Comunicação e partilha
nas bibliotecas:
ferramentas Web 2.0 e a
experiência da
Universidade do Algarve
Emília Lúcia Pachec...
Reflexão sobre o modo como as ferramentas Web 2.0
alteram a forma como se trabalha na Biblioteca, as
dinâmicas com o públi...
Web 2.0
• Ambiente caracterizado
por aplicações online,
serviços e ferramentas
que permitem aos
indivíduos interagir, criar
e part...
Serviços e ferramentas Web 2.0
Expetativas do utilizador hábil
como no Google ou na Amazone
embebidas nos ambientes
virtuais de aprendizagem
difíceis
, t...
Biblioteca da UALg
Constituída por cinco unidades
documentais: a biblioteca do
campus de Gambelas, a biblioteca
do campus da Penha, a bibliot...
Comunidade de c. de 8000 alunos, distribuídos
por 50 cursos de 1.º ciclo e 70 cursos de 2.º ciclo
Os alunos e a biblioteca
Conhecer as suas competências em
pesquisa e utilização da informação, os
padrões de utilização do...
Formação
de
utilizadores
Organização
de
conteúdos
Divulgação
Eventos e
serviços
Plano de formação
Incidindo sobre os recursos eletrónicos
Grande relevo aos recursos em Acesso Aberto
(relevância para o...
Organização de conteúdos
 Curadoria e gestão do repositório institucional
Sapientia http://sapientia.ualg.pt
 Compilação...
Divulgação
Criação da BibliotecaUALg nas redes sociais:
http://www.flickr.com/photos/biblioteca_ualg
https://www.facebook...
Eventos e serviços
 Colaboração com outras unidades orgânicas
na realização de eventos culturais
Participação e atualiza...
http://www.flickr.com/photos/biblioteca_ualg
http://www.facebook.com/bibliotecaUALg
http://www.slideshare.net/BibliotecaUALg
https://twitter.com/biblioteca_UAlg
Dicas para eficiente uso da Web 2.0
Selecionar as ferramentas mais
adequadas
Editar conteúdos com interesse para a
nossa...
Questões que ocupam um
bibliotecário
eBook e eJournal modelos de acesso; acesso
pós-cancelamento e arquivo
Acesso Aberto...
Web Social apoia o bibliotecário
• Blogs (Wordpress, Blogger)
• Produtividade (Dropbox; Google Drive;
Mendeley; Evernote; ...
Bibliografia
Anfinnsen, S., Ghinea, G., & de Cesare, S. (2011). Web 2.0 and folksonomies in a library context. Internation...
Obrigada! epacheco@ualg.pt
III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014
III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014
III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014

254 views
200 views

Published on

Comunicação e partilha nas bibliotecas:
ferramentas Web 2.0 e a experiência da Universidade do Algarve

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
254
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014

  1. 1. Comunicação e partilha nas bibliotecas: ferramentas Web 2.0 e a experiência da Universidade do Algarve Emília Lúcia Pacheco epacheco@ualg.pt 11/03/2014
  2. 2. Reflexão sobre o modo como as ferramentas Web 2.0 alteram a forma como se trabalha na Biblioteca, as dinâmicas com o público e a conceção da mesma Baseada na experiência da Biblioteca da Universidade do Algarve
  3. 3. Web 2.0
  4. 4. • Ambiente caracterizado por aplicações online, serviços e ferramentas que permitem aos indivíduos interagir, criar e partilhar informação • Informação circula em variadas direções, produzida e partilhada por múltiplas pessoas. Três pressupostos que identificam o ambiente da Web 2.0:  a Web é a plataforma,  o utilizador controla os seus dados;  arquitetura de participação conjunto de tecnologia e paradigmas de utilização
  5. 5. Serviços e ferramentas Web 2.0
  6. 6. Expetativas do utilizador hábil como no Google ou na Amazone embebidas nos ambientes virtuais de aprendizagem difíceis , trabalho de equipa e em rede , ignorando manuais e ajudas auto-dirigida e tendendo a não ser linear na Web de : músicas, fotos, posts, vídeos mais do que ler e interpretar a informação (Godwin, 2008)
  7. 7. Biblioteca da UALg
  8. 8. Constituída por cinco unidades documentais: a biblioteca do campus de Gambelas, a biblioteca do campus da Penha, a biblioteca do campus de Portimão, o Centro de Documentação da Escola Superior de Saúde e o Centro de Documentação Europeia
  9. 9. Comunidade de c. de 8000 alunos, distribuídos por 50 cursos de 1.º ciclo e 70 cursos de 2.º ciclo
  10. 10. Os alunos e a biblioteca Conhecer as suas competências em pesquisa e utilização da informação, os padrões de utilização dos serviços e recursos disponibilizados pela Biblioteca e a perceção, interiorizada pelos próprios, da importância por si conferida à Biblioteca, enquanto mediadora dos recursos de informação.
  11. 11. Formação de utilizadores Organização de conteúdos Divulgação Eventos e serviços
  12. 12. Plano de formação Incidindo sobre os recursos eletrónicos Grande relevo aos recursos em Acesso Aberto (relevância para o RCAAP http://www.rcaap.pt e para o repositório da UALg) Workshops sobre ferramentas de gestão bibliográfica (Mendeley, Zotero e EndNote Web)
  13. 13. Organização de conteúdos  Curadoria e gestão do repositório institucional Sapientia http://sapientia.ualg.pt  Compilação de listas de recursos em Acesso Aberto  Reorganização da seção da Biblioteca no site UALg  Reflexão para integrar os diversos tipos e suportes de recursos disponibilizados  Reorganização do catálogo e integração de informação mais rica  Substituição do OPAC (em curso)
  14. 14. Divulgação Criação da BibliotecaUALg nas redes sociais: http://www.flickr.com/photos/biblioteca_ualg https://www.facebook.com/bibliotecaUALg http://www.slideshare.net/BibliotecaUALg https://twitter.com/biblioteca_UAlg Conta Google+ Agenda mensal ficheiro eletrónico difundido por email
  15. 15. Eventos e serviços  Colaboração com outras unidades orgânicas na realização de eventos culturais Participação e atualização constante dos recursos humanos da biblioteca através da formação presencial mas cada vez mais, também, pela participação em listas de discussão, webinars PLE (Personal Learning Environment) e MOOCS (Massive Open Online Courses).
  16. 16. http://www.flickr.com/photos/biblioteca_ualg
  17. 17. http://www.facebook.com/bibliotecaUALg
  18. 18. http://www.slideshare.net/BibliotecaUALg
  19. 19. https://twitter.com/biblioteca_UAlg
  20. 20. Dicas para eficiente uso da Web 2.0 Selecionar as ferramentas mais adequadas Editar conteúdos com interesse para a nossa comunidade Criar uma imagem apelativa Ter regularidade na atualização Avaliar periodicamente o uso e impacto Adaptado de Silva, D. (2014). Informação, redes sociais: a experiência das bibliotecas da Universidade de Aveiro. In Jornadas FCCCN. Évora: FCCN. Retrieved from http://jornadasfccn.files.wordpress.com/2014/02/p-i-2b-jornadas_fccn_aveiro.pdf
  21. 21. Questões que ocupam um bibliotecário eBook e eJournal modelos de acesso; acesso pós-cancelamento e arquivo Acesso Aberto gestão e descoberta de conteúdos Repositório institucional (gestão e curadoria / tecnologia) Compreensão de métricas do uso e impacto da informação (incluindo as alternativas Altmetrics) Web Social de apoio aos utilizadores Tecnologias móveis na biblioteca
  22. 22. Web Social apoia o bibliotecário • Blogs (Wordpress, Blogger) • Produtividade (Dropbox; Google Drive; Mendeley; Evernote; Doodle) • Partilha de ficheiros (Slidshare; Flickr; Youtube; Vimeo) • Marcar links (Delicious; Diigo) • Agregar/descobrir conteúdos (Scoop.it; Pinterest; Stumbleupon; Google+) • Editar conteúdos/apresentações (Issuu; OJS; Prezi) • Podcasting (Audacity) • Obtenção de informação (Linkdin; Twitter; Listas várias) • Formação (MOOCS http://helibtech.com/MOOCs+and+Libraries Webinars; listas e grupos)
  23. 23. Bibliografia Anfinnsen, S., Ghinea, G., & de Cesare, S. (2011). Web 2.0 and folksonomies in a library context. International Journal of Information Management, 31, 63–70. doi:10.1016/j.ijinfomgt.2010.05.006 Baro, E. E., Ebiagbe, E. J., & Godfrey, V. Z. (2013). Web 2.0 tools usage: a comparative study of librarians in university libraries in Nigeria and South Africa. Library Hi Tech News, 30(5), 10–20. doi:10.1108/LHTN-04-2013-0021 Borland, J. (2007). A smarter web. New technologies will make online search more intelligent–and may even lead to a “Web 3.0.” Technol Rev., March/Apri. Retrieved from http://www.technologyreview.com/Infotech/18306 Chua, A. Y. K., & Goh, D. H. (2010). A study of Web 2.0 applications in library websites. Library & Information Science Research, 32, 203–211. Retrieved from http://www.sciencedirect.com/science/article/B6W5R-502NJYN- 1/2/bbd85edb492693de0bb1253850f8b6db Davis-kahl, S., & Hensley, M. K. (2013). Common Ground at the Nexus of Information Literacy and Scholarly Communication. Chicago: Association of College and Research Libraries. Godwin, P. (2008). Information literacy meets library 2.0. London: Facet Pub. Lai, L. S. L., & Turban, E. (2008). Groups Formation and Operations in the Web 2.0 Environment and Social Networks. Group Decision and Negotiation, 17(5), 387–402. doi:10.1007/s10726-008-9113-2 O’Reilly, T. (2005). What is Web 2.0—Design patterns and business models for the next generation of software. Retrieved from http://www.oreillynet.com/pub/a/oreilly/tim/news/2005/09/30/what-is-web-20.html Pacheco, E. L., Barradas, M. J. O., & Sequeira, N. B. (2012). Formação de utilizadores na biblioteca universitária: um estudo de caso. Actas Do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas E Documentalistas. Retrieved from http://www.bad.pt/publicacoes/index.php/congressosbad/article/view/395/pdf Pacheco, E. L., Vargues, M., & Sequeira, N. (2010). A literacia da informação e o ensino superior: a experiência na biblioteca da Universidade do Algarve. In Políticas de informação na sociedade em rede: 10.o congresso nacional de bibliotecários, arquivistas e documentalistas. Guimarães. Retrieved from http://eprints.rclis.org/handle/10760/14482#.UFnFFa6z7Nl Proença, J. P. da S. (2012). Biblioteca escolar e Web 2.0 : questões em torno de algumas práticas em implementação e perceção do impacto no trabalho da biblioteca. Retrieved from http://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/2149 Silva, D. (2014). Informação, redes sociais: a experiência das bibliotecas da Universidade de Aveiro. In Jornadas FCCCN. Évora: FCCN. Retrieved from http://jornadasfccn.files.wordpress.com/2014/02/p-i-2b-jornadas_fccn_aveiro.pdf http://www.wordle.net/
  24. 24. Obrigada! epacheco@ualg.pt

×