Experiências com Empreendedorismo e
 Incubadoras de Empresas Inovadoras


 Fórum de Empreendedorismo PUC-Campinas

       ...
Agenda
•   Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa
•   Etapas para Geração de Empresas Nascentes
•   Referência Internac...
Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa
                        Modelo de “Open Innovation”
                            ...
Etapas para Geração de Empresas Nascentes (“Spin-offs”)
                                                                  ...
Referência Internacional

• MIT (1997)*:
  – 4.000 “related companies”
  – 1,1 milhão de empregos
  – Média de 150 novas e...
Região de Campinas




                     6
Unicamp

• Ações sobre a cadeia:
   – Empreendedorismo
   – Ambiente de Pré-incubação de Negócios
   – Incubadoras
   – Pó...
Unicamp

• Apoio a ações de estímulo ao empreendedorismo na Unicamp
   – Programa “Filhas da Unicamp”
   – Apoio ao Fórum ...
Programa “Filhas da Unicamp”




                       fibras ópticas




                                        9
Ambientes de Pré-incubação de projetos de
            negócios na Unicamp
• Implantação de Ambientes de Pré-incubação de p...
Empresas Juniores da Unicamp




                               11
Incubação de Empresas na Unicamp

• Incubadora Incamp (10 empresas)
• Incubadora Softex (12 empresas)
   – Instalada no Ca...
Santa Rita do Sapucaí, MG
                               Vale da Eletrônica


•   Nº de empresas:145
•   Nº de Empregos: 7...
Inatel

•   Ações sobre a cadeia:
     –   Empreendedorismo
     –   Ambiente de Pré-incubação de Negócios
     –   Incuba...
Inatel
•   Disciplinas de Empreendedorismo na grade curricular
•   Disciplina de Negócios em Telecomunicações (último perí...
Inatel

•   Destaques:
     – Anprotec – Melhor Incubadora do País
     – Anprotec – Melhor Programa de Empreendedorismo
 ...
Empresa Junior do Inatel




                           17
Experiências




               18
Temas e tipos de Projetos de Pré-incubação e
                 Negócios da Incubadora


• Temas de Interesse
   – Induzido
...
Pré-incubação
• Espaço estimulador para a geração de empresas nascentes “spin-
  off’s”.
   – Provê ferramentas e apoio a ...
Pilares da Pré-incubação
• Reger-se por um estatuto
• Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo,
  ...
Patrocínios para a Pré-incubação
•   Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de pré-incubação
     – Em contra...
Incubadora de Empresas de Base Tecnológica
•   Espaço facilitador para a criação (“start-up’s”) e desenvolvimento inicial ...
Pilares da Incubação
• Reger-se por um estatuto
• Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo,
  níve...
Patrocínios para a incubação
• Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de incubação
   – Em contrapartida, os ...
O papel das Agências de Fomento e Investidores na
               Geração de EBTs
     Faturamento, Empregos               ...
Visão para a Geração de Empresas
               Nascentes (Spin-off’s)

•   Pesquisa +
•   Empreendedorismo +
•   Pré-incu...
Difusão do Empreendedorismo em
              Instituições de Ensino
• Empreendedorismo de base tecnológica está atrelado a...
Conclusões

• A incubação de empresas é um mecanismo de geração de valor
  econômico através tecnologias não aproveitas
• ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Palestra FóRum Empreendedorismo Eduardo Grizendi Puc Campinas

1,279
-1

Published on

Empreendedorismo de Base Tecnológica no Polo Tecnológico de Campinas Importância dos Ambientes de Incubação de Empresas

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,279
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
46
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra FóRum Empreendedorismo Eduardo Grizendi Puc Campinas

  1. 1. Experiências com Empreendedorismo e Incubadoras de Empresas Inovadoras Fórum de Empreendedorismo PUC-Campinas Eduardo Grizendi Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações Novembro de 2007
  2. 2. Agenda • Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa • Etapas para Geração de Empresas Nascentes • Referência Internacional • Campinas & Unicamp • Santa Rita do Sapucaí & Inatel • Experiências: – Temas e tipos de Projetos de Pré-incubação e Negócios da Incubadora – Pré-incubação – Incubação – Papel das Agências de Fomento e Investidores na Geração de EBTs – Visão para a Geração de Empresas Nascentes (Spin-off’s) – Difusão do Empreendedorismo em Instituições de Ensino • Conclusões 2
  3. 3. Aproveitamento dos Resultados de Pesquisa Modelo de “Open Innovation” Comercializados (licenciados) para empresas Resultados da Pesquisa existentes no mercado Tecnológica Comercializados (licenciados) para • Competências Empresas Nascentes (“Spin-offs”) • Tecnologias não patenteáveis • Softwares Incorporadas em produtos (bens e • Patentes, etc... serviços) e levadas ao mercado Estoque * (banco de patentes, competências, etc...) (*) As tecnologias não licenciadas (patentes ou não) não geram valor econômico 3
  4. 4. Etapas para Geração de Empresas Nascentes (“Spin-offs”) MERCADO Pesquisadores Empresa Pós Idéia Projeto Graduação Incubada Graduação Empreendedores Aquisição de Obtenção de Infra-estrutura administrativa conhecimento sobre informações preliminares de Espaço físico empreendedorismo mercado, negócio, tecnológico tecnologia e produto Acesso a laboratórios Consultorias especializadas Elaboração do Plano de Geração de idéias de Negócio novos Auxilio a captação financeira empreendimentos Desenvolvimento do Facilitação de negócios Protótipo Treinamentos Formatação das idéias geradas Atração de Recursos de Fomento Contatos e Networking PRÉ-INCUBAÇÃO PÓS- INCUBAÇÃO INCUBAÇÃO 4
  5. 5. Referência Internacional • MIT (1997)*: – 4.000 “related companies” – 1,1 milhão de empregos – Média de 150 novas empresas por ano – Receita anual de US$ 232 bilhões • 24ª economia mundial * Fonte: MIT- The Impact of Innovation, BankBoston Economics Department Special Report, 1998 5
  6. 6. Região de Campinas 6
  7. 7. Unicamp • Ações sobre a cadeia: – Empreendedorismo – Ambiente de Pré-incubação de Negócios – Incubadoras – Pós-incubação (Parque Tecnológico) – Desenvolvimento Regional e Nacional 7
  8. 8. Unicamp • Apoio a ações de estímulo ao empreendedorismo na Unicamp – Programa “Filhas da Unicamp” – Apoio ao Fórum Permanente de Empreendedorismo realizado pela Reitoria da Unicamp e Núcleo das Empresas Juniores – Apoio às atividades das Empresas Juniores • Criação de ambientes de pré-incubação de projetos de negócios – Projeto conjunto Inova + Unidade + Empresa Jr • [“Ensino” do empreendedorismo nas unidades – Oferta da Disciplina “ Empreendedorismo e Negócios em ...” para cada unidade • Caracterização do “pesquisador empreendedor” • Difusão dos tipos e oportunidades de negócios associados à unidade] 8
  9. 9. Programa “Filhas da Unicamp” fibras ópticas 9
  10. 10. Ambientes de Pré-incubação de projetos de negócios na Unicamp • Implantação de Ambientes de Pré-incubação de projetos de negócios, nas Unidades, apoiados nas Empresas Juniores – FEEC (Engenharia Elétrica e de Computação) + CONPEC (Empresa Jr da FEEC & IC) – FEQ (Engenharia Química) + Propeq (Empresa Jr da FEQ) + Petrobrás 10
  11. 11. Empresas Juniores da Unicamp 11
  12. 12. Incubação de Empresas na Unicamp • Incubadora Incamp (10 empresas) • Incubadora Softex (12 empresas) – Instalada no Campus – Vinculada à Unicamp • Incamp & Softex graduam juntas em média 4 a 6 EBTs por ano (CIATEC, em média o mesmo tanto) 12
  13. 13. Santa Rita do Sapucaí, MG Vale da Eletrônica • Nº de empresas:145 • Nº de Empregos: 7.500 • Faturamento (US$ dólares): 350 milhões • 3 importantes instituições de ensino – ETE (Escola Técnica de Eletrônica) – INATEL – FAI • 2 Incubadoras: – Incubadora do Inatel – Incubadora Municipal (PROINTEC) 13
  14. 14. Inatel • Ações sobre a cadeia: – Empreendedorismo – Ambiente de Pré-incubação de Negócios – Incubadora – Pós-incubação (APL de Eletrônica de Santa Rita do Sapucaí) – Desenvolvimento Regional e Nacional 14
  15. 15. Inatel • Disciplinas de Empreendedorismo na grade curricular • Disciplina de Negócios em Telecomunicações (último período) • NEmp: Núcleo de Empreendedorismo – Concurso Melhores Planos de Negócios – Semana do Empreendedor – Olimpíada do Empreendedor – Ambiente de Pré-incubação • Incubadora: – 11 vagas, – Cerca de 30 empresas graduadas • Feira Tecnológica do Inatel – FETIN • Realização de Fóruns de Capital de Risco e Investimento Estratégico em Santa Rita do Sapucaí – InvestVale 2003 (1o) e 2004 (2o) – InvestVale 2007 (3o) 15
  16. 16. Inatel • Destaques: – Anprotec – Melhor Incubadora do País – Anprotec – Melhor Programa de Empreendedorismo – Prêmio Melhores Universidades Guia do Estudante e Banco Real 2005 – Categoria Empreendedorismo • Incubadora com Certificação ISO 9001:2000 • 80% das Empresas de Base Tecnológica de Santa Rita do Sapucaí são de ex-alunos do Inatel 16
  17. 17. Empresa Junior do Inatel 17
  18. 18. Experiências 18
  19. 19. Temas e tipos de Projetos de Pré-incubação e Negócios da Incubadora • Temas de Interesse – Induzido – Contextualizado – Livre • Projetos/Negócios – De empreendedores internos – De empreendedores internos c/ participação de empreendedores externos – De empreendedores externos. 19
  20. 20. Pré-incubação • Espaço estimulador para a geração de empresas nascentes “spin- off’s”. – Provê ferramentas e apoio a propostas e idéias promissoras e que possam evoluir para futuros negócios a serem abrigados na incubadora • Durante a pré-incubação, os empreendedores fazem uma imersão sobre o negócio • Um ambiente de pré-incubação: – Aumenta o nível de excelência da oferta de empreendimentos para a incubadora; – Reduz o custo de incubação e – Contribui para elevar as chances de sucesso de empresas graduadas na incubadora. 20
  21. 21. Pilares da Pré-incubação • Reger-se por um estatuto • Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo, nível médio, superior ou pós-graduado) • Ancorar a orientação técnica em mentor técnico, – Pesquisador que orienta na imersão sobre os aspectos tecnológicos do negócio • Ancorar a orientação de negócios em mentor de mercado, – Executivo externo que auxilia e orienta na imersão sobre os aspectos de negócio, na visão do mercado e das oportunidades. • Orientar a imersão sobre o negócio 21
  22. 22. Patrocínios para a Pré-incubação • Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de pré-incubação – Em contrapartida, os projetos podem ser induzidos por elas. • A indução pode ser motivada por: – Necessidade da empresa de atrair novos talentos. – Necessidade da empresa de desenvolver novos fornecedores. – Necessidade das empresas de abrir mercados. – Estratégia de marketing da empresa patrocinadora; – Responsabilidade Social assumida na forma de geração de “spin-off’s” para contribuição ao desenvolvimento tecnológico, geração de emprego e renda para a sociedade; – Filantropia; 22
  23. 23. Incubadora de Empresas de Base Tecnológica • Espaço facilitador para a criação (“start-up’s”) e desenvolvimento inicial de empresas geradas de dentro da empresa/instituição (“spin-offs”) • Uma incubadora deve prover: – O local para a instalação da empresa, – Orientação administrativa, contábil e fiscal, – Consultoria de marketing – Atração de oportunidades para as empresas incubadas. • Uma incubadora, mesmo operando dentro de uma empresa/instituição, não deve se restringir a hospedar somente as suas “spin-off’s”. • Durante a incubação, uma empresa concentra esforços: – No desenvolvimento inicial do negócio, em seus produtos e serviços, – Na atração dos primeiros clientes, – No estabelecimento dos primeiros contratos e, ainda mais importante, – Nas primeiras entregas de seus produtos e serviços. 23
  24. 24. Pilares da Incubação • Reger-se por um estatuto • Aceitar qualquer tipo de empreendedor (técnico ou administrativo, nível médio, superior ou pós-graduado) • Dar preferência por projetos pré-incubados • Ancorar a incubação em consultorias especializadas e “coaching”, – Similar à função de mentor da pré-incubação, – “Coaches” não substituem as consultorias – Potenciais “coaches” estão entre os executivos ativos e também entre aqueles, mais velhos, que já se retiraram do mercado – Como na mentoria da pré-incubação, o “coaching” da incubadora é uma atividade filantrópica • Apoiar o desenvolvimento do negócio 24
  25. 25. Patrocínios para a incubação • Empresas e instituições podem patrocinar o ambiente de incubação – Em contrapartida, os negócios podem ser induzidos por elas. • A indução pode ser motivada por: – Necessidade da empresa de desenvolver novos fornecedores; – Necessidade da empresas de abrir novos mercados; – Estratégia de “spin-in’s”; – Estratégia de marketing da empresa patrocinadora; – Responsabilidade Social assumida na forma de geração de “spin-off’s” para contribuição ao desenvolvimento tecnológico, geração de emprego e renda para a sociedade; – Filantropia; 25
  26. 26. O papel das Agências de Fomento e Investidores na Geração de EBTs Faturamento, Empregos “Private Equaty”. Fundos de Pensão, Fundos Mezanino, IPO´S BNDES/BNDESPAR e Fundos de “Venture FINEP Capital”, “Private Equity”, BNDESPAR, Investidores Típicos FINEP, Investidores Corporativos Fundos de “Venture Capital”, BNDESPAR, FINEP, Investidores Corporativos FINEP, CNPQ, FINEP, “ANGELS”, UNIVERSIDADES, “SEED” e EMPRESAS e SEBRAE CAPES Tempo, Investimento Iniciativas em Concepção e Desenvolvimento Crescimento e Maturidade Societária Universidades e Criação da (Micro e Pequenas Expansão do (Médias e Grandes Centros de Empresa Empresas) Mercado Empresas) Pesquisa (inclusive em (Pequenas e incubadoras) Médias Empresas) 26
  27. 27. Visão para a Geração de Empresas Nascentes (Spin-off’s) • Pesquisa + • Empreendedorismo + • Pré-incubação + • Incubadoras + • Parques Tecnológicos + Mercados + Negócios + Oportunidades 27
  28. 28. Difusão do Empreendedorismo em Instituições de Ensino • Empreendedorismo de base tecnológica está atrelado a negócios • Disciplina de Negócios em: – Engenharia (Civil, Computação, Elétrica, Mecânica, Alimentos, Agrícola, ...) – Fisioterapia, Biologia, Odontologia, Medicina, ... – Economia, Administração,... – Artes, Educação,... – ... Visão do Mercado + dos Negócios + das Oportunidades nos cursos de graduação e pós- graduação 28
  29. 29. Conclusões • A incubação de empresas é um mecanismo de geração de valor econômico através tecnologias não aproveitas • Antes da incubação, a pré-incubação – Ambiente de pré-incubação: laboratório para estímulo ao empreendedorismo, mesmo que seja corporativo – Incubadora; espaço facilitador para o desenvolvimento da empresa nascente • Importância das Empresas Juniores • Patrocínios • Visão de Negócios e Oportunidades 29
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×