José Raphael Teixeira Marques   Mestrando em Informática (UFPB)
                                raphaelmarques.wordpress.c...
   Introdução ao JavaFX

   GUI com JavaFX

   Novidades do JavaFX 1.2
   Por onde começar?

   Conclusões

         ...
3
4
   Java “Efequis”?
   JavaFX é uma linguagem?
   Vou perder o que fiz em Java?
   Porque não encontro material sobre J...
   Uma única plataforma RIA para todas as telas
   Mercado de amplo alcance
   Workflow designer-desenvolvedor
   Runt...
   Tipagem estática com inferência de tipos
   Linguagem declarativa Orientada a Objetos
   Tudo em JavaFX é uma expres...
   Introdução ao JavaFX

   GUI com JavaFX

   Novidades do JavaFX 1.2
   Por onde começar?

   Conclusões

         ...
public class HelloWorldSwing{
  public static void main(String[] args){
     JFrame frame =
            new JFrame("HelloW...
Stage {
  title: "Hello World em JavaFX"
  width: 250
  height: 80
  scene: Scene {
      content: Text {
        content:...
11
12
13
14
15
var x: Number;             var px: Number;
var y: Number;             var py: Number;
...
Rectangle{
    x: bind x
    y: ...
17
18
19
   Introdução ao JavaFX

   GUI com JavaFX

   Novidades do JavaFX 1.2
   Por onde começar?

   Conclusões

         ...
21
22
23
   ClipView:




                24
   Stack:




             25
   Tile:




            26
   Melhorias de performance:
     Carregamento mais rápido no Desktop e Browser
     Redução do tamanho do arquivo comp...
   Classe Alert
     Uso:
      var result = Alert.question(“Do you want to continue?”);




                           ...
   Herança múltipla:
     Modificador: mixin
     Herança:
      ▪ Uma única classe normal
      ▪ Qualquer número de i...
   Algumas palavras não são mais reservadas:
     first                 postinit
     in                    replace
 ...
31
   Distribuição:
     Carregamento do Applet
     JavaWebStart em inglês
     JavaFX Runtime online na 1ª vez
     Ja...
   Introdução ao JavaFX

   GUI com JavaFX

   Novidades do JavaFX 1.2
   Por onde começar?

   Conclusões

         ...
   JavaFX
     http://javafx.com/

   JavaFX Developer Home
     http://java.sun.com/javafx/

   JavaFX Programing (w...
   Windows, Linux, Mac OS X e Solaris x86
     Windows Mobile 6

   JavaFX 1.2.1 SDK
   Netbeans IDE 6.7.1 para JavaFX...
   De terceiros:
       Framework MVC (Griffon)
       DataBox
       CRUDFx
       FXtras
       WidgetFX
   Da Su...
   Introdução ao JavaFX

   GUI com JavaFX

   Novidades do JavaFX 1.2
   Por onde começar?

   Conclusões

         ...
   Prós:
     JavaFX tem um grande potencial
     Workflow designer-desenvolvedor
     A comunidade está ativa
     A...
   Vídeo




            39
José Raphael Teixeira Marques   Mestrando em Informática (UFPB)
                                raphaelmarques.wordpress.c...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

JavaFX 1.2

1,485

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,485
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
47
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

JavaFX 1.2

  1. 1. José Raphael Teixeira Marques Mestrando em Informática (UFPB) raphaelmarques.wordpress.com joseraphael@di.ufpb.br
  2. 2.  Introdução ao JavaFX  GUI com JavaFX  Novidades do JavaFX 1.2  Por onde começar?  Conclusões 2
  3. 3. 3
  4. 4. 4
  5. 5.  Java “Efequis”?  JavaFX é uma linguagem?  Vou perder o que fiz em Java?  Porque não encontro material sobre JavaFX?  Por que não usar Swing?  Então JavaFX vai matar o Swing?  E a Oracle? O que pensa disso? 5
  6. 6.  Uma única plataforma RIA para todas as telas  Mercado de amplo alcance  Workflow designer-desenvolvedor  Runtime poderoso  Liberdade do browser  Compatibilidade com tecnologias Java 6
  7. 7.  Tipagem estática com inferência de tipos  Linguagem declarativa Orientada a Objetos  Tudo em JavaFX é uma expressão  Binding e Triggers  Sequências  Mesmo código para todas as telas 7
  8. 8.  Introdução ao JavaFX  GUI com JavaFX  Novidades do JavaFX 1.2  Por onde começar?  Conclusões 8
  9. 9. public class HelloWorldSwing{ public static void main(String[] args){ JFrame frame = new JFrame("HelloWorld Swing"); JLabel label = new JLabel("Hello World"); frame.getContentPane().add(label); frame.setDefaultCloseOperation( JFrame.EXIT_ON_CLOSE); frame.pack(); frame.setVisible(true); } } 9
  10. 10. Stage { title: "Hello World em JavaFX" width: 250 height: 80 scene: Scene { content: Text { content: "Hello World!" x: 10 y: 30 font : Font { size : 24 } } } } 10
  11. 11. 11
  12. 12. 12
  13. 13. 13
  14. 14. 14
  15. 15. 15
  16. 16. var x: Number; var px: Number; var y: Number; var py: Number; ... Rectangle{ x: bind x y: bind y ... onMousePressed: function(e: MouseEvent){ px = x; py = y; } onMouseDragged: function(e: MouseEvent){ x = px + e.dragX; y = px + e.dragY; } } ... 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. 19
  20. 20.  Introdução ao JavaFX  GUI com JavaFX  Novidades do JavaFX 1.2  Por onde começar?  Conclusões 20
  21. 21. 21
  22. 22. 22
  23. 23. 23
  24. 24.  ClipView: 24
  25. 25.  Stack: 25
  26. 26.  Tile: 26
  27. 27.  Melhorias de performance:  Carregamento mais rápido no Desktop e Browser  Redução do tamanho do arquivo compilado  Outras novidades:  Suporte para RSS e ATOM feeds  OpenSolaris e Linux  Suporte a múltiplas telas  Armazenamento local 27
  28. 28.  Classe Alert  Uso: var result = Alert.question(“Do you want to continue?”); 28
  29. 29.  Herança múltipla:  Modificador: mixin  Herança: ▪ Uma única classe normal ▪ Qualquer número de interfaces e mixins classes  Colisão de nome: ▪ É só não utilizar os atributos e funções em conflito. 29
  30. 30.  Algumas palavras não são mais reservadas:  first  postinit  in  replace  init  step  into  trigger  inverse  tween  last  where  on  with 30
  31. 31. 31
  32. 32.  Distribuição:  Carregamento do Applet  JavaWebStart em inglês  JavaFX Runtime online na 1ª vez  Java Runtime maior  Integração com Java:  Bind com objetos Java 32
  33. 33.  Introdução ao JavaFX  GUI com JavaFX  Novidades do JavaFX 1.2  Por onde começar?  Conclusões 33
  34. 34.  JavaFX  http://javafx.com/  JavaFX Developer Home  http://java.sun.com/javafx/  JavaFX Programing (with Passion!)  http://www.javapassion.com/javafx/ 34
  35. 35.  Windows, Linux, Mac OS X e Solaris x86  Windows Mobile 6  JavaFX 1.2.1 SDK  Netbeans IDE 6.7.1 para JavaFX 1.2  JavaFX 1.2 Eclipse-plugin  JavaFX 1.2 Production Suite  Plugin para Adobe Illustrator e Adobe Photoshop  Media Factory ▪ JavaFX GraphicsViewer e SVG Converter 35
  36. 36.  De terceiros:  Framework MVC (Griffon)  DataBox  CRUDFx  FXtras  WidgetFX  Da Sun:  Investimento da Sun/Oracle  JavaFX Mobile e JavaFX TV  Java Autoring Tool (vídeo no final) 36
  37. 37.  Introdução ao JavaFX  GUI com JavaFX  Novidades do JavaFX 1.2  Por onde começar?  Conclusões 37
  38. 38.  Prós:  JavaFX tem um grande potencial  Workflow designer-desenvolvedor  A comunidade está ativa  A corrida está só começando  Contras:  Ainda tem muito o que evoluir  Problema na distribuição 38
  39. 39.  Vídeo 39
  40. 40. José Raphael Teixeira Marques Mestrando em Informática (UFPB) raphaelmarques.wordpress.com joseraphael@di.ufpb.br
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×