• Save
Sida Parte 1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Sida Parte 1

on

  • 4,634 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,634
Views on SlideShare
4,595
Embed Views
39

Actions

Likes
7
Downloads
1
Comments
0

4 Embeds 39

http://grupoaliancaenfermagem.blogspot.com 16
http://www.slideshare.net 16
http://grupoaliancaenfermagem.blogspot.com.br 5
http://www.grupoaliancaenfermagem.blogspot.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sida Parte 1 Sida Parte 1 Presentation Transcript

  • Síndrome da Imunodeficiência Adquirida
    • Enfº Eduardo Gomes da Silva – COREN 001790
    • Enfª Juliana Lopes Figueiredo – COREN 99792
  • SIDA
    • Síndrome da Imunodeficiência Adquirida
    • Histórico
    • Transmissão
    • Diagnóstico
    • Manifestações clínicas
    • Tratamento
    • Prevenção
  • Histórico
    • Em 1981, surgem os primeiros casos relatados na literatura médica
    • Tecidos e fluídos orgânicos de casos de óbitos mal, esclarecidos ocorridos na década de 60 e 70, evidenciaram casos de AIDS (Europa, Estados Unidos e África)
  • Histórico
    • Em junho de 1981 houveram 5 casos de pneumonia por P. carinni em homens jovens, que tinham em comum o fato de serem homossexuais
    • Em julho de 1981, houve um surto de sarcoma de kaposi e pneumocistose entre os homossexuais em Nova York e Los Angeles
  • Histórico
    • Foi denominada como “peste gay”, doença fatal, doença dos 4 H
    • A descoberta do agente causador tornou-se prioridade devido sua alta letalidade
    • Dezembro de 1981: doença infecciosa, transmitida através do ato sexual
    • Em 1983: identificação do retrovirus por grupos de cientistas franceses e americanos, após um longo processo foi reconhecida a primazia dos franceses (Luc Montagnier, Instituto Pasteur)
  • Etiopatogenia
    • Vírus da imunodeficiência humana (HIV1 e HIV2)
    • Imunossupressão progressiva e desrregulação imunitária, resultando em infecções oportunistas, neoplasias e/ou manifestações definidoras de AIDS
    • Família Retroviridae, subfamília lentivírus
  • Vírus da Imunodeficiência Adquirida
  • Transmissão
    • Sexual
    • Sangue e hemoderivados
    • Transmissão perinatal
    • Transplantes
    • Diálises e procedimentos hospitalares
    • Risco profissional
  • Diagnóstico
    • Elisa (ensaio imunoenzimático)
    • Western-blot
    • Imunofluorescência
    • PCR (reação em cadeia da polimerase)
  • Diagnóstico
    • Elisa se faz 2x. Se positivo ou 1 positivo e outro negativo faz-se o especifico Western-blot (protocolo)
    • Janela imunológica até 12 semanas ou 4 meses
    • O portador ao vírus tem CD4 e CD8 tem diminuição de 20 células por ml de sangue.
  • Patogênese
    • Ligação e penetração viral nas células alvo
    • A molécula CD4 (imunoglobulina) é o receptor celular à infecção direta pelos HIV circulantes
  • Patogênese
    • Perda do envoltório viral
    • Ação da transcriptase reversa
    • Penetração do provírus no núcleo da célula alvo
    • Integração ao genoma do hospedeiro
  • O Vírus
    • Duas formas de de HIV geneticamente diferentes denominadas HIV1 e HIV2
  • Perfil
    • É um vírus esférico contendo um cerne cônico circundado por um invólucro lipídico derivado da membrana celular do hospedeiro
    • Ao nível do invólucro lipídico existem duas proteínas importantes : a proteína gp120 e a proteína gp41
  • Perfil
    • O centro viral: várias proteínas das quais a p24 é a mais importante
    • Duas cópias de RNA genômico
    • Três enzimas virais: uma protease, uma transcriptase reversa e integrase
  • Perfil
  • Os Aliados
    • As células do sistema imunitário têm na sua membrana uma glicoproteína designada de CD4 (as CD4). Outro exemplo é o T4
    • Essas proteínas da membrana das células do sistema imunitário são receptores que servem para que as células comuniquem entre si
  • A Batalha
    • O HIV tem dois alvos principais: o sistema imune e o sistema nervoso central
  • A Batalha
    • A etapa inicial é a ligação da glicoproteína gp120 viral à glicoproteína CD4 da célula do sistema imune
    • Esta ligação produz uma alteração da conformação das proteínas resultando no aparecimento de um novo local de reconhecimento na gp120, que vai interagir com co-receptores ccr5 e cxcr4
  • A Batalha
    • A etapa seguinte envolve alterações da conformação da gp41 permitindo a fusão do invólucro lipídico do vírus com a membrana celular do macrófago ou linfócito T
    • Após a fusão, o cerne viral contendo o genoma do HIV entra no citoplasma celular e inicia-se a infecção
  •  
  •  
  •  
  • Janela Imunológica
    • Tempo entre a infecção pelo vírus e a soroconversão (quando os anticorpos passam a ser detectáveis no sangue e os testes sorológicos tornam-se positivos
  • Patogênese História Natural da Infecção
    • Transmissão viral
    • Síndrome retroviral aguda
    • Soroconversão
    • Período de latência clínica com ou sem lifadenopatia persistente
    • Infecção sintomática pelo HIV
    • AIDS
  • Manifestações Clínicas
    • Depleção seletiva do linfócito CD4, crucial na manutenção da função imune normal
    • Replicação viral
    • Respostas imunes celular e humoral
  • Infecção Aguda
    • Síndrome monocucleose símile
    • Febre, adenomegalia, faringite, exantema transitório e meningite asséptica
    • Viremia plasmática e diminuição de cels CD4
  • Mononucleose Símile
  • Fase Assintomática
    • Fase de latência, de duração variável
    • Replicação viral persistente, especialmente nos centros germinativos dos linfonodos e tecidos linfóides secundários
  •  
  • Fase Crônica
    • Sinais e sintomas constitucionais decorrentes da imunossupressão
    • Febre intermitente, sudorese noturna, fadiga, perda de peso e manifestações oportunistas
  • Dermatite Seborréica
  • Candidíase
    • Infecção por Candida albicans frequente quando CD4 < 300
    • Envolve membranas mucosas, sendo raras as formas sistêmicas (acesso venoso central)
  • Candidíase
    • Caracteriza-se por placas esbranquiçadas, elevadas superficiais, com base eritematosa removíveis
    • Candidíase esofágica manifesta-se por disfagia, dor retroesternal (pior à deglutição) e queimação
  • Candidíase
  • Candidíase
    • Podem ocorrer recidiva após o tratamento
    • Nistatina
    • Cetoconazol
    • Fluconazol
    • Anfotericina
  • Candidíase
  • Candidíase
  • Candidíase
  • Pneumonia carinni
    • Histórico de dispnéia aos mínimos esforços
    • Tosse não produtiva associado à raio X de tórax com infiltrado intersticial difuso e hipoxemia
    • Sulfametoxazol e trimetropin
  • Pneumonia carinni
  • Pneumonia carinni
  • Pneumonia carinni
  • Manifestações Clinicas que caracterizam Imunodeficiência Moderada
    • Perda de peso > 10 % do peso corporal
    • Diarréia crônica (+de um mês)
    • Candidíase oral
    • Candidíase vaginal recorrente
  • Manifestações Clinicas que caracterizam Imunodeficiência Moderada
    • Leucoplasia pilosa oral
    • Tuberculose pulmonar atípica
    • Herpes zoster
    • Infecções recorrentes do trato respiratório (pneumonias, sinusites)
  • Manifestações Clinicas que caracterizam Imunodeficiência Grave
    • Pneumonias por Pneumocystis carinni
    • Toxoplasmose cerebral
    • Criptosporidíase
    • Isosporíase
    • Leucoencefalopatia multifocal progressiva
    • Criptococose extrapulmonar
  • Manifestações Clinicas que caracterizam Imunodeficiência Grave
    • Candidíase esofágica, traqueal ou pulmonar
    • Micobacteriose atípica disseminada
    • Sepse recorrente por salmonela
    • Tb extrapulmonar disseminada
    • Lifoma primário do cérebro
    • Sarcoma de Kaposi
  • Perda de Peso
  • Perda de Peso
  • Leucoplasia Pilosa Oral (Moderada)
  • Tuberculose Pulmonar
  • Tuberculose Pulmonar (moderada)
  • Herpes Zoster (moderada)
  • Toxoplasmose Cerebral (grave)
  • Toxoplasmose Cerebral (Grave)
  • Criptosporidíase (grave)
  • Isosporíase
  • Citomegalovírus
  • Salmonella
  • Sarcoma de Kaposi
  • Sarcoma de Kaposi
  • Sarcoma de Kaposi
  • Tratamento
    • Retardar a progressão da imunodeficiência
    • Restaurar a imunidade, aumentando o tempo e qualidade de vida
    • Supressão intensa e continuada de replicação viral (diminuir ou reverter o dano imunológico)
    • Evolução dos parâmetros imunológicos (CD4) e virológicos (carga viral)
  • Inibidores da Transcriptase Reversa
    • Abacavir (ABC)
    • Didanosina (DDI)
    • Estavudina (D4T)
    • Lamivudina (3TC)
    • Zidovidina (AZT)
    • O abacavir apresenta riscos de reações graves de hipersensibilidade potencialmente fatais
  • Inibidores da Protease
    • Amprenavir (APV)
    • Indinavir (IDV)
    • Lopinavir (LOP)
    • Nelfinavir (NFV)
    • Ritonavir (RTV)
    • Saquinavir (SQV)
  •