Proposta Pedagogica 2013

6,738
-1

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,738
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
154
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Proposta Pedagogica 2013

  1. 1. A escola se constitui num espaço permanente de discussão e reflexão na perspectiva deconstrução de uma nova realidade. Ao elaborar a Proposta Pedagógica – ProfessoresCoordenadores da EE Marquês de São Vicente – Ensino Médio e Fundamental, com o apoio daequipe gestora, corpo docente, discente, comunidade local, equipe de secretaria e demaisfuncionários, é de suma importância oferecer uma educação pública de qualidade que seja de fatoformadora de cidadãos comprometidos com a realidade social na qual está inserido. Essa Proposta contém os objetivos que deverão ser alcançados em 2013 para que amesma tenha sucesso e os princípios norteadores que deverão guiar de forma coerente ostrabalhos dessa instituição educacional, além dos planos, metas e subprojetos que devem serseguidos pela Coordenação juntamente com toda a comunidade escolar através de seus membroscomprometidos com o processo educacional. O Currículo Escolar estabelecido pela Secretaria deEstado da Educação será o meio de articulação do processo ensino-aprendizagem, ressaltando aimportância da qualidade de ensino, reforçando as ações de democratização da organização dotrabalho escolar e que todos os profissionais são participantes ativos dos procedimentos queacarretam essa melhoria. Tendo na base esse princípio, o papel fundamental do Ensino Médio e Fundamental épreparar para a vida, qualificar para a cidadania e capacitar para o aprendizado permanente. Alémde promover a compreensão dos fundamentos científicos-tecnológicos, essa etapa do processo deaprendizagem deve contribuir para o aprimoramento pessoal, para a formação ética, para aautonomia intelectual e para o embasamento de um raciocínio crítico. Tem como missãopropedêutica subsidiar o aluno para ingresso no segmento do Ensino Superior. Conhecimento ... necessita a presença curiosa de sujeitos confrontados com o mundo. Requer sua ação transformadora sobre a realidade. Demanda uma constante busca ... No processo de aprendizagem a única pessoa que realmente aprende é aquela que... re-inventa o que aprende. (Paulo Freire)
  2. 2. RENDIMENTO ESCOLAR No ano de 2012 tivemos um desempenho acima da média em termos de promoção dealunos. Dos 749 alunos que finalizaram o ano letivo, 575 foram aprovados (81%), 63 promovidosparcialmente (9%), 74 retidos ou evadidos (10%), o menor índice de alunos retidos parcialmentedesde 2007. Existiam duas escolas em um único prédio: os regulares e os alunos promovidosparcialmente com trabalhos de orientação de estudos que chegava ao número astronômico demais 700 alunos em 2005. O trabalho de diagnóstico da realidade dos alunos com problemas deaprendizado, orientação e conscientização do que acarretaria essa pendência para o ano seguinte,comunicados incessantes nas reuniões de pais foram pontos de partida da Coordenação parareverter esse quadro alarmante. ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS A Orientação de Estudos será disciplinada da seguinte forma: - Levantamento dos alunos promovidos parcialmente no ano letivo anterior e/ou fora daescola; - Entrega dos conteúdos bimestrais elaborados pelo corpo docente no mês de março; - Realização de uma única prova no mês de outubro; - Será considerado aprovado o aluno que obtiver média igual ou superior a 5 na avaliaçãoem um total de 10. Cada avaliação será composta de 4 (quatro) questões referentes a cada um dosbimestres. O valor de cada questão será de 2,5 perfazendo um total de 10. A média serádisponibilizada em dezembro juntamente com o resultado final do ano letivo vigente. Aos alunos que estão fora da escola: - Deverão retirar os temas a qualquer momento e entregues em forma de trabalhomanuscrito. PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE Realizar-se-á através de reuniões com a Direção e Coordenação, da comunidade com osprofessores, atividades extraclasse, festas, etc. ATIVIDADE EXTRACLASSE Observam-se o bom desempenho dos alunos, professores, pais em diversas atividadescompetitivas, recreativas e culturais. De acordo com avaliação realizada pelos professores, osalunos tornam-se mais frequentes, participativos e criam-se vínculos mais pessoais e afetivosentre os agentes do processo.
  3. 3. Segue, abaixo, atividades acordadas no Planejamento e Projetos da Secretaria de Estadoda Educação para o ano letivo de 2013: 1º Bimestre Semana de provas: 15 a 19 de abril Recuperação: 22 a 30 de abril Saída: Região Metropolitana 2º Bimestre 1ª fase Olimpíada de Matemática – 4 de junho Semana de provas: 17 a 21 de junho Recuperação: 24 a 28 de junho Saída: São Paulo Festa das Nações: 14 de junho Ensino Médio 3º Bimestre 2ª fase Olimpíada de Matemática – 14 de setembro Semana de Provas: 16 a 20 de setembro Recuperação: 23 a 30 de setembro Saída: Região Metropolitana Feira Cultural – 13 de setembro Ensino Fundamental 4º Bimestre Semana de Provas: 18 a 22 de novembro Recuperação: 25 a 29 de novembro Saída: Região São Paulo Aguardando Resolução Saresp 2013 para reformulação e elaboração das atividades no 4ºbimestre. OBJETIVOS GERAIS Promover a melhoria qualitativa e quantitativa das séries do segmento do Ensino Médio,resgatando uma proposta pedagógica comprometida com a democracia, buscando uma nova
  4. 4. qualidade de ensino, de valores éticos e humanos, de modo a permitir socialização do saberhistoricamente produzido. Atender e acompanhar o corpo docente e discente, visando maior integração entre asdisciplinas e comunidade escolar (interdisciplinar e transdisciplinar). Prestar assistência aos professores, detectando as necessidades do grupo, oportunizandoas trocas de experiências, para auxiliar com eficiência e eficácia do desempenho dos alunos(ensino-aprendizagem) por intermédio de ações conjuntas: Coordenação-Professores-Direção-Comunidade Escolar-Funcionários. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Elaboração de projetos que promovam uma maior participação dos responsáveis na vidaescolar do aluno, pois se notou que a ausência de acompanhamento pelos pais desvaloriza edesmotiva o acesso do aluno à escola. Incentivar a participação do corpo docente, discente, direção e comunidade escolar,coordenando a discussão, elaboração, implantação e avaliação de projetos pedagógicos ematividades escolares e extraclasse (Campeonatos, Desafio Nacional Acadêmico, visitas àsUniversidades, feiras temáticas e que contemplem o encaminhamento do aluno ao Mercado deTrabalho, etc.). Identificar métodos e técnicas mais propícias a cada atividade escolar, discutindo osprincipais problemas diagnosticados em sala de aula. Promover a integração entre as disciplinas através dos Projetos Interdisciplinares,Multidisciplinares e transdisciplinares. Instituir o Conselho de Classe permanente como forma de diagnosticar problemascomportamentais e cognitivos. Avaliar continuamente o resultado das ações pedagógicas. Frequentar seminários, cursos e reuniões, com a finalidade de transmitir novosconhecimentos e subsídios aos professores visando sempre à melhoria do processoensino/aprendizagem. Fazer com que o professor reflita sobre sua prática em sala de aula, através de textos evídeos produzidos pela SEE e outros que levem o professor a se adequar melhor as mudanças quea educação vem sofrendo, como a implantação do Novo Currículo em 2009. Nortear professores e alunos realizando um trabalho coeso, harmônico, analisando asvariáveis de ambos.
  5. 5. Enriquecer o processo pedagógico e humano na escola melhorando as relações pessoais esociais. Proporcionar debates entre professores através de seus pares Acompanhar o processo avaliatório com vistas a minimizar problemas de aprendizado. Trabalhar com a interdisciplinaridade, focando uma visão holística do conhecimento. Desenvolver um trabalho coletivo, enriquecendo a equipe, tornado nossa escola um localde crescimento e um agente transformador, atuando no sentido de formar um novo homem. Priorizar: análise – reflexão – ação – resultados. Garantir um trabalho solidário junto aos docentes e discentes, aperfeiçoando nossaatuação profissional. O desenvolvimento desta Proposta Pedagógica deverá contar com uma estrutura flexível einterveniente. Um dos pontos primordiais no planejamento é entender e estabelecer o papel decada componente da equipe escolar, traçando estratégias, caminhos possíveis e relevantes aoconhecimento e, principalmente, construção com alteridade das propostas e vínculos sociais. OCurrículo Escolar 2013 tem o propósito de subsidiar todos os envolvidos no processo paraalavancar uma escola digna, atual e focada na qualidade e desenvolvimento cognitivo do aluno. METAS, AÇÕES E ATIVIDADES MENSAIS Promover reuniões pedagógicas, por intermédio das ATPC, auxiliando os professores nasuperação de dificuldades encontradas, enriquecendo o trabalho pedagógico. Favorecer a integração entre o corpo docente. Acompanhar os problemas apresentados pelos professores nos mais diversos aspectos:disciplina, retenção, ausência, aprendizado. Inteirar a comunidade escolar formando uma parceria saudável. Reuniões semanais como objetivo de interdisciplinar e integrar várias disciplinas. Realizar projeto de recuperação contínua e paralela, minimizando evasão e retençãoescolar. Priorizar o trabalho com nossa proposta pedagógica: educar para a cidadania, realizandoestudo e debates com os alunos através de eixos temáticos e palestras sistemáticas comprofissionais.
  6. 6. Segue, abaixo, atividades mensais complementares ao Currículo para implementação daProposta Pedagógica da Unidade Escolar: 14 de março: Dia Nacional da Poesia 18 de abril: Dia de Monteiro Lobato 01 de maio: Dia Mundial do Trabalho 25 de maio (obrigatório): Um dia na Escola do meu Filho 03 a 07 de junho: Semana Mundial do Meio Ambiente 22 de agosto: Dia do Folclore 07 de setembro: Independência do Brasil 05 de outubro: Dia do Empreendedorismo 12 de outubro: Dia da Criança (6º anos) 19 de outubro (obrigatório): Um Dia na Escola do meu Filho 20 de novembro: Dia da Consciência Negra ATPC: TEMA E COMO É REGISTRADO Todos os temas abordados em ATPC são de cunho pedagógico, cultural, social, político-educacional, legislação concernente à educação e direitos dos funcionários públicos estaduais,LDBEN e quaisquer textos que sirvam como sustentação para discussão, entendimento,aprimoramento cognitivo e social. Esse ano, em particular, as ATPC serão de fundamentalimportância, pois teremos: a) Discussão e elaboração do Planejamento Escolar e seus respectivos Planos de Ensino com base no Currículo Escolar 2013 e, principalmente, com a vivência que os professores estão vivenciando em relação aos cadernos do professor e do aluno; b) Discutir estratégias para diminuição da indisciplina em sala de aula; c) Incentivar o trabalho coletivo, harmonioso entre professores, alunos, Direção e Coordenação; d) Estabelecer hábitos diários aos alunos, por intermédio dos professores da necessidade da manutenção da limpeza, sendo que o professor deverá sair após o último aluno; e) Repensar os conteúdos mínimos significativos de cada disciplina, aproximando esses conteúdos das vivências dos alunos e do Currículo Escolar 2013, tanto quanto possível, aproveitando as informações que eles absorvem dos meios de comunicação escritos e televisivos de seu ambiente e do ambiente escolar;
  7. 7. f) Estabelecer objetivos para o ensino, gerais e específicos. Definir as linhas de atuação, em função dos objetivos e do perfil da comunidade e dos alunos. Propor metas a serem atingidas. Elaborar os conteúdos curriculares. Acompanhar e avaliar o rendimento das propostas pedagógicas, dos objetivos e o cumprimento de metas. Avaliar o desempenho dos alunos, do corpo docente e da equipe escolar como um todo.g) Sempre que necessário buscar auxílio junto ao Supervisor de Ensino da Unidade Escolar para elucidar dúvidas que sejam provenientes da Direção, Coordenação, professores, alunos, Conselho de Escola, APM, Conselho de Classe e Série e comunidade escolar.h) Todos os temas, discussões e encaminhamentos são registrados em folha específica assinada por todos os professores presentes.HORÁRIO REGULAR DE AULASManhã: 07h às 12h20Tarde: 13h20 às 18h40ATPCTerça-feira: 11h30 às 13h10 (EF) e 12h25 às 14h05 (EM)Quarta-feira: 12h25 às 13h15 (EF e EM)ORGANIZAÇÃO CURRICULAR – PROPOSTA DE TRABALHOA Coordenação Coletiva será destinada a: Planejamento interdisciplinar coletivo nos aspectos pedagógicos e/ou administrativos da escola; Estudos, pesquisas e planejamento por área de conhecimento; Troca de experiências no turno e entre turnos; Aperfeiçoamento da prática educativa através de jornadas pedagógicas; Elaboração de projetos específicos de trabalho que serão organizados durante o planejamento escolar 2013; Avaliação permanente do Projeto da Coordenação Pedagógica; Atendimento aos pais e/ou responsáveisCoordenação por área de conhecimento será destinada a: Planejar de forma interdisciplinar com os conteúdos propostos pela SEE; Elaborar atividades específicas para os projetos de trabalhos; Tomar decisões coletivamente;
  8. 8. Discutir as dificuldades das turmas e realizar “feedback” no processo; Elaboração de material didático-pedagógico; Trocar experiênciasCoordenação individual do professor será destinada a: Elaboração de estratégias para a sala de aula; Elaboração, correção de exercícios, trabalhos, provas, etc.; Atendimento individualizado do aluno; Auto-avaliaçãoTodo Planejamento pedagógico deverá ser realizado de acordo com os ParâmetrosCurriculares Nacionais, seguindo os princípios da LDB e o Currículo Escolar do Estado deSão Paulo.PROJETOSOs projetos elaborados na unidade escolar ensejam uma qualidade de ensino eficaz epermanente. Existe uma confluência entre o que é real e possível. É importante ressaltarque o ensino com projetos é um poderoso recurso pedagógico da metodologia de ensinosocioconstrutivista.Não se trata de uma técnica atraente para atrair a atenção dos alunos: seu objetivo é fazercom que o aluno se envolva intensamente na atividade educativa alvo do projetoproposto.Significa, também, repensar a escola, o currículo, os tempos escolares, a avaliação e osobjetivos da educação escolar.Paulo Freire defende a idéia de que o aluno aprende participando, tomando atitudesdiante dos fatos, investigando, construindo novos conceitos e informações, e selecionandoos procedimentos apropriados quando diante da necessidade de resolver problemas.No planejamento estabeleceremos ações reflexivas que norteiam e desenvolvem ocognitivo e, paralelamente, mudanças de paradigmas. Existe uma consubstanciação deinteresses em torno de sua elaboração que contempla o ensino com projetos e pesquisas.Seguem as propostas para o ano letivo vigente:- Preparatório 2º anos – ETEC e ENEM e Orientação aos alunos 1º anos SISU/PROUNI;- Preparatório 9º e 3º anos – SARESP, ENEM e Vestibular;- Feira de talentos / passeios turísticos (valorização da região);- Projeto de Educação Financeira – Ensino Fundamental e Ensino Médio (1 aula porsemana);
  9. 9. - Escola Bilíngue (Português, Inglês); - Produção de Curtas (pelos alunos) como projeto para exibição aos alunos, professores e gestores; - Utilização racional das salas de multimeios. O roteiro a ser trabalhado e entregue estão disponíveis no site da escola para download; - Aulas mais dinâmicas: utilização do notebook e projetor não apenas para exibir filmes. A Coordenação tem uma quantidade de material enorme em PowerPoint, vídeos e outros, assim como DVDs enviados pela SEE que contemplam o Currículo. Caso seja necessário, os estagiários do Acessa Escola estarão à disposição para o preparo do material; - Questionário de ocupação dos pais e alunos no site da escola; - Aulas práticas de Matemática, Física, Química e Biologia com utilização dos laboratórios e sala do Acessa Escola (informática); PROJETO INTERDISCIPLINAR Os projetos interdisciplinares partem de um tema central que é estudado sob a ótica dediferentes disciplinas. Ao longo do ano, são formados grupos de trabalho para aprofundamentode pesquisas e produção de material vinculado a diferentes subtemas relacionados. Cadaaluno/grupo participante escolhe com a orientação do professor o subtema com o qual mais seidentifica, o que favorece o processo de absorção de conhecimento, ou seja, o aluno seráprotagonista de sua trajetória acadêmica. AULAS INTEGRADAS As aulas integradas são conteúdos realizados conjuntamente entre as disciplinas afins oucom projetos interdisciplinares e que abordam temas específicos de forma complementarentre as duas ou mais disciplinas. Utilizando recursos multimídia, as aulas integradaspromovem a troca de informações e o debate entre os professores e alunos. PROJETO DROGAS – EDUCAÇÃO PREVENTIVA O Projeto Drogas visa formar uma consciência crítica nos alunos do Ensino Fundamental eMédio quanto às suas responsabilidades e escolhas. Através da educação preventiva, sãodiscutidos temas como Drogas Lícitas e Ilícitas, AIDS e Prevenção. É ainda abordado o tema“Escolhas Profissionais”, entre outros de destaque. AULAS MAGNAS Palestras voltadas aos alunos do Ensino Fundamental e Médio, nas quais são abordadostemas atuais, como questões geopolíticas, mercado de trabalho, esportes, drogas, entre
  10. 10. outros. A temática é tratada de maneira ampla e consistente, estimulando a participação doaluno e sua reflexão sobre assuntos relacionados ao seu cotidiano. De um modo geral, as aulas magnas são ministradas por profissionais de destaque em suasáreas de atuação, mas também podem ser realizadas pelos próprios alunos quedesenvolveram pesquisas aprofundadas sobre temas da realidade contemporânea. REVISÃO INTENSIVA A revisão ocorre ao final de cada bimestre/semestre e é voltada para os alunos do EnsinoFundamental e Médio com ampliação aos alunos da terceira série do Ensino Médio. Tem porobjetivo revisar os principais conteúdos programáticos das diferentes disciplinas, com vistasao bom desempenho nos processos seletivos (vestibulares), SARESP, ENEM e quaisqueroutros processos. AVALIAÇÃO Realizada a cada bimestre, a Avaliação Geral contempla questões dissertativas e objetivas,envolvendo conteúdos de todas as disciplinas. Tem por objetivo estimular o processo deaprendizagem permanente, também por meio do acompanhamento cotidiano dos veículosda mídia jornalística (jornais, revistas, noticiários de rádio e TV e Internet). Aspectos formativos: assiduidade e pontualidade, responsabilidade (como conteúdo,trabalhos em classe e extraclasse, entrega de trabalhos), relacionamento entre alunos eprofessores, disciplina na sala de aula, participação, interesse nas atividades realizadas emsala de aula e auto-avaliação. Aspectos cognitivos: pesquisas, trabalhos extraclasse, trabalhos em grupo em sala de aula,apresentação de trabalhos, desafios, jogos, maquetes, mapas, vídeos e outras atividades quevenham a enriquecer o currículo. O sistema de avaliação do processo de ensino-aprendizagem permeará todo o andamentoda Proposta, em todas as disciplinas e será realizado da seguinte forma: 1 – Avaliação – até 4 2 – Processos Pedagógicos (seminários, trabalhos individuais e em grupo, apostila,caderno, livros) – até 4 3- Recuperação – até 4 4 – Atitudinal – até 2
  11. 11. A recuperação substituirá a menor nota obtida entre avaliação e/ou processospedagógicos. Vale ressaltar que a avaliação não é só aquela pautada em provas ou trabalhos, mas naobservância do que é o aluno em sala. Para este tipo de avaliação cabe o registrosistemático do professor no diário de classe. A avaliação será contínua com a análise global no bimestre, semestre e final do ano letivocom a participação da comunidade escolar para que tenhamos parâmetros para mudançasque se fizerem necessárias. Todos os processos propostos serão articulados com a Direção da Escola e, sempre quenecessário, solicitar subsídios ao Supervisor de Ensino e Diretoria de Ensino.

×