Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
240
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Vermelho
  • 2. Hoje é dia de vestir vermelho e disfarçar a dor. Saio, aventureira, fingindo ser flor em volta do sol.
  • 3. Procuro o verso, o verbo, um jeito de ser, de dizer, de me dizer. Procuro um rosto, um apelo, um olhar para além da minha pele. Procuro algo que me faça sorrir.
  • 4. Encontro poeiras, névoas (estarei cega ?) . De que são feitas as manhãs que percorro, vestida de feliz?
  • 5. Engano o olhar para ver o que quero. O belo. Mas não há novidades. A manhã é feita de retalhos de sol e sonhos.
  • 6. Vago, vida em vermelho, vou recolhendo esses pedaços de sonho espalhados pelas calçadas matutinas. Deles talvez, um verso, um dizer (inútil ou tosco) , dessas manhãs em que me busco.
  • 7. Texto recebido por e-mail sem créditos. Imagens blogs e sites da net Formatação : Elaine 2011 Som: Bee Gees - Cherry Red Obs. Hoje fiz uma pesquisa e encontrei a autoria do texto . Autora Saramar http://abrindojanelas.blogspot.com/2007/05/vermelho.html