Sistema óSseo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Sistema óSseo

on

  • 56,289 views

 

Statistics

Views

Total Views
56,289
Views on SlideShare
55,882
Embed Views
407

Actions

Likes
13
Downloads
1,187
Comments
3

8 Embeds 407

http://junqueiragarcez.blogspot.com 219
http://grupoaliancaenfermagem.blogspot.com 97
http://www.slideshare.net 32
http://www.grupoaliancaenfermagem.blogspot.com 30
http://grupoaliancaenfermagem.blogspot.com.br 25
http://webcache.googleusercontent.com 2
http://www.junqueiragarcez.blogspot.com 1
http://www.grupoaliancaenfermagem.blogspot.com.br 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sistema óSseo Presentation Transcript

  • 1. ANATOMIA HUMANA Sistema Ósseo Enfº Eduardo Gomes da Silva – COREN 001790 Enfª Juliana Lopes Figueiredo – COREN 99792
  • 2. Sistema Ósseo
    • Forma rígida de tecido conjuntivo
    • Forma a maior parte do esqueleto
    • Principal tecido de suporte do corpo
    • Constitui cerca de 206 ossos
  • 3. Sistema Ósseo - Tipos
    • Osso esponjoso
    • Osso compacto
    • Diferenças entre eles dependem da quantidade relativa de matéria sólida e do número dos espaços em cada um
  • 4. Sistema Ósseo - Tipos
    • O osso compacto se localiza na parte externa, embaixo do periósteo (a membrana conjuntiva que reveste os ossos) de grande dureza e densidade, cuja grossura depende da exigência mecânica. Organiza-se em forma de finas lâminas concêntricas, que fazem parte dos denominados sistemas Haversianos. 
    • O osso esponjoso é o de menor peso, tem forma de grade, com espaços ósseos nos que se encontra a medula óssea. Geralmente, localiza-se na parte interna da diáfise ou corpo dos ossos e nas extremidades ou epífise. 
  • 5. Sistema Ósseo Características
    • Todos possui um envoltório externo de osso compacto ao redor de uma massa central de osso esponjoso, exceto quando este último é substituído pela medula óssea ou pela cavidade medular
  • 6. Cavidade Medular
    • Medula vermelha: ativa na formação de sangue (hematopoese)
    • Medula amarela: inerte e gordurosa
  • 7. Sistema Ósseo Classificação
    • Ossos curtos
    • Ossos longos
    • Ossos irregulares
    • Ossos pneumáticos
    • Ossos planos
    • Ossos sesamóides
    • Ossos acessórios
  • 8. Ossos Curtos
    • Possui equivalência nas três dimensões, ou seja, comprimento x largura x espessura. Ex. ossos do carpo
  • 9. Ossos Curtos
  • 10. Ossos Longos
    • Seu comprimento predomina sobre a largura e espessura. Eles apresentam extremidades chamadas epífises proximal e distal e um corpo chamado de diáfise onde encontra-se o canal medular
  • 11. Ossos Longos
  • 12. Ossos Irregulares
    • Não possuem formas geométricas definidas. Ex vértebras
  • 13. Ossos Irregulares
  • 14. Ossos Planos
    • Sua largura e comprimento são predominante sobre a espessura. Ex. escápula
  • 15. Osso Plano
  • 16. Ossos Pneumáticos
    • Possuem cavidades chamadas seios que são revestidas por mucosa que fabrica muco lubrificante e protetor contra agentes patogênicos. Ex. maxilar e frontal
  • 17. Osso Pneumático
  • 18. Osso Sesamóide
    • São ossos diferenciados porque surgem infiltrados nas articulações antes de constituir um osso compacto. Ele protege o tendão de gasto excessivo e vantagem mecânica na articulação
  • 19. Osso Sesamóide
  • 20. Ossos Acessórios
    • Desenvolvem-se quando centros adicionais de ossificação aparecem e dão origem a ossos extras. É comumente encontrados nos pés e ocasionalmente em tecidos moles onde normalmente não estão presentes. Ex. cicatrizes, sendo chamados de heterotópicos
  • 21. Sistema Esquelético
    • Esqueleto axial: compreende crânio, coluna vertebral, osso hióide, costelas e esterno
    • Esqueleto apendicular: constituídos pelos ossos da cintura escapular e membros superiores; cintura pélvica e membros inferiores
  • 22. Desenvolvimento
    • Placa epifisária: ou disco epifisário constituídas de cartilagem que interpõe entre as diáfises e as epífises durante a fase de crescimento ósseo. Quando o crescimento do osso cessa e a diáfise funde-se com a epífise, esse processo é chamado de sinostose
  • 23.  
  • 24. Suprimento Arterial dos Ossos
    • São ricamente supridos por artérias penetrando em seu interior através do periósteo, a membrana de tecido conjuntivo que os recobre
    • As artérias periostais: entram no corpo de um osso em numerosos pontos e suprem o osso compacto, sendo responsáveis pela sua nutrição
    • Artéria nutrícia: suprem o osso esponjoso e a medula óssea
    • Artérias epifisárias: suprem as extremidades dos ossos, originando-se principalmente de artérias que suprem articulações associadas
    • Drenagem venosa e linfática dos ossos: são abundantes no periósteo e acompanham as artérias e muitas veias saem através de forames
  • 25. Suprimento Arterial dos Ossos
  • 26. Inervação
    • Acompanham os vasos sanguíneos pelo periósteo, sendo ricos em nervos sensitivos, chamados nervos periósticos
  • 27. Funções dos Ossos
    • Proteção de estruturas vitais
    • Sustentação do corpo
    • Base mecânica para movimentos
    • Células sanguíneas
    • Armazenamento de sais
  • 28. Articulações
    • Articulações fibrosas
    • Articulações cartilaginosas
    • Articulações sinoviais
  • 29. Articulações Fibrosas
    • São unidas por tecido fibroso, cuja quantidade de movimento que ocorre neste tipo de articulação depende do comprimento das fibras que ligam os ossos ex. suturas cranianas
  • 30. Suturas
    • Ocorrem somente no crânio. Embora separados, os ossos são mantidos juntos por várias camadas de tecido conjuntivo denso. A união das superfícies articulares é extremamente forte e há pouco movimento entre os ossos
  • 31. Articulações Fibrosas
  • 32. Sindesmose
    • Os ossos são unidos por uma faixa de tecido fibroso, podendo ser um ligamento ou membrana fibrosa
    • O grau de movimento depende da distancia entre os ossos e o grau de flexibilidade do tecido fibroso da união
  • 33. Sindesmose
  • 34. Gonfose
    • Articulação específica entre um dente e o osso, no seu alvéolo onde o tecido fibroso do ligamento periodontal ancora com firmeza o dente
  • 35. Gonfose
  • 36. Articulações Cartilaginosas
    • Articulação Cartilaginosa Primária: os ossos são unidos por cartilagem hialina que permite ligeira inclinação, em geral uma união temporária, como placas cartilaginosas epifisárias que separa as extremidades do osso longo
  • 37. Articulações Cartilaginosas
    • Articulação cartilaginosa secundária: as superfícies dos ossos articulados são cobertas por cartilagem hialina e os ossos são unidos por tecido fibroso forte ou fibrocartilagem
  • 38. Articulações Cartilaginosas
  • 39. Articulações Sinoviais
    • É o tipo mais comum e importante funcionalmente
    • Em geral permitem movimento livre entre os ossos que unem
    • Contém uma substância lubrificante chamada de líquido sinovial e são revestidas por membrana sinovial
  • 40. Características da Articulação Sinovial
    • Possuem uma cavidade articular
    • Possuem cartilagem articular
    • Possuem uma cápsula articular (revestida por membrana sinovial) reduzindo o atrito entre esses ossos
  • 41.  
  • 42.  
  • 43. Cavidade Articular
    • Não tem nervos ou vasos sanguíneos
    • É nutrida pelo líquido sinovial que cobre sua superfície livre, provindo dos capilares na membrana sinovial
  • 44. Cavidade Articular
  • 45. Cápsula Articular
    • Envolve a articulação
    • É revestida por um tecido conjuntivo vascular chamado de membrana sinovial, produzindo o líquido sinovial
    • Regenera-se quando danificada
    • Reforçada por ligamentos e acessórios
  • 46. Cápsula Articular
  • 47. Esqueleto Axial
    • Crânio:
    • Parietal
    • Frontal
    • Occipital
    • Forame Magno
    • Mandíbula
    • Maxilar
    • Nasal
    • Temporal
    • Zigomático
    • Esfenóide
    • Meato Acústico Externo
  • 48. Esqueleto Axial
    • Tronco
    • Esterno
    • Costelas
    • Vértebras
    • Hióide
    • Cartilagens costais
  • 49. Esqueleto Apendicular
    • Membros Superiores:
    • Úmero
    • Rádio
    • Ulna
    • Carpo
    • Metacarpo
    • Falanges (proximal,média e distal)
  • 50. Esqueleto Apendicular
    • Membros Inferiores:
    • Fêmur (cabeça, colo anatômico, trocanter maior, trocanter menor)
    • Patela
    • Tíbia
    • Fíbula
    • Tarso (calcâneo, navicular, cubóide,cuneiforme lateral, intermédio e medial)
    • Metatarsos
    • Falanges (proximal, medial e distal) e hálux
  • 51. Esqueleto Apendicular
    • Canal medular:extremidades dos ossos longos (epífises proximal e distal)
    • Corpo dos ossos longos (diáfises)
    • Cíngulo do membro superior (cintura escapular): clavículas e escápulas
    • Cíngulo do membro inferior (cintura pélvica): ílios, ísqueos, púbis e a cartilagem sínfise púbica
  • 52. Ossos do quadril
    • Crista Ilíaca
    • Fossa Ilíaca
    • Fossa do acetábulo
    • Acetábulo
    • Forame Obturado
    • Espinha Isquiática
    • Face Sinfisial
    • Pelve Masculina
    • Pelve Feminina
  • 53. Articulações
    • Cartilagem Articular
    • Sindesmose Tíbio-Fibular Distal
    • Ligamento da Cabeça do Fêmur
    • Articulação Sacro-Ilíaca
    • Sínfise Púbica
  • 54. grupoaliancaenfermagem.blogspot.com