Michel
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 
  • 928 views

Reforma agraria

Reforma agraria

Statistics

Views

Total Views
928
Views on SlideShare
898
Embed Views
30

Actions

Likes
0
Downloads
12
Comments
0

2 Embeds 30

http://eemtomegomes.blogspot.com 16
http://eemtomegomes.blogspot.com.br 14

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Michel Michel Presentation Transcript

  • Reforma Agrária
  • Reforma agrária é a reorganização da estrutura fundiária com o objetivo de promover a distribuição mais justa das terras.
  • Antes
  • No Brasil, historicamente há uma distribuição desigual de terras, esse problema teve início em 1530, com a criação das capitanias hereditárias e do sistema de sesmarias.
  • As propriedades rurais destinadas para a reforma agrária podiam ser obtidas pela União de duas formas: expropriação e compra.
  • Depois
    • Surgiu o Estatuto da Terra (Lei n.º 4.504/1964), que é o Código Agrário brasileiro que examina em muitos artigos o problema da reforma agrária e da política fundiária, adotando o método liberal e democrático de solução da matéria.
    • Surgiu o INCRA( Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária ), que é um órgão do governo federal brasileiro, responsável por administrar a questão agrária no Brasil.
  • Os dados mais recentes do governo, obtidos , mostram que no Brasil existem hoje 906,8 mil famílias assentadas pelo INCRA.
  • O PT – Partido dos Trabalhadores – despertou enormes esperanças de mudança social e política no Brasil. A eleição de Lula teve o apoio de inúmeros movimentos sociais, entre eles o MST (Movimentos dos Trabalhadores Sem Terra).
  • Hoje com o surgimento das leis as famílias podem se dirigir para os assentamentos, onde adquirem sua moradia ( barracos, ou mesmo casas de tijolos ) e tem seus próprios lotes de terras onde podem cultivar garantindo assim a sua subsistência.
  • O conhecimento é irresistível. Questione... Descubra... e Mude!