Simulado língua portuguesa 1º ano b

3,049 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,049
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Simulado língua portuguesa 1º ano b

  1. 1. Simulado Língua Portuguesa 1º ano B Nome : nº Questão 1 Letra E Questão 2
  2. 2. Letra C Questão 3- Indique a opção abaixo que apresenta somente exemplo de linguagem não verbal. a) Conversa entre dois amigos; b) Histórias contadas em romances; c) Sinal indicativo para não fumar; d) Diálogos escritos em peças teatrais; Questão 4. “Tamos aí! Na crista da onda, depois de anos de trabalho duro. Tamos aí: um coral prá frente e sério paca. É o fino em matéria de música, da popular e da erudita.” Dentre as opções abaixo, qual atende a reescrita adequada do texto acima, de acordo com a linguagem formal? a) Trabalho duro botou nosso coral na linha de frente. Estamos aí. Em matéria de música, da popular e da erudita, ninguém deu duro como nosso coral. b) Ninguém resiste ao fino que é o nosso coral: prá frente e sério. Na crista da onda, só mesmo um coral como o nosso. c) Estamos apresentando um coral moderno, sério e excelente em matéria de música popular e erudita. Questão 5 - A norma culta é aquela constituída como padrão e apreendida na escrita. A modalidade informal, no entanto, não é tida como erro, mas flexível em seu emprego, principalmente quando o usuário da língua está: a) apresentando um seminário na universidade b) realizando tarefas em um escritório empregatício; c) fazendo compras em um supermercado; d) sendo arguido durante sua defesa de doutoramento. Questão 6 – Leia a letra da música e faça o que se pede: Luz Dos Olhos - Cássia Eller Ponho os meus olhos em você se você está Dona dos meus olhos é você, avião no ar Um dia pra esses olhos sem te ver é como o chão do mar Liga o rádio a pilha e a TV só pra você escutar... A nova música que eu fiz agora Lá fora a rua vazia chora Os meus olhos vidram ao te ver, são dois fãs, um par Pus nos olhos vidros pra poder melhor te enxergar Luz dos olhos, para anoitecer é só você se afastar Pinta os lábios para escrever a tua boca em minha... Que a nossa música eu fiz agora Lá fora a Lua irradia a glória As figuras de linguagem predominantes no trecho acima são: a) Metáfora,comparação e pleonasmo b) Antítese, metáfora e aliteração c) Metáfora,comparação e prosopopeia d)Metonímia, comparação e aliteração Questão 7 - Identifique qual das alternativas trata-se de metáfora: a) Eles morreram de rir daquela cena. b) Aqueles olhos eram como dois faróis acesos. c) Ah! O doce sabor da vitória! d) Aquele velho é uma raposa!
  3. 3. 08- Escreva qual figura de linguagem empregada humoristicamente nesta tira. Justifique sua resposta. 09- Que figura de linguagem está presente nestas frases? Justifique sua resposta. a- A mulher abriu a boca do forno. CATACRESE b- Como não chovesse havia muito tempo, o leito do pequeno rio estava seco. CATACRESE C- [...] Voltou-se novamente para a distância: lá estava a cidade, massa negra na montanha verde sobre o mar, a cidade e os amigos, a alegria, a vida. ALITERAÇÃO 10 -Que figura de linguagem podemos reconhecer na tira a seguir? Justifique sua resposta. PARALELISMO
  4. 4. "Aquela personagem da novela é complicada: ela chora, e grita, e sofre, e teima, e perde, e ganha, e casa, e separa. Nunca vi igual.". O trecho exemplifica qual figura de linguagem? Assíndeto Hipérbole Polissíndeto Anáfora Se o polissíndeto e a anáfora tem em comum a repetição, qual a diferença entre essas figuras de linguagem? A anáfora tem uma repetição, mas não das conjunções. Elas são omitidas nesta figura de linguagem. A repetição da anáfora é somente de sons, como 'três tigres comem três pratos de trigo', onde o som repetitivo do R é evidente. A afirmação está incorreta. A anáfora não tem repetição e é completamente oposta ao polissíndeto porque omite as conjunções. A anáfora é uma figura de linguagem que tem repetição de palavras e expressões. Ela não se prende só às conjunções. Se omitirmos as conjunções na frase "Aquela personagem da novela é complicada: ela chora, e grita, e sofre, e teima, e perde, e ganha, e casa, e separa. Nunca vi igual.", temos qual figura de linguagem? (Uma palavra, 9 letras.) Na frase "Não tenho mais Maizena em casa", qual figura de linguagem é empregada? Metáfora Metonímia Elipse Zeugma "É como mergulhar num rio e não se molhar" (Skank); "Tristeza não tem fim, felicidade sim" (Vinícius de Moraes). As frases acimas são exemplos de: Antítese e Zeugma Paradoxo e Paradoxo Paradoxo e Antítese Antítese e Antítese Zeugma e Paradoxo
  5. 5. "Aquele ser desprovido de inteligência era como palhaço: não queria saber de nada, só contava piada e fazia graça até que todos morressem de rir. Era uma situação difícil, até uma porta pensa mais que ele!". O texto possui as seguintes figuras: Eufemismo - Comparação - Hipérbole - Personificação Zeugma - Metáfora - Hipérbole - Personificação Eufemismo - Metáfora - Hipérbole - Personificação Metonímia - Comparação - Hipérbole - Personificação Nenhuma das alternativas corresponde às figuras do texto. Texto para as questões PAPEL QUADRICULADO Um dia é melhor somar, no outro é subtrair. Tem vez de multiplicar, tem hora de dividir. Nossa vida é uma conta num papel quadriculado, tem gente que fica tonta, sem chegar ao resultado. Se o problema é complicado, de difícil solução, é melhor não dar um passo sem ouvir o coração. (Ricardo Azevedo. Livro de papel. São Paulo: Editora do Brasil, 2001. p. 46-47.) QUESTÃO 14 Como está organizado o poema “Papel quadriculado” ? QUESTÃO 15 O trecho “Um dia é melhor somar, no outro é subtrair” nos sugere o que? ganhar e perder são ocorrências naturais da vida.

×