Apresentação sobre páscoa nas religiões
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Apresentação sobre páscoa nas religiões

  • 5,120 views
Uploaded on

Como as religiões comemoram a páscoa

Como as religiões comemoram a páscoa

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,120
On Slideshare
5,120
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
29
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ESCOLA MUNICIPAL MARIA JOANADOS SANTOSDisciplina: MatemáticaProfessor: Egnaldo BarretoSérie: Aceleração II, Estágio II (7ª e 8ª série)Turma: 01
  • 2. A páscoa é uma tradição tipicamente cristãojudaica, no entanto, mesmo em outros paísesdo mundo onde predominam outras culturas,como é o caso da China, a páscoa também écomemorada e tem uma mensagem parapassar onde a paz e a renovação são o pontoprincipal.
  • 3. A páscoa é uma comemoraçãoglobalizada pois sua mensagem émais atual do que nunca, a paz e oamor entre os homens, a renovaçãoda fé e esperança de um mundomelhor.
  • 4. CATÓLICOS – essa é a festa mais importante doscristãos. “Representa a vitória sobre a morte”. Setrata de um morrer com Cristo e, posteriormente,uma avaliação pessoal se podemos ressuscitar comEle. Nesse período também tem início a Campanhada Fraternidade, que é lançada sempre no início daQuaresma e este ano tem como tema a saúdepublica: Que a saúde se difunda sobre a terra! (Eclo38,8). Os católicos adotam como símbolos, além docoelho, que representa a fertilidade e esperança deuma nova vida, o círio pascal (fogo novo) e a água,que é abençoada. “São símbolos litúrgicos”.
  • 5. EVANGÉLICOS (Igreja Evangélica deConfissão Luterana no Brasil) – acomemoração da Páscoa para os evangélicosluteranos não difere muito dos católicos. “Nóscremos na ressurreição do corpo e da alma”. Asimbologia pascal da Igreja EvangélicaLuterana também se utiliza do coelho.“Vemos nele a fertilidade, a vida, mas com oporém de que a Páscoa não é somente umafesta comercial”, justificou.
  • 6. EVANGÉLICOS (Igreja Batista Nacional) –Os evangélicos da Igreja Batista acreditamque este seja um período de muitaintroversão. Eles, igualmente, crêem no fatoque Cristo tenha ressuscitado. “No contextobíblico judaico, que é o que seguimos, esse éum período que marca a saída do povoegípcio do cativeiro e a entrada dele na terraprometida. É, portanto, uma situação nova,de libertação”. O símbolo desta religião é ocordeiro, que representa o corpo de Jesus.
  • 7. UMBANDISTAS – Os umbandistas,não comemoram a Páscoa. “Inúmerasoutras datas do calendário católico,nós também festejamos, mas essanão”. Entretanto, ela adverte que,embora não faça parte desta crençaaceitar a ressurreição, respeita-seàqueles que a tem como umaverdade.
  • 8. EspíritasA Doutrina Espírita, codificada por AllanKardec, não possui nenhuma espécie deculto a simbologias ou ritos. O sentido derenovação da Páscoa para os cristãosespíritas se concretiza na renovação de simesmo, na melhoria íntima e naevolução espiritual.
  • 9. A Páscoa Judaica, recebe o nome hebraico dePessach. Nesta festa é comemorada amilagrosa libertação dos judeus da terra doEgito onde foram escravizados durante séculos.Pessach é celebrada em família em um jantarmuito tradicional conhecido como “Seder”.Durante este jantar é lido um livro chamadoHagadá (Narração) onde se encontra o relatodo Êxodo, além de canções, ensinamentos eleituras reflexivas. Nessa noite as crianças sãoos verdadeiros protagonistas.
  • 10. IGREJA ORTODOXA - No Domingo de Ramos, ainaugurar a semana, os padres benzem ramosde oliveira, que os fiéis levam para casa comosímbolo de protecção divina. Na segunda-feira,as igrejas são revestidas de preto. No centro dostemplos ortodoxos é montada uma cruz. Jesusfoi, para os ortodoxos, crucificado na noite dequinta-feira, depois da última ceia, e não sexta-feira à tarde, como crêem os católicos. Por isso,os fiéis pintam ovos de vermelho na quinta-feira, em representação do sangue de Cristo.
  • 11. O momento alto da Páscoa dá-se sábado à noite.Os fiéis juntam-se nas igrejas por volta das 23horas, levando velas brancas consigo. Antes dameia-noite, põem as velas na rua. Apenas uma luzpermanece, junto à imagem de Cristo, até que opadre anuncia, às doze badaladas, que Jesusressuscitou. É a altura em que as pessoas voltam aacender as suas velas e se cumprimentam umas àsoutras. Normalmente, há fogos de artíficio paracelebrar a ressurreição.No domingo, come-se osovos pintados de vermelho e todas as casas têmum cordeiro à mesa.
  • 12. Para os testemunhas de Jeová, a data tambémé importante, mas não há comemoraçõesespeciais, eles não costumam comemorar apáscoa devido à sua origem. Segundo ele, apáscoa surgiu da libertação dos judeus doEgito, quando Deus, através das dez pragas,abateu a escravidão. “Conforme as escrituras,esta data deveria ser comemorada até que overdadeiro cordeiro de Deus estivesse sobre aterra, ou seja, após sua morte a festa nãodeveria mais acontecer”.
  • 13. Os testemunhas de Jeová comemoram apáscoa no sentido da última refeição de Jesus,chamada na religião de “Refeição Noturna”.Assim, a páscoa dentro da religião acontece emdata diferente das demais. “Relembramos aúltima refeição de Cristo, quando a últimapáscoa foi comemorada, mas não seguimos ocalendário católico e, sim, a data antiga, quepara os Judeus é o dia 14 de Nisã.
  • 14. Os Budistas não precisam ser adeptos paracelebrar, porém, muitos comemoram oregozijo mesmo não sendo adeptos. Porque aessência de uma comemoração, de uma festa,é o sentimento de alegria. O regozijo é aprática espiritual mais pura que existe. Elasignifica ficar feliz ou se deleitar com asvirtudes dos outros, com o seu bom exemplo.
  • 15. Muçulmanos - Apesar de as raízes doCristianismo e do Islamismo terem as mesmasorigens, tendo como profetas Abrãao, Noé eMoisés, os destinos históricos delas sãodiferentes. Para a crença islâmica, profeta é umser sagrado com a missão de trazer a palavrade Deus, e por tal motivo, nunca poderia sercrucificado. A Páscoa significa a renovação dafé.
  • 16. Referencias:SCHUSTER, Patrícia Regina. Como a páscoa écelebrada nas diferentes religiões. Rio de Janeiro:2007.http://www.forumespirita.net/fe/jornal-das-boas-noticias/a-pascoa-e-as-religioes/http://www2.uol.com.br/debate/1357/cidade/cidade07.htm http://www.nominuto.com/noticias/cidades/a-pascoa-sob-um-breve-olhar-das-diferentes-religioes/70819/http://hipermidia.unisc.br/pascoa//index.php?option=com_content&task=view&id=23&Itemid=1