos virais no YouTube Pesquisa sobre consumidores em redes sociais Blogs Corporativos Geolocalização (Google Maps) Endomarketing (Blogs e Wikis)
  44. 44. DesafiosQuantas empresas têm blogs oficiais?Quantas empresas monitoram comentários?Quantos executivos acessam redes sociais?Quantas empresas usam ferramentas de colaboração?
  45. 45. Organizações e Redes Sociais Fonte: Expertise
  46. 46. Planejamento em Mídias SociaisAções em mídias sociais falham porque as empresas nãoentendem como podem utilizar o canal para facilitar ocomportamento coletivo.As empresas que compreendem a importância de aproveitar opoder de comportamentos coletivos para impulsionarmudanças positivas nos negócios serão bem-sucedidas nouso de mídia social.O foco não deve ser na implementação de tecnologias demídias sociais.
  47. 47. Planejamento em Mídias Sociais1 – Identifique a necessidade do cliente e o que ele está esperando das mídiassociais.2 – Identifique o público alvo da empresa e escolha as mídias certas para aqueletipo de comunicação e empresa.3 – Devemos personificar a marca, elabore uma estratégia com foco em seusclientes e objetivos, para traçar um comportamento nas mídias, do que vocêgosta, o que você irá falar, de que forma irá falar, com quem, enfim, nas mídiassociais, pessoas conversam com pessoas, não estão interessadas em respostasautomáticas e muito menos em falar sozinho.4 – Após dar inicio as atividades nas mídias, busque conteúdo, relevância eprincipalmente, seja o objetivo que for, busque relacionamento! Não apaguecríticas, as pessoas gostam de ser ouvidas e de saber que a empresa não escondenada de ninguém.5 – Monitore tudo que falam sobre a empresa, monitore seus produtos eserviços, seus consumidores, tente identificar o que falam.
  48. 48. Planejamento em Mídias Sociais1 – Não faça todas as mídias sociais para sua empresa, você pode não dar contade tudo.2 – Não use ferramentas para ganhar seguidores automaticamente, pega muitomal e você corre o risco de ter sua conta bloqueada. #fail3 – Faça promoções relevantes a seus seguidores e amigos, não fique fazendopromoções a todo instante, isso pode trazer para perto do seu perfil pessoas quevivem para ganhar promoções.4 – Não deixe de atualizar, dica básica, mas é #fato.5 – Nunca exclua o offline, apesar de não conseguirmos mensurar com tantaexatidão, as mídias tradicionais dão resultado e funcionam em perfeita harmoniacom as mídias online.6 – Não se promova e fique colocando o nome de sua empresa em todos ostweets e conversas.
  49. 49. Aproveitamento da Inteligência Coletiva Habilitar inteligência • Aprimoramento da eficiência operacional interna por meio da coletiva para garantir colaboração. Áreas como entrega do produto, atendimento e eficácia operacional criação de memória coletiva (blogs e wikis).Empregar expertise para a • Melhoria da eficácia das vendas examinandoassociados aos redes sociais para verificar comportamentos o potencial das eficácia das vendas produtos que são entregues.Aumento das vendas por • Reunir pessoas e objetivos em comum com o intuito de aumentar a comunidade de consumidores interessadas e meio do cultivo de expandir o nível de engajamento dessas pessoas. Empresas interesses devem usar mídias sociais para mapear interesses coletivos.
  50. 50. Aproveitamento da Inteligência Coletiva Envolver-se na • Envolver rapidamente as organizações em atividades com um coordenação em massa grande número de pessoas por meio de mensagens curtas e rápidas que espalham de forma viral. Respostas para obter respostas emergenciais, campanhas de marketing e gestão de grandes rápidas programas são alguns cenários. • Obter valor a partir de um grande número de relacionamentos. Alavancar o Buscar a partir de mídias sociais a percepção da marca e relacionamento para o alavancar o relacionamento do comportamento coletivo. bem da marca Empresas que facilitaram o relacionamento obtiveram sucesso na percepção da marca e compromisso com o cliente.Tenha certeza de que tudo • Inicie o marketing pela Internet, em redes sociais. Há uma audiência social na Internet bem maior do que aquela que irá apareça primeiro no presenciar a campanha fisicamente, esperando para poder universo on-line compartilhar suas opiniões com outras pessoas.
  51. 51. Caso Arezzo No Facebook a Arezzo Página apagou os posts “Boicote Arezzo” no Facebook A polêmica era o 2º assunto mais comentado do TwitterA Arezzolança acoleçãoPeleMania
  52. 52. Caso RennerCasaco exposto no mostruário de umadas suas unidades tinha estampasupostamente alusiva a uma bandaneonazista, gerou críticas no Twitter. Reconheceu a falha; Pediu desculpas; Retirou os artigos e Manteve um canal direto com o público.
  53. 53. Analista de Mídias Sociais Sua empresa monitora alguma mídia social? Você sabe quais são as mídias sociais que suaempresa deve monitorar? Você sabe o que os clientes falam da(s) sua(s)marcas nas mídias sociais? Você tem conhecimento de qual deve ser apostura corporativa nas mídias sociais?
  54. 54. Networking 2.0 Monitore Crie um Blog Crie uma conta no Crie uma LinkedIn conta no FacebookCrie umaconta noTwitter
  55. 55. Networking 2.0- Colocar informações pessoais e familiares- Fotos comprometedoras- Informações ofensivas ou preconceituosas- Perfis desatualizados e/ou sem conteúdo - Defina um foco - especialidade - Monitore o que falam sobre você - Coloque conteúdos relevantes - Mantenha uma rede de contatos
  56. 56. " Não há nada que seja maior evidência deinsanidade do que fazer a mesma coisa diaapós dia e esperar resultados diferentes. " Albert Einstein
  57. 57. Elvis Fuscofusco@univem.edu.brhttp://elvisfusco.com.brTwitter: @elvisfusco

×