Experiências com Empreendedorismo e
 Incubadoras de Empresas Inovadoras


 Fórum de Empreendedorismo PUC-Campinas

       ...
Agenda
•   Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa
•   Etapas para Geração de Empresas Nascentes
•   Referência Internac...
Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa
                        Modelo de “Open Innovation”
                            ...
Etapas para Geração de Empresas Nascentes (“Spin-offs”)
                                                                  ...
Referência Internacional

• MIT (1997)*:
  – 4.000 “related companies”
  – 1,1 milhão de empregos
  – Média de 150 novas e...
Região de Campinas




                     6
Unicamp

• Ações sobre a cadeia:
   – Empreendedorismo
   – Ambiente de Pré-incubação de Negócios
   – Incubadoras
   – Pó...
Unicamp

• Apoio a ações de estímulo ao empreendedorismo na Unicamp
   – Programa “Filhas da Unicamp”
   – Apoio ao Fórum ...
Programa “Filhas da Unicamp”




                       fibras ópticas




                                        9
Ambientes de Pré-incubação de projetos de
            negócios na Unicamp
• Implantação de Ambientes de Pré-incubação de p...
Empresas Juniores da Unicamp




                               11
Incubação de Empresas na Unicamp

• Incubadora Incamp (10 empresas)
• Incubadora Softex (12 empresas)
   – Instalada no Ca...
Santa Rita do Sapucaí, MG
                               Vale da Eletrônica


•   Nº de empresas:145
•   Nº de Empregos: 7...
Inatel

•   Ações sobre a cadeia:
     –   Empreendedorismo
     –   Ambiente de Pré-incubação de Negócios
     –   Incuba...
Inatel
•   Disciplinas de Empreendedorismo na grade curricular
•   Disciplina de Negócios em Telecomunicações (último perí...
Inatel

•   Destaques:
     – Anprotec – Melhor Incubadora do País
     – Anprotec – Melhor Programa de Empreendedorismo
 ...
Empresa Junior do Inatel




                           17
Experiências




               18
Temas e tipos de Projetos de Pré-incubação e
                 Negócios da Incubadora


• Temas de Interesse
   – Induzido
...
Pré-incubação
• Espaço estimulador para a geração de empresas nascentes “spin-
  off’s”.
   – Provê ferramentas e apoio a ...
Pilares da Pré-incubação
• Reger-se por um estatuto
• Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo,
  ...
Patrocínios para a Pré-incubação
•   Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de pré-incubação
     – Em contra...
Incubadora de Empresas de Base Tecnológica
•   Espaço facilitador para a criação (“start-up’s”) e desenvolvimento inicial ...
Pilares da Incubação
• Reger-se por um estatuto
• Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo,
  níve...
Patrocínios para a incubação
• Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de incubação
   – Em contrapartida, os ...
O papel das Agências de Fomento e Investidores na
               Geração de EBTs
     Faturamento, Empregos               ...
Visão para a Geração de Empresas
               Nascentes (Spin-off’s)

•   Pesquisa +
•   Empreendedorismo +
•   Pré-incu...
Difusão do Empreendedorismo em
              Instituições de Ensino
• Empreendedorismo de base tecnológica está atrelado a...
Conclusões

• A incubação de empresas é um mecanismo de geração de valor
  econômico através tecnologias não aproveitas
• ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palestra FóRum Empreendedorismo Eduardo Grizendi Puc Campinas

1,393 views
1,298 views

Published on

Empreendedorismo de Base Tecnológica no Polo Tecnológico de Campinas Importância dos Ambientes de Incubação de Empresas

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,393
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
46
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra FóRum Empreendedorismo Eduardo Grizendi Puc Campinas

  1. 1. Experiências com Empreendedorismo e Incubadoras de Empresas Inovadoras Fórum de Empreendedorismo PUC-Campinas Eduardo Grizendi Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações Novembro de 2007
  2. 2. Agenda • Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa • Etapas para Geração de Empresas Nascentes • Referência Internacional • Campinas & Unicamp • Santa Rita do Sapucaí & Inatel • Experiências: – Temas e tipos de Projetos de Pré-incubação e Negócios da Incubadora – Pré-incubação – Incubação – Papel das Agências de Fomento e Investidores na Geração de EBTs – Visão para a Geração de Empresas Nascentes (Spin-off’s) – Difusão do Empreendedorismo em Instituições de Ensino • Conclusões 2
  3. 3. Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa Modelo de “Open Innovation” Comercializados (licenciados) para empresas Resultados da Pesquisa existentes no mercado Tecnológica Comercializados (licenciados) para • Competências Empresas Nascentes (“Spin-offs”) • Tecnologias não patenteáveis • Softwares Incorporadas em produtos (bens e • Patentes, etc... serviços) e levadas ao mercado Estoque * (banco de patentes, competências, etc...) (*) As tecnologias não licenciadas (patentes ou não) não geram valor econômico 3
  4. 4. Etapas para Geração de Empresas Nascentes (“Spin-offs”) MERCADO Pesquisadores Empresa Pós Idéia Projeto Graduação Incubada Graduação Empreendedores Aquisição de Obtenção de Infra-estrutura administrativa conhecimento sobre informações preliminares de Espaço físico empreendedorismo mercado, negócio, tecnológico tecnologia e produto Acesso a laboratórios Consultorias especializadas Elaboração do Plano de Geração de idéias de Negócio novos Auxilio a captação financeira empreendimentos Desenvolvimento do Facilitação de negócios Protótipo Treinamentos Formatação das idéias geradas Atração de Recursos de Fomento Contatos e Networking PRÉ-INCUBAÇÃO PÓS- INCUBAÇÃO INCUBAÇÃO 4
  5. 5. Referência Internacional • MIT (1997)*: – 4.000 “related companies” – 1,1 milhão de empregos – Média de 150 novas empresas por ano – Receita anual de US$ 232 bilhões • 24ª economia mundial * Fonte: MIT- The Impact of Innovation, BankBoston Economics Department Special Report, 1998 5
  6. 6. Região de Campinas 6
  7. 7. Unicamp • Ações sobre a cadeia: – Empreendedorismo – Ambiente de Pré-incubação de Negócios – Incubadoras – Pós-incubação (Parque Tecnológico) – Desenvolvimento Regional e Nacional 7
  8. 8. Unicamp • Apoio a ações de estímulo ao empreendedorismo na Unicamp – Programa “Filhas da Unicamp” – Apoio ao Fórum Permanente de Empreendedorismo realizado pela Reitoria da Unicamp e Núcleo das Empresas Juniores – Apoio às atividades das Empresas Juniores • Criação de ambientes de pré-incubação de projetos de negócios – Projeto conjunto Inova + Unidade + Empresa Jr • [“Ensino” do empreendedorismo nas unidades – Oferta da Disciplina “ Empreendedorismo e Negócios em ...” para cada unidade • Caracterização do “pesquisador empreendedor” • Difusão dos tipos e oportunidades de negócios associados à unidade] 8
  9. 9. Programa “Filhas da Unicamp” fibras ópticas 9
  10. 10. Ambientes de Pré-incubação de projetos de negócios na Unicamp • Implantação de Ambientes de Pré-incubação de projetos de negócios, nas Unidades, apoiados nas Empresas Juniores – FEEC (Engenharia Elétrica e de Computação) + CONPEC (Empresa Jr da FEEC & IC) – FEQ (Engenharia Química) + Propeq (Empresa Jr da FEQ) + Petrobrás 10
  11. 11. Empresas Juniores da Unicamp 11
  12. 12. Incubação de Empresas na Unicamp • Incubadora Incamp (10 empresas) • Incubadora Softex (12 empresas) – Instalada no Campus – Vinculada à Unicamp • Incamp & Softex graduam juntas em média 4 a 6 EBTs por ano (CIATEC, em média o mesmo tanto) 12
  13. 13. Santa Rita do Sapucaí, MG Vale da Eletrônica • Nº de empresas:145 • Nº de Empregos: 7.500 • Faturamento (US$ dólares): 350 milhões • 3 importantes instituições de ensino – ETE (Escola Técnica de Eletrônica) – INATEL – FAI • 2 Incubadoras: – Incubadora do Inatel – Incubadora Municipal (PROINTEC) 13
  14. 14. Inatel • Ações sobre a cadeia: – Empreendedorismo – Ambiente de Pré-incubação de Negócios – Incubadora – Pós-incubação (APL de Eletrônica de Santa Rita do Sapucaí) – Desenvolvimento Regional e Nacional 14
  15. 15. Inatel • Disciplinas de Empreendedorismo na grade curricular • Disciplina de Negócios em Telecomunicações (último período) • NEmp: Núcleo de Empreendedorismo – Concurso Melhores Planos de Negócios – Semana do Empreendedor – Olimpíada do Empreendedor – Ambiente de Pré-incubação • Incubadora: – 11 vagas, – Cerca de 30 empresas graduadas • Feira Tecnológica do Inatel – FETIN • Realização de Fóruns de Capital de Risco e Investimento Estratégico em Santa Rita do Sapucaí – InvestVale 2003 (1o) e 2004 (2o) – InvestVale 2007 (3o) 15
  16. 16. Inatel • Destaques: – Anprotec – Melhor Incubadora do País – Anprotec – Melhor Programa de Empreendedorismo – Prêmio Melhores Universidades Guia do Estudante e Banco Real 2005 – Categoria Empreendedorismo • Incubadora com Certificação ISO 9001:2000 • 80% das Empresas de Base Tecnológica de Santa Rita do Sapucaí são de ex-alunos do Inatel 16
  17. 17. Empresa Junior do Inatel 17
  18. 18. Experiências 18
  19. 19. Temas e tipos de Projetos de Pré-incubação e Negócios da Incubadora • Temas de Interesse – Induzido – Contextualizado – Livre • Projetos/Negócios – De empreendedores internos – De empreendedores internos c/ participação de empreendedores externos – De empreendedores externos. 19
  20. 20. Pré-incubação • Espaço estimulador para a geração de empresas nascentes “spin- off’s”. – Provê ferramentas e apoio a propostas e idéias promissoras e que possam evoluir para futuros negócios a serem abrigados na incubadora • Durante a pré-incubação, os empreendedores fazem uma imersão sobre o negócio • Um ambiente de pré-incubação: – Aumenta o nível de excelência da oferta de empreendimentos para a incubadora; – Reduz o custo de incubação e – Contribui para elevar as chances de sucesso de empresas graduadas na incubadora. 20
  21. 21. Pilares da Pré-incubação • Reger-se por um estatuto • Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo, nível médio, superior ou pós-graduado) • Ancorar a orientação técnica em mentor técnico, – Pesquisador que orienta na imersão sobre os aspectos tecnológicos do negócio • Ancorar a orientação de negócios em mentor de mercado, – Executivo externo que auxilia e orienta na imersão sobre os aspectos de negócio, na visão do mercado e das oportunidades. • Orientar a imersão sobre o negócio 21
  22. 22. Patrocínios para a Pré-incubação • Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de pré-incubação – Em contrapartida, os projetos podem ser induzidos por elas. • A indução pode ser motivada por: – Necessidade da empresa de atrair novos talentos. – Necessidade da empresa de desenvolver novos fornecedores. – Necessidade das empresas de abrir mercados. – Estratégia de marketing da empresa patrocinadora; – Responsabilidade Social assumida na forma de geração de “spin-off’s” para contribuição ao desenvolvimento tecnológico, geração de emprego e renda para a sociedade; – Filantropia; 22
  23. 23. Incubadora de Empresas de Base Tecnológica • Espaço facilitador para a criação (“start-up’s”) e desenvolvimento inicial de empresas geradas de dentro da empresa/instituição (“spin-offs”) • Uma incubadora deve prover: – O local para a instalação da empresa, – Orientação administrativa, contábil e fiscal, – Consultoria de marketing – Atração de oportunidades para as empresas incubadas. • Uma incubadora, mesmo operando dentro de uma empresa/instituição, não deve se restringir a hospedar somente as suas “spin-off’s”. • Durante a incubação, uma empresa concentra esforços: – No desenvolvimento inicial do negócio, em seus produtos e serviços, – Na atração dos primeiros clientes, – No estabelecimento dos primeiros contratos e, ainda mais importante, – Nas primeiras entregas de seus produtos e serviços. 23
  24. 24. Pilares da Incubação • Reger-se por um estatuto • Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo, nível médio, superior ou pós-graduado) • Dar preferência por projetos pré-incubados • Ancorar a incubação em consultorias especializadas e “coaching”, – Similar à função de mentor da pré-incubação, – “Coaches” não substituem as consultorias – Potenciais “coaches” estão entre os executivos ativos e também entre aqueles, mais velhos, que já se retiraram do mercado – Como na mentoria da pré-incubação, o “coaching” da incubadora é uma atividade filantrópica • Apoiar o desenvolvimento do negócio 24
  25. 25. Patrocínios para a incubação • Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de incubação – Em contrapartida, os negócios podem ser induzidos por elas. • A indução pode ser motivada por: – Necessidade da empresa de desenvolver novos fornecedores; – Necessidade da empresas de abrir novos mercados; – Estratégia de “spin-in’s”; – Estratégia de marketing da empresa patrocinadora; – Responsabilidade Social assumida na forma de geração de “spin-off’s” para contribuição ao desenvolvimento tecnológico, geração de emprego e renda para a sociedade; – Filantropia; 25
  26. 26. O papel das Agências de Fomento e Investidores na Geração de EBTs Faturamento, Empregos “Private Equaty”. Fundos de Pensão, Fundos Mezanino, IPO´S BNDES/BNDESPAR e Fundos de “Venture FINEP Capital”, “Private Equity”, BNDESPAR, Investidores Típicos FINEP, Investidores Corporativos Fundos de “Venture Capital”, BNDESPAR, FINEP, Investidores Corporativos FINEP, CNPQ, FINEP, “ANGELS”, UNIVERSIDADES, “SEED” e EMPRESAS e SEBRAE CAPES Tempo, Investimento Iniciativas em Concepção e Desenvolvimento Crescimento e Maturidade Societária Universidades e Criação da (Micro e Pequenas Expansão do (Médias e Grandes Centros de Empresa Empresas) Mercado Empresas) Pesquisa (inclusive em (Pequenas e incubadoras) Médias Empresas) 26
  27. 27. Visão para a Geração de Empresas Nascentes (Spin-off’s) • Pesquisa + • Empreendedorismo + • Pré-incubação + • Incubadoras + • Parques Tecnológicos + Mercados + Negócios + Oportunidades 27
  28. 28. Difusão do Empreendedorismo em Instituições de Ensino • Empreendedorismo de base tecnológica está atrelado a negócios • Disciplina de Negócios em: – Engenharia (Civil, Computação, Elétrica, Mecânica, Alimentos, Agrícola, ...) – Fisioterapia, Biologia, Odontologia, Medicina, ... – Economia, Administração,... – Artes, Educação,... – ... Visão do Mercado + dos Negócios + das Oportunidades nos cursos de graduação e pós- graduação 28
  29. 29. Conclusões • A incubação de empresas é um mecanismo de geração de valor econômico através tecnologias não aproveitas • Antes da incubação, a pré-incubação – Ambiente de pré-incubação: laboratório para estímulo ao empreendedorismo, mesmo que seja corporativo – Incubadora; espaço facilitador para o desenvolvimento da empresa nascente • Importância das Empresas Juniores • Patrocínios • Visão de Negócios e Oportunidades 29

×