Plugin Maven no Eclipse

  • 5,839 views
Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,839
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
52
Comments
0
Likes
3

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Faculdade de Tecnologia de Alagoas - FAT Framework Maven Instalação do Plugin Maven
  • 2. Faculdade de Tecnologia de Alagoas - FAT • Autores: Alexandre Joaquim e Elievan Freitas • Orientador: Roberth Pinheiro • Criado no dia 10/10/2011 Maceió
  • 3. Sumário:1. Geração da estrutura do projeto.2. Gestão do projeto de construção.3. Gestão de dependência.4. Utilização de repositórios organizacionais.5. Geração do site do projeto.6. 1º Passos para instalar o plugin do eclipse- Maven7. Como importar um Projeto utilizando Maven.8. Criando um projeto com Maven.
  • 4. Geração da estrutura do projetoMaven permite gerar o esqueleto do projeto(layout) aderente as suas conversões.Fornece 292 layouts, dentre eles:- Aplicação Java, Groovy, Ruby, Scala.- Site web- Documento Docbook e Latex- Maven archetype( ou seja é possível criar seu próprio layout).
  • 5. Gestão do Processo de ConstruçãoMaven permite utilizar um processo padrãopara construção do projeto.Processo composto das seguintes fases (dentrooutras):- Compilação- Testes- Empacotamento
  • 6. Gestão de DependênciaMeven permite definir dependências para umprojeto.- As dependências são definidas no pom.xml- O maven calcula as dependências considerando transitividade.- As dependências são baixadas por repositórios centrais por demanda.
  • 7. Utilização de repositórios organizacionalMaven permite os repositórios que pertence áorganização.- Funciona como cache dos repositórios centrais.- Permite que qualquer projeto Maven seja publicado no repositório.- Permite que projetos Maven acessem suas bibliotecas.
  • 8. Geração do site projetoMaven permite gerar automaticamente um sitecom os dados principais do projeto.- Equipe- Biblioteca utilizadas- Resultado dos testes- Repositório de código fonte- Repositório de solicitações de modificações
  • 9. 1º Passos para instalar o plugin doeclipse-maven1ª Passo É claro, ter o ambiente de desenvolvimento Java instalado na sua máquina.2ª Passo Como sabemos o próprio eclipse possui um gerenciador de pacotes (ou plugins) que serve para adicionar, remover ou atualizar ferramentas que não vem com a sua instalação default.
  • 10.  Para instalar o plugin do Maven2 siga os passos abaixo: Menu → Help → Install New SoftwareEntão adicione na url:http://m2eclipse.sonatype.org/sites/m2e
  • 11. Após isso faça:Marque Maven Integration for eclipseDepoisNext -> Next -> Accept -> FinishRepita o processo para m2e-extraAdicione o site
  • 12.  Marque as opções desejadas do plugin no caso de aplicações web , marque WTP.
  • 13.  Talvez seja necessário adicionar parâmetros de inicialização ao eclipse. Vá no diretório de instalação do eclipse, e edite em modo texto o arquivo eclipse.ini adicione um parâmetro de inicialização ao eclipse conforme mostrado abaixo
  • 14. Aonde, o que está destacado, altere para o diretório de instalaçãodo Java na sua máquina.Pronto, agora você já poderá usufruir de todas as funcionalidadesdo Maven dentro do seu eclipse.
  • 15. Como importar um Projeto utilizandoMaven?Basta apenas ir em FILE -> Import ->Select an Import Source (Digite Maven) ->Existing Maven Projets -> E ache odiretório do seu projeto.
  • 16. Vamos criar um Projetocom Maven?
  • 17. Este artigo demonstra o desenvolvimento de aplicações webusando tanto básicas Web Tools Platform (WTP) e m2eclipse plugin(M2).
  • 18. WTP e configurações M2PluginAntes de começar, você deve definir algumas inicial do servidor,navegador e configurações Maven. Na verdade, quando você iniciaro Eclipse com o plugin M2 poderá ver uma mensagem de erro arespeito de um settings.xml arquivo. Ignorar a mensagem. Seráresolvido em breve
  • 19. Configuração do servidorConfigure seu servidor para executar o aplicativo web. A partir domenu Eclipse, siga estes passos para configurar o servidor(ver Figura 1 ): o Windows → Preferências → Servidor → RuntimesInstalado → adicionar .Selecione a versão apropriada do Tomcat. Na próxima página destatela do assistente, navegue até o diretório home Tomcat e clique em"Concluir”. Navegador configurarQuando você inicia uma aplicação web usando WTP, ele abre em umnavegador interno. Você pode preferir ter as suas aplicações webaberto em um navegador externo de sua escolha. Se for assim,configurar o navegador externo para o lançamento usando o Eclipsecaminho do menu Janela → Web Browser .
  • 20. Maven2 ConfiguraçõesNavegue através Eclipse Menu →Janela → Preferências e clique em"Maven" no painel esquerdo. Issopode demorar um pouco. Seassim for, por favoraguarde. Observe o caminho doarquivo mencionado na seção"Configurações do Usuárioarquivo" de campo (ver Figura2 ). Garantir umaválida settings.xml arquivo estápresente neste local. Se você nãotiver umválido settings.xml arquivo, copiá-lo do 2.0.8-apache-maven conf . Pressione o botão "OK".Agora você pode começar otrabalho real de criar um projetoWTP dinâmica e integrada com oplugin M2.
  • 21. Configuração do ProjetoNesta seção, você criará uma dinâmica WTP projeto de aplicaçãoweb e permitir Maven suporte usando o plugin M2. Maisespecificamente, você vai aprender os detalhes por trás asseguintes tarefas:Modificando a estrutura de pastas de projeto econfigurações Java construir de modo que ambos correspondem aMaven modificando um arquivo de metadados específicos WTP parao mesmo fim Fazendo WTP usar o pom.xml totalmente.Antes de começar, explore o plugin M2 brevemente através dacriação de um novo projeto web Maven. New Maven Project WebLançamento do "New Maven2 projeto" assistente navegando até File→ New → Projeto → → Maven Maven Outros . Digite os dados daTabela 2 abaixo nas páginas tela do assistente.Aceitar os padrõespara todos os dados, exceto aqueles mostrados em amarelo-destaque em negrito.
  • 22. Especificar o servidor de destino.Ao desenvolver aplicativos Maven, normalmente não é necessárioespecificar um servidor de aplicativos até que o aplicativo sejaconstruído. No entanto, neste tutorial você definirá o servidor dedestino antes de começar a escrever o seu código, para obterbenefícios de alguns dos recursos de geração de código no IDE.Com a configuração do servidor de deployment, o IDE podereconhecer as tecnologias suportadas pelo servidor e permite quevárias opções de alguns assistentes gerem código otimizados paratal servidor. Inicie o servidor GlassFish. Clique com o botão direito do mouse no nó do projeto EJB na janela Projetos e selecione Propriedades. Selecione a categoria Executar na janela Propriedades. Selecione o servidor GlassFish. Clique em OK.Ao especificar o GlassFish como servidor de deployment antes decriar o código, o IDE oferecerá a opção de selecionar JTA noassistente para a criação da unidade de persistência. Você tambémpode optar por usar qualquer uma das fontes de dados registradasno servidor
  • 23. Você pode estar se perguntando se você pode converter este projetoM2 em um projeto web WTP dinâmico. Sim, você pode. Mas é maisfácil de converter um projeto WTP web dinâmicas em um projeto doque um projeto M2 M2 em um projeto web dinâmico.
  • 24. Agora você está pronto para criar um projeto web dinâmicoseparada. Novo projeto da Web dinâmicoCriar um novo projeto dinâmico a partir do seguinte caminho demenu File → New → Outros → Web → Projeto da WebDinâmico . Use o nome do projeto sample1 , e escolher o padrãopara tudo o resto. Se você for solicitado para entrar no "Java EE"perspectiva, aceitá-lo pressionando o botão "Sim".A Tabela 3 lista os valores em cada tela para referência. Note que onome do projeto é o único valor que precisa ser digitado.
  • 25. Habilitar MavenClique direito sobre o projeto e no menu pop-up, permitir Maven,navegando até o caminho Maven → Gerenciamento de dependênciaAtivar . Isso iniciará o assistente de criação de POM (ver Figura 3).
  • 26. Escolha "guerra" para embalagens, e pressione o botão "Finish".Após ativar Maven você ainda tem alguns passos para completar aintegração: Criando Maven estrutura de pastas Atualizando pastas de origem Alguns ajustes manuais de internals WTP Configurando J2EE Module dependências Maven criar estrutura de pastasAbra a exibição navegador usando Janela → Show View → Outros →Geral → Navigator . Por padrão, o projecto dinâmico tem umaestrutura diferente, o que interfere com a integração. Então, dar aoprojeto uma estrutura de pastas típicas Maven. Você pode fazer issode duas maneiras
  • 27. 1. Usando a exibição do navegador, vá para o projeto Maven você criou ( tempForRef ). Copie as pastas "src" e "alvo". Novamente em uma visão navegador, vá para o projeto sample1 e cuidadosamente colar as pastas lá.2. Criar essas pastas e alvo / test-classes . Atualização Pastas de OrigemPor padrão, o projecto dinâmico também difere em suasconfigurações Java construção (por exemplo, sua fonte e pastas desaída) de que é necessário para a integração M2. Você precisaconfigurar as pastas fonte para o código Java. Você pode fazer issousando a abordagem de um manual e uma abordagem automáticaatravés de um menu. Este exercício usa a abordagem manual, poisele permite que você obtenha tudo funcionando com o mínimoesforço.No projeto sample1 , utilizar a vista de navegação para abrir oarquivo . classpath . Verificar se ele tem o seguinte conteúdo
  • 28. O Editor de POM : Usando o conteúdo padrão ajudar no editor,inserir "fornecido" no escopo
  • 29. <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?><project> <modelVersion>4.0.0</modelVersion> <groupId>sample1</groupId> <artifactId>sample1</artifactId> <packaging>war</packaging> <version>0.0.1-SNAPSHOT</version> <description></description> <dependencies> <dependency> <groupId>tomcat</groupId> <artifactId>servlet-api</artifactId> <version>5.5.15</version> <scope>provided</scope> </dependency><dependency><groupId>junit</groupId><artifactId>junit</artifactId><version>4.4</version> <scope>test</scope></dependency><dependency><groupId>displaytag</groupId><artifactId>displaytag</artifactId><version>1.1.1</version></dependency>
  • 30. </dependencies></project>