Análise e Implantação de Repositório Digital Utilizando Software Livre DSPACE

3,723 views
3,507 views

Published on

Apresentação de artigo no VI Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação.

Published in: Technology
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,723
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
263
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Análise e Implantação de Repositório Digital Utilizando Software Livre DSPACE

  1. 1. Análise e Implantação de Repositório Digital Utilizando Software Livre DSPACE<br />Elvis Fusco (UNESP e UNIVEM/Marília)<br />Lucas SalvianoRomani (UNIVEM/Marília)<br />Plácida L. V. Amorim da Costa Santos (UNESP/Marília)<br />
  2. 2. APOIO<br /><ul><li>Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) – UNESP/Marília
  3. 3. Centro Universitário Eurípides de Marília – UNIVEM</li></li></ul><li>Contextualização<br />Muitas instituições de ensino e de pesquisa utilizam sistemas computacionais para gerenciar suas produções científicas criadas nos mais diversos tipos de arquivos, como por exemplo: <br /><ul><li> Arquivos de texto (materiais de aulas, artigos, dissertações, relatórios, livros, teses, entre outros);
  4. 4. Planilhas eletrônicas;
  5. 5. Softwares;
  6. 6. Imagens;
  7. 7. Arquivos de áudio e vídeo;
  8. 8. Páginas web.</li></li></ul><li>Objetivo<br />Demonstrar o desenvolvimento e a customização de um repositório digital utilizando softwares livres para atender as necessidades de armazenamento e disseminação das produções científicas geradas pelo Grupo de Pesquisa - Novas Tecnologias em Informação (GP-NTI) do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP de Marília. <br />
  9. 9. Repositórios Digitais<br />Os repositórios digitais institucionais, segundo o IBICT (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), são Sistemas de Informação que permitem o armazenamento, preservação, divulgação e dão acesso à produção intelectual de comunidades universitárias.<br />
  10. 10. Análise das Ferramentas<br /><ul><li>Histórico de desenvolvimento e uso do software;
  11. 11. Estrutura do repositório;
  12. 12. Formatos de arquivos suportados;
  13. 13. Opções e métodos de busca;
  14. 14. Processo de submissão de arquivos:
  15. 15. Opção de navegação pelas coleções existentes;
  16. 16. Interação com o usuário;
  17. 17. Documentação existente;
  18. 18. Processo de inclusão dos metadados dos arquivos;
  19. 19. Protocolos de comunicação e interoperabilidade;
  20. 20. Métodos de importação e exportação de metadados.</li></li></ul><li>DSpace<br />DSpace é uma plataforma Open Source para implementação de repositórios digitais<br />Disponível no site: http://www.dspace.org. <br />O DSpace é um ambiente informacional que permite capturar itens em qualquer formato e os distribui através da Web, indexa o documento, possibilitando ao usuário procurar e recuperar os itens, preservando os documentos digitais a longo prazo.<br />
  21. 21. Arquitetura do DSpace<br />Interface web e o serviço de suporte ao protocolo de coleta de metadados da OAI<br />Gestão dos conteúdos, dos usuários, das políticas de autorização e do workflow<br />Armazenamento físico dos metadados e dos conteúdos<br />
  22. 22. Plataforma do DSpace<br />• Sistema Operacional: Windows ou UNIX-like.<br />• Servidor Web: Apache Tomcat 5.X ou mais recente.<br />• Banco de Dados: PostgreSQL 8.X ou mais recente ou Oracle 9 ou mais recente.<br />• Adicionais: Apache ANT 1.6.2 ou mais novo, Java SDK 1.5 ou mais recente e Apache Maven 2.0.8 ou mais recente.<br />
  23. 23. Customização do Repositório Digital<br />
  24. 24. Customização do Repositório Digital<br /><ul><li> Configuração dos utilizadores e grupos de usuários;
  25. 25. Alteração de registros (Handle);
  26. 26. Configuração do padrão de metadados Dublin Core;
  27. 27. Alteração dos formatos de bitstreams conhecidos;
  28. 28. Configuração dos processos de workflow;
  29. 29. Administração das políticas de permissões;
  30. 30. Edição do arquivo de licença padrão;
  31. 31. Configuração das estatísticas do repositório.</li></li></ul><li>Estrutura das Comunidades e Coleções do Repositório<br />
  32. 32. Considerações Finais<br />No contexto das instituições de ensino, os repositórios digitais são capazes, por meio do seu uso correto e divulgação, de socializar o conhecimento gerado por professores, alunos e pesquisadores, visando o desenvolvimento de novos conhecimentos e permitindo que os documentos digitais sejam preservados e estejam disponíveis aos interessados de uma maneira prática e eficiente.<br />
  33. 33. Considerações Finais<br />Pode-se prover a interoperabilidade entre sistemas na internet, sejam eles os repositórios digitais, ou também outros sistemas capazes de implementar os protocolos de interoperabilidade existentes. A implementação de tais protocolos possibilita que bases de dados distintas possam trocar informações, ou seja, uma base de dados pode fazer requisições ao banco de dados de metadados de outra base de dados, possibilitando assim o maior aproveitamento dos documentos digitais descritos nestas bases de dados.<br />
  34. 34. Análise e Implantação de Repositório Digital Utilizando Software Livre DSPACE<br />Elvis Fusco<br />elvisfusco@marilia.unesp.br<br />fusco@univem.edu.br<br />http://elvisfusco.wordpress.com<br />Computing and Information Systems Research Lab – www.compsi.univem.edu.br<br />Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias em Informação – gpnti.net.br<br />

×