Gerenciamento Do Conhecimento

10,396 views
10,048 views

Published on

Gerenciamento Do Conhecimento

Aprensentação

1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
10,396
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
213
Actions
Shares
0
Downloads
369
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gerenciamento Do Conhecimento

  1. 1. GERENCIAMENTO DO CONHECIMENTO
  2. 2. PARTICIPANTES DO GRUPO: <ul><li>ELISA GOMES DE OLIVEIRA </li></ul><ul><li>EVELYN SILVA DA COSTA </li></ul><ul><li>JORGE THOMAZ DE AQUINO </li></ul><ul><li>TIENI NAVARRO DE SOUZA </li></ul>Professor : Sérgio Murillo Matéria : S.I.G.
  3. 3. O ENCADEAMENTO DA INFORMAÇÃO
  4. 4. O QUE É GERENCIAMENTO DO CONHECIMENTO ? <ul><li>O Gerenciamento do Conhecimento é um Processo que identifica, avalia, captura, estrutura e difunde o conhecimento sobre determinados assuntos, que uma empresa gera durante suas atividades, para que possa ser aproveitado por todos os funcionários. </li></ul><ul><li>Esse processo está baseado no estabelecimento e implementação de uma Metodologia para coletar, analisar e catalogar as informações que estão dispersas em arquivos, documentos e na mente das pessoas, tornando essas informações disponíveis para todos. </li></ul>
  5. 5. COMO DISPONIBILIZAR A INFORMAÇÃO? <ul><li>O desafio para as organizações é como disponibilizar o conhecimento adquirido pelos funcionários tanto para uso imediato como também transmiti-lo aos demais. A saída, demissão ou aposentadoria de pessoal qualificado das empresas significa, em muitos casos, uma perda de conhecimento importante para a sobrevivência ou expansão de um negócio. E este ainda continua sendo um risco para as organizações. </li></ul><ul><li>Para que as empresas possam continuar crescendo os executivos precisarão compreender como explorar características fora do comum da economia do conhecimento e como manejá-lo de forma eficaz. E isto exige três ações: criar redes que propiciem cada vez mais retornos; Unir as pessoas em redes organizacionais e Reconhecer a individualidade do desenvolvimento do conhecimento. </li></ul><ul><li>No entanto é da maior importância que todos compreendam que o conhecimento tem uma dinâmica diferente. Ele não pode ficar parado ou estocado. Só terá valor e utilidade se houver troca na medida em que se mantém atualizado, relevante e vivo. </li></ul>
  6. 6. A EVOLUÇÃO DA INFORMAÇÃO
  7. 7. PARA QUE GERENCIAR O CONHECIMENTO? <ul><li>O objetivo do processo é capturar o conhecimento das pessoas com reconhecida capacidade em cada domínio ou assunto, e estruturar esse conhecimento de modo que possa ser armazenado e facilmente entendido por outras pessoas. A obtenção desse conhecimento é um dos maiores desafios para quem deseja implementar o processo. </li></ul><ul><li>A identificação de qual conhecimento é útil e que deve ser considerado já exige um alto grau de preparo e definições metodológicas e conceituais muito claras. Nem todo dado nos leva a ter informações úteis e nem toda a informação é relevante para o assunto que estamos considerando. Devemos identificar como esse conhecimento se expressa e onde ele pode ser obtido (documentos, arquivos, sistemas, mente das pessoas,...). </li></ul>
  8. 8. AVALIANDO A INFORMAÇÃO <ul><li>Portanto, temos que avaliar se determinada informação traz de fato algum conhecimento para o domínio que estamos considerando, de que tipo é essa informação e como ela pode ser relacionada com outras, para produzir conhecimento. </li></ul><ul><li>Identificado e avaliado como sendo de interesse para o assunto, necessitamos capturar esse conhecimento, ou seja, extraí-lo de onde se encontra e trazê-lo para dentro de nosso processo de estruturação. A captura pode envolver diversas técnicas como entrevistas especializadas, observações locais, simulações de situações, análise de processos e atividades, verificação de documentos, análise automática de textos, etc.. </li></ul>
  9. 9. ESTRUTURANDO AS INFORMAÇÕES <ul><li>Uma vez que o conhecimento tenha sido obtido, deve ser estruturado, ou seja, categorizado e relacionado com outros. </li></ul><ul><li>A categorização ou classificação do conhecimento é o primeiro passo para permitir sua perfeita caracterização e facilitar a sua localização. </li></ul><ul><li>Todo conhecimento consiste em conceitos, definições, informações sobre sua história e relacionamentos entre esses conceitos e definições. A capacidade de identificar rapidamente relacionamentos existentes e de formar novos relacionamentos que se mostram úteis é o que caracteriza uma pessoa com um bom conhecimento. </li></ul><ul><li>Finalmente, essas informações devem ser difundidas e divulgadas para que o maior número possível de pessoas possa utilizá-las e assim aumentar o seu próprio conhecimento. </li></ul>
  10. 10. COMO A INFORMAÇÃO É OBTIDA <ul><li>Neste ponto devemos fazer uma consideração sobre a terminologia empregada. Sabemos que os computadores armazenam em seus arquivos apenas dados ou signos . Quando verificamos o conteúdo desses arquivos de computador (seja por meio de telas, relatórios ou qualquer outro meio), o que obtemos são apenas conjuntos de signos, em um formato de seqüências que formam palavras, ou desenhos, mapas, sons, imagens, etc. </li></ul><ul><li>A informação que extraímos desse conjunto de signos está diretamente ligada à nossa capacidade de relacionar esses signos entre si, e entre esses signos e relacionamentos com o que está armazenado em nosso cérebro. </li></ul><ul><li>Portanto, só obtemos alguma informação quando conseguimos interpretar, analisar e relacionar esses signos. Um relatório cheio de números pode não trazer nenhuma informação para mim, mas pode carregar informações valiosas para quem souber interpretar esses signos, avaliar o seu conteúdo implícito e relacioná-los com outros signos. Esse é o processo básico para a obtenção de informações. </li></ul>
  11. 11. O COMPUTADOR COMO GERENCIADOR <ul><li>O computador é utilizado normalmente para armazenar dados. Por isso, o nome ainda hoje usado para denominar a área da empresa responsável pelo suporte de Tecnologia de Informação é o de &quot;Processamento de Dados&quot;. </li></ul><ul><li>Quem trabalha nesses departamentos sabe apenas que o computador recebe determinado conjunto de signos, que são processados e armazenados de acordo com algumas regras e depois esses signos são armazenados em determinadas seqüências para serem exibidos em telas e relatórios. Somente as pessoas capazes de avaliar o seu conteúdo (os usuários e clientes) é que podem obter informações novas sobre algum aspecto do assunto. </li></ul>
  12. 12. PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÕES <ul><li>Com base nessas informações, a pessoa atualiza o seu conhecimento sobre o assunto, ou seja, acrescenta, altera, confirma ou nega a existência de relacionamentos. O conhecimento é a ação, aquilo que a pessoa faz quando utiliza as informações. Dizemos que uma pessoa tem Conhecimento a respeito de algum assunto ou domínio quando, ao ser colocada em situações novas, ela demonstra habilidade para incorporar novos relacionamentos e modificar outros, agindo de forma mais eficaz. </li></ul><ul><li>Para fazer com que o computador nos auxilie na tarefa de obter mais conhecimento, temos que torná-lo capaz de subir um nível naquilo que ele habitualmente realiza. Ou seja, temos que passar do &quot;processamento de dados&quot; para o &quot;processamento de informações&quot;. Temos que armazenar e divulgar informações e não apenas dados ou seqüências de signos. Isso significa registrar e processar basicamente relacionamentos entre dados. O computador passará a nos fornecer &quot;dados interpretados&quot;, de acordo com nossas necessidades. </li></ul>
  13. 13. BASE DE CONHECIMENTO <ul><li>Portanto, quando falamos em Bases de Conhecimentos estamos, na verdade, nos referindo a Bases de Dados e Bases de Informações. Armazenamos definições, fatos, dados e relacionamentos entre eles, que nos fornecem novas informações sobre esses fatos, definições, dados e relacionamentos. </li></ul><ul><li>O Gerenciamento do Conhecimento é um conjunto de atividades, técnicas e métodos que garantem que a obtenção, armazenamento e divulgação das informações realmente propicie um aumento do nível de conhecimento dos funcionários da empresa. </li></ul>
  14. 14. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM UMA EMPRESA:
  15. 15. IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROCESSO DE GERENCIAMENTO <ul><li>Ao verificar que uma das características que mantém a empresa competitiva e forte no mercado é o grau de conhecimento que seus funcionários possuem, a empresa deve iniciar imediatamente a implementação de processos de trabalho que façam com que pelo menos a parte mais importante desse conhecimento possa ficar em sua propriedade. A empresa sempre irá depender dos seus funcionários para a correta aplicação desses conhecimentos, mas não pode ficar na dependência desses funcionários. </li></ul><ul><li>A implementação de um Processo de Gerenciamento do Conhecimento tornará mais claras as competências e necessidades da empresa, permitindo um direcionamento mais eficaz em seus recursos de treinamento e capacitação, além de identificar pontos críticos e permitir a redução de sua exposição a riscos.   </li></ul>
  16. 16. UTILIZAÇÃO DO GERENCIAMENTO DO CONHECIMENTO NAS EMPRESAS <ul><li>  Em recente estudo realizado pela empresa Teltech Resource Network Corp. para determinar o que, exatamente, deve ser feito para implementar um bom programa de Gerenciamento do Conhecimento nas empresas, algumas conclusões podem ser consideradas surpresas, mas a grande maioria dos resultados apenas confirma que um planejamento eficaz e uma clara compreensão dos objetivos do projeto é o que garante o sucesso. </li></ul><ul><li>Foram estudadas 93 aplicações de Gerenciamento do Conhecimento em 83 companhias diferentes. O estudo verificou que mais de dois terços dos projetos que tiveram um forte impacto na empresa estão ligados às áreas de Produção, Desenvolvimeto de Produtos e Serviços aos Clientes. Os objetivos que foram colocados pelas empresas para os seus projetos de Gerenciamento do Conhecimento, e que foram amplamente alcançados, podem ser divididos da seguinte maneira: </li></ul>
  17. 17. OS OBJETIVOS DAS EMPRESAS : <ul><li>Uma conclusão interessante do estudo é que muitas empresas que tinham projetos de Gerenciamento do Conhecimento, em andamento ou implementados, não os designava por esse nome. Isso ocorreu em 42% dos casos estudados. </li></ul><ul><li>45% dos projetos foram para aumentar as vendas; </li></ul><ul><li>35% para reduzir custos; </li></ul><ul><li>10% para melhorar o serviço prestado aos clientes; </li></ul><ul><li>6% para melhorar a qualidade; </li></ul><ul><li>4% para refinar processos internos. </li></ul>
  18. 18. Métodos principais para organizar e transferir conteúdos em um projeto de Gerenciamento do Conhecimento <ul><li>Uma das conclusões da pesquisa foi que 76% das aplicações que tiveram sucesso e deram grande impacto nos negócios investiram muito em planejamento, antes de iniciar. Ficou claro que a estratégia de &quot;vamos começar e ver o que acontece&quot; não dá muitos resultados. </li></ul><ul><li>A pesquisa indicou dois métodos principais para organizar e transferir conteúdos em um projeto de Gerenciamento do Conhecimento: </li></ul><ul><li>Modelo de armazenamento, que cria grandes bases de dados de informações; </li></ul><ul><li>Modelo de apontamento, onde o usuário é dirigido a uma pessoa que detém o conhecimento que ele necessita. </li></ul>
  19. 19. AS EMPRESAS E OS RESULTADOS <ul><li>As empresas mais efetivas na organização e transferência do conhecimento foram as que combinaram os dois métodos (71%). As que utilizaram exclusivamente um dos métodos não obtiveram o mesmo sucesso (apenas 32% tiveram êxito). Além disso, todas as aplicações de grande impacto organizaram o seu conteúdo de forma que os usuários sempre sabiam quais eram os próximos passos a serem seguidos para obter o que desejavam. </li></ul><ul><li>Em 84% dos casos de sucesso houve um grande investimento na criação e manutenção das bases de conhecimento, que determinam o conteúdo do conhecimento disponibilizado. Para conseguir isso, dois tipos de profissionais foram utilizados: os que tem habilidade em extrair, organizar e gerenciar o conteúdo do conhecimento e os especialistas em cada assunto, que decidem o que deve ser armazenado como conteúdo. </li></ul>
  20. 20. É NECESSÁRIO O “DIÁLOGO” PARA OBTER O MELHOR DA INFORMAÇÃO, COM CONSISTÊNCIA
  21. 21. GERENCIAMENTO DAS MUDANÇAS <ul><li>Esforços em gerenciamento de mudanças, tais como o treinamento dos usuários e o incentivo ao uso das aplicações foram cruciais para o sucesso dos projetos, de acordo com 74% das empresas. As companhias que não atentaram para esses itens tiveram pouco ou nenhum sucesso. </li></ul><ul><li>De acordo com a pesquisa, a distribuição das aplicações de Gerenciamento do Conhecimento que tiveram grande impacto nas empresas foi a seguinte, por área de aplicação: </li></ul><ul><ul><li>30% Produção </li></ul></ul><ul><ul><li>25% Desenvolvimento de Produtos </li></ul></ul><ul><ul><li>15% Serviços aos Clientes </li></ul></ul><ul><ul><li>10% Planejamento Estratégico </li></ul></ul><ul><ul><li>5% Gerenciamento do Capital Intelectual </li></ul></ul><ul><ul><li>5% Gerenciamento de Projetos </li></ul></ul><ul><ul><li>5% Processos de Vendas </li></ul></ul><ul><ul><li>5% Processos Gerais da Empresa </li></ul></ul>
  22. 22. OS OBJETIVOS DAS APLICAÇÕES DE SUCESSO <ul><li>45% Divulgar as melhores práticas </li></ul><ul><li>25% Melhorar a colaboração entre grupos de projetos </li></ul><ul><li>15% Aumentar o nível de conhecimento </li></ul><ul><li>5% Fornecer informações para a empresa </li></ul><ul><li>5% Oferecer um produto ou serviço </li></ul><ul><li>5% Tornar disponíveis as informações externas </li></ul>
  23. 23. ALGUMAS SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO DO CONHECIMENTO :
  24. 24. COMO AGE UMA SOLUÇÃO SAP
  25. 25. WIKI <ul><li>Os termos wiki (pronunciado &quot;wiquie&quot; ou &quot;uikie&quot; no Alfabeto fonético internacional ) e WikiWiki são utilizados para identificar um tipo específico de colecção de documentos em hipertexto ou o software colaborativo usado para criá-lo. </li></ul><ul><li>O termo &quot;Wiki wiki&quot; significa &quot;super-rápido&quot; no idioma havaiano . Já em maori Wiki significa &quot;fim-de-semana&quot;. É também a forma diminutiva de Wikitoria , versão Maori do popular nome cristão Victoria. </li></ul><ul><li>Chamado &quot;wiki&quot; por consenso , o software colaborativo permite a edição coletiva dos documentos usando um singelo sistema e sem que o conteúdo tenha que ser revisto antes da sua publicação. </li></ul>
  26. 26. Algo mais sobre WIKI : <ul><li>Um WikiWeb permite que documentos sejam editados colectivamente com uma linguagem de marcação muito simples apenas através da utilização de um navegador web . Dado que a grande maioria dos wikis são baseados na web, o termo wiki é normalmente suficiente. Uma única página num wiki é referida como uma &quot;única página&quot;, enquanto o conjunto total de páginas, que estão normalmente altamente interligadas, chama-se 'o wiki'. </li></ul>Uma das características definitivas da tecnologia wiki é a facilidade com que as páginas são criadas e alteradas - Geralmente não existe qualquer revisão antes de as modificações serem aceitas, e a maioria dos wikis são abertos a todo o público ou pelo menos a todas as pessoas que têm acesso ao servidor wiki. Nem o registo de usuários é obrigatório em todos os wikis.
  27. 27. EXEMPLO DE WIKI : http://www.wikipedia.org A Wikipédia é uma enciclopédia livre baseada em wiki e escrita por voluntários.
  28. 28. Vídeos Cooporativos Veja à seguir, alguns vídeos especialmente selecionados para você.
  29. 29. VÍDEO SOBRE ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
  30. 30. VÍDEO SOBRE GESTÃO DO CONHECIMENTO (Por Mário Persona)
  31. 31. Elaborado por : Todos os direitos reservados

×