De Boas Ideias para Uma Gestão    Baseada em Processos
O que você vai   mudar em suaforma de atuação a partir do que viu       hoje?
Como Transformar o ConteúdoAprendido Neste Seminário em Ação !
O que debatemos hoje? GREEN BPM:   Princípios para o Green BPM   Roadmap – como Green BPM impacta seus projetos, gestão...
O que debatemos nestes 4 anos de seminário? Inovação de  Processos                       Green BPM                        ...
Como gostaríamos de apresentar isto para aorganização?                                  RESPONSABILIDADE               INO...
Como muitas vezes apresentamos isto para aorganização?                           LIDER DE       FOCO EM            PROCESS...
Relembrando o Contexto
Nosso sonho• “Eu realmente mudei minha forma de fazer gestão e agora olho  processos sob a perspectiva do cidadão”.• “Eu s...
Nossa “dura” realidade• “Isto não é prioridade para nós agora!• “Lá vem a área de processos novamente nos entrevistar.!• “...
NOSSA VISÃO     Esse caminho    ainda é longo!!!NOSSA REALIDADE                                     12
Nossa conclusão ingênua• “O grande problema da gestão por processos é a falta  de apoio da alta administração!”• “A organi...
Uma conclusão mais provável...   “Enquanto a gestão por processos   não gerar crescimento e riqueza, ela   NÃO será uma pr...
Não existe melhor hora para transformarprocessos no Brasil!                                          15
É difícil crescer com processos ruins!                                         16
Competição e necessidade de busca pela inovação!• Competir por custos contra China e Índia será cada vez mais  difícil.• O...
Temos restrições e oportunidades únicas parainovação!          Por que não fazemos isso?                                  ...
Temos restrições e oportunidades únicas parainovação!         Já há quem esteja fazendo!                                  ...
Quem somos nós?BPM “PEQUENO”          BPM “GRANDE”i) Definição e               Geração decontrole de                cresci...
Vamos lá?       22
ESTRATÉGIA CORPORATIVA                 Planejamento Estratégico                                                   Sinergia...
Componente 1:Amadurecer os Projetos de          Transformação
ESTRATÉGIA CORPORATIVA                           •   Problemas complexos                           •   Múltiplos atores en...
NÍVEL I             NÍVEL II                NÍVEL IIIVisão de          Uma unidade é o       Um processo é o         O pro...
NÍVEL I                  NÍVEL II                 NÍVEL IIIVisão de                                    Um processo ponta a...
Componente 2:     Amadurecer aGestão do Dia-a-Dia
ESTRATÉGIA CORPORATIVA   •   Problemas pontuais   •   Poucos atores envolvidos   •   Abordagens simplificadas   •   Custo ...
NÍVEL I          NÍVEL II           NÍVEL IIIDefinição de                         Indicadores        Indicadores de       ...
NÍVEL I         NÍVEL II             NÍVEL IIIDefinição de                         Indicadores         Indicadores de     ...
Componente 3:Desdobrar Estratégia e     Engajar Pessoas
ESTRATÉGIA CORPORATIVA         PROJETOS E                                               ESTRATÉGIA         METAS ESTRATÉGI...
NÍVEL I             NÍVEL II                NÍVEL III                                        Construção proativa       Int...
NÍVEL I              NÍVEL II             NÍVEL III                                             Construção                ...
Construa seu Roadmap rumo a     uma Gestão Baseada em                  Processos
NOSSA VISÃO       Lembre-se: o        caminho é         longo!!!NOSSA REALIDADE                                    45
Como queremos caminhar até lá?                            46
O Modelo de Maturidade                                                        MODELO DE MATURIDADE EM PROCESSOS           ...
Inove pela Sustentabilidade
BPM Global Trends 2012 - Elo Group II
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

BPM Global Trends 2012 - Elo Group II

115

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
115
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

BPM Global Trends 2012 - Elo Group II

  1. 1. De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos
  2. 2. O que você vai mudar em suaforma de atuação a partir do que viu hoje?
  3. 3. Como Transformar o ConteúdoAprendido Neste Seminário em Ação !
  4. 4. O que debatemos hoje? GREEN BPM:  Princípios para o Green BPM  Roadmap – como Green BPM impacta seus projetos, gestão do dia a dia e estratégia de BPM INOVAÇÃO:  Por que inovar? (problemas, restrições, oportunidades)  Como conduzir um projeto de inovação?  Técnicas para a geração de ideias
  5. 5. O que debatemos nestes 4 anos de seminário? Inovação de Processos Green BPM Mobilidade! Governança de Redes sociais! Processos AnáliseQuantitativa de Gestão da Mudança Foco Processos do Cliente Orientação a Valor 6
  6. 6. Como gostaríamos de apresentar isto para aorganização? RESPONSABILIDADE INOVAÇÃO SOCIO-AMBIENTAL ESTRATÉGIA PROJETOS GESTÃO BASEADA EM PROCESSOSFORMAÇÃO DE MUDANÇA PESSOAL ESTRUTURA ORGANIZACIONAL SISTEMAS 7
  7. 7. Como muitas vezes apresentamos isto para aorganização? LIDER DE FOCO EM PROCESSOS VALOR MONITORAÇÃO ANÁLISE DE PROCESSOS MODELAGEM DE PROCESSOS 8
  8. 8. Relembrando o Contexto
  9. 9. Nosso sonho• “Eu realmente mudei minha forma de fazer gestão e agora olho processos sob a perspectiva do cidadão”.• “Eu sou gestor de Processo e gerencio como minha organização entende e soluciona as necessidades de nossos clientes”.• A gestão por processos ajuda minha organização a entregar melhores e produtos e serviços para nosso clientes;• “Nossos clientes estão mais satisfeitos agora que adotamos a gestão por processos” 10
  10. 10. Nossa “dura” realidade• “Isto não é prioridade para nós agora!• “Lá vem a área de processos novamente nos entrevistar.!• “Já estou cheio de coisas para fazer e ainda tenho que perder tempo mapeando meus processos? Isso não serve para nada”;• “Não aguento mais discutir novamente melhorias nos processos. Não dava para sermos mais rápidos e fazermos isso de uma forma mais simples?”. 11
  11. 11. NOSSA VISÃO Esse caminho ainda é longo!!!NOSSA REALIDADE 12
  12. 12. Nossa conclusão ingênua• “O grande problema da gestão por processos é a falta de apoio da alta administração!”• “A organização não entende e não quer aplicar o que é gestão por processos! 13
  13. 13. Uma conclusão mais provável... “Enquanto a gestão por processos não gerar crescimento e riqueza, ela NÃO será uma prioridade para a alta administração!” 14
  14. 14. Não existe melhor hora para transformarprocessos no Brasil! 15
  15. 15. É difícil crescer com processos ruins! 16
  16. 16. Competição e necessidade de busca pela inovação!• Competir por custos contra China e Índia será cada vez mais difícil.• O Brasil precisa se diferenciar, ser capaz de ofertar novas formas de agregar valor! 18
  17. 17. Temos restrições e oportunidades únicas parainovação! Por que não fazemos isso? 19
  18. 18. Temos restrições e oportunidades únicas parainovação! Já há quem esteja fazendo! 20
  19. 19. Quem somos nós?BPM “PEQUENO” BPM “GRANDE”i) Definição e Geração decontrole de crescimento epadrões riqueza para asoperacionais; organizações, a partir ii) Suporte à da entrega deidentificação e melhores produtos eespecificação de serviçosrequisitos paradesenvolvimentode sistemas. 21
  20. 20. Vamos lá? 22
  21. 21. ESTRATÉGIA CORPORATIVA Planejamento Estratégico Sinergia com Escritório Implantação (Metas e Projetos Estratégicos) de Projetos da Estratégia Desdobrar Estratégia e Gerir Portfólio 02 PROSPECTAR 05 GERENCIAR 06 Disseminar 01 Desdobrar a 03 ELABORAR 04 PLANEJAR e Oportunidades de PORTFÓLIO de CULTURA eESTRATÉGIA para PORTFÓLIO de ORÇAR Projetos MELHORIA e Projetos de RESULTADOS PROCESSOS Melhoria e Inovação Priorizados INOVAÇÃO Processos de BPM Metas Demandas Projetos de Resultados Operacionais das unidades Processo Obtidos 15 GOVERNANÇAGestão do dia a dia & Execução dos Projetos de Processos MATURIDADE 07 Construir VISÃOPerformance DE FUTURO Performance 13 APRENDER sobre a EXECUÇÃO dos Processos 08 ENTENDER e MENSURAR Situação Atual 09 ANALISAR Processos e Melhoria QUANTIFICAR Ganhos Tempo Contínua Tempo 10 REDESENHAR processo e PREPARAR Implantação Melhoria e 14 PADRONIZAR e IMPLEMENTAR 12 MONITORAR 11 IMPLEMENTAR Processo Inovação Performance, Riscos e Melhoria Continua e Realizar Operação Assistida Conformidade Não Conformidades Medições De Ocorrências e Políticas e Visibilidade Melhoria Treinamentos Sistemas Controles Estrutura (AUDITORIA) Indicadores Novas Idéias Padrões Gerencial Contínua e Capacitações (TI) (Riscos) Organizacional (RH) (Conformidade) PROCESSOS EM AÇÃO
  22. 22. Componente 1:Amadurecer os Projetos de Transformação
  23. 23. ESTRATÉGIA CORPORATIVA • Problemas complexos • Múltiplos atores envolvidos • Abordagem customizada • Custo e riscos significativos • Alto impacto e inovação PROJETOS DE MELHORIA PRIORIZADOS EXECUÇÃO DE PROJETOS DE PROCESSO Performance Melhoria e Inovação Organizacional Tempo NOVOS PROCESSOS IMPLANTANDOS (ROTINAS, COMPETÊNCIAS, SISTEMAS, REGRAS, INT ERFACE) PROCESSOS EM AÇÃOREDUÇÃO DE CUSTOS, TEMPO DE EXECUÇÃO, AUMENTO DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE, AUMENTO DE CONFIABILIDADE, ETC..
  24. 24. NÍVEL I NÍVEL II NÍVEL IIIVisão de Uma unidade é o Um processo é o O processo do ativo a ser ativo a ser cliente é o ativo aProcessos transformado transformado ser transformadoNatureza Uso de técnicas de Uso de técnicas de Uso de técnicas de análise de co-criação juntoda Análise benchmarking problema ao clienteFoco do Redesenho focado Redesenho da Redesenho com em otimização do interação do cliente foco na interaçãoRedesenho fluxo interno com o processo com o ambienteMelhoria de Treinamento e Dimensionamento e Redesenho daPessoas e formalização de alocação da força de estruturaEstrutura atribuições trabalho organizacionalMelhoria Especificar sistemas Automação de Mudanças node Sistema baseado em processo em BPMS sistema atual processos dispositivos móveisOrientação para Ganhos são Ganhos estimados Ganhos apuradosResultado identificados pós pré projeto e disseminados projeto Gerenciamento Projeto percebido Projeto capacitaGestão da tradicional do como legado pelo gestores para ativarMudança projeto participantes a gestão do dia a dia
  25. 25. NÍVEL I NÍVEL II NÍVEL IIIVisão de Um processo ponta a O serviço prestado ao Uma unidade é o ativo ponta é o ativo a ser cliente é o ativo a serProcessos a ser transformado transformado transformadoNatureza Uso de técnica de co- Uso de técnicas de Uso de técnicas de criação junto aoda Análise análise de problema Benchmarking clienteFoco do Redesenho focado em Redesenho da Redesenho com foco otimização do fluxo interação do cliente na interação com oRedesenho interno com o processo ambienteMelhoria de Treinamento e Dimensionamento e Redesenho daPessoas e formalização de alocação da força de estruturaEstrutura atribuições trabalho organizacionalMelhoria Especificar sistemas Automação de Mudanças no sistema baseado em processo em BPMSde Sistema atual processos dispositivos móveisOrientação para Ganhos são Ganhos quantificados Ganhos apurados e identificados pósResultado projeto pré projeto disseminados Projeto percebido Projeto capacitaGestão da Gerenciamento como legado pelo gestores para ativar aMudança tradicional do projeto participantes gestão do dia a dia
  26. 26. Componente 2: Amadurecer aGestão do Dia-a-Dia
  27. 27. ESTRATÉGIA CORPORATIVA • Problemas pontuais • Poucos atores envolvidos • Abordagens simplificadas • Custo e riscos controlados • Baixo impacto METAS OPERACIONAIS GESTÃO DO DIA-A-DIA Performance Melhoria Contínua Tempo PROCESSOS INDICADORES, NOVASMELHORADOS IDÉIAS, ERROS, FALHAS PROCESSOS EM AÇÃO REDUÇÃO DE CUSTOS, TEMPO DE EXECUÇÃO, AUMENTO DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE, AUMENTO DE CONFIABILIDADE, ETC..
  28. 28. NÍVEL I NÍVEL II NÍVEL IIIDefinição de Indicadores Indicadores de Indicadores funcionais processoIndicadores Funcionais desdobrados da compartilhadose Metas estratégia entre unidadesReunião de Reunião de Reunião de Reunião de gestão controle deGestão do melhoria contínua baseada em qualidade daDia a Dia da unidade processos unidade Monitoração deSuporte à Monitoração de Convergência das informações indicadores para informações deTomada de qualitativas para suporte a tomada gestão para aDecisão suporte a tomada de decisão tomada de decisão de decisão Os projetos de A gestão do dia a A gestão do dia a melhoria sãoGuardião de dia é suportada dia é suportada executados peloProcessos pela unidade de pelo guardião de guardião de gestão processo processo
  29. 29. NÍVEL I NÍVEL II NÍVEL IIIDefinição de Indicadores Indicadores de Indicadores funcionais processoIndicadores Funcionais desdobrados da compartilhadose Metas estratégia entre unidadesReunião de Reunião de Reunião de Reunião de gestão controle deGestão do melhoria contínua baseada em qualidade daDia a Dia da unidade processos unidade Monitoração deSuporte à Monitoração de Convergência das informações indicadores para informações deTomada de qualitativas para suporte a tomada gestão para aDecisão suporte a tomada de decisão tomada de decisão de decisão Os projetos de A gestão do dia a A gestão do dia a melhoria sãoGuardião de dia é suportada dia é suportada executados peloProcessos pela unidade de pelo guardião de guardião de gestão processo processo
  30. 30. Componente 3:Desdobrar Estratégia e Engajar Pessoas
  31. 31. ESTRATÉGIA CORPORATIVA PROJETOS E ESTRATÉGIA METAS ESTRATÉGICAS IMPLANTADA DESDOBRAR ESTRATÉGIA E GERIR PORTOLIOMETAS NOVAS PROJETOS DE MELHORIA PRIORIZADOSOPERACIONAIS DEMANDAS
  32. 32. NÍVEL I NÍVEL II NÍVEL III Construção proativa Integração dos Gestão e priorizaçãoAlocação de do portfólio de projetos de melhoria reativa deRecursos melhoria a partir da com os demais demandas estratégia projetos A cadeia de valor é As pessoas A cadeia de valorInternalização utilizada para conhecem os simultaneamenteda Cadeia desdobramento de processo da reflete e alimenta ade Valor disciplinas de organização estratégia gestão Profissionais são Guardiões de A performance nosEstímulo à reconhecidos por processo são fortes processos é parteGestão por iniciativas de candidatos a da remuneraçãoProcessos processo promoções variável A liderança usa A liderança usaCultura de A liderança utiliza gestão por processo gestão por processoGestão por gestão por processo para melhorar a como melhor formaProcessos para padronização operação de gestão
  33. 33. NÍVEL I NÍVEL II NÍVEL III Construção Integração dosAlocação de Gestão e proativa do projetos de priorização reativa portfólio deRecursos de demandas melhoria a partir melhoria com os demais projetos da estratégia A cadeia de valor As pessoas A cadeia de valorInternalização é utilizada para conhecem os simultaneamente desdobramento deda Cadeia de Valor processo da reflete e alimenta disciplinas de organização a estratégia gestãoEstímulo a Profissionais são Guardiões de A performance nos reconhecidos por processo são processos é parteGestão por iniciativas de fortes candidatos da remuneraçãoProcesso processo a promoções variável A liderança usa A liderança usaCultura de A liderança utiliza gestão por gestão por gestão porGestão por processo para processo para processo comoProcesso melhorar a melhor forma de padronização operação gestão
  34. 34. Construa seu Roadmap rumo a uma Gestão Baseada em Processos
  35. 35. NOSSA VISÃO Lembre-se: o caminho é longo!!!NOSSA REALIDADE 45
  36. 36. Como queremos caminhar até lá? 46
  37. 37. O Modelo de Maturidade MODELO DE MATURIDADE EM PROCESSOS NIVEL I NIVEL II NIVEL III UM PROCESSO PONTA-A-PONTA É O ATIVO A SER O SERVIÇO PRESTADO AO CLIENTE É O ATIVO A SER VISÃO DE PROCESSO UMA UNIDADE OU SISTEMA É O ATIVO A SER MELHORADO MELHORADO TRANSFORMADO USO DE TÉCNICAS PARA ESTIMULAR A CRIATIVIDADE DA USO DE TÉCNICAS DE ANÁLISE DE PROBLEMAS USO DE TÉCNICA DE CO-CRIAÇÃO E BENCHMARKING PROJETO DE MELHORIA ORGANIZAÇÃO MELHORIA COM FOCO EM OTIMIZAÇÃO DO FLUXO DE MELHORIA COM FOCO EM NOVAS REGRAS, DIRETRIZES E MELHORIA COM FOCO EM MELHORES SERVIÇOS AO CLIENTE TRABALHO ABORDAGENS PARA O PROCESSO ABRANGÊNCIA DAS SOLUÇÕES PROPOSTAS MELHOR DIMENSIONAMENTO DO TRABALHO E PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO ORGANIZACIONAL PARA SUPORTAR OS SUGESTÕES DE TREINAMENTOS E OTIMIZAÇÃO DE INTERFACES TREINAMENTO PROCESSOS MELHORIA COM FOCO EM OTIMIZAR FUNCIONALIDADES DE MELHORIA COM FOCO EM DESENVOLVER SISTEMAS MELHORIA COM FOCO EM AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS EM SISTEMA ORIENTADOS A PROCESSOS BPMS ORIENTAÇÃO PARA GANHOS SÃO QUANTIFICADOS P/ JUSTIFICAR A GANHOS SÃO O PROPÓSITO DO PROJETO DE MELHORIA GANHOS SÃO APURADOS PARA COMPROVAR O SUCESSO DO RESULTADOS IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO REDESENHADO PROJETO DE MELHORIA CAPACITAR GESTORES E LÍDERES PARA GERIR O DIA-A-DIA DOS GESTÃO DA MUDANÇA IMPLANTAR AS MELHORIAS PROPOSTAS ESTIMULAR ENGAJAMENTO E COLABORAÇÃO NO PROJETO PROCESSO GESTÃO DO DIA A DIA DEFINIÇÃO DE GESTÃO DE INDICADORES FUNCIONAIS GESTÃO DE INDICADORES FUNCIONAIS E SEU IMPACTO NA GESTÃO INTEGRADA DE INDICADORES FUNCIONAIS E DE INDICADORES E METAS ESTRATÉGIA PROCESSOS REUNIÃO DE GESTÃO DO REUNIÃO DE CONTROLE DE QUALIDADE DA UNIDADE REUNIÃO DE MELHORIA CONTÍNUA REUNIÃO DE GESTÃO BASEADA EM PROCESSOS DIA-A-DIA SUPORTE À TOMADA DE CONTROLE DE INDICADORES E CORREÇÃO DE MONITORAÇÃO DE INFORMAÇÕES DE DESEMPENHO E AÇÃO MONITORAÇÃO DO DESEMPENHO DO PROCESSO E AÇÃO DECISÃO INCONFORMIDADE ORIENTADA A MELHORIA CONTÍNUA INTEGRADA DE GESTÃO A GESTÃO DO DIA-A-DIA É SUPORTADA PELA UNIDADE DE A GESTÃO DO DIA-A-DIA É SUPORTADO PELO GUARDIÃO DE OS PROJETOS DE MELHORIA SÃO EXECUTADOS PELO GUARDIÃO DE PROCESSO GESTÃO PROCESSOS GUARDIÃO DE PROCESSOS PORTFÓLIO DE OS PROJETOS DE MELHORIA SÃO ATENDIDOS CONFORME A PROJETOS DE MELHORIA SÃO PRIORIZADOS A PARTIR DE PROJETOS DE MELHORIA FAZEM PARTE DA CARTEIRA DE MELHORIA E INOVAÇÃO DEMANDA DAS UNIDADE DE NEGÓCIO DINÂMICAS DE CRIAÇÃO DE IDEIAS PROJETOS DA ORGANIZAÇÃOESTRATÉGIA CULTURA E INTERNALIZAÇÃO DA AS PESSOAS CONHECEM OS PROCESSOS DA ORGANIZAÇÃO E A CADEIA DE VALOR REFLETE A ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL OS PROCESSOS (CADEIA DE VALOR) DA ORGANIZAÇÃO CADEIA DE VALOR SUA CADEIA DE VALOR SUPORTAM DIVERSAS INICIATIVAS DE GESTÃO ESTÍMULO A GESTÃO AS PESSOAS SÃO ESTIMULADAS A REALIZAR AÇÕES AS PESSOAS SÃO ESTIMULADAS A PERIODICAMENTE PENSAR AS PESSOAS SÃO ESTIMULADAS A PENSAR PROJETOS DE POR PROCESSO CORRETIVAS E PREVENTIVAS DE PROCESSO MELHORIAS DE PROCESSO MELHORIA E INOVAÇÃO DE PROCESSO CULTURA DE GESTÃO A LIDERANÇA USA GESTÃO POR PROCESSOS PARA A LIDERANÇA USA GESTÃO POR PROCESSOS PARA MELHORAR A LIDERANÇA USA GESTÃO POR PROCESSOS COMO UMA POR PROCESSO PADRONIZAR E NORMATIZAR SUAS DECISÕES A OPERAÇÃO MELHOR FORMA DE GERIR A ORGANIZAÇÃO 47
  38. 38. Inove pela Sustentabilidade

×