• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Guerra fria
 

Guerra fria

on

  • 10,977 views

Aula com imagens sobre a Guerra Fria

Aula com imagens sobre a Guerra Fria

Statistics

Views

Total Views
10,977
Views on SlideShare
7,531
Embed Views
3,446

Actions

Likes
3
Downloads
327
Comments
1

11 Embeds 3,446

http://sinaisdahistoria.blogspot.com.br 1850
http://sinaisdahistoria.blogspot.com 1480
http://www.sinaisdahistoria.blogspot.com.br 35
http://feeds.feedburner.com 24
http://www.sinaisdahistoria.blogspot.com 19
http://encantosdahistoria.blogspot.com.br 16
http://sinaisdahistoria.blogspot.pt 14
http://encantosdahistoria.blogspot.com 3
http://webcache.googleusercontent.com 3
http://www.google.com.br 1
http://sinaisdahistoria.blogspot.fr 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Guerra fria Guerra fria Presentation Transcript

    • Guerra Fria Professora Elaine Bogo Pavani
    • Podemos definir Guerra Fria como um confronto ideológico entre os Estados Unidos e a União Soviética. Não houve um conflito militar direto entre as duas superpotências, mas ocorreram intensas lutas econômicas e diplomáticas além de confrontos indiretos. A União Soviética possuía um sistema socialista, baseado na economia planificada, partido único (Partido Comunista), igualdade social e falta de democracia. Já os Estados Unidos, defendia a expansão do sistema capitalista, baseado na economia de mercado, sistema democrático e propriedade privada. Guerra Fria
    • Os Estados Unidos intervieram nos conflitos internos russos e até 1933 não reconheceram o Estado soviético. Embora aliados contra a Alemanha nazista, a aliança se desfez após a vitória sobre a própria Alemanha, por causa de insuperáveis diferenças ideológicas. Entretanto, a natureza ideológica da luta e a ameaça de um holocausto nuclear colaboraram para esconder as tensões políticas. Antecedentes Os diferentes interesses pós-1945 levaram a suspeitas e hostilidades mútuas em meio a uma rivalidade crescente.
    • Plano Marshall e Comecon As duas potências desenvolveram planos para desenvolver economicamente os países membros. Já o COMECON ( Conselho para Assistência Econômica Mútua) foi criado pela URSS em 1949 com o objetivo de garantir auxílio mútuo entre os países socialistas. Em 1947, os EUA colocaram em prática o Plano Marshall, oferecendo 17 bilhões de dólares através de empréstimos, para a reconstrução dos países capitalistas afetados pela Segunda Guerra Mundial. Com base na Doutrina Truman, o Plano Marshall fazia parte da estratégia dos Estados Unidos de não medirem esforços para conter o expansionismo soviético. Esta organização extinguiu-se em 1991.
    • A  OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte  (1949) era liderada pelos Estados Unidos e tinha suas bases nos países membros, principalmente na Europa Ocidental. Alguns países membros da OTAN  : Estados Unidos, Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França, Suécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Áustria e Grécia. Paz Armada Imediatamente após a Segunda Guerra Mundial as duas potências envolveram-se numa corrida armamentista, espalhando exércitos e armamentos em seus territórios e nos países aliados. Formaram-se dois blocos militares, cujo objetivo era defender os interesses militares dos países membros.
    • O  Pacto de Varsóvia (1955)  surgiu como resposta à OTAN. Era comandado pela União Soviética e defendia militarmente os países socialistas. Alguns países membros do Pacto de Varsóvia  : URSS, Cuba, China, Coréia do Norte, Romênia, Alemanha Oriental, Albânia, Tchecoslováquia e Polônia.
    • Divisão da Alemanha Após a Segunda Guerra, a Alemanha foi partilhada inicialmente entre os vencedores. Quatro ações prioritárias foram propostas para a reorganização da Alemanha: desnazificar, desmilitarizar, descentralizar a economia. Em 20 de junho de 1948, os aliados ocidentais decidiram unir suas três zonas de ocupação, implantar uma reforma monetária e criar um Estado provisório sob seu controle. Foram investidos 1,4 bilhões de dólares para combater "fome, a pobreza, o desespero e o caos“ e foi implantado o marco alemão para substituir o reichmark.
    • No dia 23 de maio de 1949, os aliados ocidentais promulgaram a Lei Fundamental , elaborada por um conselho parlamentar, dando origem à República Federal da Alemanha (RFA). Essa lei deixava evidente o seu caráter provisório, pois somente depois que o país voltasse a ser uma unidade deveria ser ratificada uma Constituição definitiva. O novo Estado tinha Bonn por capital. O Bloqueio de Berlim Stalin reagiu à reforma monetária na Alemanha Ocidental ordenando que o lado ocidental de Berlim fosse bloqueado (Bloqueio de Berlim). Todas as comunicações por terra foram interditadas. Isolado das zonas ocidentais e de Berlim Oriental, o oeste de Berlim ficou sem luz nem alimentos de 23 de junho de 1948 até 12 de maio de 1949.
    • Em outubro de 1949, Stálin anunciou a fundação da República Democrática Alemã (RDA), tendo Berlim Oriental como capital. O Partido Socialista Unitário (SED) passou a ser a única força política na "democracia antifascista" alemã-oriental. O Muro de Berlim Em 13 de agosto de 1961, guardas da RDA começaram a fechar com arame farpado e concreto a fronteira que separava as partes oriental e ocidental de Berlim, bem como Berlim Ocidental do território da Alemanha Oriental. Sob a coordenação de Erich Honecker e com a bênção da União Soviética, o Muro de Berlim ocupou 155 Km, interrompendo estradas e linhas férreas e separando famílias.
    • Na URSS não foi diferente, já que o Partido Comunista e seus integrantes perseguiam, prendiam e até matavam todos aqueles que não seguiam as regras estabelecidas pelo governo. Entre 1950 e 1956, os EUA promoveram o "Terror vermelho" ( Red Scare ), que também ficou conhecido como Macartismo ou ainda "Caça às Bruxas“. Eram comuns as delações provocadas pelo clima de histeria causado pelo senador McCarthy e seus seguidores. Macartismo Nesse período, muitas pessoas foram perseguidas, ameaçadas e tiveram suas vidas destruídas, inclusive algumas sendo levadas ao suicídio. Entre os artistas e intelectuais perseguidos estavam Einstein, Chaplin, Brecht, Lillian Hellman, Dashiell Hammett, Robert Taylor e Dalton Trumbo. Um sistema de investigação e espionagem foi muito usado de ambos os lados. Enquanto a espionagem norte-americana cabia aos integrantes da CIA, os funcionários da KGB faziam os serviços secretos soviéticos.
    • Macartismo Dalton Trumbo Charles Chaplin
    • CIA X KGB Um sistema de investigação e espionagem foi muito usado de ambos os lados. Enquanto a espionagem norte-americana cabia aos integrantes da CIA, os funcionários da KGB faziam os serviços secretos soviéticos.
    • Propaganda Ideológica
    •  
    •  
    •  
    • Contracultura
    •  
    • EUA e URSS travaram uma acirrada disputa no que se refere aos avanços espaciais. Ambas as potências demonstravam a preocupação em mostrar para o mundo qual era o sistema mais avançado. Corrida espacial No ano de 1957, a URSS lançou o primeiro satélite: o Sputinik 1. No mesmo ano, foi lançado o foguete Sputnik 2 com a cadela Laika dentro, o primeiro ser vivo a ir para o espaço.
    • Em 1958, os EUA reagiram com a criação da Nasa (National Aeronautics & Space Administration), reponsável pelo programa espacial do país. Nesse mesmo ano foi lançado o primeiro satélite artificial americano, o Explorer 1. A partir de 1960, o principal objetivo das viagens espaciais passou a ser o envio do homem ao espaço. Novamente a União Soviética sai na frente, em 1961, com a viagem tripulada por Iuri Gagarin na cápsula espacial Vostok 1. A viagem durou uma hora e 48 minutos e percorreu cerca de 40 mil quilômetros em volta da Terra numa única órbita. Em 1962, os americanos enviaram John Glenn para o espaço. O projeto soviético para enviar o homem à Lua começou com a nave Soyuz 1, mas foram os americanos os primeiros a chegarem na superfície lunar em 20 de julho de 1969, quando o módulo lunar Eagle, da nave Apollo 11, pousou no solo e o primeiro homem a pisar na Lua, Neil Armstrong. A famosa fala do astronauta tornou-se célebre na História do século XX: "Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a Humanidade".
    • Em 1969, os EUA ( NASA ) chegaram à lua. Explorer - 1958