• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
83539926 proposta-coordenacao
 

83539926 proposta-coordenacao

on

  • 2,223 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,223
Views on SlideShare
912
Embed Views
1,311

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

6 Embeds 1,311

http://edu-candoconstruindosaber.blogspot.com.br 1259
http://edu-candoconstruindosaber.blogspot.com 33
http://edu-candoconstruindosaber.blogspot.pt 15
http://www.edu-candoconstruindosaber.blogspot.com.br 2
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://3.bp.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    83539926 proposta-coordenacao 83539926 proposta-coordenacao Document Transcript

    • ESCOLA EXPERIMENTAL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL TILMA FERNANDES VEIGA Rua Brandão Júnior s/nº - Bairro Cervejaria (67) 3907-5356 Orelhão (67) 3231- 1250 EMAIL: tilma@corumba.ms.gov.br Diretora: Maria Aglauri Gomes BarbosaPROPOSTA PARA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA ANO LETIVO- 2012 PROFESSOR: NIVALDO NOGUEIRA DE ÁVILA CORUMBÁ/ MS
    • ESCOLA EXPERIMENTAL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL TILMA FERNANDES VEIGA CORUMBÁ-MS, 11 DE FEVEREIRO DE 2012Proposta para Professor/ CoordenadorPeríodo: Ano Letivo de 2012Professora: Nivaldo Nogueira de ÁvilaFormação: Licenciatura Plena em Pedagogia/ Bacharel em TeologiaPós Graduando em Mídias na Educação
    • ESCOLA EXPERIMENTAL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL TILMA FERNANDES VEIGA PROPOSTA PARA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA ANO LETIVO- 201201. APRESENTAÇÃO: A presente proposta para coordenação pedagógica é um material que visa nortearas ações do professor/coordenador Nivaldo Nogueira de Ávila no exercício de suafunção na ESCOLA EXPERIMENTAL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL TILMAFERNANDES VEIGA, localizada na Rua Brandão Júnior s/nº - Bairro Cervejaria/Corumbá, MS.A ESCOLA EXPERIMENTAL DE EDUCAÇÃO INTEGRAL TILMA FERNANDESVEIGA, localizada no Bairro Cervejaria visa atender crianças e adolescentes do bairroe entorno com uma proposta pedagógica que responda às necessidades básicas dosalunos. A Escola de Educação Integral passa a oferecer, além de uma educação dequalidade no turno regular, oficinas pedagógicas no turno inverso, atendendo osestudantes de forma completa. Além de profissionais capacitados e materiaisdidáticos, cada estudante recebe no mínimo três refeições diárias, garantindomelhores condições para o seu aprendizado. O programa é destinado a crianças eadolescentes com: baixo poder aquisitivo, defasagem idade/série, vulnerabilidadesocial, crianças e adolescentes com baixa auto-estima e evasão escolar,oportunizando-lhes uma maior qualidade de ensino, na medida em que sãotrabalhados em todas as áreas do conhecimento, ampliando, com metodologiasdiversificadas, os conteúdos da base curricular.A essência do projeto de escola Integral é a permanência da criança e do adolescentena escola, assistindo-o integralmente em suas necessidades básicas e educacionais,ampliando o aproveitamento escolar, resgatando a auto-estima e capacitando-o paraatingir efetivamente a aprendizagem, sendo alternativa para redução dos índices deevasão, de repetência e de distorção idade/série.Objetivos • Manter os estudantes com atividades, no instante em que os pais estão buscando o sustento da família no mundo do trabalho; • Educar os alunos para o pleno exercício da cidadania, orientando-os para a vida; • Criar hábitos de estudos, aprofundando os conteúdos vivenciados no turno regular; • Vincular as atividades pedagógicas às rotinas diárias de alimentação, higiene, recreação e estudos complementares; • Orientar, com auxílio de profissional competente, pais e educandos da importância de cultivar bons hábitos alimentares e de higiene; • Suprir a falta de opções oferecidas pelos pais no campo social, cultural, esportivo e tecnológico; • Desenvolver as habilidades do educando desde o cultivo da terra à eletrônica, levando em consideração sua origem ou procedência, bem como suas tendências e habilidades;
    • • Possibilitar aos estudantes, oriundos de famílias de baixa renda, ambiente adequado e assistência necessária para a realização de suas tarefas; • Incentivar a participação responsável da comunidade, buscando, através do seu engajamento no processo educacional, diminuir as desigualdades sociais e, conseqüentemente, reduzir os altos índices de violência; • Promover ampliação e humanização do espaço da sala de aula; • Promover o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.02. JUSTIFICATIVA: A escola, é um espaço de atuação dos educadores e mantém uma relaçãodialética com a sociedade, estabelecendo uma inter- relação que contribui para areprodução ou transformação da sociedade. Esse movimento de reprodução e transformação é muitas vezes simultâneo o quetraz implícito uma complexidade à prática dos educadores. Compreender e explicaràs contradições subjacentes às práticas educativas são alguns dos objetivos dotrabalho da coordenação. O entendimento dessas questões reforça a idéia de que ocoordenador pedagógico, enquanto elemento articulador da elaboração e execução daproposta pedagógica precisa estar em um processo permanente de formação, sendoele o profissional capaz de preparar e sensibilizar os educadores sobre tais mudançase o que estas exigem da educação contemporânea. Entendo que Coordenação Pedagógica é um: "Serviço que visa a assegurar unidadede ação técnico-pedagógica em nível de escola. Visa também à eficiência e a eficáciado processo de ensino-aprendizagem, oferecendo as melhores condições de ensino efacilitando o relacionamento professor-aluno”.(DUARTE, Sérgio Guerra. Dicionáriobrasileiro de educação. Rio de Janeiro: Edições Antares: Nobel, 1986. 175 p.) A Coordenação Pedagógica é o elo que propicia os meios para que os alunosaprendam e se desenvolvam como seres humanos. É o Coordenador Pedagógico,que estabelece uma dinâmica de interação para facilitar a caminhada em conjuntocom as várias dimensões do ensino e aprendizagem, também disponibiliza subsídiosque permitem o crescimento do grupo e articula o conjunto de programasdesenvolvidos pela Unidade Escolar; no aprender a conhecer, aprender a viver;aprender a fazer, aprender a ser, enfim o Coordenador Pedagógico coordenaatividades que possibilitam a formação do aluno para a vida e para o mundo dotrabalho. Também é função da coordenação, organizar capacitações para professores,fazer atendimento a alunos, dar sustentação pedagógica para os professores. Por fim, compete ao coordenador promover a redistribuição das responsabilidades ecriar um ambiente propício no processo social da escola.03. OBJETIVO GERAL Elaborar uma proposta pedagógica embasada pela LDB 9394/96, pelo Referencial
    • Curricular Nacional, pelos princípios metodológicos, procedimentos didáticos,concepções de avaliação, entre outros, de forma a desenvolver um currículo escolarque organize e possibilite a produção de conhecimento, numa perspectiva deformação voltada à cidadania e a inserção do educando no mundo do trabalho,oferecendo o suporte necessário aos educadores da instituição.04. OBJETIVOS ESPECIFICOS→ Elaborar o plano de ação da Coordenação Pedagógica em consonância com oProjeto Político-Pedagógico escolar;→ Estimular, acompanhar e participar da elaboração do Projeto Político-Pedagógico,junto com os demais segmentos da escola; → Coordenar as atividades Pedagógicas; → Participar de reuniões seminários, capacitações e programas de formaçãocontinuada; → Trabalhar os dados estatísticos dos resultados de desempenho do aluno, visando àmelhoria do processo ensino e aprendizagem;→ Estimular a participação dos professores em seminários, capacitações e programasde formação continuada; → Zelar pelo cumprimento do calendário escolar; → Disponibilizar informações e apoio às necessidades dos professores noplanejamento curricular; → Promover na escola a formação continuada dos professores; → Desenvolver o Processo de Avaliação de desempenho como instrumento deacompanhamento do trabalho desenvolvido, visando registrar os avanços daaprendizagem do aluno; → Manter-se atualizado quanto às novas metodologias educacionais; → Trabalhar o Currículo voltado para a realidade do aluno; → Comunicar aos órgãos e setores competentes depois de esgotados todos osrecursos, os casos de maus tratos a alunos, evasão escolar e reiterada faltas; → Estimular a criatividade dos professores e a integração do corpo docente; → Desenvolver funções múltiplas e significativas que envolvam ações preventivascomo o acompanhamento do processo pedagógico, a fim de obter resultados positivosna melhoria do ensino – aprendizagem; e construtivas, como o auxilio ao docente nasuperação das dificuldades de maneira cooperativa e positiva; → Incentivar os docentes em trabalhos de equipe, incrementando um trabalhocoletivo, coerente e articulado com a proposta pedagógica da escola.05. PROCEDIMENTOS: Como Coordenador Pedagógico pretendo: ser co-responsável pela construção deuma equipe escolar coesa, engajada e, sobretudo, convicta da viabilidade operacional
    • das prioridades consensualmente assumidas e formalizadas na proposta de trabalhodo Colégio; acompanhar o desenvolvimento dos conteúdos e projetos planejados pelaequipe docente; sugerir a equipe docente alternativas de atividades que favoreçamuma melhoria na aprendizagem principalmente nos aspectos detectados e observadoscomo dificuldade; conversar e discutir sempre que necessário, com a equipe docente,as questões pertinentes ao desempenho escolar/aluno; exercer, no espaço daautonomia que me foi conferida, meu papel de elemento-chave na orientação egerenciamento dos resultados do desempenho escolar obtido pelos alunos frente àsações devidamente planejadas pelos docentes. Enfim como Coordenador Pedagógicono exercício específico de minha função pretendo ser uma articuladora e mobilizadorada equipe escolar, principalmente desenvolvendo minhas atividades voltadas para amelhoria do fazer pedagógico da sala de aula.06. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Considerando a escola como espaço cultural criado para transmitir às novasgerações instrumentos de aprendizagens essenciais, enquanto CoordenadoraPedagógica possuo grande preocupação com a formação ética dos nossos alunos ecom a organização de atividades fundadas nos quatro pilares da educação: aprender aconhecer, aprender a fazer, aprender a viver com os outros e aprender a ser. Nestaperspectiva, desenvolverei meu trabalho voltado para uma educação cidadã quecompreende a realização plena do ser humano, respaldado na construção ereconstrução de conceitos e o fortalecimento de valores indispensáveis para umconvívio saudável e de prosperidade. Para realização e concretização do processoensino-aprendizagem é fundamental a co-participação da família/sociedade em umarelação de parceria com a escola, para que juntos possam efetivar a boa qualidade daeducação de todos que fazem o Contemporâneo. Por fim afirmo que pautarei minhasações na ética profissional, na pontualidade, respeito mútuo e responsabilidade ecompromisso.
    • REFERÊNCIAS:ALMEIDA, Laurinda R.; BRUNO, Eliane B. G.; CHRISTOV, Luiza Helena da S. (Org.)O Coordenador pedagógico e a formação docente. São Paulo: Loyola, 1999. 93p.FALCÃO FILHO, José Leão M. Supervisão: Uma análise crítica das críticas. Coletâneavida na escola: os caminhos e o saber coletivo. Belo Horizonte, 1994. 22 p .FERREIRA, Naura S. Carapeto (Org.). Gestão democrática da educação: atuaistendências e desafios. São Paulo, 1998. 55p.GUIMARÃES, Ana Archangelo et al. O Coordenador pedagógico e a educaçãocontinuada. São Paulo, Loyola. 7. ed.,2004. 55 p.LÜCK, Heloísa et al. A escola participativa e o trabalho do gestor escolar.Rio deJaneiro, DP&A. 6. ed., 2002. 166 p.SANTOS, ODER José dos. Organização do Processo de Trabalho Docente: Umaanálise Crítica. Texto apresentado no V encontro de Didática e Prática de Ensino.1989. 196 p. _______________________________________ NIVALDO NOGUEIRA DE ÁVILA