III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014

on

  • 151 views

Comunicação e partilha nas bibliotecas:

Comunicação e partilha nas bibliotecas:
ferramentas Web 2.0 e a experiência da Universidade do Algarve

Statistics

Views

Total Views
151
Views on SlideShare
151
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014 III Encontro Partilhar Leituras, Faro março 2014 Presentation Transcript

  • Comunicação e partilha nas bibliotecas: ferramentas Web 2.0 e a experiência da Universidade do Algarve Emília Lúcia Pacheco epacheco@ualg.pt 11/03/2014
  • Reflexão sobre o modo como as ferramentas Web 2.0 alteram a forma como se trabalha na Biblioteca, as dinâmicas com o público e a conceção da mesma Baseada na experiência da Biblioteca da Universidade do Algarve
  • Web 2.0
  • • Ambiente caracterizado por aplicações online, serviços e ferramentas que permitem aos indivíduos interagir, criar e partilhar informação • Informação circula em variadas direções, produzida e partilhada por múltiplas pessoas. Três pressupostos que identificam o ambiente da Web 2.0:  a Web é a plataforma,  o utilizador controla os seus dados;  arquitetura de participação conjunto de tecnologia e paradigmas de utilização
  • Serviços e ferramentas Web 2.0
  • Expetativas do utilizador hábil como no Google ou na Amazone embebidas nos ambientes virtuais de aprendizagem difíceis , trabalho de equipa e em rede , ignorando manuais e ajudas auto-dirigida e tendendo a não ser linear na Web de : músicas, fotos, posts, vídeos mais do que ler e interpretar a informação (Godwin, 2008)
  • Biblioteca da UALg
  • Constituída por cinco unidades documentais: a biblioteca do campus de Gambelas, a biblioteca do campus da Penha, a biblioteca do campus de Portimão, o Centro de Documentação da Escola Superior de Saúde e o Centro de Documentação Europeia
  • Comunidade de c. de 8000 alunos, distribuídos por 50 cursos de 1.º ciclo e 70 cursos de 2.º ciclo
  • Os alunos e a biblioteca Conhecer as suas competências em pesquisa e utilização da informação, os padrões de utilização dos serviços e recursos disponibilizados pela Biblioteca e a perceção, interiorizada pelos próprios, da importância por si conferida à Biblioteca, enquanto mediadora dos recursos de informação.
  • Formação de utilizadores Organização de conteúdos Divulgação Eventos e serviços
  • Plano de formação Incidindo sobre os recursos eletrónicos Grande relevo aos recursos em Acesso Aberto (relevância para o RCAAP http://www.rcaap.pt e para o repositório da UALg) Workshops sobre ferramentas de gestão bibliográfica (Mendeley, Zotero e EndNote Web)
  • Organização de conteúdos  Curadoria e gestão do repositório institucional Sapientia http://sapientia.ualg.pt  Compilação de listas de recursos em Acesso Aberto  Reorganização da seção da Biblioteca no site UALg  Reflexão para integrar os diversos tipos e suportes de recursos disponibilizados  Reorganização do catálogo e integração de informação mais rica  Substituição do OPAC (em curso)
  • Divulgação Criação da BibliotecaUALg nas redes sociais: http://www.flickr.com/photos/biblioteca_ualg https://www.facebook.com/bibliotecaUALg http://www.slideshare.net/BibliotecaUALg https://twitter.com/biblioteca_UAlg Conta Google+ Agenda mensal ficheiro eletrónico difundido por email
  • Eventos e serviços  Colaboração com outras unidades orgânicas na realização de eventos culturais Participação e atualização constante dos recursos humanos da biblioteca através da formação presencial mas cada vez mais, também, pela participação em listas de discussão, webinars PLE (Personal Learning Environment) e MOOCS (Massive Open Online Courses).
  • http://www.flickr.com/photos/biblioteca_ualg
  • http://www.facebook.com/bibliotecaUALg
  • http://www.slideshare.net/BibliotecaUALg
  • https://twitter.com/biblioteca_UAlg
  • Dicas para eficiente uso da Web 2.0 Selecionar as ferramentas mais adequadas Editar conteúdos com interesse para a nossa comunidade Criar uma imagem apelativa Ter regularidade na atualização Avaliar periodicamente o uso e impacto Adaptado de Silva, D. (2014). Informação, redes sociais: a experiência das bibliotecas da Universidade de Aveiro. In Jornadas FCCCN. Évora: FCCN. Retrieved from http://jornadasfccn.files.wordpress.com/2014/02/p-i-2b-jornadas_fccn_aveiro.pdf
  • Questões que ocupam um bibliotecário eBook e eJournal modelos de acesso; acesso pós-cancelamento e arquivo Acesso Aberto gestão e descoberta de conteúdos Repositório institucional (gestão e curadoria / tecnologia) Compreensão de métricas do uso e impacto da informação (incluindo as alternativas Altmetrics) Web Social de apoio aos utilizadores Tecnologias móveis na biblioteca
  • Web Social apoia o bibliotecário • Blogs (Wordpress, Blogger) • Produtividade (Dropbox; Google Drive; Mendeley; Evernote; Doodle) • Partilha de ficheiros (Slidshare; Flickr; Youtube; Vimeo) • Marcar links (Delicious; Diigo) • Agregar/descobrir conteúdos (Scoop.it; Pinterest; Stumbleupon; Google+) • Editar conteúdos/apresentações (Issuu; OJS; Prezi) • Podcasting (Audacity) • Obtenção de informação (Linkdin; Twitter; Listas várias) • Formação (MOOCS http://helibtech.com/MOOCs+and+Libraries Webinars; listas e grupos)
  • Bibliografia Anfinnsen, S., Ghinea, G., & de Cesare, S. (2011). Web 2.0 and folksonomies in a library context. International Journal of Information Management, 31, 63–70. doi:10.1016/j.ijinfomgt.2010.05.006 Baro, E. E., Ebiagbe, E. J., & Godfrey, V. Z. (2013). Web 2.0 tools usage: a comparative study of librarians in university libraries in Nigeria and South Africa. Library Hi Tech News, 30(5), 10–20. doi:10.1108/LHTN-04-2013-0021 Borland, J. (2007). A smarter web. New technologies will make online search more intelligent–and may even lead to a “Web 3.0.” Technol Rev., March/Apri. Retrieved from http://www.technologyreview.com/Infotech/18306 Chua, A. Y. K., & Goh, D. H. (2010). A study of Web 2.0 applications in library websites. Library & Information Science Research, 32, 203–211. Retrieved from http://www.sciencedirect.com/science/article/B6W5R-502NJYN- 1/2/bbd85edb492693de0bb1253850f8b6db Davis-kahl, S., & Hensley, M. K. (2013). Common Ground at the Nexus of Information Literacy and Scholarly Communication. Chicago: Association of College and Research Libraries. Godwin, P. (2008). Information literacy meets library 2.0. London: Facet Pub. Lai, L. S. L., & Turban, E. (2008). Groups Formation and Operations in the Web 2.0 Environment and Social Networks. Group Decision and Negotiation, 17(5), 387–402. doi:10.1007/s10726-008-9113-2 O’Reilly, T. (2005). What is Web 2.0—Design patterns and business models for the next generation of software. Retrieved from http://www.oreillynet.com/pub/a/oreilly/tim/news/2005/09/30/what-is-web-20.html Pacheco, E. L., Barradas, M. J. O., & Sequeira, N. B. (2012). Formação de utilizadores na biblioteca universitária: um estudo de caso. Actas Do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas E Documentalistas. Retrieved from http://www.bad.pt/publicacoes/index.php/congressosbad/article/view/395/pdf Pacheco, E. L., Vargues, M., & Sequeira, N. (2010). A literacia da informação e o ensino superior: a experiência na biblioteca da Universidade do Algarve. In Políticas de informação na sociedade em rede: 10.o congresso nacional de bibliotecários, arquivistas e documentalistas. Guimarães. Retrieved from http://eprints.rclis.org/handle/10760/14482#.UFnFFa6z7Nl Proença, J. P. da S. (2012). Biblioteca escolar e Web 2.0 : questões em torno de algumas práticas em implementação e perceção do impacto no trabalho da biblioteca. Retrieved from http://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/2149 Silva, D. (2014). Informação, redes sociais: a experiência das bibliotecas da Universidade de Aveiro. In Jornadas FCCCN. Évora: FCCN. Retrieved from http://jornadasfccn.files.wordpress.com/2014/02/p-i-2b-jornadas_fccn_aveiro.pdf http://www.wordle.net/
  • Obrigada! epacheco@ualg.pt