Your SlideShare is downloading. ×
Elog portugues
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Elog portugues

340
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
340
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • A Elog realiza a gestão integrada da cadeia logística, com foco na eficácia dos processos operacionais e em parcerias sólidas.  Soluções abrangem o processamento de produtos importados e/ou nacionais para abastecimento de indústrias e distribuidores de produtos acabados no país. Essa estrutura vai desde gestão de processos e estoques, até a entrega efetiva aos clientes finais e seu retorno.  O conhecimento em setores industriais específicos permite o desenho e a implantação de projetos feitos sob medida, dentro das características e flexibilidades necessárias para uma operação adequada. A equipe de relacionamento e atendimento é especializada em entender e realizar a gestão para cada cliente. Desta forma, garantimos melhoria nos processos e a continuidade da parceria, pois controlamos os níveis de serviços, indicadores de performance e prazos acordados em cada operação logística.
  • Qualquer empresa que possui em sua cadeia de valor fluxos de importação e exportação pode ser atendida na plataforma logística.  Atualmente: é a maior retro área instalada no Porto de Santos e oferece os serviços de pátio regulador, operação de containers vazios para os principais armadores, operações de containers para exportação (redex) além de toda a base de transporte rodoviário da baixada santista que está instalada lá.  Localização é equidistante das margens direita e esquerda do Porto de Santos. Possui desvio ferroviário com bitola mista.
  • Cliente do setor químico (Lanxess)Início da operação: Julho/2004Unidade(s) utilizada(s): Porto Seco Barueri e CD Alphaville (Químico)Tipo de produto operado: Polímeros Desafio: Encontrar um operador logístico que atendesse com qualidade todas as necessidades no processo logístico de seus produtos químicos. Além das adaptações necessárias à cultura do cliente Descritivo: Operação de polímeros realizada no complexo logístico localizado em Barueri, em área específica e adequada para produtos químicos, com rigoroso gerenciamento de riscos. Os produtos são importados e armazenados no Porto Seco Barueri, sob regime de entreposto aduaneiro. A nacionalização é realizada tanto para venda direta aos clientes, como para transferência para o centro de distribuição, onde os produtos são recebidos, conferidos e armazenados. Todo o gerenciamento do estoque, endereçamento e movimentação é realizado através do sistema WMS Alcis. Serviços de valor agregado, como etiquetagem e controle de lotes são realizados também neste site. A operação contempla ainda a distribuição dos produtos para toda a grande São Paulo.  Resultados:- Redução nos custos de frete de distribuição- Diminuição de 2 dias no prazo de entrega- Redução de 3 dias no lead-time do processo entre a chegada na área alfandegada e transferência para o centro de distribuição
  • Cliente do setor químico (Lanxess)Início da operação: Julho/2004Unidade(s) utilizada(s): Porto Seco Barueri e CD Alphaville (Químico)Tipo de produto operado: Polímeros Desafio: Encontrar um operador logístico que atendesse com qualidade todas as necessidades no processo logístico de seus produtos químicos. Além das adaptações necessárias à cultura do cliente Descritivo: Operação de polímeros realizada no complexo logístico localizado em Barueri, em área específica e adequada para produtos químicos, com rigoroso gerenciamento de riscos. Os produtos são importados e armazenados no Porto Seco Barueri, sob regime de entreposto aduaneiro. A nacionalização é realizada tanto para venda direta aos clientes, como para transferência para o centro de distribuição, onde os produtos são recebidos, conferidos e armazenados. Todo o gerenciamento do estoque, endereçamento e movimentação é realizado através do sistema WMS Alcis. Serviços de valor agregado, como etiquetagem e controle de lotes são realizados também neste site. A operação contempla ainda a distribuição dos produtos para toda a grande São Paulo.  Resultados:- Redução nos custos de frete de distribuição- Diminuição de 2 dias no prazo de entrega- Redução de 3 dias no lead-time do processo entre a chegada na área alfandegada e transferência para o centro de distribuição
  • Cliente do setor de máquinas e equipamentos (Husqvarna)Início da operação: Junho/2007Unidade(s) utilizada(s): CD Alphaville, Transporte de Distribuição Alphaville (apenas para um cliente como frete exclusivo) e Transporte de Transferência de Guarulhos e ViracoposTipo de produto operado: Motoserras, roçadeiras, cortadores de grama, partes e peças de reposição. Escopo da operação: Recebimento, conferência, armazenagem, separação e expedição. Transporte de distribuição para um grande varejista. Diferenciais da operação: área de armazenagem (estruturas porta pallet e Bin´s), Picking, PDV, EDI Indicadores macro: Recebimento, Expedição, Devolução e Armazenagem. Todos estão no anexo.
  • Cliente do setor de máquinas e equipamentos (Husqvarna)Início da operação: Junho/2007Unidade(s) utilizada(s): CD Alphaville, Transporte de Distribuição Alphaville (apenas para um cliente como frete exclusivo) e Transporte de Transferência de Guarulhos e ViracoposTipo de produto operado: Motoserras, roçadeiras, cortadores de grama, partes e peças de reposição. Escopo da operação: Recebimento, conferência, armazenagem, separação e expedição. Transporte de distribuição para um grande varejista. Diferenciais da operação: área de armazenagem (estruturas porta pallet e Bin´s), Picking, PDV, EDI Indicadores macro: Recebimento, Expedição, Devolução e Armazenagem. Todos estão no anexo.
  • Cliente do setor de eletro-eletrônicos (Sharp)Início da operação: Fevereiro/2010Unidade(s) utilizada(s): Porto Seco Barueri, Transporte de Transferência do Porto Seco para o CD, CD Alphaville e Transporte de DistribuiçãoTipo de produto operado: Impressoras, suprimentos, partes e peças de reposição. Escopo da operação: Armazenagem alfandegada e nacionalização. Transporte de transferência para o Centro de Distribuição Alphaville. Recebimento, conferência, armazenagem e expedição. armazenados e expedidos. Transporte de distribuição para o Brasil.Diferenciais da operação: Batimento de EstoqueIndicadores macro: recebimento, expedição, devolução e armazenagem conforme anexo.
  • Cliente do setor de eletro-eletrônicos (Sharp)Início da operação: Fevereiro/2010Unidade(s) utilizada(s): Porto Seco Barueri, Transporte de Transferência do Porto Seco para o CD, CD Alphaville e Transporte de DistribuiçãoTipo de produto operado: Impressoras, suprimentos, partes e peças de reposição. Escopo da operação: Armazenagem alfandegada e nacionalização. Transporte de transferência para o Centro de Distribuição Alphaville. Recebimento, conferência, armazenagem e expedição. armazenados e expedidos. Transporte de distribuição para o Brasil.Diferenciais da operação: Batimento de EstoqueIndicadores macro: recebimento, expedição, devolução e armazenagem conforme anexo.
  • Cliente do setor de máquinas e equipamentos (CAF)Início da operação: 10/2009Unidade(s) utilizada(s): PS CampinasTipo de produto operado: TRENS e equipamentos ferroviáriosEscopo da operação: Importação e exportação em área alfandegada, operação realizada com o regime especial DAC. Diferenciais da operação: nessa operação o equipamento não passa pelo porto seco devido a sua complexidade, então a Receita Federal credencia um espaço alfandegado dentro da empresa do cliente para controlar a operação. 
  • Cliente do setor de máquinas e equipamentos (CAF)Início da operação: 10/2009Unidade(s) utilizada(s): PS CampinasTipo de produto operado: TRENS e equipamentos ferroviáriosEscopo da operação: Importação e exportação em área alfandegada, operação realizada com o regime especial DAC. Diferenciais da operação: nessa operação o equipamento não passa pelo porto seco devido a sua complexidade, então a Receita Federal credencia um espaço alfandegado dentro da empresa do cliente para controlar a operação. 
  • Transcript

    • 1. Sub-holding de Logística do Grupo EcoRodoviasESTRUTURA SOCIETÁRIAFree FloatPrimav Construções eComércio S.A36%64%100% 80%Serviços ConcessõesRodoviárias12%BRZInvestimentos20%100%Logística
    • 2. UNIDADES EM LOCALIZAÇÕES ESPECÍFICASUruguaianaNOSSASUNIDADESCampinasCajamarAlphavilleSantosFoz doIguaçuCuritibaSantana doLivramentoJaguarãoSão PauloCubatãoBarueriImigrantesPlataformaLogísticaÁreaalfandegadaCentro deDistribuiçãoFronteira
    • 3. R$ 286 MMR$ 358 MM2010 2012DIMENSÃO NO MERCADOEvolução faturamento2011R$ 394 MMNúmero decolaboradores:1.800
    • 4. CAPITAL HUMANOA Elog segue as tendências de valorização depessoas, investindo cada vez mais emtreinamento e desenvolvimento de seusprofissionaisNossos colaboradores trabalham com paixão,brilho nos olhos, profissionalismo ecomprometimento
    • 5. Foco em tecnologiae inovaçãoIntegraçãoLogísticaInfraestruturasextraordinárias
    • 6. LOGÍSTICA DERESULTADO
    • 7. SERVIÇOSPLATAFORMASLOGÍSTICASCASES
    • 8. SERVIÇOSPLATAFORMASLOGÍSTICASCASES
    • 9. Gestão daLogísticaIntegradaGestão deArmazenagemGestão deComercioExteriorGestão deTransporteGestão daInformação
    • 10. Gestão daLogísticaIntegradaGestão deArmazenagemGestão deComercioExteriorGestão deTransporteGestão daInformação
    • 11. PlataformaslogísticasintermodaisGESTÃO DA LOGÍSTICA INTEGRADAGestão da InformaçãoGestão do transporteArmazémalfandegadoCentro deDistribuiçãoDistribuidor |fábricaConsumo |LojaPorto | AeroportoFronteiraRedução de prazose otimização dofluxo logísticoCustomizaçãopara cada setorEquipe derelacionamentoespecializada
    • 12. GERENCIAMENTO DE RISCOSNOSSO TIME DE GERENCIAMENTO DE RISCOS ESTAFUNDAMENTADO NAS SEGUINTES PREMISSAS:Desenvolver projetos de segurança utilizando conceitosestratégicos e modernosGerenciar atividades de combate a Fraudes, GRis deTransportes, Security e SafetyPadronizar ações através da criação e implantação de PGR eemprego de metodologia de análise de riscosAsessorar a gestão dos estoques – foco naprevenção de perdasAdministrar as Apólices de Seguros, desenvolvendo açõespreventivas e corretivas para redução/eliminação de perdas
    • 13. Gestão deArmazenagemGestão daLogísticaIntegradaGestão deComercioExteriorGestão deTransporteGestão daInformação
    • 14. SERVIÇOSArmazenagem especializadaServiços de valor agregadoVMI – Gestão de estoquesPraticidade em todosos processos de logísticaSegurança garantidados produtosFacilidade noacompanhamentodos processos
    • 15. ARMAZENAGEMESPECIALIZADARecebimentoArmazenagemMovimentaçãoPicking & packingExpediçãoGestão de estoques
    • 16. Montagem de kitsEtiquetagemEmbalagemColocação de dispositivosde segurançaReparosFracionamentoColeta de amostrasSERVIÇOS DE VALORAGREGADO (SVA)
    • 17. GERENCIAMENTO DEESTOQUES (VMI)A Elog oferece um serviço completo etotalmente automatizado na gestão deestoques para todos os clientesO VMI da Elog garante:Maior visibilidade e controle do processode Supply Chain e níveis de estoque paragarantir uma produção adequada a demandaRedução de custos, pois todo o processo éautomatizado e realizado com troca eletrônicade informações entre os elos da cadeiaMelhor controle de inventário edisponibilidade de produtos para reposiçãoe/ou fabricação, através do planejamentoconjunto e troca de informações
    • 18. Gestão deComercioExteriorGestão daLogísticaIntegradaGestão deArmazenagemGestão deTransporteGestão daInformação
    • 19. CELERIDADE NO PROCESSOAlternativas Completasna Cadeia do Comércio ExteriorSERVIÇOS Armazenagem alfandegadaOperação de containers vaziosOperação em fronteiras
    • 20. OPERAÇÕES ALFANDEGADASRegimes aduaneiros oferecidos:Entreposto AduaneiroAdmissão TemporáriaRegime ComumDAC (Depósito Alfandegado Certificado)DrawbackImportação / Exportação temporáriaIndustrialização (IN 241)OPERAÇÕES LOGÍSTICAS DESENVOLVIDAS EM RECINTOSALFANDEGADOS AUTORIZADOS PELA RECEITA FEDERAL
    • 21. DEPOTArmazenagem e reparo de containers vazios, em áreadedicada com os seguintes serviços agregados:Lavagem simples e química do containerMonitoramento e controle de energia do container reeferVistoria de inspensão do containerTransporte de vazios
    • 22. Integração com o MercosulArmazenagem alfandegadaSegurança no fluxo logísticona importação e exportaçãoAduanas integradasOperações noturnasOPERAÇÃO EM FRONTEIRAS
    • 23. Gestão deTransporteGestão daLogísticaIntegradaGestão deArmazenagemGestão deComercioExteriorGestão daInformação
    • 24. Atuamos no transporte para realizar a integração de nossas unidadescom as plantas e o mercado consumidor de nossos clientesOperador de transporte multimodal com frota própria e agregadaCertificação SASSMAQ
    • 25. Gestão deTransporteGestão daLogísticaIntegradaGestão deArmazenagemGestão deComercioExteriorGestão daInformação
    • 26. Disponibilidade de informações de todos os serviços prestadosMaior conectividade entre os sistemasOtimização de resultadosInformações precisas e onlineAutomação de processosRastreabilidade da Operação
    • 27. PRINCIPAIS SISTEMASWMS, TMS, SAPPRINCIPAIS TECNOLOGIAS:Rádio frequencia, OCR, RFIDWMSPS TMSSAPWMSCD
    • 28. PLATAFORMASLOGÍSTICASCASESSERVIÇOS
    • 29. OBJETIVO : INTEGRAÇÃO DE TODOS OSSERVIÇOS LOGÍSTICOS EM UM SÓ LUGARMaximizar resultados e prazosMinimizar riscosREDEXCDDEPOTPátio ReguladorArmazenagemArmazenagemAlfandegada
    • 30. CUBATÃO
    • 31. EcopátioSP-150AnchietaSantosGuarujáEstuarioPorto de SantosSP-055Rod. Cònego DomenicoRangoni km263LOCALIZADO ENTRE AS MARGENS DIREITAE ESQUERDA DO PORTO DE SANTOSMAIOR RETROÁREA JÁ INSTALADA NA BAIXADASANTISTA COM DESVIO FERROVIÁRIO COM BITOLAMISTA.DEPOTREDEXArmazenagemTransportePátio regulador
    • 32. INFRAESTRUTURAÁrea Total: 443.000 m²Área Armazéns: 136.000m²Área Pátio: 138.000 m²Área Inflamáveis: 500 m²Coletores de dadosEquipamento ScannerMonitoramento completo dacarga via web16 gatesTomadas para container Reefer
    • 33. IMIGRANTES
    • 34. LOCALIZADA NO KM 27,5 DARODOVIA DOS IMIGRANTESPRÓXIMO AO PORTO DE SANTOS E SÃO PAULO
    • 35. INFRAESTRUTURAÁrea Total do terreno: 655.500 m²Área Módulos A+B: 64.500 m²Área Módulos C: 11.000 m²Área de Pátio: 65.000 m²Módulos D/E de 30.000m²Atividade complementar na cadeia deimportação e exportaçãoConjugada com a atividade de distribuição
    • 36. PLATAFORMASLOGÍSTICASCASESSERVIÇOS
    • 37. CLIENTE DO SETOR FARMACÊUTICOInício: Junho/2003Produtos: Preservativos e Produtos de Uso Pessoal(100% importados)Unidades utilizadas: Porto Seco Barueri, Transportede Transferência e CD Alphaville (Farmacêutico)
    • 38. CLIENTE DO SETOR FARMACÊUTICOEscopo da operação: Recebimentoe armazenagem dos produtos porto seco,nacionalização e transferência do Porto SecoBarueri para o Centro de Distribuição Alphaville.
    • 39. CLIENTE DO SETOR QUÍMICOInício: Julho/2004Produtos: PolímerosUnidades utilizadas: Porto Seco Baruerie CD Alphaville (Químico)
    • 40. CLIENTE DO SETOR QUÍMICOEscopo da operação: Armazenagemalfandegada utilizando o regime de EntrepostoAduaneiro, nacionalização e expedição paravenda de parte dos produtos. Demais sãotransferido para o Centro de Distribuição.
    • 41. CLIENTE DO SETOR DE MÁQUINAS EEQUIPAMENTOSInício: Junho/2007Produtos: Motoserras, roçadeiras, cortadoresde grama, partes e peças de reposiçãoUnidades utilizadas: CD Alphaville, Transporte deDistribuição Alphaville e Transporte de Transferênciade Guarulhos e Viracopos
    • 42. CLIENTE DO SETOR DE MÁQUINAS EEQUIPAMENTOSEscopo da operação: Recebimento,conferência, armazenagem, separação eexpedição. Transporte de distribuição paraum grande varejista.
    • 43. Início: Fevereiro/2010Produtos: Impressoras, suprimentos,partes e peças de reposiçãoUnidades utilizadas: Porto Seco Barueri,Transporte de Transferência do PortoSeco para o CD, CD Alphaville eTransporte de DistribuiçãoCLIENTE DO SETOR DE ELETRO-ELETRÔNICOS
    • 44. Escopo da operação: Armazenagemalfandegada e nacionalização.Transportede transferência para o Centro deDistribuição Alphaville.CLIENTE DO SETOR DE ELETRO-ELETRÔNICOS
    • 45. Início: Abril/2006Produtos: Calçados e vestuário linha SportslifestyleUnidades utilizadas: CLIA Santos, PS Barueri,CD Cajamar e TransporteCLIENTE DO SETOR DE TÊXTILE CALÇADOS
    • 46. CLIENTE DO SETOR DE TÊXTILE CALÇADOSEscopo da operação: Importação,nacionalização, transferência, armazenagem,picking complexo, VAS, transportes.
    • 47. DADOS TÉCNICOS-CDÁrea Total: 79.500m²Armazéns Quimicos:16.400m²Armazéns Farmaceuticos: 14.300m²Área Outros Produtos: : 51.800m²Numero de Docas: 53PRINCIPAIS DISTANCIASALPHAVILLEDADOS TÉCNICOS-PSAeroporto Internacional de Congonhas SP | SP 28 KmAeroporto Internacional de Guarulhos SP | SP 39 KmAeroporto Internacional de Viracopos Campinas | SP74 KmPorto de Santos Santos | SP 105 KmÁrea Total: 32.400m²Armazéns : 18.000m²Numero de Doca: 30
    • 48. CAJAMARDADOS TÉCNICOSÁrea Total: 102.000m²Armazéns : 36.000m²Numero de Docas: 96PRINCIPAIS DISTANCIASAeroporto Internacional de Congonhas SP | SP 20 KmAeroporto Internacional de Guarulhos SP | SP 47 KmAeroporto Internacional de Viracopos Campinas | SP55 KmPorto de Santos Santos | SP 113 Km
    • 49. CAMPINASDADOS TÉCNICOSÁrea Total: 65.000m²Armazéns : 12.450m²Numero de Docas: 12Coletores de Dados: 16PRINCIPAIS DISTANCIASAeroporto Internacional de Guarulhos SP | SP 110 KmAeroporto Internacional de Viracopos Campinas | SP23 KmPorto de Santos Santos | SP 175 Km
    • 50. CURITIBA DADOS TÉCNICOS-CDÁrea Total: 30.000²Armazéns :18.000²Numero de Docas: 12PRINCIPAIS DISTANCIASDADOS TÉCNICOS-PSIPorto de Paranaguá | PR 92 KmAeroporto Internacional Afonso Pena |São José dos Pinhais | PR 18 KmÁrea Total: 150.000²Armazéns : 2.000²Numero de Doca: 2DADOS TÉCNICOS-PSIIÁrea Total: 72.000²Armazéns : 17.000m²Numero de Doca: 17
    • 51. FOZ DO IGUAÇUDADOS TÉCNICOSÁrea Total: 150.000m²Armazéns : 1.900m²Armazéns Quimicos: 3.300m²Número de Docas: 8Vagas de Veículo: 747PRINCIPAIS DISTANCIASPorto Alegre | RS 798 KmCuritiba | PR 698 KmSão Paulo | SP 1.084 Km
    • 52. JAGUARÃODADOS TÉCNICOSÁrea Total: 60.000m²Armazéns : 1.500m²Numero de Docas: 3Vagas de Veículo: 110PRINCIPAIS DISTANCIASPorto Alegre | RS 392 KmCuritiba | PR 1.160 KmSão Paulo | SP 1.585 Km
    • 53. SANTANADO LIVRAMENTOPRINCIPAIS DISTANCIASPorto Alegre | RS 518 KmCuritiba | PR 1.075 KmSão Paulo | SP 1.513 KmDADOS TÉCNICOSÁrea Total: 38.000m²Armazéns : 1.000m²Vagas de Veículo: 130
    • 54. SANTOSPRINCIPAIS DISTANCIASAeroporto Internacional de Guarulhos |São Paulo | SP 98 KmAeroporto Internacional de Viracopos |Campinas | SP 178 KmPorto de Santos | Santos | SP 11 KmDADOS TÉCNICOSÁrea Total: 35.000m²Armazéns : 7.500m²Pátio: 20.000m²
    • 55. SÃO PAULOPRINCIPAIS DISTANCIASAeroporto Internacional de Congonhas| São Paulo | SP 08 KmAeroporto Internacional de Guarulhos| São Paulo | SP 20 KmPorto de Santos | Santos | SP 79 KmDADOS TÉCNICOS-PSÁrea Total: 18.100m²Armazéns : 12.400m²Numero de Doca: 19
    • 56. URUGUAIANAPRINCIPAIS DISTANCIASDistancia Porto Alegre | RS 681 KmDistancia Curitiba | PR 1.133 KmDistancia São Paulo | SP 1.571 KmDADOS TÉCNICOS-CDÁrea Total: 167.000m²Armazéns :6.6000m²Numero de Docas: 2Vagas Veículos: 600
    • 57. LOGÍSTICA DERESULTADO