SUDESTE CENTRO ECONÔMICO DO BRASIL
Região Sudeste
INFORMAÇÕES GERAIS <ul><li>78 milhões de habitantes </li></ul><ul><li>A cada 100 brasileiros, 42 vivem no Sudeste </li></u...
O processo de industrialização no Sudeste <ul><li>Origem: economia cafeeira </li></ul><ul><li>Final do séc XIX e início do...
Café – Cândido Portinari
O café e a indústria <ul><li>Formação de um grande mercado consumidor – trabalhadores das lavouras de café </li></ul><ul><...
Ferrovia de Paranapiacaba <ul><li>O lugar foi construído pelos ingleses no final do século XIX. O objetivo da ferrovia era...
A indústria e a apropriação dos recursos naturais <ul><li>Aumento do consumo de matérias-primas de origem mineral e de ene...
Atrativos para as indústrias <ul><li>Grandes jazidas de minerais existentes na região favoreceram a instalação das indústr...
QUADRILÁTERO FERRÍFERO Principal área mineradora do Sudeste, localizado na região central de Minas Gerais. Destaca-se por ...
OS TRANSPORTES E A INTEGRAÇÃO DO SUDESTE <ul><li>Década de 1950: instalação de grandes indústrias automobilísticas no país...
 
A distribuição da Indústria no Sudeste <ul><li>Concentração nos centro urbanos </li></ul><ul><li>Região metropolitana de S...
Megalópole brasileira
Relações entre o rural e o urbano no Sudeste <ul><li>1960: intensa mecanização e modernização das propriedades rurais </li...
Produção agropecuária no Sudeste <ul><li>Grandes propriedades rurais monocultoras e numerosos rebanhos </li></ul><ul><li>P...
As transformações no espaço urbano <ul><li>Migrantes de todo o país atraídos pela indústria no início do séc XX (sobretudo...
Urbanização
Expansão das áreas metropolitanas <ul><li>Grande São Paulo </li></ul><ul><li>Grande Rio de Janeiro </li></ul><ul><li>Grand...
Cidades globais diminuem o ritmo de crescimento <ul><li>Problemas de infra-estrutura: </li></ul><ul><li>Colapso no sistema...
Charges
Sudeste: paisagens intensamente transformadas <ul><li>Grande crescimento dos centros urbanos  e avanço das atividades econ...
Poluição urbana
Enchentes e deslizamentos de terra <ul><li>Enchentes e deslizamentos </li></ul><ul><li>Impermeabilização dos solos nos cen...
Enchentes , lixões, desabamentos
Urbanização desenfreada
FIM
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Região sudeste

27,427 views

Published on

Capítulos 11, 12 e 13 Características Gerais da Região Sudeste do Brasil.

Published in: Education
2 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
27,427
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,470
Actions
Shares
0
Downloads
1,140
Comments
2
Likes
10
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Região sudeste

  1. 1. SUDESTE CENTRO ECONÔMICO DO BRASIL
  2. 2. Região Sudeste
  3. 3. INFORMAÇÕES GERAIS <ul><li>78 milhões de habitantes </li></ul><ul><li>A cada 100 brasileiros, 42 vivem no Sudeste </li></ul><ul><li>As regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte são as mais populosas do país </li></ul><ul><li>Área: 924 511, 3 Km 2 11% do território nacional </li></ul>
  4. 4. O processo de industrialização no Sudeste <ul><li>Origem: economia cafeeira </li></ul><ul><li>Final do séc XIX e início do séc XX, o café ocupava todos os estados da região sudeste </li></ul><ul><li>1930 – crise na exportação de café e investimento em outras atividades </li></ul><ul><li>Fortalecimento da indústria </li></ul>
  5. 5. Café – Cândido Portinari
  6. 6. O café e a indústria <ul><li>Formação de um grande mercado consumidor – trabalhadores das lavouras de café </li></ul><ul><li>Rede de transportes que já existia para transportar o café (ferrovias principalmente) </li></ul><ul><li>Numerosa mão de obra de imigrantes europeus, alguns já com experiência na indústria </li></ul>
  7. 7. Ferrovia de Paranapiacaba <ul><li>O lugar foi construído pelos ingleses no final do século XIX. O objetivo da ferrovia era ligar Jundiaí ao Porto de Santos, para transportar o café. </li></ul>
  8. 8. A indústria e a apropriação dos recursos naturais <ul><li>Aumento do consumo de matérias-primas de origem mineral e de energia elétrica </li></ul><ul><li>Investimento do governo brasileiro no final da década de 1940 e durante a década de 1950: </li></ul><ul><li>Implantação de indústrias de base (siderúrgicas e extrativas, como a CSN e a Vale) </li></ul>
  9. 9. Atrativos para as indústrias <ul><li>Grandes jazidas de minerais existentes na região favoreceram a instalação das indústrias de base </li></ul><ul><li>QUADRILÁTERO FERRÍFERO </li></ul><ul><li>Investimento dos governos estaduais (principalmente de São Paulo e Minas Gerais) e federal no potencial hidrelétrico da região – rios de relevo irregular que favorecem a construção de barragens. </li></ul>
  10. 10. QUADRILÁTERO FERRÍFERO Principal área mineradora do Sudeste, localizado na região central de Minas Gerais. Destaca-se por suas expressivas reservas de ferro, manganês, bauxita e ouro, entre outros minerais.
  11. 11. OS TRANSPORTES E A INTEGRAÇÃO DO SUDESTE <ul><li>Década de 1950: instalação de grandes indústrias automobilísticas no país </li></ul><ul><li>O governo brasileiro passou a priorizar o transporte rodoviário por meio da construção de estradas no Sudeste, onde as indústrias se instalaram </li></ul><ul><li>A malha rodoviária do Sudeste é a maior do país (524 mil Km) </li></ul><ul><li>Estagnação do transporte ferroviário </li></ul>
  12. 13. A distribuição da Indústria no Sudeste <ul><li>Concentração nos centro urbanos </li></ul><ul><li>Região metropolitana de São Paulo, a maior área industrial da América Latina </li></ul><ul><li>Rio de Janeiro e São Paulo – megalópole brasileira, centro econômico do país </li></ul><ul><li>Belo Horizonte – terceira maior aglomeração industrial do país </li></ul>
  13. 14. Megalópole brasileira
  14. 15. Relações entre o rural e o urbano no Sudeste <ul><li>1960: intensa mecanização e modernização das propriedades rurais </li></ul><ul><li>Recursos técnicos provenientes das indústrias </li></ul><ul><li>Maior produtividade </li></ul><ul><li>Maior subordinação à indústria, abastecimento das agroindústrias </li></ul><ul><li>Expansão das lavouras monocultoras </li></ul><ul><li>Instalação de agroindústrias no campo </li></ul>
  15. 16. Produção agropecuária no Sudeste <ul><li>Grandes propriedades rurais monocultoras e numerosos rebanhos </li></ul><ul><li>Pequenas e médias propriedades rurais que produzem milho, feijão, arroz, amendoim, mandioca, batata, tomate e frutas para o abastecimento do mercado interno </li></ul><ul><li>Cinturões verdes </li></ul>
  16. 17. As transformações no espaço urbano <ul><li>Migrantes de todo o país atraídos pela indústria no início do séc XX (sobretudo do NE) </li></ul><ul><li>Atração dos trabalhadores rurais da própria região </li></ul><ul><li>Aumento da concentração fundiária e da mecanização das lavouras ampliou o êxodo rural </li></ul><ul><li>92% da população mora nas cidades. </li></ul>
  17. 18. Urbanização
  18. 19. Expansão das áreas metropolitanas <ul><li>Grande São Paulo </li></ul><ul><li>Grande Rio de Janeiro </li></ul><ul><li>Grande Belo Horizonte </li></ul><ul><li>Grande Campinas </li></ul><ul><li>Grande Vitória e Baixada Santista </li></ul><ul><li>Vale do Aço </li></ul>
  19. 20. Cidades globais diminuem o ritmo de crescimento <ul><li>Problemas de infra-estrutura: </li></ul><ul><li>Colapso no sistema viário </li></ul><ul><li>Escassez e encarecimento de terrenos disponíveis </li></ul><ul><li>Impostos elevados </li></ul><ul><li>Altos índices de poluição </li></ul><ul><li>Incentivos nas cidades de porte médio </li></ul>
  20. 21. Charges
  21. 22. Sudeste: paisagens intensamente transformadas <ul><li>Grande crescimento dos centros urbanos e avanço das atividades econômicas </li></ul><ul><li>Poluição das áreas urbanas (ar, água, solos, etc) </li></ul><ul><li>Doenças proliferam-se através da água contaminada, da proliferação de animais transmissores e intoxicação de organismos vivos. </li></ul>
  22. 23. Poluição urbana
  23. 24. Enchentes e deslizamentos de terra <ul><li>Enchentes e deslizamentos </li></ul><ul><li>Impermeabilização dos solos nos centros urbanos </li></ul><ul><li>Lixo das ruas </li></ul><ul><li>Ocupação desordenada de áreas inclinadas (morros e favelas) </li></ul>
  24. 25. Enchentes , lixões, desabamentos
  25. 26. Urbanização desenfreada
  26. 27. FIM

×