Your SlideShare is downloading. ×
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Parnasianismo e simbolismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Parnasianismo e simbolismo

79,525

Published on

Parnasianismo e Simbolismo características …

Parnasianismo e Simbolismo características
e principais autores.

Published in: Education, Technology
0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
79,525
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
924
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Parnasianismo e Simbolismo Características e principais autores
  • 2. Parnasianismo :
  • 3. Origem do movimento parnasiano: O movimento parnasiano surgiu na França, com a publicação de uma série de antologias denominadas Parnaso – contemporâneo. Por meio delas, pregava-se um novo modo de fazer poemas: sem o subjetivismo e a emoção dos poetas românticos.
  • 4. Origem do nome: O nome parnasianismo foi inspirado na mitologia grega, parnaso era o no- me de um monte na Grécia consagrado a Apolo (deus da luz e das artes) e às Musas (entidades mitológicas ligadas à arte).
  • 5. Principais características:
    • Expressão poética do realismo
    • Rima
    • Métrica
    • Vocabulário erudito
    • A arte pela arte
    • Comparação da poesia com a escultura
    • Habilidade no manejo do verso
  • 6. Poesia descritiva: “ Invejo o ourives quando escrevo: imito o amor com que ele, em ouro o alto relevo faz de uma flor.” (Olavo Bilac)
  • 7. Principais autores:
  • 8. Olavo Bilac
    • O mais popular dos poetas parnasianos brasileiros, combinava estilo parnasiano com sentimentos românticos. Poemas mais conhecidos: “Via láctea” e “Profissão de fé”.
  • 9. Alberto de Oliveira
    • Suas poesias se caracterizavam por um grande preciosismo vocabular e busca constante da forma ideal, foi o mais típico poeta parnasiano brasileiro. Poema mais conhecido: “Última deusa”.
  • 10. Raimundo Correia
    • Poesia filosofante, pessimista e comprometida com a ideia de tempo, da transitoriedade da vida. Seu poema mais conhecido: “As pombas”.
  • 11. Vicente de Carvalho
    • Conhecido como o “poeta do mar”, a vista do mar e das paisagens praianas, sempre em consonância com os estados da alma. Poema mais conhecido: “Cantigas praianas”.
  • 12. Simbolismo
  • 13. Origem do movimento simbolista: O movimento simbolista também surgiu na França, final do século XIX, opondo-se ao Realismo – Naturalismo. A partir de 1881, na França, pin- tores, autores teatrais e escritores influenciados pelo misticismo advin- do do intercâmbio com as artes, com o pensamento em religiões orien- tais, procuravam refletir em suas produções a consonância e essas dife- rentes formas de olhar sobre o mundo, de ver e demonstrar o sentimen- to humano.
  • 14. Principais características:
    • Realidade subjetiva
    • Tudo é sugestão
    • Linguagem simbólica
    • Abstração
    • Imaginação da realidade
    • Poesia = evocação de sentimentos
    • Alusões a elementos evocadores de rituais religiosos
  • 15. Uso da imaginação
  • 16. Espírito X matéria X
  • 17. Morte = liberdade da alma =
  • 18. A mulher, envolvida num clima de sonho
  • 19. Comparação da poesia com a música: “ Enche de estranhas vibrações sonoras A tua Estrofe, majestosamente... Põe nela todo o incêndio das auroras Para torná-la emocional e ardente.” Cruz e Sousa
  • 20. Sinestesia Sinestesia é a percepção através do tato, olfato, paladar, audição e visão. “ Indefiníveis músicas Supremas/harmonias da cor e do perfume /.../horas do ocaso, trêmulas, extremas... Cruz e Sousa
  • 21. Aliterações e assonâncias Repetições de sons consonantais e vocálicos: Supremas, trêmulas, extremas
  • 22. Principais representantes do Simbolismo no Brasil:
  • 23. Cruz e Sousa Filho de ex-escravos, sofreu com o preconceito racial e procurou fu- gir desse problema social através da espiritualidade poética. Seus te- mas giram em torno dos mistérios de vida e da morte, do enigma, da existência de Deus, voltando frequentemente para os marginalizados e miseráveis. Foi considerado o melhor poeta simbolista brasileiro, e seus livros Missal e Broquéis são marcos iniciais do Simbolismo no Brasil.
  • 24. Alphonsus de Guimaraens Poesia espiritualista, carregada pela atmosfera de rituais religiosos, sonhos e melancolia, seu lirismo opõe-se à explosão de Cruz e Sousa. Linguagem simples, mas soube extrair um grande efeito musical da forma poética que utilizou, era o acento medievalista. Seu lirismo me- lancólico dava um hemisfério envolvente em suas poesias.
  • 25. Blog Literatura Brasileira Digital elaineruizcederj.blogspot.com

×