Conselho 02

2,806 views
2,669 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,806
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Conselho 02

  1. 1. Medir Processo Avaliar Educativo
  2. 2. Currículo e Avaliação <ul><li>Níveis de avaliação </li></ul><ul><li>Aprendizagem dos educandos; </li></ul><ul><li>Instituição como um todo; </li></ul><ul><li>Sistema escolar </li></ul>
  3. 3. A avaliação e o papel social da educação escolar <ul><li>Avaliação escolar: </li></ul><ul><li>Cheia de intenções(valores,atitudes ou conteúdos); </li></ul><ul><li>Parte do processo pedagógico; </li></ul><ul><li>Acompanhar o desenvolvimento; </li></ul><ul><li>Apreciação final de um período; </li></ul><ul><li>Planejar ações futuras. </li></ul>
  4. 4. Medir X Avaliar <ul><li>Medir </li></ul><ul><li>classificatória </li></ul><ul><li>nota </li></ul><ul><li>Provas e testes </li></ul>Presente e passado Progresso alcançado Parte do processo
  5. 5. Medir x avaliar <ul><li>Avaliar </li></ul>Manter ou melhorar Acompanhar Refletir para planejar <ul><li>Reorientar </li></ul><ul><li>Objetivos </li></ul>Definição de conteúdos e métodos
  6. 6. Avaliação com objetivos diferenciados <ul><li>Formativa: </li></ul><ul><li>Durante o processo; </li></ul><ul><li>Objetivo de reorientá-lo. </li></ul><ul><li>Somativa: </li></ul><ul><li>Final do processo; </li></ul><ul><li>Objetivo de apreciar o resultado. </li></ul>
  7. 7. Concepção de Educação e Avaliação <ul><li>Perspectiva de avaliação: </li></ul><ul><li>Marcada pela lógica do(a):inclusão, diálogo, construção da autonomia, mediação, participação e construção de responsabilidade com o coletivo; </li></ul><ul><li>Alinhada com a Proposta Pedagógica: </li></ul><ul><li>democrática </li></ul><ul><li>Inclusiva </li></ul><ul><li>Todos podem aprender </li></ul><ul><li>Ações , estratégias e conteúdos planejados </li></ul>
  8. 8. Papel da Escola <ul><li>Incluir; </li></ul><ul><li>Promover crescimento; </li></ul><ul><li>Desenvolver autonomia; </li></ul><ul><li>Socializar experiências; </li></ul><ul><li>Perpetuar e construir cultura. </li></ul>
  9. 9. Papel da Avaliação <ul><li>Promover a realização dos princípios norteadores da escola; </li></ul><ul><li>Auxiliar professores e estudantes na compreensão mais organizada do processo ensino-apredizagem. </li></ul>
  10. 10. Avaliação Formativa na Prática: <ul><li>Planejar e construir instrumentos de avaliação </li></ul><ul><ul><ul><li>Interações com os educandos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Possibilidades de entendimentos dos conteúdos; </li></ul></ul></ul><ul><li>Foco:processo de aprendizagem </li></ul><ul><ul><ul><li>Ao longo do processo; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ajustamentos sucessivos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Papel ativo do estudante( autonomia) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Interação </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Diálogo </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Responsabilidade </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Conhecer os conteúdos, os objetivos e critérios de verificação e análise dos seus avanços </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Auto-avaliação </li></ul></ul></ul></ul>
  11. 11. Avaliação Formativa <ul><li>Para o Professor: </li></ul><ul><ul><ul><li>Atento aos processos e às aprendizagens de seus estudantes; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não avalia com o propósito de dar uma nota;ela é inerente ao processo; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Entende que é essencial para dar prosseguimento à aprendizagem; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>No cotidiano das tarefas propostas, das suas observações atentas, das práticas de sala de aula. </li></ul></ul></ul>
  12. 12. Avaliação Formativa <ul><li>Para os estudantes: </li></ul><ul><ul><ul><li>Orienta a realização dos trabalhos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ajuda a localizar suas dificuldades e potencialidades; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Redireciona seus percursos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Favorece a auto-avaliação. </li></ul></ul></ul>
  13. 13. Dois aspectos a refletir: <ul><li>Autonomia e auto-direção: </li></ul><ul><ul><ul><li>Valorizar seu papel como sujeito que pode decidir; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Construção de relações </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Construtores de uma nova vida social. </li></ul></ul></ul><ul><li>Exclusão: </li></ul><ul><ul><ul><li>Afasta os estudantes da cultura; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Afasta do conhecimento escolar; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Afasta da própria escola: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Indução da evasão; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Reprovação. </li></ul></ul></ul></ul>
  14. 14. <ul><li>É fundamental </li></ul><ul><li>1.1 Transformar a prática avaliativa em prática de aprendizagem </li></ul><ul><li>É necessário </li></ul><ul><li>2.1 Avaliar como condição para a mudança de prática e para o redimensionamento do processo ensino/aprendizagem </li></ul><ul><li>Avaliar </li></ul><ul><li>3.1 Faz parte do processo de ensino e de aprendizagem: </li></ul><ul><li>não ensinamos sem avaliar </li></ul><ul><li>não aprendemos sem avaliar </li></ul>
  15. 15. A Característica Processual da Avaliação <ul><li>Medição de competências e habilidades ao final de um período; </li></ul><ul><li>Verificação da aprendizagem; </li></ul><ul><li>Induz subordinação e controle de comportamento; </li></ul><ul><li>Avalia o conhecimento aprendido, seu desenvolvimento, o comportamento,seus valores e atitudes; </li></ul><ul><li>Avaliação formal: Provas </li></ul><ul><li>Avaliação informal: Cotidiano da sala, juízos de valor. </li></ul>
  16. 16. O Cotidiano e suas Possíveis Práticas de Avaliação das Aprendizagens <ul><li>Instrumentos </li></ul><ul><li>Deve-se observar alguns aspectos importantes: </li></ul><ul><li>A linguagem a ser utilizada; </li></ul><ul><li>A contextualização daquilo que se investiga; </li></ul><ul><li>O conteúdo deve ser significativo; </li></ul><ul><li>Estar coerente com os propósitos do ensino; </li></ul><ul><li>Explorar a capacidade de leitura e de escrita, bem com o raciocínio. </li></ul>
  17. 17. O Registro <ul><li>Deve ser feito de diferentes maneiras; </li></ul><ul><li>Documentar os dados coletados ao longo do processo; </li></ul><ul><li>A periodicidade deve estar de acordo com a realidade de cada grupo e do contexto geral; </li></ul><ul><li>Finalidade: registrar o acompanhamento, os avanços e recuos , para mediar e traçar estratégias de ação adequadas; </li></ul><ul><li>Outros instrumentos de registro: planilhas de notas, relatórios do desempenho, anotações diárias... </li></ul>
  18. 18. Alguns Procedimentos de Avaliação Formativa <ul><li>Portfolio </li></ul><ul><li>Caderno de Aprendizagens </li></ul><ul><li>Memorial </li></ul><ul><li>Autoavaliação </li></ul><ul><li>Conselho de Classe </li></ul>
  19. 19. Portfolio <ul><li>Instrumento de registro: propicia a memória dos processos de ensino e de aprendizagem; </li></ul><ul><li>Instrumento de avaliação: valoriza o trabalho, os avanços e aprendizagens. </li></ul>
  20. 20. Caderno de Aprendizagens <ul><li>Pode ser utilizado em duas situações </li></ul><ul><li>Atividades de acompanhamento dos conteúdos escolares: propósito de superar as dificuldades e dúvidas sobre conteúdos já estudados; </li></ul><ul><li>Registros Reflexivos: autoavaliação para os estudantes.Registram-se os caminhos percorridos pelo estudante. </li></ul>
  21. 21. Memorial <ul><li>Escrita livre do estudante </li></ul><ul><li>Possibilita ao educando: </li></ul><ul><li>Exercitar a sua capacidade reflexiva sobre sua atuação,empenhos e compromissos ; </li></ul><ul><li>Desenvolver sua capacidade de expressão escrita,registrando suas idéias de forma organizada, clara, coerente e correta. </li></ul>
  22. 22. Autoavaliação <ul><li>Favorece ao estudante a auto-reflexão; </li></ul><ul><li>Ajuda na superação das dificuldades de aprendizagem. </li></ul>
  23. 23. Conselho de Classe <ul><li>Espaço ressignificado; </li></ul><ul><li>Função resgatada; </li></ul><ul><li>Destinado a traçar estratégias para intervenções pedagógicas; </li></ul><ul><li>Espaço de estudo e discussão acerca de questões teóricas: violência, educação especial, formas e procedimentos de avaliação, construção coletiva de ações, avaliação das metas e princípios estabelecidos no P.P.P. e sua concretização, formas de relacionamento com as famílias,etc. </li></ul>
  24. 24. Referência Bibliográfica <ul><li>FERNANDES, Cláudia de Oliveira e FREITAS,Luiz Carlos. Currículo e Avaliação. In: Indagações sobre o Currículo – Brasília:Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2008. </li></ul>

×