Impacto da Internet e das Bibliotecas Digitais na Pesquisa Acadêmica

1,680 views
1,602 views

Published on

Trabalho apresentado no Simpósio Internacional de Bibliotecas Digitais 2005.

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,680
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Impacto da Internet e das Bibliotecas Digitais na Pesquisa Acadêmica

  1. 1. Impacto da Internet e das Bibliotecas Digitais na Pesquisa Científica Elisabeth Adriana Dudziak Maria Cristina O. Villela Silvio Ernesto Barbin
  2. 2. Contexto <ul><li>O advento da Internet deflagrou uma mudança nos paradigmas tradicionais de produção e distribuição da informação científica, transformando o modo como os docentes-pesquisadores realizam pesquisa nas universidades, particularmente nas universidades públicas . </li></ul><ul><li>Em meio a este cenário de crescente digitalização da vida acadêmica, que mudanças são percebidas na rotina diária da comunidade de pesquisa em função da internet e suas facilidades? </li></ul>
  3. 3. Objetivo do Trabalho <ul><ul><li>aprofundar os conhecimentos acerca do impacto do uso da internet e das bibliotecas digitais sobre a rotina diária das atividades de pesquisa, por parte dos docentes-pesquisadores das universidades públicas e os possíveis impactos da mudança em sua produção científica. </li></ul></ul>
  4. 4. Referencial Teórico <ul><li>Estudos estabelecendo relação entre internet e pesquisa acadêmica começaram a ser feitos no Brasil na década de 90, época do início da popularização da internet no país. </li></ul><ul><li>Os processos de trabalho envolvidos na geração de conhecimento e produção acadêmica não são atividades triviais pois demandam atualização constante e realização de muitas pesquisas, além da produção de textos e sua divulgação. </li></ul>
  5. 5. Estudo de Caso <ul><li>Estudo realizado junto aos docentes-pesquisadores da Grande Área Elétrica da Escola Politécnica da USP. </li></ul><ul><li>Foram utilizados questionários baseados na Escala de Likert, a fim de aprofundar a compreensão sobre as atitudes dos respondentes. </li></ul><ul><li>Amostra: 40 pesquisadores (de um universo de 136 na Área Elétrica). </li></ul>
  6. 6. Dados Demográficos <ul><li>Os pesquisadores que responderam à pesquisa foram, em sua maioria, 82,5%, do sexo masculino, contra 17,5% respondentes do sexo feminino. </li></ul><ul><li>Entre as faixas etárias, a média de idade verificada está em torno dos 49 anos. </li></ul>
  7. 7. Uso de Recursos e Fontes de Informação <ul><li>Dos 40 pesquisadores consultados, 95% afirmaram que utilizam a internet para se manterem atualizados (4 e 5 da escala). </li></ul><ul><li>A leitura de artigos aparece em segundo lugar como maior fonte de atualização com a preferência de 82,5%, seguido pelos anais (72,5%), livros (77,5%), teses (72,5%), correspondência por e-mail (70%). </li></ul>
  8. 9. Artigos Científicos <ul><li>A média anual de artigos lidos pelos pesquisadores está entre 30 e 50 artigos (62,5% dos respondentes). Dos 40 pesquisadores, 13 afirmaram que lêem mais de 70 artigos por ano. </li></ul><ul><li>Dos 40 pesquisadores, 85% afirmaram que entre 60% e 80% de todos os artigos lidos foram recuperados on-line, o que demonstra a forte utilidade das bibliotecas digitais nas pesquisas acadêmicas.   </li></ul>
  9. 10. Impacto da Internet sobre as Pesquisas Atividade Melhora observada 1997 2005 Revisão Bibliográfica 79,55% 97,5% Interação com outros Pesquisadores 86,36% 80% Coleta de Dados 65,91% 85% Divulgação de Resultados 63,64% 92,5%
  10. 11. Conclusões <ul><li>O maior impacto parece ter se dado nas fases iniciais da pesquisa (busca e acesso à informação) e nas fases finais (divulgação de resultados), justamente devido à disponibilização de conteúdos online. </li></ul><ul><li>De 1997 a 2005 houve um sensível aumento da digitalização na rotina acadêmica. </li></ul>
  11. 12. Conclusões <ul><li>Apesar de haver um reconhecimento da importância das bibliotecas e do profissional da informação, os docentes-pesquisadores têm concentrado suas atividades em suas salas e departamentos. </li></ul><ul><li>É preciso avaliar em que medida esta mudança afetou o número de consultas e empréstimos, e implementar ações incrementais. Um caminho promissor é, portanto, divulgar mais os serviços e as facilidades oferecidas, assim como fomentar o uso da biblioteca entre os alunos, envolvendo os docentes a partir de suas práticas didáticas. </li></ul>

×