Ec tecnologia e mudancas na educacao 200806

762 views
617 views

Published on

Published in: Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
762
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ec tecnologia e mudancas na educacao 200806

  1. 1. Tecnologia e Mudanças na Educação Eduardo Chaves Professor de Filosofia da Educação (aposentado), UNICAMP Presidente, Instituto Lumiar Consultor, Microsoft
  2. 2. Tecnologia (Sentido Amplo) • Não engloba o que existe na natureza • Abrange o que o ser humano inventa: • Para tornar sua vida mais fácil (“ferramentas”) • Para tornar sua vida mais agradável (“brinquedos”) • Dois tipos básicos de tecnologia: • Tangível: instrumentos, ferramentas, equipamentos (ou tecnologias “hard”: hardware) • Intangível: linguagens, notações, métodos, técnicas, procedimentos, etc. (ou tecnologias “soft”: software)
  3. 3. Tecnologia e Educação • Linguagem Verbal: Fala, Escrita, Leitura • Desde vários milênios (a fala), cerca de três mil anos (a escrita alfabética manual e a leitura) • Texto Impresso: Livros, Publicações Periódicas • Cerca de 550 anos (1455: Prensa de tipo móvel) • Audiovisual: Cinema, Rádio, Televisão • Cerca de 100 (cinema), 80 (rádio) e 60 anos (televisão) • Tecnologia Digital: Computador • Cerca de 60 anos (30, no caso do computador pessoal)
  4. 4. Dois Desafios no Uso da Tecnologia • Manejar a tecnologia (hardware/software) do ponto de vista técnico • Com o tempo o computador passará a fazer parte do processo natural de familiarização das pessoas com as diversas tecnologias existentes e a inclusão digital deixará de ser um grande desafio (distinção entre os “imigrantes digitais” e os “nativos digitais”) • Aplicar a tecnologia para melhorar a qualidade de vida (pessoal, social, profissional, etc.) • Este o maior desafio – e é um desafio permanente
  5. 5. Tecnologia e Mudanças na Educação • A mera introdução do computador na escola e o seu manejo técnico, ainda que competente, por professores e alunos não produzirão mudanças significativas na educação • O que produzirá mudança significativa na escola é a invenção de formas de usar a tecnologia que tragam melhora considerável na aprendizagem dos alunos • Desafio: não tanto aprender a usar a tecnologia, mas usar a tecnologia para aprender (melhor)
  6. 6. Tecnologia, Reforma, Transformação • A tecnologia pode ser usada, na escola, para: • Sustentar o que já se faz (conservar o que se faz) • Suplementar o que se faz (estender o que se faz) • Subverter o que se faz (mudar o paradigma) • Assim temos posturas: • Conservadora (não há mudança) • Reformadora (mudanças parciais ou incrementais *) • Transformadora (mudança de paradigma) * Incremental = por adição ou acréscimo
  7. 7. Exemplo de Fora da Educação • Tecnologia e Livrarias • A tecnologia e a automatização de processos dentro de uma livraria (uso conservador da tecnologia) • A tecnologia abrindo, para uma livraria convencional, uma nova forma de vender, através de site na Web (uso reformador da tecnologia) • A tecnologia viabilizando a existência de livrarias (na verdade, centrais de venda) totalmente virtuais (uso transformador da tecnologia) • A venda personalizada de livros (e outros produtos)
  8. 8. Menor, lenta, gradual, superficial, incremental Maior, rápida, súbita, profunda, sistêmica Dentro de um paradigma: próxima da prática atual Subverte o paradigma: distante da prática atual REFORMA TRANSFORMAÇÃO A Natureza da Mudança e a Linha da Inovação Adaptado de David Hargreaves, Education Epidemic – – + +
  9. 9. “Para mudar o mundo, precisamos imaginá-lo diferente do que é hoje. Se, nessa visão, usarmos muito do conhecimento e da experiência que nos trouxeram até aqui, terminaremos exatamente onde começamos... Para ter um resultado diferente, temos de olhar as coisas de uma perspectiva radicalmente diferente.” J Allard, Vice-Presidente da Microsoft Business Week, 4 Dez 2006, p.64
  10. 10. “Se você continua a fazer basicamente o que você sempre fez, você vai continuar a obter basicamente os mesmos resultados que você sempre obteve” Jack Canfield
  11. 11. A Força Motriz da Inovação • A força motriz da transformação da escola não é a tecnologia, em si, mas, a pedagogia: ou, mais precisamente, uma visão pedagógica inovadora • Não é a tecnologia que dita a mudança que traz real transformação: é a visão inovadora • A tecnologia, em si, não vai mudar a escola – mas a escola de hoje não irá mudar sem a tecnologia • A tecnologia deve assumir um papel auxiliar: o de ajudar a viabilizar o processo de mudança
  12. 12. Linhas Básicas de Visão Inovadora • Contexto: nova realidade • Educação: nova forma de ver a educação • Aprendizagem: nova forma de ver o aprendizado • Escola: nova forma de ver o currículo (o quê?), a metodologia (como?), a avaliação (“e daí?”) • Tecnologia: nova forma de comunicação, acesso à informação e disponibilização de informação • Gestão: nova forma de gerir o processo • Profissionais: novos ofícios
  13. 13. Eduardo Chaves eduardo@chaves.com.br http://escolalumiar.spaces.live.com

×