JAVA - Controle de programa

1,048 views
806 views

Published on

JAVA - Controle de programa

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,048
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

JAVA - Controle de programa

  1. 1. CONTROLE DE PROGRAMA Linguagem de Programação II Ciência da Computação Prof.ª Ms. Elaine Cecília Gatto
  2. 2. OBSERVAÇÕES • DIVISÃO DE INTEIROS: – Em java, quando dividimos números inteiros, a parte fracionária é descartada; – Exemplo (netbeans)
  3. 3. Parametros para printf Caractere de conversão Descrição %d Exibe um inteiro decimal (base 10) %o Exibe um inteiro octal (base 8) %X ou %x • Exibe um inteiro hexadecimal (base 16) • X imprime em maiusculo • x imprime em minusculo %E ou %e • Exibe um valor de ponto flutuante em notação exponencial • E imprime em maiusculo • e imprime em minusculo %f Exibe um valor de ponto flutuante no formato decimal. %n Pula linha %% Imprime o caractere de porcentagem
  4. 4. Parametros para printf Caractere de conversão Descrição %G ou %g • Exibe um valor de ponto flutuante no formato de ponto flutuante f ou no formato exponencial e com base na magnitude do valor • Se a magnitude for menor que 10-3, maior ou igual a 107, o valor de ponto flutuante será impresso com e ou E • Caso contrário, o valor é impresso no formato f • G imprime em letras maiusculas %A ou %a • Exibe um número de ponto flutuante no formato hexadecimal • A imprime em letras maiusculas %s Imprime string %c Imprime caracter
  5. 5. Métodos SCANNER http://docs.oracle.com/javase/7/docs/api/ Comando Objetivo nextShort() Para ler tipos SHORT nextLong() Para ler tipos LONG nextLine() Para pular uma linha nextInt() Para ler tipos INT nextDouble() Para ler tipos DOUBLE nextFloat() Para ler tipos FLOAT nextByte() Para ler tipos BYTE nextBoolean() Para ler tipos BOOLEAN nextBigInteger() Para ler tipos BIG INTEGER nextBigDecimal() Para ler tipos BIG DECIMAL next() Para Strings
  6. 6. IF (PSEUDOCÓDIGO) SIMPLES SE condição ENTÃO INÍCIO comandos; FIM COMPOSTA SE condição ENTÃO INÍCIO comandos; FIM SENÃO INÍCIO comandos; FIM
  7. 7. IF (JAVA) SIMPLES if(condição) { comandos; } COMPOSTA SIMPLES if(condição) { comandos; } else { comandos; }
  8. 8. IF (JAVA) COMPOSTA ANINHADA if(condição) { comandos; } else if(condição) { comandos; } else { comandos; }
  9. 9. IF (JAVA) EXEMPLO – NETBEANS
  10. 10. CASE (PSEUDOCÓDIGO) CASE seletor OF caso1: BEGIN comando1; END; caso2: BEGIN comando2; FIM; ELSE comando3; END. Em alguns programas, existem situações mutuamente exclusivas, isto é, se uma situação for executada, as demais não serão. Quando este for o caso, um comando seletivo será o mais indicado.
  11. 11. CASE (JAVA) int i; switch(i) { case 1: lista de comandos; break; case 2: lista de comandos; break; default: lista de comandos; }
  12. 12. CASE (JAVA) EXEMPLO – NETBEANS
  13. 13. FOR (PSEUDOCÓDIGO) PARA i  1 ATÉ 10 FAÇA INÍCIO comandos; FIM PARA j  ATÉ 10 FAÇA PASSO -1 INÍCIO comandos; FIM Essa estrutura de repetição é utilizada quando se sabe o número de vezes que um trecho de programa deve ser repetido.
  14. 14. FOR (JAVA) for ( i = valor_inicial; condição; incremento ou decremento de i ) { comandos; } for ( a = 1; a <= 20; a++){ comandos; }
  15. 15. FOR (JAVA) EXEMPLO – NETBEANS
  16. 16. WHILE (PSEUDOCÓDIGO) É uma estrutura de repetição que pode ser utilizada quando o número de repetições necessárias não for fixo. Os comandos serão repetidos até a condição assumir o valor falso. Nesse tipo de estrutura o teste condicional ocorre no início, o que significa que existe a possibilidade da repetição não ser executada quando a condição assumir o valor falso logo na primeira verificação. ENQUANTO condição FAÇA INÍCIO Comandos; FIM
  17. 17. WHILE (JAVA) while (condição) { comandos; }
  18. 18. WHILE (JAVA) EXEMPLO – NETBEANS
  19. 19. DO-WHILE(PSEUDOCÓDIGO) REPITA comandos; ATÉ condição Trata-se de uma estrutura de repetição que pode ser utilizada quando o número de repetições necessárias não for fixo. Os comandos serão repetidos até a condição assumir o valor falso. Nesse tipo de estrutura o teste condicional ocorre no fim. Isso significa que a repetição será executada, no mínimo, uma vez, quando todo o bloco for executado uma vez, e, ao final, a condição assumir o valor falso.
  20. 20. DO-WHILE (JAVA) do { comandos; } while(condição);
  21. 21. DO-WHILE (JAVA) EXEMPLO – NETBEANS
  22. 22. Exercícios

×