Your SlideShare is downloading. ×
0
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Principais manifestações populares no Brasil - séc. XX

13,217

Published on

www.elton.pro.br

www.elton.pro.br

Published in: Education
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • ALERTA AOS LEGISLADORES INFIÉIS QUE COGITAM DE REDUZIR A MAIORIDADE PENAL NO BRASIL E NO MUNDO, SEM CONHECER OS ENSINAMENTOS CRISTAOS: Senhores Deputados e Senadores: Não podemos permitir a DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA TRADICIONAL, pela queima irresponsável dos valores éticos e morais que devem formar o caráter e o ideal cristão de cada família humana, constituindo-as em células estruturais de toda sociedade civilizada: É preciso silenciar quem pensa e age com tamanho despropósito, porque demonstra claramente ser inimigo(a) de Deus e do seu povo: A formação da Família Cristã começa na infância, que deve merecer cuidados especiais à partir deste dia, pelo que Eu vos peço: Entendei que a intenção de diminuir a maioridade penal, visando combater o mal, não passa de mais uma ideia insensata, iníqua e nefasta; porque visa combater apenas o EFEITO DELINQUENTE, enquanto que se perpetua e se fortalece a CAUSA DA DELINQUENCIA, que a cada dia se torna mais potente para causar o descaminho, a perdição, o erro, a prisão, o sofrimento e a morte prematura de muita gente inocente, que não sabe o que faz: Porventura ignorais que já há crianças de 10 anos delinquindo, praticando toda sorte de delitos ou pecados Inconscientes? Nessa escala logo teremos que transferir a criança do berço diretamente para a cadeia, ou não? Na verdade, a nossa juventude tem sido arruinada na vida, como vitima ingênua da insanidade espiritual do meio em que se acha relegada; onde impera a mentira, aincredulidade, a ignorância e a maldade; porquanto não há conhecimento e nem temor de Deus. Até quando marginais inconsequentes e outros pecadores mentirosos, substituirão Professores Ajuizados na formação dos jovens? Até quando as Escolas Cristãs serão substituídas por presídios desumanos, por universidades do crime? Até quando dormireis o sono da inconsciência, deitados em berço esplêndido? Rogo-vos, pois, pelo bem comum, que: Refleti sobre os ensinamentos de Cristo, que sintetiza toda a questão no seguinte texto bíblico: (MT.23.1) Então, falou Jesus às multidões e aos discípulos, dizendo: (1CO.16.24) O meu amor seja convosco em Cristo Jesus: (RM.15.33) E o Deus da paz seja com todos vós: (LV.6.31) Como quereis que os Homens vos façam; assim fazei-o vós também a eles: (JZ.7.17) Olhai para mim e fazei como eu fizer, (JB.15.5) porque sem mim nada podeis fazer: (JB.13.34) Amai-vos uns aos outros como eu vos amei: (IS.1.17) Aprendei a fazer o bem, atendei a justiça, repreendei ao opressor, defendei o direito do orfão, pleiteai a causa das viúvas: (SL.82.4) Socorrei o fraco e o necessitado, tirai-os das mãos dos ímpios: (DT.3.22) Não os temais, porque o Senhor, vosso Deus, é o que peleja por vós: (PV.22.6) Ensinai a criança o caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele; (LS.3.11) porque desgraçado é o que rejeita a sabedoria e a instrução, a esperança dele é vã, e os trabalhos sem frutos, e inúteis as suas obras: (JB.8.25) Que é que desde o principio vos tenho dito? (JB.14.6) Eu sou o caminho, a verdade, e a vida: Ninguém vem ao Pai senão por mim: (MT.11.28) Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei: (AM.5.4) Buscai-me e vivei: (LV.18.2) Eu sou o Senhor vosso Deus: (LV.19.4) Não vos virareis para os ídolos, nem fareis deuses de fundição; (LS.14.27) porque o culto dos ídolos é a causa e o princípio de todo o mal: (JS.23.14) Eis que, hoje, já sigo pelo caminho de todos os da terra; (AT.13.34) e cumprirei a vosso favor as santas promessas feitas a Davi, (LC.12.32) porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino: (MC.14.41) Ainda dormis e repousais! Basta! (CJ.) Despertai-vos, levantai e apressai em interagir conosco; (EF.5.16) remindo o tempo, porque os dias são maus; (DT.4.20) como hoje se vê.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
13,217
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
91
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Manifestações populares na História do Brasil
  • 2. Manifestações populares na História do Brasil 1. Revolta daVacina (1904) 2. Greves operárias do início do século XX 3. Passeata dos 100 mil (1968) 4. Comícios das Diretas Já (1984) 5. Impeachment de Collor (1992)
  • 3. Revolta da Vacina (1904)  Envolvimento dos militares e do povo  O povo carioca rebelou-se contra a lei que tornava a vacinação obrigatória, criada pelo sanitarista Oswaldo Cruz;  Participação dos alunos da Escola Militar da PraiaVermelha;  Os militares tentaram afastar o presidente Rodrigues Alves;  Acabaram sendo presos e a escola militar foi fechada;  A cidade virou um campo de guerra;  A população depredou lojas, incendiou bondes, fez barricadas, atacou as forças da polícia com pedras, paus e pedaços de ferro;  Foram registrados 30 mortos e 110 feridos.
  • 4. Revolta da Vacina (1904)  Motivações populares:  Agentes tinham o direito de invadir as casas;  Levantar braços e pernas das pessoas;  Homens não saíam para trabalhar;  Medo da vacina: não era tão eficaz quanto hoje.
  • 5. Greves operárias do início do século XX  Até o início do século 20, não havia direitos trabalhistas:  Os salários eram baixos  Jornada de trabalho era enorme  Havia o emprego maciço de mão de obra infantil  Muitos trabalhadores eram imigrantes europeus fortemente influenciados pelos princípios anarquistas e comunistas;  No dia 1º de maio de 1907, eclodiu a primeira greve geral da história do Brasil;  A greve, que durou até o meio de junho, foi reprimida com violência, mas conseguiu fazer com que muitas empresas adotassem a jornada de oito horas de trabalho.
  • 6. Greves operárias do início do século XX  Segunda greve geral iniciou-se em São Paulo (1917);  Com a crise no comércio exterior causada pela I Guerra;  Preços aumentavam, os alimentos sumiam das prateleiras e os salários diminuíam;  Aumento das jornadas de trabalho;  Passeata de 9 de julho;  A polícia avançou sobre a multidão e atirou;  Antonio Martinez, um sapateiro, foi morto;
  • 7. Greves operárias do início do século XX  Revolta dos trabalhadores: dias depois, o movimento se tornou uma greve geral com 45 mil pessoas paradas – praticamente todos os operários da capital paulista;  A imprensa da época tratava as agitações como anarquistas e os patrões, como caso de polícia;  Havia revistas nos passageiros dos bondes e em todos os operários e populares que transitavam pelas ruas;  Mas, a partir de então, o movimento operário passou a ser reconhecido como algo representativo e os patrões passaram a negociar com eles.
  • 8. Passeata dos 100 mil (1968)  Manifestação popular contra a Ditadura Militar no Brasil;  Ocorrida em 26 de junho de 1968, no Rio de Janeiro;  Organizada pelo movimento estudantil;  Contou com a participação de artistas e intelectuais;  Antecedentes:  Assassinato de Edson Luís  Prisão de líderes estudantis  Pós-passeata:  Novas manifestações  Estudantes presos – Congresso da UNE  Promulgação do AI-5
  • 9. Comícios das Diretas Já (1984)  Entre janeiro e abril/84  Comícios pela volta das eleições diretas para presidente  Rio de Janeiro (1 milhão); São Paulo (1,5 milhão)  PEC 5 (Emenda "Dante de Oliveira) - eleição pelo voto direto, não mais pelo Colégio Eleitoral  Destaque ao Senador Ulysses Guimarães (oposição)
  • 10. Impeachment de Collor (1992)  Denúncias de corrupção na imprensa (1992)  Dossiê do irmão Pedro Collor envolvendo PC Farias (tesoureiro de campanha)  Medidas econômicas do seu governo já tinham deixado a população extremamente descontente  Inflação de quase 5.000% no primeiro ano  Confisco de cadernetas de poupança  Passeatas pedindo o impeachment

×