I Colóquio “Sintonizados no ENEM”
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

I Colóquio “Sintonizados no ENEM”

on

  • 2,126 views

Seminário Preparatório ao

Seminário Preparatório ao
Novo Exame Nacional do Ensino Médio - 2010

Statistics

Views

Total Views
2,126
Views on SlideShare
1,834
Embed Views
292

Actions

Likes
0
Downloads
15
Comments
0

2 Embeds 292

http://eeepedsonqueiroz.blogspot.com.br 188
http://eeepedsonqueiroz.blogspot.com 104

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

I Colóquio “Sintonizados no ENEM” I Colóquio “Sintonizados no ENEM” Presentation Transcript

  • EEEP EDSON QUEIROZ Cascavel-Ce I COLÓQUIO “Sintonizados no ENEM” Seminário Preparatório ao Novo Exame Nacional do Ensino Médio - 2010 Professoras: Sabrina Nepomuceno e Hérica Amélia .
  • BREVE HISTÓRICO
    • A educação brasileira tem sofrido profundas e significativas mudanças nos últimos anos. Desde que o modelo de avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – interdisciplinar e contextualizado, com ênfase na “realidade” dos alunos – ganhou espaço entre as escolas e conquistou preferência de muitos educadores. O antigo currículo enciclopédico e pautado na memorização mostrou que está com os dias contados.
    • Da primeira edição em 1998 a esta última (sem dúvida a mais polêmica), o exame promoveu grandes transformações na forma como enxergamos e fazemos educação no país.
    • As instituições de ensino superior passaram a usá-lo como parte de seus processos seletivos e, mais recentemente, algumas decidiram empregá-lo em substituição total a seus antigos vestibulares. Em 2004, com a criação do ProUni, as universidades particulares fizeram dele critério único para seleção dos alunos que concorrem às bolsas.
  • O ENEM EM NOSSO ESTADO
    • A Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) anunciaram recentemente que o Enem será utilizado como processo seletivo dos cursos de graduação em 2011.
    • A UFC usará para 100% das vagas e o IFCE para 40%. Ou seja, os estudantes cearenses, para conquistar vagas nas duas instituições federais, terão que mostrar suas competências e habilidades no Enem, participando do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e concorrendo no âmbito nacional .
  • Inscrições
    • Ao fazer a inscrição, na página eletrônica WWW.inep.gov.br do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o estudante teria de informar o número do próprio CPF, independentemente da idade — não podendo usar o do pai ou da mãe. O sistema de recebimento das inscrições tentou assim coibir eventuais irregularidades ao buscar automaticamente informações sobre o número indicado na base de dados da Receita Federal. Quem tiver mais de 16 anos pode fazer o cadastro de pessoa física em agências do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal ou dos Correios.
    • Prorrogação das Inscrições: 16/julho de 2010
  • Isenção da taxa inscrição
    • Estudantes do último ano do ensino médio de escolas públicas não pagam a taxa de inscrição do Enem 2010.
    • Ficam isentos também inscritos que assinarem declaração de carência. A isenção do Enem possibilita ao estudante carente a realização da prova sem realizar o pagamento da taxa de inscrição Enem. A isenção Enem 2010 é um benefício concedido as pessoas presumidamente carentes (estudantes de escolas públicas) e as pessoas que comprovem a carência financeira.
  • Áreas de Conhecimento
    • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (envolve conhecimentos de Língua Portuguesa, Literatura e Língua Estrangeira Moderna – inglês e espanhol)
    • Ciências Humanas e suas Tecnologias (Geografia, História, Filosofia e Sociologia)
    • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Física, Química e Biologia)
    • Matemática e suas Tecnologias
  • Principais Focos Norteadores
    • Interdisciplinaridade
    • Contextualização
  • A PROVA DO NOVO ENEM
    • O novo Enem é constituído por um conjunto de 4 provas, com 180 questões e uma redação aplicadas em dois dias.
    • Em 6 de novembro, sábado, serão aplicadas as 45 questões de ciências da natureza e 45 ciências humanas, das 13h às 17h e 30 min.
    • No domingo, dia 7, das 13h às 18h30, será a vez de 45 de matemática e 45 de linguagens e códigos e redação.
    • DATAS: 06 E 07 DE Novembro /2010
  • Questões
    • As questões do ENEM são elaboradas com base na matriz de Referência publicada pelo Ministério da Educação em maio de 2009.
    • A matriz descreve cinco eixos cognitivos que são comuns às quatro áreas do conhecimento e à redação e pressupostos de amplo domínio para
    • aqueles que concluem o Ensino Médio, que são:
    • Dominar linguagens
    • Compreender fenômenos
    • Enfrentar situações-problema
    • Construir argumentação
    • Elaborar propostas
    • As questões são corrigidas pela Teoria da Resposta ao Item (TRI), sistema que atribui pesos diferentes, ou seja, questões mais difíceis têm pontuação maior do que as outras questões consideradas mais fáceis.
  • O Enem e o ProUni
    • O Programa Universidade para Todos (ProUni) tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.
    • Dirigido aos estudantes egressos do Ensino Médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, o ProUni seleciona os candidatos pelas notas obtidas no Enem.
    • Para concorrer às bolsas, o candidato deve, também, ter renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e satisfazer a pelo menos uma das condições:
    • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública.
    • Ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição.
    • Ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral na instituição privada.
    • Ser portador de deficiência.
    • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente de instituição pública e que esteja concorrendo a bolsas nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos não é considerado o critério de renda.
  • Inscrições ProUni
    • Internet
    • Sistema do ProUni (SisProUni)
    • Nº de insc. no ENEM, CPF, e-mail válido
    • Pesquisa de instituições e cursos
    • 05 opções IES
    • Notas de Corte
  • O Sistema de Seleção Unificada (SISU)
    • É o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação, por meio do qual as IES selecionam novos estudantes exclusivamente pela nota do ENEM.
    • Inscrição:
    • Portal MEC
    • Número de inscrição e senha do Enem
    • E-mail
  • Diferenças ProUni e Sisu
    • ProUni: Programa Universidade para Todos - Bolsas de estudo em IES
    • Sisu: Sistema de Seleção Unificado – Sistema informatizado do MEC, onde instituições públicas de Ensino Superior participantes selecionarão alunos exclusivamente pela nota obtida no ENEM
    • Na sua 1ª edição, em 1998, o Enem contou com um número modesto de 157,2 mil inscritos e de 115,6 mil participantes. Na 4ª edição, em 2001, já alcançava a marca expressiva de 1,6 milhão de inscritos e de 1,2 milhão de participantes.
    • Hoje, o Enem é um patrimônio da sociedade brasileira e tem o seu valor reconhecido pela comunidade educacional.
    • Como órgão responsável pelo desenvolvimento e coordenação do Exame, o Inep se empenhou desde o início em conquistar o apoio dos sistemas de ensino, das instituições de ensino superior e da comunidade de especialistas e educadores.
  • Cinco Dicas!!!
    • No dia do Enem: cinco dicas para fazer uma boa redação e como dividir o tempo no dia da prova
    • (Fonte: Bol Notícias)
    • Evitar o nervosismo é o principal desafio do estudante. "A prova é basicamente de leitura e interpretação de textos, portanto deve-se ler as questões com calma, pois na maioria das vezes o que é pedido está no próprio texto", diz a professora de matemática da Etesp-SP (Escola Técnica Estadual de São Paulo), Márcia Xavier Cury. O professor Éder Melgar, do cursinho Intergraus, de São Paulo, apresenta uma estratégia. Para ele, a melhor maneira de saber como usar o tempo na prova é estudar por provas anteriores. "É um jeito de se acostumar com o tempo, com o formato da prova e com a forma como as questões são apresentadas". Melgar ressalta também que o aluno deve ter em mente o objetivo que tem ao prestar o Enem, ou seja, se vai usar a nota em vestibulares que levam em conta a redação ou não. "Não fazer a redação é uma estratégia usada por alguns, mas fazê-la pode servir também como treino para a redação do vestibular. Na Unicamp, por exemplo, o estudante não pode ter zerado na redação do Enem", lembra. A temida redação
    • A professora de português Florides Vieira Zambo, do Cefet-SP (Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo), ressaltou que é preciso ter concentração na hora de escrever: "o estudante deve fazer o que já fazia em sala de aula".
    • Ela diz que o ideal é fazer a redação em uma hora, com cerca de 30 linhas e, no mínimo, 3 parágrafos. Florides ressalta também que é melhor usar períodos mais curtos: "são mais objetivos e são melhores para evitar erros de concordância nominal, que ocorrem geralmente em frases longas".
    • Ela listou os 5 passos da boa redação:Ler com atenção os textos que serão dados na proposta de redação; observar se o texto tem coerência e coesão; reler; corrigir eventuais erros; passar a limpo.
  • Pra não esquecer...
    • Quem pretende fazer uma faculdade e vai passar pelo vestibular ou Enem, precisa ter em mente algumas coisas que são essenciais na hora de estudar. Uma delas é a organização . Para não se perder prepare um cronograma de estudos e siga-o.
    • Estudar o máximo que puder é importante, mas não vá além da conta. Ao se cansar, pare. A mente cansada não assimila o conteúdo.
    • Na hora da prova, vá com segurança. Não sinta-se inseguro. Na hora de responder uma questão muito difícil, ou que não se sabe a resposta, não perca tempo e deixe-a para o final.
    • Não acumule matérias. Procure se concentrar em várias matérias diariamente, fixar os estudos numa única pode ser cansativo.
    • Uma cena comum em dias de provas importantes como o Enem é a correria. Para evitar que isso aconteça, procure c onhecer o local da prova com antecedência . Muita gente vai para o local onde prestará o exame sem ter a menor ideia da sua localização.
    • Se isso não for possível, procure sair bem cedo de casa. Hoje em dia é comum ficar preso num congestionamento ou dar de cara com um trecho em obras. Além de correr o risco de perder a prova, há os efeitos colaterais como o stress e o cansaço causado por uma possível correria.
    • Alimentação normalmente é algo desprezado por quem vai prestar uma prova importante como o Enem, ou o vestibular. Evite comer demais e fuja de alimentos pesados. A pior coisa que tem na hora da prova é sentir-se pesado.
    • Ou pior, sentir sono. Como as provas são depois do almoço, ingerir alimentos pesados e gordurosos pode fazer você se sentir sonolento. Aliás, o bom é procurar manter uma dieta saudável bem antes da prova. Peixe, verduras, frango e frutas são os mais indicados.
    • Outro detalhe: evite consumir alimentos ricos em cafeína . Refrigerantes de Cola, chá preto, café e até o guaraná em pó podem atrapalhar o sono, e deixá-lo cansado na hora da prova.
    • Em primeiro lugar, a ansiedade é um dos fatores que mais atrapalham o desempenho na prova. O nervosismo e o stress causado pela espera podem fazer o cérebro travar. Ano passado muita gente sofreu com isso. Principalmente depois do cancelamento, causado pelo vazamento da prova.
    • Este ano, se tudo der certo, esse é um motivo a menos para se preocupar, pois tudo deve correr dentro do cronograma. Então, relaxe , e não deixe que os nervos o derrubem. Na noite anterior ao exame, durma. Durma cedo . Nada de ficar estudando até tarde. Você teve o ano inteiro para estudar, e aprender o máximo que pode, e entrar madrugada a dentro não vai fazer muita diferença.
    • Isso só vai deixá-lo cansado. E é preciso saber que o mais difícil na prova é ficar horas sentado, raciocinando . Estar inteiro e descansado, isso sim, pode fazer a diferença entre ir bem ou não.
    • Muita gente morre de medo do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio . O ano passado, então, com o aumento do número de questões para 180 deixou muita gente com o cabelo em pé.
    • No entanto, tenho uma boa notícia para quem quer se dar bem: o Enem não é um bicho de sete cabeças, e tirar uma boa nota é uma tarefa relativamente simples. Só é preciso se empenhar e acreditar firmemente em sua trajetória e em seu potencial!
    • O que importa é isso:
    • Estar pronto para a qualquer momento sacrificar o que somos, pelo que acreditamos que viremos a ser!!!
    • Boa Prova, Bom ENEM!!!
    • Fim.