• Like
Roda de conversa 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Roda de conversa 2010

  • 703 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
703
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. RODA DE CONVERSAPAUTA DIDÁTICA:1-PÚBLICO ALVO:Projeto roda de conversa com os educadores da escola EMEB Tancredo de Almeida Neves2-RESPONSÁVEL ARTICULADOR:Verginia Ferreira de Arruda3-DATA:28/005/20104-LOCAL DA FORMAÇÃO:EMEB Tancredo de Almeida Neves5-TEMÁTICA DO ENCONTRO:Revisitação do PDE, festa junina;Avaliação (educa mais-educação para paz);Continuidade do Conselho de classe6-TEMPÓ PREVISTO:8h7-ACOLHIDA DOS OBJETIVOS DO ENCONTRO:Definir a missão valores e visão de futuro do PDE da escolaReavaliar as ações do Educa Mais e da ed. Para Paz.Reavaliar as capacidades alcançadas pela turma e individualmente;8-PROBLEMATIZAÇÃO SOBRE A TEMÁTICA EM DISCUSSÃO:É necessário que esteja claro os valores-a missão da escola e visão de futuro da escola?Para replanejar é necessário avaliar?9: ENCAMINHAMENTOS:A avaliação será feita individualmente através de reflexão.EMEB TANCREDO DE ALMEIDA NEVESLISTA DE FREQUENCIADiretora: Maria de Lourdes
  • 2. Coordenadora: VerginiaRoda de conversaNº matutino vespertino01020304050607080910111213141516171819202122232425262728293031323334353637383940
  • 3. PDE Instrumentos 1, 2 e 3Síntese da Auto-Avaliação
  • 4. PPPFORMAR CIDADÃOS CRIATIVOS CAPAZES DE RECONSTRUIREM ASUA REALIDADE DE FORMA SOLIDÁRIA, CONSCIENTE ETRANSFORMADORA.GRUPO DE SISTEMATIZAÇÃO: ZÉLIA-LINDSLEY-ENEDIR-JUSSARA-VERGINIA-MARIA DE LOURDES-EULINAMISSÃO:VALORES:VISÃO DE FUTURO:
  • 5. PDE Instrumentos 1, 2 e 3Síntese da Auto-Avaliação
  • 6. INSTRUMENTO 1 Perfil e funcionamento da escola - Instruções para preenchimentoPara o preenchimento do Instrumento 1, os seguintes passos devem seradotados:1) O Grupo de Sistematização deve definir quem estará responsável por quais partes do Instrumento. Cabe ao coordenador do PDE orientar o processo de preenchimento.2) Nas questões abertas às respostas devem ser concisas e objetivas.3) Todas as questões devem ser respondidas.4) Quando solicitado, a escola deve informar de onde os dados e informações foram obtidos.As escolas não precisam limitar a apresentação e análise de dados apenas aossugeridos pelos quadros abaixo. Dados referentes à educação de adultos eportadores de necessidades especiais também podem ser incorporados,dependendo da situação de cada escola.
  • 7. PERFIL E FUNCIONAMENTO DA ESCOLAAno de: 2010Mês de: Maio1. Estado: MT Município: Cuiabá2. Nome da Escola: EMEB PRE. TANCREDO DE ALMEIDA NEVESCódigo da Escola SEEC: 510372113. Nome do diretor: MARIA DE LOURDES PEREIRA NEVES4. Endereço da escola: RUA C – S/N – BAIRRO JARDIM ARAÇÁ5. Telefone: (65) 3313-3074/3637-3005E-mail: emebtancredoneves@gmail.com / emeb.tancredo.neves@cuiaba.mt.gov6. Localização: (x) área urbana. () área rural. () área urbana periférica.7. Nível e modalidade de ensino ministrado na escola:() Educação Infantil- Pré-escolar.() Ensino Fundamental – 1ª a 4ª série.() Ensino Fundamental – 5ª a 8ª série.() Ensino Fundamental – 1ª a 8ª série.(x) Ensino Fundamental- Anos: (x)1º(x)2º(x)3º()4º()5º()6º()7º()8º()9º() Ensino Fundamental- Organizado em Ciclos.1º Ciclo ()1ª Etapa () 2ª Etapa () 3ª Etapa2º Ciclo ()1ª Etapa () 2ª Etapa () 3ª Etapa3º Ciclo ()1ª Etapa () 2ª Etapa () 3ª Etapa() Educação Especial.() Ensino Médio.() Educação de Jovens e Adultos- Ensino Fundamental.() Educação de Jovens e Adultos- Ensino Médio.
  • 8. 8. Dependências escolares e condições de uso. a) Na coluna “Condições de Utilização” indicar a quantidade de dependênciasadequadas e inadequadas. Adequada é a dependência cuja estrutura e organizaçãopermite sua plena utilização. Inadequada é a dependência cuja estrutura e organizaçãonão permite sua plena utilização. Condições de utilização* O que está Dependências Quantidade inadequado? Adequada Inadequada Diretoria - - - - Secretaria 01 X Sala de professores 01 X Piso Sala de coordenação pedagógica - - - - Sala de orientação educacional - - - - Sala de leitura ou biblioteca - - - - Sala de TV e vídeo - - - - Sala de informática 01 X Sala de multimeios 01 X Telhado Sala de ciências / laboratório - - - - Auditório - - - - Sala de aula 09 X Telhado e piso Almoxarifado - - - - Telhado, piso, parte Depósito material limpeza 01 X elétrica Despensa 01 X Estrutura física Refeitório 01 X Recreio coberto - - - - Quadra de esportes descoberta - - - - Arquibancada, Quadra de esportes coberta 01 X escoamento de água Circulações internas 02 X - Cozinha 01 X Reposição de azulejos Azulejo, rebaixamento Área de serviço 01 X do piso Sanitário dos funcionários 01 X Sanitário dos alunos 01 X Pias, sanitários e portas Vestiário dos alunos - - - - Sanitário dos portadores 01 X necessidades especiais
  • 9. b) As dependências estão adaptadas para os alunos com necessidades especiais(rampas, sanitários, portas alargadas, sinalização)?Resposta-Padronizando os ConceitosMatrícula Inicial: Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando aescola até a última semana do mês de maio.Afastado por Transferência: Número de alunos que durante o ano letivo solicitaram,oficialmente, sua transferência para uma outra escola.Afastado por Abandono: Número de alunos que constam da Matrícula Inicial, mas nãoaparecem na Matrícula Final.Padronizando as FórmulasAs fórmulas para calcular as taxas de desempenho são:•Matrícula Final = (No de Aprovados + No de Reprovados)•Taxa de Aprovação = [(No de Aprovados) ÷ (Matrícula Inicial + No de Admitidos após o mês de maio- Afastado por transferência)] x 100•Taxa de Reprovação = [(No de Reprovados) ÷ (Matrícula Inicial + No de Admitidos após o mês demaio - Afastado por transferência)] x 100•Taxa de Abandono = [(No de Alunos afastados por abandono) ÷ (Matrícula Inicial + Nº. de Admitidosapós o mês de maio– Afastado por transferência)] x 100Fonte (indicar onde os dados foram pesquisados)
  • 10. 9. Educação Básica 9.1. Educação Infantil 9.1.1 Matrícula Inicial Ano: () EDUCAÇÃO INFANTIL MATUTINO VESPERTINO NOTURNO INTEGRAL TOTALMODALIDAD Turmas Aluno Turmas Aluno Turmas Aluno Turmas Aluno Turmas Aluno ANEE* E s s s s sCrechePré-escolarTOTAL ANEE*- Alunos com necessidades educacionais especiais. Fonte: 10. Educação Básica 10.1. Ensino Fundamental 10.1.1 Matrícula Inicial Ano: (2009) ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIE MATUTINO VESPERTINO NOTURNO INTEGRAL TOTAL ANO ANEE* Turmas Alunos Turmas Alunos Turmas Alunos Turmas Alunos Turmas Alunos CICLO 0/1º 03 80 04 104 - - - - 07 184 06 1ª/ 2º 03 79 04 90 - - - - 07 169 06 2ª/ 3º 04 132 02 68 - - - - 06 200 17 3ª/4º 4ª/5º 5ª/6º 6ª/7º 7ª/8º 8ª/9º TOTAL 10 291 10 262 - - - - 10 553 29 ANEE*- Alunos com necessidades educacionais especiais. Fonte: GAP
  • 11. 10.2. Aproveitamento dos alunos- Ensino FundamentalAno: (2009) AfastadosSérie/ Matrícula Admitidos após Afastados por Matrícula Aprovado Reprovado Taxa de Taxa de Taxa de por Ano Inicial mês de maio Abandono Final s s Aprovação Reprovação Abandono Transferência 0/1º 184 12 - 34 162 162 - 100% - -1ª/2 a 169 09 01 33 144 144 - 100% 0,562ª/3 a 194 06 - 32 168 145 23 86,30% 13,70% - a3ª/44ª/5ºMultis-seriada Total Fonte: GAP10.3 Aproveitamentos dos alunos – Ensino FundamentalAno: () Afastados Série Admitidos Afastados Matrícula por Matrícula Aprovado Reprovado Taxa de Taxa de Taxa de / após mês de por Inicial Transferênci Final s s Aprovação Abandono Reprovação Ano maio Abandono a5ª/6º6ª/7º7ª/8º8ª/9º TotalFonte:
  • 12. 10.4 Quadro de aproveitamento dos alunos – Ciclo/ AnoOBS: Para calcular as taxa de progressão, retenção e abandono a escola deve utilizar o mesmo procedimento adotado no sistemaseriado. Ano (2009) Admitidos Afastados Nº. de alunos Taxa de Progressão Matrícula Afastados por Matrícula Taxa deCiclos/Ano após mês de por Inicial Transferência Final PS PPDA PMAE RC PS PPDA PMAE RC abandono maio Abandono3º Ano1º Ciclo 194 06 - 32 168 132 13 - 23 78% 8% - 14% -6º Ano2º Ciclo9º Ano3º Ciclo TotalFonte:Obs.: P.S :Progrediu satisfatoriamente. P.P.D. A:Progressão com Plano didático de Apoio. P.M.A. E:Progressão Mediante Avaliação Especializada R.C: Retido no Ciclo. Ano () Nº. de alunos Taxa de ProgressãoCiclos/Etap Matrícula Admitidos após Afastados por Afastados por Matrícula Taxa de a Inicial mês de maio Abandono Transferência Final EC EC abandono C EC NC C EC NC + +1º Ano 161º Ciclo 184 12 - 34 162 - - - - - 100% - - 22º Ano 141º Ciclo 169 09 01 33 144 - - - - - 100% - 0,69% 44º Ano2º Ciclo5º Ano3º Ciclo7º Ano3º Ciclo8º Ano3º Ciclo
  • 13. Total Fonte:Para calcular a taxa de C, EC+, EC e NC e abandono a escola deve utilizar o mesmo procedimento adotado no sistema seriado C : Aprendizagem Construída. EC+: Aprendizagem em Construção Avançado. EC: Aprendizagem em Construção. NC: Aprendizagem não Construída.Padronizando as FórmulasAs fórmulas para calcular as taxas de desempenho são:• Matrícula Final = (No de Aprovados + No de Reprovados)• Taxa de C = [(No de C) ÷ (Matrícula Inicial + No de Admitidos após o mês de maio-Afastado por transferência)] x 100•Taxa de EC+ = [(No de EC+) ÷ (Matrícula Inicial + No de Admitidos após o mês de maio-Afastado por transferência)] x 100•Taxa de EC = [(No de EC) ÷ (Matrícula Inicial + No de Admitidos após o mês de maio-Afastado por transferência)] x 100•Taxa de NC = [(No de NC) ÷ (Matrícula Inicial + No de Admitidos após o mês de maio-Afastado por transferência)] x 100•Taxa de Abandono = [(No de Alunos afastados por abandono) ÷ (Matrícula Inicial + Nº. de Admitidos após o mês de maio-Afastado por transferência)]x 100
  • 14. 10.5 Distorção Idade/Série/Ano (Ensino Fundamental)MatutinoAno: (2009)Série Matrícula Até Até Até Até Até Até + de Total de alunos Taxa deAno Final (A) 7 8 9 10 11 12 12 com idade Distorção anos anos anos anos anos anos Anos superior à (B/A) x série 100 respectiva (B)0/1º 68 61 07 - - - - - 07 4,76%1ª/2 º 68 05 55 07 01 - - - 08 11,76%2ª/3 º 109 02 74 28 03 02 - - 05 4,58%3ª/4 º4ª/5ºSubTotal10.5 Distorção Idade/Série/Ano (Ensino Fundamental)VespertinoAno: ()Série Matrícula Até Até Até Até Até Até + de Total de alunos Taxa deAno Final (A) 7 8 9 10 11 12 12 com idade Distorção anos anos anos anos anos anos Anos superior à (B/A) x série 100 respectiva (B)0/1º 94 88 06 - - - - - 06 6,38%1ª/2 º 76 02 62 09 02 01 - - 12 15,78%2ª/3 º 59 04 40 12 03 - - - 03 5,08%3ª/4 º4ª/5ºSubTotal10.6 Distorção Idade/Série/Ano (Ensino Fundamental)
  • 15. MatutinoAno: ()Séries Matrícula Até Até Até Até Até + de Total de alunos Taxa de Amo Final (A) 12 13 14 15 16 16 com idade superior Distorção anos anos anos anos anos anos à série respectiva (B/A) x 100 (B)5ª/6º6ª/7º7ª/8º8ª/ 9º Total 10.6 Distorção Idade/Série/Ano (Ensino Fundamental)VespertinoAno: ()Séries Matrícula Até Até Até Até Até + de Total de alunos Taxa de Amo Final (A) 12 13 14 15 16 16 com idade superior Distorção anos anos anos anos anos anos à série respectiva (B/A) x 100 (B)5ª/6º6ª/7º7ª/8º8ª/ 9º Total10.7 Distorção Idade/Série/Ano (Ensino Fundamental)NoturnoAno: ()Séries Matrícula Até Até Até Até Até + de Total de alunos Taxa de Amo Final (A) 12 13 14 15 16 16 com idade superior Distorção anos anos anos anos anos anos à série respectiva (B/A) x 100 (B)5ª/6º6ª/7º7ª/8º8ª/ 9º Total11 Ensino Médio
  • 16. 11.1 Matrícula InicialAno: () ENSINO MÉDIO MATUTINO VESPERTINO NOTURNO INTEGRAL TOTAL Ano Aluno Aluno Aluno Aluno Aluno ANEE* Turmas Turmas Turmas Turmas Turmas s s s s s 1º 2º 3º 4ºTOTALANEE*- Alunos com necessidades educacionais especiais.Fonte:
  • 17. 11.2 Aproveitamento dos alunosEnsino MédioAno: () Admitidos Afastados Matrícula Afastados por Matrícula Taxa de Taxa de Taxa de Ano após mês por Aprovados Reprovados Inicial Transferência Final Aprovação Reprovação Abandono de maio Abandono 1º 2º 3º 4ºTotalFonte:
  • 18. 12 Educação de Jovens e Adulto12.1 Matrícula InicialAno: () ENSINO MÉDIO MATUTINO VESPERTINO NOTURNO INTEGRAL TOTAL Ano Aluno Aluno Aluno Aluno Aluno ANEE* Turmas Turmas Turmas Turmas Turmas s s s s s 1º 2º 3º 4ºTOTALANEE*- Alunos com necessidades educacionais especiais.Fonte:
  • 19. 12.2 Aproveitamento dos alunosEJAAno: () Admitidos Afastados Matrícula Afastados por Matrícula Taxa de Taxa de Taxa de Ano após mês por Aprovados Reprovados Inicial Transferência Final Aprovação Reprovação Abandono de maio Abandono 1º 2º 3º 4ºTotalFonte:
  • 20. 13.0 Disciplinas Críticas e ou Áreas Críticas (com baixo desempenho) no EnsinoFundamental, por ano, por série, ciclo, etapa, turno e turma.Ano _____ período analisado: do mês de ____________ao mês de__________ DISCIPLINAS CICLOS/ TURMA TURNO TAXA DE TAXA DE TAXA DE ÁREAS DE ETAPAS PPDA RETENÇÃO REPROVAÇÃO ESTUDOS SÉRIES ANOSFonte:Observação: a taxa de reprovação por disciplina/PPDA/retenção/, série, turma e turno é calculadapela fórmula:[(N.º de alunos da turma reprovados ou retidos ou com PPDA na disciplina ÷ N.º total dealunos da turma) x 100]
  • 21. 14.1 Pessoal Técnico de acordo com a Formação Ano: (2009) Fonte: Especialização Mestrado Ensino Médio Ensino Superior Cargo/ Ensino Fundamental Outra Sem Completo Incompleto Completo Incompleto Função Quant. Habilitação Magistério Habilitação Com Licenciatura Licenciatura Completo Incompleto Completa Incompleta Completa Incompleta Diretor 01 - - - - - X - - x - - - Secretário 01 - - - - - - X - - - - - Coordenador 01 - - - - - X - - x - - - Orientador - - - - Educacional - - - - - - - - - Professor Ed. - - - - Infantil - - - - - - - - -Professor de 1ª - - - - a 4ª Série - - - - - - - - -Professor de 5ª - - - - a 8ª Série - - - - - - - - -Professor de 1º X - - - ao 5º Ano 14 - - - - - X - - Professor de X - - - Apoio 01 - - - - - X - -Professor EJA - - - - - - - - - - - - - Outros - - - - - - - - - - - - - Total 18 - - - - - 17 01 - 17 - - - OBS: Na coluna outros, considerar apenas pessoas de nível técnico como, por exemplo, psicólogo, psicopedagogo, assistente social etc.
  • 22. 14.2 Relação aluno /docente e aluno /não-docente N. º de alunos Educação Infantil Ensino Fundamental EJA EM Turno Série Série Ciclo Etapa Série Ano Ano Ano Pré Iniciais Finais 1º 2º 3º 1ª a 4ª 1ª a 3ª (A) (B) (C) (D) (E) (F) (G) (H)Matutino - - - 68 68 109 - -Vespertino - - - 94 76 59 - - Noturno - - - - - - - - Total - - - 162 144 168 - - Nº de docentes Turno Educação Ensino Fundamental EJA EM Infantil Série Série/Ano Ciclo Etapas Série Ano Ano Pré Iniciais Finais Pré 2º 3º 1ª a 4ª 1ª a 3ª (I) (J) (L) (M) (N) (O) (P) (Q) Matutino. - - - 12 12 12 - - Vespertino - - - 12 12 12 - - Noturno - - - - - - - - Total - - - 12 12 12
  • 23. Turno Nº de não docentes (R) Matutino 10 Vespertino 07 Noturno 03 Total 20 Turno Relação Aluno / Docente Relação Aluno/Não- docente Educação Ensino Fundamental EJA EM Infantil Série Ciclo Etapa Série Soma de número de Série Ano Ano alunos/R Ano (A+B+C+D+E+F+G+ Pré Iniciais Finais 1º 2º 3º 1ª a 4ª 1ª a 3ª H/R) (A/I) (B/J) (C/L) (D/M) (E/N) (F/O) (G/P) (H/Q) Matutino - - - 5,66 7,83 9,08 - - 12,25 Vespertino - - - 7,83 6,33 4,91 - - 11,45 Noturno - - - - - - - - - Total - - - 13,5 12,0 14,0 - - 23,70Fonte:Obs1: Não-docente: funcionário que não atua dentro de sala de aula (diretor, coordenador pedagógico, supervisor de aluno, secretário, merendeira, vigia, bibliotecária, escriturário, professor em desvio de função etc.).Obs.2: Nos anos iniciais, considerar apenas o regente de turma (Não incluir Educação Física, Educação Artística e Ensino Religioso)
  • 24. 14.3 Há turmas ou disciplinas sem professor? Se a resposta for afirmativa, especifique.Resposta- 15.0 Fontes e destinação dos recursos utilizados pela Escola: Ano anterior: Gastos com Fonte Materiais Total R$ Aperfeiçoament Instrucional Manutenção Outros o de pessoal s Secretaria 21.770,0 Municipal de 9Municipais Educação Subtotal % do Total geral PDDE 4.887,00 Federais Subtotal % do Total geral Campanhas Contribuições Outras Subtotal % do Total geral Total geral % do Total geralFonte:Observações: a) Na coluna Total geral (R$), devem estar relacionados todas as receitas da escola, relativas ao ano anterior, neste caso, de 2007. Para calcular o total geral da receita, devem-se somar os Subtotais dos recursos municipais, federais e de outras fontes, registrando o resultado no campo específico do Total geral; b) O percentual de cada fonte de receita (municipal, federal e outras) deve ser calculado o valor de cada subtotal em relação ao total geral. Sugere-se usar a fórmula: Subtotal ÷ Total geral X 100. c) Em relação aos gastos com aperfeiçoamento de pessoal, materiais instrucionais, manutenção e outros o cálculo sempre deverá ser feito NA HORIZONTAL (por fonte da receita: municipal federal e outras). Primeiramente encontram-se os valores das linhas dos subtotais, por variável (aperfeiçoamento de pessoal, materiais instrucionais, manutenção e outras); após isso se buscam os percentuais de gasto relativos a cada variável, deduzindo o valor gasto do subtotal relativo à cada fonte de receita (municipal, federal e outras), sempre trabalhando, nesse caso, na horizontal. Sugere-se usar a fórmula: Total de gasto por variável ÷ Subtotal de sua respectiva receita X 100.
  • 25. 16. Previsão de recursos da escola para o ano atual: Fonte Total R$ Secretaria Municipal de 21.770,09 Educação Socio-Educativo 2.520,00 Municipais Subtotal 24.290,09 % do Total geral PDDE 4.887,00 MEC-MAIS EDUCAÇÃO 25.166,81 Federais Subtotal 30.053,81 % do Total geral Campanhas Contribuições Outras Subtotal % do Total geral Total geral % do Total geral Fonte:
  • 26. 17. A escola provê para os alunos:a) merenda escolar? ( ) sim ( ) nãob) serviço médico? ( ) sim ( ) nãoc) serviço oftalmológico? ( ) sim ( ) nãod) serviço odontológico? ( ) sim ( ) nãoe) outros (especificar)18. Liste as medidas ou projetos que estão sendo implantados na atual administração,de iniciativa da escola Informar, para cada projeto ou medida, o critério de eficácia aque corresponde, o objetivo e o resultado alcançado. Critério de Medida/projeto Objetivo Resultado alcançado Eficácia(Observar se o resultado está mesmo MEDINDO o alcance do objetivo proposto pelo grupo)Observação: Caso o projeto não tenha o resultado alcançado, informar o resultado parcial ou o esperado.19. Como a escola implantou as medidas ou projetos?a) Redefiniu funções ( ) sim ( ) nãob) Definiu responsabilidades ( ) sim ( ) nãoc) Capacitou a equipe ( ) sim ( ) nãod) Outros (especificar)20. O que mudou com a implantação das medidas ou projetos em relação à situaçãoanterior (comprovar com fatos e dados)? Se alguma das respostas abaixo for afirmativa,especifique.a) a organização da escola? ( ) sim ( ) nãob) as taxas de abandono e reprovação? ( ) sim ( ) nãoc) compromisso dos professores? ( ) sim ( ) nãod) ambiente escolar? ( ) sim ( ) nãoe) envolvimento dos pais? ( ) sim ( ) não
  • 27. f) nível de aprendizagem dos alunos? ( ) sim ( ) não g) freqüência dos alunos? ( ) sim ( ) não h) outros (especificar) 21. Como a Secretaria de Educação trabalhou com a escola? a) Discutiu as medidas ou projetos? ( ) sim ( ) não b) Ouviu a opinião da escola? ( ) sim ( ) não c) Forneceu apoio técnico? ( ) sim ( ) não d) Forneceu apoio financeiro? ( ) sim ( ) não e) Capacitou professores, diretores ( ) sim ( ) não f) Outros (especificar) 22. Qual tem sido a participação dos professores e demais funcionários nas medidas e projetos implementados pela escola?a) Discute sim ( ) não ( )b) Sugere sim ( ) não ( )c) Aprova sim ( ) não ( )d) Executa sim ( ) não ( )e) Avalia sim ( ) não ( ) 23. Qual a participação do Colegiado/Conselho Escolar? a) Discute sim ( ) não ( ) b) Sugere sim ( ) não ( ) c) Aprova sim ( ) não ( ) d) Participa da elaboração dos projetos sim ( ) não ( ) e) Participa da avaliação dos projetos sim ( ) não ( ) 24. A execução das medidas ou projetos envolveu parceria com outras instituições ( ONGs, empresas, sindicatos, etc)? 25. Como a escola avalia sua relação com a Secretaria de Educação?
  • 28. ( ) Ruim ( ) Bom ( ) Excelente ( ) IndiferenteExplique:226. Como a escola avalia a sua relação com a comunidade?( ) Ruim ( ) Bom ( ) Excelente ( ) IndiferenteExplique:27 .Qual a forma de seleção do diretor(a) para a escola?Indicação sim ( ) não ( )Eleição sim ( ) não ( )Concurso sim ( ) não ( )Outro (especificar)28. Qual a taxa de rotatividade de professores na escola nos últimos três anos?29. Qual o percentual de professores com jornada de trabalho em tempo integral naescola, atualmente? Ficha-Resumo do Funcionamento da EscolaInstruções para o preenchimento Na ficha a seguir devem ser apresentados os principais dados einformações sobre o desempenho da escola e listados os principaisproblemas e prioridades detectados com base no preenchimento do2Questionário 1, “Perfil e Funcionamento da Escola”
  • 29. Ficha-resumo 11) Dados do desempenho acadêmico da escola como um todo:Ensino FundamentalAno: () SÉRIE INDICADORES 1a a 4a 5a a 8a 1ª 2ª 3ª 4ª Geral 5ª 6ª 7ª 8ª Geral Taxa de Aprovação Taxa de Reprovação Taxa de AbandonoAno: () ANO INDICADORES 1º ao 5º 6º ao 9º 1º 2º 3º 4º 5ºl Geral 6º 7º 8º 9º Geral Taxa de Aprovação Taxa de Reprovação Taxa de AbandonoAno: () Ano INDICADORES 3º/6º/9º anos Ano Ano Ano Geral Anos 3º 6º 9º Taxa de PS Taxa de PPDA Taxa de PMAE Taxa de RC
  • 30. Taxa de AbandonoAno: () Anos INDICADORES 1º Ano 2º Ano 4º Ano 5º Ano 7º Ano 8º Ano Geral Taxa de C Taxa de EC+ Taxa de EC Taxa de NC Taxa de AbandonoDados do desempenho acadêmico da escola no Ensino Médio.Ano: () SÉRIE 1a a 4a INDICADORES 1ª 2ª 3ª 4ª GeralTaxa de AprovaçãoTaxa de Reprovação Taxa de Abandono
  • 31. 3) Disciplinas com altas taxas de reprovação, por série, ciclo/Ano, turma e turno: DISCIPLINAS CICLOS TURMA TURNO TAXA DE TAXA DE TAXA DE ÁREAS DE ETAPAS PPDA RETENÇÃO REPROVAÇÃO ESTUDOS SÉRIES4).Séries/Ciclo/Ano com altas taxas de distorção idade-série/Ano/Ciclo, porsérie/Ano/Ciclo, turma e turno:Série/Ano/Ciclo/Etapa Turma Turno Taxa de Distorção
  • 32. 5).Problemas considerados prioritários para combate em cada rubrica a seguirrelacionada, baseando-se nos dados e informações do Instrumento 1 (listar no máximo3, por rubrica):a) Desempenhob) Gestãoc) Qualificação técnico-gerencial da equipe escolar6) Problemas que devem ser atacados prioritariamente, com base nos itens 1, 2, 3 e 4acima e que sejam de governabilidade da escola (máximo 5): Esta Ficha- Resumo deverá ser utilizada no preenchimento do documento Síntese da Auto-avaliação. INSTRUMENTO 2 Análise dos Critérios de Eficácia Escolar – Instruções para preenchimentoINSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTOPara efetuar a Análise dos Critérios de Eficácia Escolar, a escola deve seguir osseguintes passos:
  • 33. 1. O Grupo de Sistematização deve definir quem estará envolvido na análise e em quais áreas. A análise dos critérios deve envolver as pessoas que mais diretamente estejam ligadas ao assunto que será analisado.2. Cada característica precisa ser cuidadosamente analisada e pontuada com base em evidências, utilizando-se a escala abaixo. A escola deve informar também, no local apropriado, qual (quais) a(s) evidência(s) dão suporte à pontuação. Exemplos de evidência são: dados coletados e registrados pela escola, atas de reunião, observação direta documentada dentro de sala de aula, documentos escritos e adotados pela escola como norma, entrevistas, regulamentos etc. A identificação e a preocupação com evidências levam a escola a uma maior objetividade, a conclusões tomadas com base em fatos e dados, sem “achismo”. As evidências que estão colocadas para algumas características neste instrumento devem ser consideradas apenas como exemplos, para que a escola saiba como proceder. Escala: 1 = Nunca ou Muito fraca 2 = Raramente ou Fraca 3 = Às vezes ou Regular 4 = Na maioria das vezes ou Bom 5 = Sempre ou Muito bom3. Após a pontuação e identificação e listagem das evidências, a escola deverá selecionar, para cada critério, não mais do que dois requisitos e três características para cada requisito, considerados os mais problemáticos, levando em conta o seu impacto na melhoria do desempenho do aluno e da escola.Essa seleção deverá ser colocada na Ficha-resumo 2, apresentada após o Instrumento 2, e será uma das informações que a escola levará em conta para a seleção de suas metas de melhoria.4. Como visto anteriormente, são os seguintes os critérios de eficácia escolar:1. Ensino e Aprendizagem Principal processo da escola, diz respeito à aquisição de conhecimentos e habilidades por parte dos alunos, proposta pedagógica, planejamento pedagógico, método pedagógico, estratégias de ensino, práticas educacionais e avaliação da aprendizagem.2. Clima escolar Atmosfera geral da escola, liderança, ordem, disciplina, segurança e compromisso, ambiente propício à aprendizagem.3. Pais e Comunidade Participação e cooperação institucional dos pais e comunidade na escola, contribuição dos pais e de outros parceiros para o sucesso acadêmico dos alunos e para o melhor desempenho da escola.
  • 34. 4. Gestão de Pessoas Excelência da equipe para o desempenho das funções com profissionais habilitados e capacitados. 5. Gestão de Processos Clara compreensão da missão da escola, objetivos claros e amplamente difundidos, planejamento estratégico, método gerencial definido, gerenciamento da rotina, trabalho em equipe, informações gerenciais, existência de indicadores e de avaliação de gestão. 6. Infra-estrutura Condições materiais de funcionamento (instalações, equipamentos) para que o ensino e a aprendizagem aconteçam de forma adequada. 7. Resultados Desempenho geral da escola: taxas de aprovação, reprovação. Abandono, distorção idade-série, satisfação dos alunos, pais, colaboradores e sociedade, indicadores de melhoria das práticas de gestão, cumprimento das metas estabelecidas. INSTRUMENTO 2 ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE EFICÁCIA ESCOLAR1. Ensino e Aprendizagem
  • 35. Requisitos Características Escala Evidências 1.1.a) A escola possui e utiliza Construção do currículo 1 2 3 4 5 parâmetros curriculares. 1.1.b) A escola tem uma Proposta Pedagógica que orienta o processo 1 2 3 4 5 Currículo construído de ensino e aprendizagem; 1.1.c) A escola tem objetivos e metas definidos na Proposta Projeto registrado no Pedagógica, para cada série ou 1 2 3 4 5 conselho Municipal; ciclo e disciplina, de acordo com os parâmetros curriculares adotados; 1.1.d) Os professores definem com o diretor e supervisor/orientador A metodologia é definida no 1 2 3 4 5 pedagógico a metodologia de planejamento coletivo; ensino a ser seguida na escola; 1.1.e) Os conteúdos para cada Conteúdos definidos e1.1. Currículo disciplina e para cada série ou 1 2 3 4 5 sistematizados para cada organizado e ciclo são organizados de forma ano; articulado seqüencial; 1.1.f) Os professores sabem qual o Currículo definido e conteúdo a ser trabalhado em 1 2 3 4 5 sistematizado com os cada série ou ciclo e em cada professores; disciplina; 1.1.g) Os professores sabem qual Pesquisa no documento o conteúdo trabalhado no ano 1 2 3 4 5 anterior do currículo anterior por outro professor; sistematizado; 1.1.h) As etapas e níveis de aprendizado a serem alcançados Documento em 1 2 3 4 5 pelos alunos estão claramente melhoramento definidos; 1.1.i) Os objetivos de Documento contendo aprendizagem são cobertos e 1 2 3 4 5 Objetivos sistematizados e alinhados com as avaliações socializados; propostas 1.1.j) A equipe escolar reúne-se Documento contendo para revisar o currículo a partir da 1 2 3 4 5 reuniões e conselhos de avaliação, do monitoramento e da classe prática de cada professor.Total de pontos obtidos no requisito 1.1:
  • 36. 1.3.g) Os professores 1 2 3 4 5 estabelecem uma relação entre as1.3. Práticas lições, Os eventos escolares e os 1.2.a) assinalando aos alunos assuntos administrativos conceitos ou habilidades-chave são Documento contendoefetivas dentro de 1 2 3 4 5sala de aula estudados anteriormente; com um organizados e tratados calendário escolar mínimo de interrupção das aulas; 1.3.h) Os professores estimulam a 1 2 3 4 5 curiosidade e previsto para cada 1.2.b) O tempo o interesse dos Documento contendo alunos, relacionando odefinido e matéria é claramente conteúdo 1 2 3 4 5 horário de aula da lição pelos coisas relevantes do seguido com professores; dia-a-dia dos alunos. começam e 1.2.c) Os professores Documento contendo 1 2 3 4 5 1.3.i) Durante as aulas, os terminam as aulas pontualmente; 1 2 3 4 5 freqüência; professores interrupção de sobre 1.2.d) A fazem perguntas aula Reorganização das pontos-chave da lição para verificar devido à ausência de professores, 1 2 3 4 5 crianças ou professor a compreensão eetc. é mínima;o reuniões, recessos, estimular substituto1.2. Proteção do raciocínio dos alunos; dispõem de 1.2.e) Os professores Documento contendo planotempo deaprendizagem um plano de aula pronto quando 1 2 3 4 5 de aula e projeto de 1.3.j) Exercícios, na sala de provas os alunos entram tarefas e aula; 1 2 3 4 5 trabalho são corrigidos e devolvidos 1.2.f) A transição entre atividades rapidamente, e usados para Documento contendo desenvolvidas em sala de aula é 1 2 3 4 5 replanejar as atividades; cronograma das atividades; rápida; 1.3.l) Os professores fazem elogios 1 2 3 4 5 1.2.g) A maior parte do tempo dos e críticas construtivas aos alunos Documento contendo rotina em sala na aula; alunos de escola é dedicada a 1 2 3 4 5 de trabalho atividades de aprendizagem 1.3.m) Durante o tempo dedicado 1.2.h) Os professores evitam a 1 2 3 4 5 ocorrência deos professores sala às aulas, interrupções em se Documento contendo de aula, não desperdiçando de o 1 2 3 4 5 concentram nas atividades atividades diferenciadas tempo de ensino e de ensino. aprendizagemTotal de pontos obtidos no requisito 1.2: de disciplina 1.3.n) Os problemas 1 2 3 4 5 são resolvidos na sala de aula, 1.3.a) Os professores procuram sem necessidade de encaminhar Documento contendo constantemente propor atividades os alunos à direção 1 2 3 4 5 atividades que trabalhemTotal de pontos obtidos no requisitoa1.3: que propiciem prática de valores valores e atitudes almejados; 1.3.b) O ritmo de instrução é ajustado para atender aos alunos Caderno com atividades 1 2 3 4 5 que aprendem com maior ou diferenciadas menor facilidade; 1.3.c) Os alunos que não terminam as atividades durante a Documento contendo aula recebem orientação 1 2 3 4 5 anotações do1.3. Práticas especial, para que se mantenham desenvolvimento individual;efetivas dentro de no ritmo da turma;sala de aula 1.3.d) As disciplinas críticas recebem maior atenção por parte 1 2 3 4 5 da escola e dos professores; 1.3.e) Os professores conhecem as necessidades da turma e dão 1 2 3 4 5 atenção individual e estímulo aos alunos com dificuldades; 1.3.f) Os professores explicam aos alunos os objetivos das lições e da matéria numa linguagem 1 2 3 4 5 simples e clara;
  • 37. 1.4.a) Os professores usam e articulam técnicas variadas de ensino, incluindo tarefas e deveres 1 2 3 4 5 individuais, discussão em sala, trabalho em grupo, exercícios e monitorias; 1.4.b) Os professores utilizam televisão, vídeo, computador e 1 2 3 4 5 outros materiais interativos, quando necessário 1.4.c) Os alunos são ativamente engajados nas atividades de sala 1 2 3 4 5 de aula;1.4. Estratégias deensino 1.4.d) Os professores utilizamdiferenciadas material de uso social nas práticas pedagógicas, estimulando os 1 2 3 4 5 alunos a perceberem o vínculo entre as atividades escolares e extra-escolares; 1.4.e) Os professores aproveitam os espaços externos para realizar atividades cotidianas como ler, 1 2 3 4 5 contar, histórias, fazer desenhos, etc; 1.4.f) Os professores propõem atividades pedagógicas fora da 1 2 3 4 5 escola como passeios, excursões, etc.Total de pontos obtidos no requisito 1.4: 1.5.a) Os professores passam dever de casa sempre que 1 2 3 4 5 necessário; 1.5.b) Os alunos fazem o dever de 1 2 3 4 5 casa regularmente; 1.5.c) O conteúdo e a freqüência1.5 Deveres de casa do dever de casa são adequados à 1 2 3 4 5freqüentes e idade e ao ambiente familiar dosconsistentes alunos; 1.5.d) Os deveres de casa são passados em quantidade suficiente e em nível de dificuldade adequado 1 2 3 4 5 para consolidar e ampliar o conhecimento do aluno; 1.5.e) O professor comenta com os alunos os deveres de casa 1 2 3 4 5 realizados.Total de pontos obtidos no requisito 1.5:
  • 38. 1.6.a) Os professores e alunos dispõem de materiais pedagógicos e didáticos adequados, que 1 2 3 4 5 permitem atividades diversificadas dentro de sala de aula; 1.6.b) A equipe escolar conhece o material pedagógico e didático existente na escola, sabe onde 1 2 3 4 51.6 Disponibilidade estão guardados e utilizam-nose utilização de quando necessário;recursos didático- 1.6.c) As crianças podempedagógicos identificar seus livros-texto e 1 2 3 4 5 descrever seu conteúdo; 1.6.d) Os alunos podem identificar outros materiais de leitura; 1 2 3 4 5 1.6.e) Os alunos possuem caderno, papel, lápis, borracha, 1 2 3 4 5 etc.Total de pontos obtidos no requisito 1.6:
  • 39. 1.7.a) Os professores fazem uma avaliação diagnóstica no início de cada etapa de ensino, para que 1 2 3 4 5 possam pôr em prática seu planejamento de forma adequada às características dos alunos; 1.7.b) Os professores monitoram continuamente o progresso dos alunos e sabem quantos e quais 1 2 3 4 5 alunos estão em dificuldades em cada disciplina/conteúdo; 1.7.c) Há coleta de dados, arquivos e relatórios sobre o 1 2 3 4 5 desempenho dos alunos; 1.7.d) A avaliação do desempenho dos alunos em todos os níveis está 1 2 3 4 5 adequada aos objetivos de ensino; 1.7.e) A equipe escolar utiliza os resultados de testes e relatórios de avaliação para localizar 1 2 3 4 5 problemas potenciais e propor soluções; 1.7.f) A equipe escolar utiliza essas informações para fazer revisões da1.7. Avaliação forma como o currículo está 1 2 3 4 5contínua do organizado, articulado e érendimento dos trabalhado na escola;alunos 1.7.g) A escola utiliza padrões de desempenho para avaliar a 1 2 3 4 5 aprendizagem dos alunos, com base nos parâmetros curriculares; 1.7.h) Os alunos têm clareza dos conteúdos e do grau de 1 2 3 4 5 expectativa da aprendizagem que se espera deles nas avaliações; 1.7.i) Em momentos determinados, é delegada aos alunos a 1 2 3 4 5 responsabilidade de se auto- avaliarem; 1.7.j) São aplicados diferentes instrumentos de avaliação e proporcionadas várias situações de aprendizagem para possibilitar o desenvolvimento das capacidades dos alunos de 1 2 3 4 5 integrar os conteúdos curriculares, contrastar os dados obtidos e observar a transferência das aprendizagens em contextos diferentes.Total de pontos obtidos no requisito 1.7:TOTAL DE PONTOS OBTIDOS NO CRITÉRIO 1:
  • 40. 2. Clima Escolar Requisitos Características Escala Evidências 2.1.a) Os professores têm claros os objetivos de aprendizagem que 1 2 3 4 5 devem ser alcançados por todos os alunos; 2.1.b) O diretor e os professores são capazes de citar as metas e os objetivos curriculares da escola para 1 2 3 4 5 pais de alunos e demais pessoas da comunidade escolar; 2.1.c) O diretor e os professores comunicam aos alunos as metas de 1 2 3 4 5 aprendizagem e de comportamento estabelecidas; 2.1.d) Os alunos com dificuldades de aprendizagem recebem auxílio, 1 2 3 4 5 estímulo e apoio para atingir o nível de aprendizagem esperado; 2.1.e) O diretor e os professores monitoram regularmente o desempenho dos alunos, sabendo 1 2 3 4 5 quais alunos estão em dificuldades em cada disciplina;2.1. 2.1.f) O diretor acompanha, comEstabelecimento freqüência, o desempenho dosde altos padrões 1 2 3 4 5 professores e o desenvolvimento dede ensino. seus programas curriculares; 2.1.g) A escola dispõe de parâmetros e instrumentos que permitem acompanhar o 1 2 3 4 5 desempenho de professores e alunos; 2.1.h) Os padrões que definem o sucesso acadêmico são claros e 1 2 3 4 5 conhecidos por todos os professores e alunos; 2.1.i) A escola estabelece relação clara entre os objetivos de 1 2 3 4 5 aprendizagem, as atividades de ensino e a avaliação dos alunos; 2.1.j) A equipe escolar define padrões de desempenho para avaliar 1 2 3 4 5 os alunos, com base nos parâmetros curriculares adotados; 2.1.l) A escola provê apoio e orientação na implementação do 1 2 3 4 5 currículo; 2.1.m) O professor planeja, no começo do ano, como trabalhará sua disciplina durante o ano letivo, 1 2 3 4 5 informando os alunos sobre seu plano de trabalho; 2.1.n) O plano de curso do professor contém as informações necessárias 1 2 3 4 5 sobre a matéria, como ensiná-la, como avaliá-la.
  • 41. Total de pontos obtidos no requisito 2.1: 2.2.a) No contato com pais e alunos, diretor e professores expressam sua confiança na capacidade de aprendizagem dos alunos, 1 2 3 4 5 independentemente de etnia, classe2.2. Altas social ou outras característicasexpectativas em pessoais;relação à 2.2.b) O diretor, no contato comaprendizagem dos professores, expressa sua confiança 1 2 3 4 5alunos na capacidade de aprendizagem dos alunos; 2.2.c) A direção mantém o ensino e a aprendizagem como centro do 1 2 3 4 5 diálogo e atenção de toda a equipe escolar.Total de pontos obtidos no requisito 2.2: 2.3.a) O diretor promove reuniões freqüentes com o corpo docente, com 1 2 3 4 5 pauta antecipada; 2.3.b) A comunicação da escola com 1 2 3 4 5 os pais e a comunidade é freqüente; 2.3.c) Os pais entram em contato 1 2 3 4 com o diretor por iniciativa própria; 5 2.3.d) O diretor envolve-se em2.3. Comunicação atividades organizadas pela 1 2 3 4 5regular entre a comunidade;equipe escolar,pais e a 2.3.e) A escola promove eventos na 1 2 3 4 5comunidade. escola de interesse da comunidade; 2.3.f) A direção da escola procura envolver os pais nas decisões relativas à melhoria da escola e 1 2 3 4 5 enfatizam que a sua participação faz muita diferença no desempenho dos alunos; 2.3.g) Toda a equipe escolar trabalha 1 2 3 4 5 de forma cooperativa e harmoniosa.Total de pontos obtidos no requisito 2.3:
  • 42. 2.4.a) O diretor participa das assembléias escolares, 1 2 3 4 5 supervisionando o bom andamento dos trabalhos; 2.4.b) O diretor é encontrado facilmente na escola, fora de seu 1 2 3 4 5 gabinete. 2.4.c) O diretor permanece na escola durante o período de atividades 1 2 3 4 5 escolares;2.4. Presença 2.4.d) O diretor aumenta a freqüênciaefetiva do diretor. e a qualidade dos contatos informais 1 2 3 4 5 entre os membros da equipe escolar quando necessário; 2.4.e) O diretor lidera o estabelecimento e a implementação 1 2 3 4 5 de normas de comportamento entre os membros da equipe escolar; 2.4.f) O diretor está constantemente informado da eficácia das atividades 1 2 3 4 5 de ensino desenvolvidas pelos professores.Total de pontos obtidos no requisito 2.4: 2.5.a) A escola é limpa, organizada e 1 2 3 4 5 tem aparência atrativa; 2.5.b) As aulas iniciam-se e 1 2 3 4 5 terminam no horário;2.5. Ambienteescolar bem 2.5.c) As tarefas, os livros e osorganizado e materiais a serem utilizados são 1 2 3 4 5agradável preparados antes do início das aulas; 2.5.d) Os alunos são estimulados a participarem da organização, 1 2 3 4 5 decoração, ordem e limpeza das salas de aula.Total de pontos obtidos no requisito 2.5: 2.6.a) A escola possui um código de conduta escrito que especifica as normas de comportamento para 1 2 3 4 5 alunos e professores dentro e fora de sala de aula; 2.6.b) O código de conduta é amplamente divulgado e é conhecido 1 2 3 4 52.6. Normas e por alunos, professores e pais;regulamentos 2.6.c) As normas de disciplina sãoescolares aplicadas pronta e integralmente para 1 2 3 4 5 todos; 2.6.d) Os procedimentos de disciplina são rotineiros e de fácil e rápida 1 2 3 4 5 aplicação; 2.6.e) Há normas em relação a atrasos e faltas, tanto para 1 2 3 4 5 professores quanto para alunos.Total de pontos obtidos no requisito:2.6:
  • 43. 2.7.a) Os professores consideram-se 1 2 3 4 5 capazes de ensinar bem; 2.7.b) Os professores sentem-se à2. 7.Confiança dos vontade com os materiais deprofessores no aprendizagem, integrando-os às 1 2 3 4 5seu trabalho tarefas de sala de aula e têm idéias criativas sobre como ensinar; 2.7.c)Os professores acham seu 1 2 3 4 5 trabalho significativo.Total de pontos obtidos no requisito 2.7: 2.8.a) Os alunos confirmam que os professores estão comprometidos 1 2 3 4 5 com o ensino e se preocupam com eles; 2.8.b) Os professores estabelecem2.8.Compromisso altos padrões de trabalho e 1 2 3 4 5e preocupação da comportamento;equipe escolar 2.8.c) A equipe escolar e os pais secom os alunos e referem à escola como um lugarcom a escola 1 2 3 4 5 onde há atenção e cuidado em relação aos alunos; 2.8.d) O absenteísmo e a impontualidade dos professores são 1 2 3 4 5 vistos como um problema na escola;Total de pontos obtidos no requisito 2.8: 2.9.a) Os professores planejam as atividades de ensino de forma 1 2 3 4 5 cooperativa; 2.9.b) Os professores trocam idéias2.9. Trabalho em 1 2 3 4 5 entre si; equipe 2.9.c) Os professores, diretor e equipe técnica trabalham em 1 2 3 4 5 conjunto para tratar de questões de interesse da escola.Total de pontos obtidos no requisito 2.9:TOTAL DE PONTOS OBTIDOS NO CRITÉRIO 2:
  • 44. 3. Pais e Comunidade Requisitos Características Escala Evidências Doações de trabalho de manutenção de algumas 3.1.a) A comunidade contribui máquinas; voluntariamente com a escola, para garantir a manutenção e 1 2 3 4 5 melhoria das condições de Reposição e doações de livros3.1. Apoio atendimento aos alunos e didáticos e paradidáticos;material da funcionários;comunidade. 3.1.b) A equipe escolar e os pais Reuniões bimestrais com CEC; dos alunos reúnem-se para discutir as necessidades materiais da 1 2 3 4 5 Leitura de relatórios bimestrais; escola e as maneiras de atendê- las.Total de Pontos obtidos no requisito 3.1: 3.2.a) A escola promove eventos Cursos, palestras, feiras, que permitam contato entre pais e 1 2 3 4 53.2. reuniões CEC; professores;Comunicação 3.2.b) Os professores comunicam- Comunica através de bilhete,freqüente entre 1 2 3 4 5 se freqüentemente com os pais; dialogo, leitura de relatório;corpo docente epais. 3.2.c) Os pais comparecem e participam das reuniões para as 1 2 3 4 5 quais são convidados.Total de pontos obtidos no requisito 3.2:3.3. Participação 3.3.a) Os pais têm participação nas 1 2 3 4 5da comunidade reuniões do Colegiado;na gestão da 3.3.b) Os pais sabem quem é seuescola 1 2 3 4 5 representante no Colegiado;Total de pontos obtidos no requisito 3.3: 3.4.a) Os pais participam de 1 2 3 4 5 reuniões de avaliação na escola; 3.4.b) Os pais acompanham os3.4. 1 2 3 4 5 deveres de casa dos filhos;Envolvimento 3.4.c) Há evidência de leitura,dos pais na conversações e brincadeiras 1 2 3 4 5aprendizagem dirigidas no lar; 3.4.d) A equipe escolar incentiva os pais a acompanharem o 1 2 3 4 5 progresso de seus filhos.Total de pontos obtidos no requisito 3.4:TOTAL DE PONTOS OBTIDOS NO CRITÉRIO 3:
  • 45. 4. Gestão de pessoas Requisitos Características Escala Evidências 4.1.a) A direção tem claramente definidas as funções e atribuições de todo o pessoal da 1 2 3 4 5 escola e expressa qual a sua expectativa em relação à equipe escolar; 4.1.b) A direção monitora e avalia as atividades 1 2 3 4 5 desenvolvidas por todos os colaboradores da escola; 4.1.c) A direção identifica necessidades de aperfeiçoamento de toda a 1 2 3 4 5 equipe escolar para a melhoria de suas habilidades profissionais; 4.1.d) A direção organiza espaço e tempo para que os4.1. Gestão do membros da equipe escolar se 1 2 3 4 5pessoal docente reúnam, troquem experiências,e não-docente estudem, planejem, etc. 4.1.e) A direção providencia atualização para o seu pessoal docente, técnico e 1 2 3 4 5 administrativo, com a freqüência necessária; 4.1.f) Os colaboradores são valorizados por meio de mecanismos de 1 2 3 4 5 profissionalização e responsabilização; 4.1.g) A escola adota medidas de promoção do bem-estar para 1 2 3 4 5 auxiliar os colaboradores a atingir as metas; 4.1.h) A escola acompanha o nível de satisfação, participação 1 2 3 4 5 e bem-estar dos colaboradoresTotal de pontos obtidos no requisito 4.1:
  • 46. 4. 2.a) Os professores conhecem metodologias de avaliação e usam esse 1 2 3 4 5 conhecimento para desenvolver avaliações coerentes e consistentes; 4.2.b) Os professores demonstram ter domínio da 1 2 3 4 5 matéria que ensinam 4.2.c) Os professores participam, com freqüência, de cursos de atualização, 1 2 3 4 5 demonstrando empenho no seu desenvolvimento profissional; 4.2.d) A direção da escola identifica necessidades de aperfeiçoamento de pessoal4.2. Formação e 1 2 3 4 5 docente e não docente para adesenvolvimento. melhoria de suas habilidades profissionais; 4.2.e) A direção da escola define anualmente um programa 1 2 3 4 5 de desenvolvimento do pessoal docente e não-docente; 4.2.f) Os professores utilizam abordagens pedagógicas 1 2 3 4 5 atualizadas; 4.2.g) A equipe escolar (docentes e não docentes) aceita inovações e se mostra 1 2 3 4 5 envolvida em processos de mudança; 4.2.h) Os professores têm informações atualizadas sobre 1 2 3 4 5 tecnologia e recursos educacionais.Total de pontos obtidos no requisito 4.2: 4.3.a) Os professores são experientes no manejo de turmas e no acompanhamento 1 2 3 4 54.3.Experiência do trabalho individual e deapropriada grupos; 4.3.b) O desempenho do professor dentro de sala de aula 1 2 3 4 5 é avaliado.Total de pontos obtidos no requisito 4.3: 5
  • 47. 4.4.a) Os professores e funcionários são comprometidos 1 2 3 4 5 com os objetivos e metas da escola; 4.4.b) Os professores e funcionários conhecem os 1 2 3 4 5 objetivos e metas da escola; 4.4.c) Os supervisores ou4.4. Coordenadores PedagógicosCompromisso da orientam os professores para oequipe escolar alinhamento entre suas práticas 1 2 3 4 5com os objetivos docentes e os objetivos e metase metas da da escola, prestando assistênciaescola sempre que necessário; 4.4.d) A equipe escolar avalia o desempenho de seu pessoal e o da escola como um todo, bem 1 2 3 4 5 como o seu esforço para mudança; 4.4.e) Docentes e não-docentes demonstram entusiasmo no 1 2 3 4 5 desempenho de suas funções.Total de pontos obtidos no requisito 4.4:TOTAL DE PONTOS OBTIDOS NO CRITÉRIO 4:
  • 48. 5. Gestão de Processos Requisitos Características Escala Evidências 5.1.a) A escola dispõe de um Colegiado ou Conselho Escolar 1 2 3 4 5 com funções e atribuições bem definidas; 5.1.b) O Colegiado ou Conselho funciona de maneira 1 2 3 4 5 permanente; 5.1.c) O Colegiado ou Conselho 1 2 3 4 5 realiza reuniões sistemáticas; 5.1.d) As reuniões do Colegiado ou Conselho são marcadas com5.1. antecedência, em horário que 1 2 3 4 5Conselho/Colegiado todos possam participar e comEscolar atuante divulgação prévia da pauta; 5.1.e) Os segmentos representantes da comunidade interna e externa à escola têm 1 2 3 4 5 participação efetiva no Colegiado ou Conselho; 5.1.f) Os processos de ensino, aprendizagem e gestão participativa da escola atendem 1 2 3 4 5 ao que foi definido e validado pelo Colegiado ou Conselho.Total de pontos obtidos no requisito 5.1: 5.2.a) A direção é capaz de demonstrar que os insumos escolares adquiridos com os recursos provindos do governo, 1 2 3 4 5 da comunidade e dos pais são alocados de acordo com as necessidades detectadas pela escola; 5.2.b) A direção tem objetivos claros para a aplicação dos5.2. Utilização e recursos financeiros disponíveis, 1 2 3 4 5controle dos recursos efetuando os gastos de acordofinanceiros com os procedimentos legais; 5.2.c) A direção submete o planejamento para a aplicação dos recursos financeiros ao 1 2 3 4 5 Colegiado ou Conselho Escolar, bem como a prestação de contas dos gastos efetuados; 5.2 d) A direção controla e registra de forma apropriada os 1 2 3 4 5 gastos efetuados pela escola.Total de pontos obtidos no requisito 5.2:
  • 49. 5.3.a) A escola define conjuntamente seus objetivos, 1 2 3 4 5 metas e estratégias e os planos de ação para alcançá-los; 5.3.b) O diretor e os professores tomam decisões conjuntas relativas ao horário escolar, aos 1 2 3 4 5 livros-texto e demais recursos5.3.Planejamento utilizados;das ações 5.3.c) O Currículo Escolar é discutido e definido por toda a 1 2 3 4 5 equipe escolar, com validação do Colegiado ou Conselho; 5.3.d) Os processos críticos da escola são gerenciados com auxílio de indicadores de 1 2 3 4 5 desempenho com vistas à realização de melhorias.Total de pontos obtidos no requisito 5.3: 5.4.a) Os objetivos da escola são claramente definidos e 1 2 3 4 5 aceitos pela comunidade escolar; 5.4.b) Os profissionais da escola sabem o objetivo do seu trabalho e estão mobilizados para a 1 2 3 4 5 análise e melhoria dos processos;5.4. Objetivos 5.4.c) A escola tem autonomiaclaros para decidir sobre horários escolares, metodologias 1 2 3 4 5 adotadas, equipamentos e materiais necessários; 5.4.d) A escola dispõe de critérios e instrumentos para 1 2 3 4 5 determinar a eficácia escolar; 5.4.e) A escola estabelece 1 2 3 4 5 metas de excelência;Total de pontos obtidos no requisito 5.4:
  • 50. 5.5.a) A escola dispõe de procedimentos administrativos 1 2 3 4 5 bem definidos, padronizados e utilizados; 5.5.b) As pessoas na escola conhecem e utilizam todos os 1 2 3 4 5 procedimentos disponíveis para executar bem o seu trabalho; 5.5.c) Cada profissional da escola sabe medir e avaliar o 1 2 3 4 5 resultado de seu trabalho;5.5.Rotina 5.5.d) Os dados necessários aoOrganizada gerenciamento da escola são 1 2 3 4 5 levantados de forma competente; 5.5.e) Os problemas que surgem na escola são comunicados à 1 2 3 4 5 direção; 5.5..f) As atividades e processos desenvolvidos na escola são 1 2 3 4 5 documentados e otimizados; 5.5.g) As informações circulam de maneira rápida e correta 1 2 3 4 5 entre setores e colaboradores.Total de pontos obtidos no requisito 5.5:TOTAL DE PONTOS OBTIDOS NO CRITÉRIO 5:
  • 51. 6. Infra-estrutura Requisitos Características Escala Evidências 6.1.a) O prédio e o pátio escolar são bem conservados e têm 1 2 3 4 5 aparência atrativa; 6.1.b) Os banheiros são limpos e mantidos em condições 1 2 3 4 5 adequadas de uso; 6.1.c) A escola possui um espaço disponível para 1 2 3 4 5 atividades de leitura e pesquisa;6.1. Instalaçõesadequadas da 6.1.d) As salas de aula,escola laboratórios e biblioteca estão 1 2 3 4 5 em boas condições de uso. 6.1.e) O espaço escolar (salas, laboratórios, biblioteca, etc) são 1 2 3 4 5 utilizados e de forma adequada; 6.1.f) Os alunos têm consciência de sua participação na 1 2 3 4 5 conservação do patrimônio escolarTotal de pontos obtidos no requisito 6.1:TOTAL DE PONTOS OBTIDOS NO CRITÉRIO 6
  • 52. 7. Resultados Requisitos Características Escala Evidências 7.1.a) Os históricos acadêmicos recentes mostram evolução 1 2 3 4 5 favorável em relação às médias nacionais/estadual/ regional; 7.1.b) Os dados de desempenho demonstram elevação na taxa de aprovação em todas as séries e 1 2 3 4 5 disciplinas, e esta taxa situa-se, atualmente, em patamares de7.1. Desempenho excelência;acadêmico dos 7.1.c) A taxa de abandono temalunos diminuído consistentemente a 1 2 3 4 5 cada ano; 7.1.d) As médias de aprovação dos alunos, em Português e Matemática, têm aumentado a 1 2 3 4 5 cada ano e situa-se, atualmente, em patamares de excelência; 7.1.e) A distorção idade-série tem diminuído 1 2 3 4 5 consistentemente a cada ano;Total de pontos obtidos no requisito 7.1: 7.2.a) Há evidências de que todas as metas estabelecidas 1 2 3 4 5 nos planos de ação da escola são integralmente cumpridas; 7.2.b) Os resultados da escola indicam tendência crescente no 7.2. nível de satisfação da equipeDesempenho geral 1 2 3 4 5 escolar, dos pais e dada escola comunidade em relação aos serviços prestados; 7.2.c) Há evidências de tendência de melhoria na 1 2 3 4 5 qualidade dos processos de gestão e serviços da escolaTotal de pontos obtidos no requisito 7.2:
  • 53. Ficha-Resumo dos Critérios de Eficácia EscolarInstruções para preenchimento1) Preencher o quadro que sintetiza a pontuação geral dos critérios.2) Em seguida, listar os requisitos e as características mais problemáticos para cada Critério de Eficácia Escolar, de acordo com a pontuação obtida e seu maior impacto na aprendizagem. Para cada critério, listar no máximo três requisitos e para cada requisito no máximo duas características.3) Finalmente, selecionar os requisitos e as características que devem ser atacados prioritariamente (citar no máximo três Critérios de Eficácia, não mais do que dois requisitos por Critério e não mais do que duas características por requisito, lembrando-se que, obrigatoriamente, dois Critérios devem estar presentes: Resultados e Ensino-Aprendizagem)
  • 54. Ficha-Resumo 2A) Pontuação geral dos critérios 1 2 3 4 5 6 7 TotalCritériosPontuação(1) Total máximo de pontos no critério 285 240 55 115 130 30 40 895(2) Total de pontos obtido no critério(2) / (1) x 100
  • 55. B) Identificar requisitos e características críticos (máximo de três requisitos por Critério de Eficácia e duas características para cada requisito) Critério de Eficácia Escolar Requisitos Características Ensino e Aprendizagem Clima Escolar
  • 56. Pais e ComunidadeGestão de Pessoas
  • 57. Gestão de Processos Infra-estrutura
  • 58. Resultados
  • 59. C) Com base no quadro anterior, selecionar os requisitos e as característicasque devem ser atacados prioritariamente (citar no máximo QUATRO Critériosde Eficácia, não mais do que dois requisitos por Critério e não mais do queduas características por requisito, lembrando-se que, obrigatoriamente, doisCritérios devem estar presentes: Ensino e Aprendizagem e Resultados E Infra-Estrutura). Critério de Eficácia Requisitos Características Escolar • Resultado • Ensino- Aprendizagem • • Infra-Estrutura
  • 60. INSTRUMENTO 3 Avaliação Estratégica da Escola – Instruções para preenchimentoAVALIAÇÃO ESTRATÉGICA DA ESCOLAINSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO1) O coordenador do PDE encaminha a cada um dos membros do Grupo deSistematização o Instrumento de Avaliação Estratégica da Escola (AnáliseFOFA), apresentado a seguir. As respostas devem ser sucintas, itemizadas edadas na perspectiva da escola como um todo e não na de um setor emparticular.2) As seguintes definições devem ser consideradas para o corretopreenchimento: 2.1. Análise do Ambiente Interno à escola: a) Forças (ou pontos fortes): aquilo que a escola deveria estar fazendo e já está fazendo bem. São variáveis que a escola controla, isto é, tem governabilidade sobre elas, e executa bem. Exemplos de forças: boa imagem da escola junto aos alunos, pais e comunidade; bom sistema de informações gerenciais; colaboradores comprometidos; liderança forte e atuante; cultura de planejamento; qualidade do ensino; experiência acumulada, etc; b) Fraquezas (ou pontos fracos): aquilo que a escola deveria estar fazendo e não está fazendo ou não está fazendo bem. São variáveis que a escola controla, mas executa mal. Os pontos fracos devem ser entendidos com a conotação positiva de oportunidades de melhoria para a escola. Exemplos de fraquezas: ausência de objetivos e metas claras; desmotivação dos colaboradores; clima de desconfiança; ausência de um sistema de informações gerenciais; liderança fraca; acompanhamento deficiente dos alunos, etc. 2.2. Análise do Ambiente Externo à escola: c) Oportunidades: situações externas à escola, não controladas por ela, (de natureza política, econômica, social, tecnológica, legal) que, se conhecidas a tempo, podem ser melhor aproveitadas pela escola enquanto perduram, dependendo das condições internas da escola.. Exemplos de oportunidades: facilidade de acesso a novas tecnologias; disponibilidade de maior volume de recursos para a
  • 61. escola; maior preocupação dos pais e da comunidade com a qualidade dos egressos, cursos oferecidos pela Secretaria de Educação; etc; d) Ameaças (ou riscos): situações externas à escola, não controladas por ela, (de natureza política, econômica, social, tecnológica, legal), que se conhecidas a tempo podem ter o seu impacto minimizado. As ameaças são situações que podem se concretizar ou não e seus impactos podem afetar ou não a escola, dependendo de suas condições internas de neutralização. Exemplos de ameaças: instabilidade política dos dirigentes; greves; pressão por vagas; falta de autonomia; baixo nível de preparação dos alunos que ingressam, etc.3) Após a consolidação das respostas ao Instrumento de Avaliação Estratégica,efetuada pelo coordenador do PDE, os Quadros 1, 2, 3, 4 e 5 a seguir devemser preenchidos pelo Grupo de Sistematização: a) Consolidar no Quadro 1 as informações sobre forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. b) Identificar nos Quadros 2, 3, 4 e 5 as interações entre: i. Força x Oportunidade (Quadro 2) ii. Fraqueza x Ameaça (Quadro 3) iii. Força x Ameaça (Quadro 4) iv. Fraqueza x Oportunidade (Quadro 5) E classificar as interações identificadas em cada quadro como Forte (F), Média (M) ou Fraca (Fr), selecionando apenas as Fortes.4) Identificar, com base na seleção de interações fortes realizadas, quemedidas se pretende tomar para reforçar os aspectos positivos da escola epara contrabalançar os aspectos negativos.Obs.: Entenda como utilizar o Instrumento 3, vendo o exemplo da EscolaAnísio Teixeira, logo após a ficha-resumo 3.
  • 62. Instrumento de Avaliação Estratégica da Escola (Análise FOFA)Aos membros do Grupo de Sistematização:EM SUA OPINIÃO,1. Quais são as maiores forças da escola (ambiente interno)?2. Quais são as principais fraquezas da escola (ambiente interno)?3. Quais são as maiores oportunidades que se apresentam à escola nos próximos anos (ambiente externo)?4. Quais são as principais ameaças ou riscos ao desempenho da escola nos próximos anos (ambiente externo)?5. Quais são as três tarefas mais importantes que a escola deve realizar nos próximos anos? Por que são importantes?Nome:Cargo:
  • 63. Quadro 1 – Consolidação das Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças FORÇAS (+) OPORTUNIDADES (+)1. 1.2 2.3 3. FRAQUEZAS (-) AMEAÇAS (-)1 1.2 2.3 3.
  • 64. Quadro 2: Forças x OportunidadesEm que medida a Força X ajuda a escola a se beneficiar da Oportunidade Y? OPORTUNIDADES OPORTUNIDADE 1 OPORTUNIDADE 2 OPORTUNIDADE 3FORÇASFORÇA 1FORÇA 2FORÇA 3 Quadro 3: Fraquezas x AmeaçasEm que medida a Fraqueza X reforça o impacto da Ameaça Y? AMEAÇAS AMEAÇA 1 AMEAÇA 2 AMEAÇA 3FRAQUEZASFRAQUEZA 1FRAQUEZA 2FRAQUEZA 3
  • 65. Quadro 4: Forças x AmeaçasEm que medida a Força X pode ajudar a diminuir o impacto da Ameaça Y? AMEAÇAS AMEAÇA 1 AMEAÇA 2 AMEAÇA 3FORÇASFORÇA 1FORÇA 2FORÇA 3 Quadro 5: Fraqueza x OportunidadeEm que medida a Fraqueza X pode dificultar o aproveitamento da Oportunidade Y? OPORTUNIDADES OPORTUNIDADE 1 OPORTUNIDADE 2 OPORTUNIDADE 3FRAQUEZASFRAQUEZA 1FRAQUEZA 2FRAQUEZA 3
  • 66. Ficha-resumo 31) Identifique as combinações força x oportunidade que apresentaminteração forte (Quadro 2). Assinale no máximo 3. Essas combinações sãofavoráveis para a implementação de futuros planos de ação.---2) Identifique as combinações fraqueza x ameaça que apresentam interaçãoforte (Quadro 3). Assinale no máximo 3. Essas combinações são desfavoráveispara a implementação de futuros planos de ação.---3) Identifique as combinações força x ameaça que apresentam interaçãoforte (Quadro 4). Assinale no máximo 3. Essas combinações ajudam aneutralizar o efeito das ameaças.---4) Identifique as combinações fraqueza x oportunidade (Quadro 5) queapresentam interação forte. Assinale no máximo 3. Essas combinaçõesdificultam o aproveitamento das oportunidades.---1) Que medidas a escola pretende tomar para contrabalançar o efeito das fraquezas e das ameaças?----2) Que medidas a escola pretende tomar para reforçar o efeito das forças e oportunidades?----
  • 67. SINTESE DA AUTO-AVALIAÇÃO1) Com base nos dados e informações contidos nas fichas resumo dos instrumentos 1, 2 e 3, identificar os principais problemas que a escola pretende atacar, relacionando-os aos Critérios de Eficácia Escolar QUADRO 1 Problemas Critério de eficácia escolar1- Acessibilidade ao prédio escolar inadequada (Programa EscolaAcessível).2- instalações do laboratório de informática (Programa Proinfo) 2) Para cada problema identificado, listar as causas prováveis e as principais ações que a escola pretende executar com base na análise efetuada. QUADRO 2 Problemas Causas prováveis Principais ações
  • 68. 3) Previsão de recursos da escola para o ano corrente, segundo fontes: Fonte Total R$ Secretaria Municipal de EducaçãoMunicipais Sub-total % do Total geral PDDE MEC-PAFFederais Sub-total % do Total geral Campanhas Contribuições Outras Sub-total % do Total geral Total geral % do Total geral Fonte:
  • 69. MISSÃO:O QUE DETERMINAMOS COMO METAPARA O TRABALHO?O QUE A ESCOLA FAZ?PARA QUEM ELA FAZ?COMO A ESCOLA FAZ?-APRENDIZAGEM-FORMAÇÃO DEALUNO-RESPONSABILIZAÇÃO-QUALIDADEFormar cidadãos criativos capazes de reconstruir a suarealidade de forma solidária, conscientes etransformadora.Contribuir para a formação de cidadãos criativoscapazes de reconstruir a sua realidade de formasolidária, conscientes e transformadora.VALORES:
  • 70. O QUE A ACREDITAMOS QUE DEVEMOS TER E SER PARA ALCANÇARMOSA NOSSA MISSÃO?FORMAÇÃO HUMANO-SOCIAL PSICOLOGICO MORAL RELIGIOSORe-significação social (família, vizinhos, amigos)Respeito e amor ao próximoAuto- valorizaçãoSolidariedadeResponsabilidade com os atosResponsabilização com o outroIgualdadeCriatividadeIntegridadeÉticaAutenticidadePaciênciaSaber conviver com a diversidadeTer gratidãoSer inovadorConfiançaAtitude
  • 71. VISÃO DE FUTURO: VERBO NO FUTUROCOMO A ESCOLA QUER SER RECONHECDA?NA VISÃO DA COMUNIDADE-DO ESTADO-REGIÃO-EM RELAÇÃO APRENDIZAGEM VALOR FORMAÇÃO DO ALUNO GRUPO DE TRABALHODinâmicaComprometidaCompetênciaAssiduidadeAcolhedoraEnsino significativo para a vidaProfissionais qualificadosÉticaParceria