Your SlideShare is downloading. ×
planejamento dapesquisaEduardo Rangel Brandão, M.Sc.A reprodução, total ou parcial, dos textos e imagens deste documento s...
O conteúdo desta aula foi ministrado no Curso de Pós-Graduação em Ergodesign de Interfaces: Usabilidade e Arquitetura de I...
planejamento da pesquisaComo toda atividade racional esistemática, a pesquisa exige que asações desenvolvidas ao longo do ...
planejamento da pesquisaO planejamento da pesquisa deve:•  Especificar o tema, o problema e os•  objetivos da pesquisa.•  ...
planejamento da pesquisaO planejamento da pesquisa deve(continuação):•  Determinar os procedimentos para a•  coleta e a an...
planejamento da pesquisaUma das primeiras etapas doplanejamento de uma pesquisaapresenta-se através de definições queserve...
planejamento da pesquisa•  O tema         •  O objeto•  O problema     •  As variáveis•  A hipótese     •  A justificativa...
planejamento da pesquisa:formulação do tema
formulação do temaO tema é o assunto que se desejaestudar e que será tratado a partir deuma determinada perspectiva.O tema...
formulação do temaDeve-se levar em consideração:•  A disponibilidade de tempo.•  O interesse pelo tema.•  A utilidade do t...
formulação do temaDeve-se levar em consideração(continuação):•  As qualificações pessoais, em termos•  de formação.•  A ex...
formulação do temaO tema deve deixar margem para apesquisa bibliográfica ou de campo, nãosendo um trabalho de pura criação...
formulação do temaDevem existir obras a respeito do temaescolhido, permitindo ao pesquisador aconsulta de documentos para ...
planejamento da pesquisa:formulaçãodo problema
formulação do problemaProblema significa questão não resolvidae que é objeto de discussão, em qualquerdomínio do conhecime...
formulação do problemaPara realizar uma pesquisa é necessário,em primeiro lugar, verificar se o problemacogitado se enquad...
formulação do problemaO problema deve apresentar certaoriginalidade. Não se deve insistir emproblemas já conhecidos e estu...
formulação do problemaProblemas que se referem a como fazeras coisas de maneira eficiente não sãoproblemas científicos, sã...
formulação do problema“   Como melhorar    os transportes                                         Exemplo de              ...
formulação do problema“   O que pode ser    feito para melhorar                 Exemplo de                                ...
formulação do problema“   Como aumentar a    produtividade no                                         Exemplo de          ...
formulação do problemaProblemas que envolvem juízos de valor,assim como todos aqueles que indagamse uma coisa é boa, má, d...
* Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana                                                       formula...
* Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana                                                       formula...
* Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana                                                       formula...
* Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana                                                       formula...
* Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana                                                       formula...
formulação do problemaUm problema é de natureza científicaquando envolve variáveis que podem sertestadas (suscetíveis de o...
formulação do problema“   Em que medida a    escolaridade                         Exemplo de                              ...
formulação do problema“   A desnutrição    determina o                                        Exemplo de                  ...
formulação do problemaFormular o problema consiste em dizer,de maneira explícita, clara, operacional ecompreensível, qual ...
formulação do problemaAlgumas regras práticas, para aformulação de problemas científicos:•  Deve ser claro e preciso.•  De...
formulação do problemaAlgumas regras práticas, para aformulação de problemas científicos(continuação):•  Deve expressar um...
formulação do problemaAlgumas regras práticas, para aformulação de problemas científicos(continuação):•  Deve ser redigido...
formulação do problemaA delimitação do problema guardaestreita relação com os meios disponíveispara investigação.
* Imagem retirada da internet (através da busca por imagens do Google)                                                    ...
planejamento da pesquisa:formulaçãoda hipótese
formulação da hipóteseA pesquisa científica se inicia com acolocação de um problema solucionável.A hipótese é a fase da pe...
formulação da hipóteseLogo, a hipótese é uma proposiçãotestável que pode vir a ser a solução doproblema.•  A hipótese é um...
formulação da hipótese•  Sua função é orientar a busca de uma•  resposta confiável para o problema•  investigado.•  A hipó...
formulação da hipótese•  Entre várias hipóteses, o pesquisador•  deve escolher a mais simples.•  Deve ser econômica, fazen...
formulação da hipóteseSe, mediante a coleta e análise dosdados, a hipótese for confirmada,considera-se o problema comosolu...
formulação da hipóteseNa pesquisa experimental, as hipótesesreferem-se ao estabelecimento derelações entre variáveis.Suger...
formulação da hipótese“ Se um um aluno  elogia         professor                                       Exemplo de hipótese...
planejamento da pesquisa: formulaçãodos objetivos
formulação dos objetivosSão os objetivos de uma pesquisa quedelimitam e dirigem os raciocínios aserem desenvolvidos.
formulação dos objetivosOs objetivos sempre são compostos por 2partes:1) Uma ação...2) ... a ser aplicada sobre um conteúd...
formulação dos objetivosA pesquisa científica se caracteriza comoação intelectual.Logo, os verbos que abrem os objetivosde...
formulação dos objetivos                É possível exemplificar alguns verbos específicos,                     utilizados ...
objetivo geralO objetivo geral de um projeto depesquisa científica deve expressarclaramente aquilo que o pesquisadorpreten...
objetivo geralMontar o objetivo geral consiste emantepor à hipótese um verbo queexpresse aquilo que de fato se quer comore...
objetivo geral                                    Para a hipótese ao                                    lado, o objetivo g...
objetivo geralO verbo escolhido determina o volume deinformações e o grau de elaboraçãointelectual exigidos, ou seja, o gr...
objetivo geralLogo, o objetivo geral é o núcleo doconteúdo a ser desenvolvido ecorresponde à proposta de raciocínio.O verb...
objetivos específicosO objetivo geral é um problemaintelectual a ser resolvido.Os problemas intelectuais podem serdividido...
objetivos específicosLogo, o problema expresso como objetivogeral será subdividido em tantos objetivosespecíficos quantos ...
objetivos específicos                                          Para o objetivo geral                                      ...
objetivos operacionaisOs objetivos operacionais definem tudo oque será realizado para o plenodesenvolvimento da investigaç...
planejamento da pesquisa:formulação do objeto
formulação do objetoO objeto da pesquisa consiste no que sequer saber ou fazer a respeito do tema (ouniverso de referência...
planejamento da pesquisa: formulaçãodas variáveis
formulação das variáveisConsidera-se como variáveis tudo aquiloque pode assumir diferentes valores oudiferentes aspectos, ...
* Imagem retirada da internet (através da busca por imagens do Google)                                                    ...
* Imagem retirada da internet (através da busca por imagens do Google)                                                    ...
formulação das variáveisVariáveis são fatores determinantes,condições ou causas para certoresultado, efeito ou conseqüênci...
formulação das variáveis“ Alunos do curso  de administração  são mais                              Variáveis: “curso” e   ...
formulação das variáveis“   O índice de    suicídios é maior                     Variáveis: “estado                       ...
formulação das variáveis“ Países  economicamente                                      Variáveis: desenvolvidos            ...
variáveis independentes (x)As variáveis independentes (x) sãoaquelas que influenciam, determinam ouafetam uma outra variáv...
variáveis dependentes (y)As variáveis dependentes (y) consistemnos fenômenos e fatores a seremexplicados ou descobertos, e...
variáveis dependentes (y)As variáveis dependentes (y) são osfatores que aparecem, desaparecem ouvariam à medida que o pesq...
variáveis dependentes (y)São as propriedades ou fatores que sãoefeitos, resultados, conseqüências ourespostas a algo que f...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   A classe social da    mãe influencia no                                ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   O reforço do    professor tem                                          ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   Católicos tendem    a ser menos                                        ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   O capitalismo só    se desenvolve                                      ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   Observa-se a    existência de                                          ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   O aproveitamento    dos alunos está                                    ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“ Adolescentes,  filhos de pais  viúvos ou                                 ...
variáveis independentes x variáveis dependentes“   Pessoas    autoritárias                                                ...
variáveis intervenientes (w)A variável interveniente é aquela que secoloca entre a variável independente (x) ea dependente...
variáveis intervenientes (w)É, portanto, encarada comoconseqüência da variável independente(x) e determinante da variáveld...
variáveis intervenientes“ O alunoede escola  pública de                                        Variável                   ...
* Fonte: proposta de tese de doutorado “Contextualização cultural de regras de usabilidade (culturabilidade) para o portal...
variáveis controladasAs variáveis controladas são aquelas quese tenta manter constantes ao longo dapesquisa.Quando se diz ...
variáveis controladasA remoção de estímulos externos é umadas maneiras mais utilizadas para semanter as variáveis controla...
variáveis controladasUma sala à prova de som ou à prova deluz, por exemplo, é uma das maneiras deassegurar que:•  Sons ext...
* Fonte: dissertação de mestrado “Publicidade on-line, ergonomia e usabilidade: o efeito de seis tipos de banner no proces...
* Fonte: dissertação de mestrado “Publicidade on-line, ergonomia e usabilidade: o efeito de seis tipos de banner no proces...
* Fonte: dissertação de mestrado “Publicidade on-line, ergonomia e usabilidade: o efeito de seis tipos de banner no proces...
planejamento da pesquisa: formulaçãoda justificativa
formulação da justificativaA justificativa, geralmente, é o elementoque contribui mais diretamente naaceitação da pesquisa...
formulação da justificativaA justificativa deve responder a seguintepergunta:“Por quê se deseja fazer a pesquisa?”
planejamento da pesquisa:métodos e técnicas
métodos e técnicasDepois de explicitados os problemas,hipóteses e objetivos da pesquisa, deve-se proceder ao detalhamento ...
métodos e técnicasNesta etapa da pesquisa, deve-se definira amostra e as técnicas de coleta eanálise de dados a serem empr...
planejamento da pesquisa: referênciasbibliográficas
referências bibliográficas:      livros
referências bibliográficas: livros          •  Introdução ao projeto de pesquisa          •  científica          •  Franz ...
referências bibliográficas: livros               •  Metodologia científica: teoria e               •  prática             ...
referências bibliográficas: livros           •  Metodologia científica: a construção           •  do conhecimento         ...
referências bibliográficas: livros              •  Metodologia científica              •  Marina de Andrade Marconi       ...
referências bibliográficas: livros            •  Técnicas de pesquisa            •  Marina de Andrade Marconi            •...
referências bibliográficas: livros             •  Como elaborar projetos de pesquisa             •  Antonio Carlos Gil
referências bibliográficas: livros            •  Métodos e técnicas de pesquisa            •  social            •  Antonio...
referências bibliográficas: livros             •  Como fazer monografia na prática             •  Takeshy Tachizawa       ...
referências bibliográficas: livros           •  Manual de elaboração de projetos de           •  pesquisa           •  Mar...
planejamento da pesquisa:sobre o professor
sobre o professor       Eduardo Rangel Brandão atua desde 1995 na criação de produtos digitais. É gestor da       equipe d...
fim :-)Eduardo Rangel Brandão, M.Sc.brandaoedu@gmail.comwww.eduardobrandao.com
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Planejamento da pesquisa

2,974

Published on

Aula do curso de Pós-Graduação em Ergodesign de Interfaces: Usabilidade e Arquitetura de Informação da PUC-Rio. Mais informações em http://www.eduardobrandao.com/aulas/tecnicas-pesquisa/planejamento-da-pesquisa/

Published in: Education

Transcript of "Planejamento da pesquisa"

  1. 1. planejamento dapesquisaEduardo Rangel Brandão, M.Sc.A reprodução, total ou parcial, dos textos e imagens deste documento só é permitida para fins não comerciais,sendo obrigatória a citação da fonte.
  2. 2. O conteúdo desta aula foi ministrado no Curso de Pós-Graduação em Ergodesign de Interfaces: Usabilidade e Arquitetura de Informação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
  3. 3. planejamento da pesquisaComo toda atividade racional esistemática, a pesquisa exige que asações desenvolvidas ao longo do seuprocesso sejam efetivamente planejadas.
  4. 4. planejamento da pesquisaO planejamento da pesquisa deve:•  Especificar o tema, o problema e os•  objetivos da pesquisa.•  Apresentar a justificativa para a sua•  realização.•  Definir o tipo de pesquisa.
  5. 5. planejamento da pesquisaO planejamento da pesquisa deve(continuação):•  Determinar os procedimentos para a•  coleta e a análise dos dados.•  Apresentar o cronograma a ser seguido.
  6. 6. planejamento da pesquisaUma das primeiras etapas doplanejamento de uma pesquisaapresenta-se através de definições queservem como base para esta pesquisa.Neste momento, delimita-se...
  7. 7. planejamento da pesquisa•  O tema •  O objeto•  O problema •  As variáveis•  A hipótese •  A justificativa•  Os objetivos •  Os métodos e técnicas
  8. 8. planejamento da pesquisa:formulação do tema
  9. 9. formulação do temaO tema é o assunto que se desejaestudar e que será tratado a partir deuma determinada perspectiva.O tema escolhido deve ser questionadopela mente do pesquisador, que devetransformá-lo em problema de pesquisa,mediante seu esforço de reflexão, suacuriosidade e, talvez, seu gênio.
  10. 10. formulação do temaDeve-se levar em consideração:•  A disponibilidade de tempo.•  O interesse pelo tema.•  A utilidade do tema.•  A determinação para se prosseguir o•  estudo.
  11. 11. formulação do temaDeve-se levar em consideração(continuação):•  As qualificações pessoais, em termos•  de formação.•  A existência de fontes de informação.
  12. 12. formulação do temaO tema deve deixar margem para apesquisa bibliográfica ou de campo, nãosendo um trabalho de pura criaçãomental do pesquisador.Escolhe-se um tema já abordado poroutros pesquisadores, embora estaabordagem seja realizada através denovas perspectivas.
  13. 13. formulação do temaDevem existir obras a respeito do temaescolhido, permitindo ao pesquisador aconsulta de documentos para arealização do seu trabalho.
  14. 14. planejamento da pesquisa:formulaçãodo problema
  15. 15. formulação do problemaProblema significa questão não resolvidae que é objeto de discussão, em qualquerdomínio do conhecimento.O problema é algo para o qual vai-sebuscar uma resposta, através dapesquisa.
  16. 16. formulação do problemaPara realizar uma pesquisa é necessário,em primeiro lugar, verificar se o problemacogitado se enquadra na categoria decientífico, ou seja, se possibilita ainvestigação segundo os métodospróprios da ciência.
  17. 17. formulação do problemaO problema deve apresentar certaoriginalidade. Não se deve insistir emproblemas já conhecidos e estudados,salvo se forem incluídos novos enfoquese pontos-de-vista.O problema deve referir-se a fenômenosobserváveis, possíveis de verificaçãoempírica.
  18. 18. formulação do problemaProblemas que se referem a como fazeras coisas de maneira eficiente não sãoproblemas científicos, são problemas de“engenharia”.Eles não indagam como as coisas são,suas causas e conseqüências, masindagam acerca de como fazer as coisas.
  19. 19. formulação do problema“ Como melhorar os transportes Exemplo de problema de “engenharia”. urbanos? ”
  20. 20. formulação do problema“ O que pode ser feito para melhorar Exemplo de problema de a distribuição de “engenharia”. renda? ”
  21. 21. formulação do problema“ Como aumentar a produtividade no Exemplo de problema de “engenharia”. ” trabalho?
  22. 22. formulação do problemaProblemas que envolvem juízos de valor,assim como todos aqueles que indagamse uma coisa é boa, má, desejável,indesejável, certa ou errada, ou se émelhor ou pior que a outra, também nãosão problemas científicos.
  23. 23. * Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana formulação do problema “ Ninguém se entende... ” Não é um problema científico.
  24. 24. * Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana formulação do problema “ Foi mexer para quê? ” Não é um problema científico.
  25. 25. * Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana formulação do problema “ Tô meio enrolado, mas eu chego lá... ” Não é um problema científico.
  26. 26. * Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana formulação do problema “ Tô virando noite... ” Não é um problema científico.
  27. 27. * Fonte: palestra “Pesquisa experimental”, de Carlos Bahiana formulação do problema “ Foi por água abaixo... ” Não é um problema científico.
  28. 28. formulação do problemaUm problema é de natureza científicaquando envolve variáveis que podem sertestadas (suscetíveis de observação oude manipulação).
  29. 29. formulação do problema“ Em que medida a escolaridade Exemplo de problema científico: determina a “escolaridade” e “preferência político- partidária” são preferência variáveis. político-partidária? ”
  30. 30. formulação do problema“ A desnutrição determina o Exemplo de problema científico: “desnutrição” e “rebaixamento rebaixamento intelectual” são ” intelectual? variáveis.
  31. 31. formulação do problemaFormular o problema consiste em dizer,de maneira explícita, clara, operacional ecompreensível, qual a dificuldade com aqual nos defrontamos e que pretendemosresolver, limitando o seu campo eapresentando suas características.O objetivo da formulação do problema étorná-lo individualizado, específico einconfundível.
  32. 32. formulação do problemaAlgumas regras práticas, para aformulação de problemas científicos:•  Deve ser claro e preciso.•  Deve ser empírico.•  Deve ser suscetível de solução.
  33. 33. formulação do problemaAlgumas regras práticas, para aformulação de problemas científicos(continuação):•  Deve expressar uma relação entre 2 ou•  mais variáveis.•  Deve ser delimitado a uma dimensão•  viável.
  34. 34. formulação do problemaAlgumas regras práticas, para aformulação de problemas científicos(continuação):•  Deve ser redigido de forma•  interrogativa, ou seja, como uma•  pergunta (alguns autores de•  metodologia científica defendem essa•  regra, embora a mesma não seja•  utilizada em 100% dos casos).
  35. 35. formulação do problemaA delimitação do problema guardaestreita relação com os meios disponíveispara investigação.
  36. 36. * Imagem retirada da internet (através da busca por imagens do Google) formulação do problema Um pesquisador, por exemplo, pode ter interesse em pesquisar a atitude dos jovens em relação à religião, mas não pode pesquisar tudo o que todos os jovens pensam acerca de todas as religiões. Talvez, a sua pesquisa tenha que se restringir à investigação sobre o que os jovens de determinada cidade pensam a respeito de alguns aspectos de uma religião específica.
  37. 37. planejamento da pesquisa:formulaçãoda hipótese
  38. 38. formulação da hipóteseA pesquisa científica se inicia com acolocação de um problema solucionável.A hipótese é a fase da pesquisa que vemdepois da formulação do problema.Consiste em oferecer uma soluçãopossível, mediante uma proposição, ouseja, uma expressão verbal suscetível deser declarada verdadeira ou falsa.
  39. 39. formulação da hipóteseLogo, a hipótese é uma proposiçãotestável que pode vir a ser a solução doproblema.•  A hipótese é uma suposição objetiva e•  não uma mera opinião.•  Para se verificar a hipótese, obtêm-se•  informações na realidade empírica, na•  fase de coleta de dados.
  40. 40. formulação da hipótese•  Sua função é orientar a busca de uma•  resposta confiável para o problema•  investigado.•  A hipótese auxilia o pesquisador a•  confirmar (ou não) sua teoria, pois•  incorpora a teoria em forma testável.•  A hipótese pode ser testada e julgada•  como verdadeira ou falsa.
  41. 41. formulação da hipótese•  Entre várias hipóteses, o pesquisador•  deve escolher a mais simples.•  Deve ser econômica, fazendo uso•  somente dos termos necessários à sua•  compreensão, mas na menor•  quantidade possível.
  42. 42. formulação da hipóteseSe, mediante a coleta e análise dosdados, a hipótese for confirmada,considera-se o problema comosolucionado.Caso contrário, a hipótese não seráconfirmada e o problema não serásolucionado.
  43. 43. formulação da hipóteseNa pesquisa experimental, as hipótesesreferem-se ao estabelecimento derelações entre variáveis.Sugere-se que essas relações sejamdefinidas pela fórmula “se ... então”.
  44. 44. formulação da hipótese“ Se um um aluno elogia professor Exemplo de hipótese utilizada em uma por estar indo bem pesquisa experimental: na leitura, então “elogio” e “aumento da produtividade” sua produtividade são variáveis. aumenta. ”
  45. 45. planejamento da pesquisa: formulaçãodos objetivos
  46. 46. formulação dos objetivosSão os objetivos de uma pesquisa quedelimitam e dirigem os raciocínios aserem desenvolvidos.
  47. 47. formulação dos objetivosOs objetivos sempre são compostos por 2partes:1) Uma ação...2) ... a ser aplicada sobre um conteúdo.Por este motivo, o enunciado de objetivosinicia-se por um verbo no infinitivo,terminando sempre em ar, er, ir ou or.
  48. 48. formulação dos objetivosA pesquisa científica se caracteriza comoação intelectual.Logo, os verbos que abrem os objetivosdevem ser os que indicam atividadeintelectual mensurável, ou seja, cujoproduto final possa ser verificado.
  49. 49. formulação dos objetivos É possível exemplificar alguns verbos específicos, utilizados para expressar os objetivos:•  Apontar, citar, classificar, conhecer, definir, descrever, identificar, reconhecer e•  relatar.•  Compreender, concluir, deduzir, demonstrar, determinar, diferenciar, discutir,•  interpretar, localizar e reafirmar.•  Aplicar, desenvolver, empregar, estruturar, operar, organizar, praticar, selecionar e•  traçar.•  Analisar, comparar, criticar, debater, diferenciar, discriminar, examinar, investigar•  e provar.•  Compor, construir, documentar, especificar, esquematizar, formular, produzir,•  propor, reunir e sintetizar.•  Argumentar, avaliar, contrastar, decidir, escolher, estimar, julgar, medir e•  selecionar.
  50. 50. objetivo geralO objetivo geral de um projeto depesquisa científica deve expressarclaramente aquilo que o pesquisadorpretende conseguir como resultadointelectual final de sua investigação.
  51. 51. objetivo geralMontar o objetivo geral consiste emantepor à hipótese um verbo queexpresse aquilo que de fato se quer comoresultado intelectual e que possa serrealizado.
  52. 52. objetivo geral Para a hipótese ao lado, o objetivo geral pode ser expresso de diversas maneiras: •  Relatar que o“ O limão é eficaz no combate aos •  limão é eficaz no •  combate aos •  resfriados. ” resfriados. •  Analisar se o •  limão é eficaz no •  combate aos •  resfriados. •  Avaliar se o limão •  é eficaz no •  combate aos •  resfriados.
  53. 53. objetivo geralO verbo escolhido determina o volume deinformações e o grau de elaboraçãointelectual exigidos, ou seja, o grau decomplexidade da atividade a serrealizada.
  54. 54. objetivo geralLogo, o objetivo geral é o núcleo doconteúdo a ser desenvolvido ecorresponde à proposta de raciocínio.O verbo utilizado corresponde aoresultado mensurável para a pesquisa.
  55. 55. objetivos específicosO objetivo geral é um problemaintelectual a ser resolvido.Os problemas intelectuais podem serdivididos em tantas partes quantaspossíveis ou necessárias para bemresolvê-los.
  56. 56. objetivos específicosLogo, o problema expresso como objetivogeral será subdividido em tantos objetivosespecíficos quantos necessários para oestudo e a solução satisfatória doproblema contido no objetivo geral.Os objetivos específicos explicitam osdetalhes do que se pretende alcançar esão um desdobramento do objetivo geral.
  57. 57. objetivos específicos Para o objetivo geral ao lado, os objetivos específicos podem ser:“ Analisar se o limão é eficaz no •  Identificar os •  componentes •  químicos do limão. combate aos •  Analisar o vírus do ” •  resfriado. resfriados. •  Analisar as •  reações do vírus •  aos componentes •  químicos do limão.
  58. 58. objetivos operacionaisOs objetivos operacionais definem tudo oque será realizado para o plenodesenvolvimento da investigaçãocientífica.
  59. 59. planejamento da pesquisa:formulação do objeto
  60. 60. formulação do objetoO objeto da pesquisa consiste no que sequer saber ou fazer a respeito do tema (ouniverso de referência, o assunto quepode dar ensejo ou lugar a alguma coisa).Logo, o objeto da pesquisa caracteriza oconteúdo do trabalho.
  61. 61. planejamento da pesquisa: formulaçãodas variáveis
  62. 62. formulação das variáveisConsidera-se como variáveis tudo aquiloque pode assumir diferentes valores oudiferentes aspectos, segundo casosparticulares ou as circunstâncias.
  63. 63. * Imagem retirada da internet (através da busca por imagens do Google) formulação das variáveis Ao estudar espécies de plantas, por exemplo, o pesquisador tem “as plantas” como objeto e “a espécie” como variável.
  64. 64. * Imagem retirada da internet (através da busca por imagens do Google) formulação das variáveis Ao estudar a estatura dos homens, por exemplo, o pesquisador tem “os homens” como objeto e “a estatura” como variável.
  65. 65. formulação das variáveisVariáveis são fatores determinantes,condições ou causas para certoresultado, efeito ou conseqüência.São os fatores manipulados pelopesquisador, em sua tentativa deassegurar a relação destes fatores comum fenômeno observado ou a serdescoberto, para verificar que influênciaexercem sobre um possível resultado.
  66. 66. formulação das variáveis“ Alunos do curso de administração são mais Variáveis: “curso” e “conservadorismo”. conservadores que os de ciências ” sociais.
  67. 67. formulação das variáveis“ O índice de suicídios é maior Variáveis: “estado civil” e “índice de entre solteiros que suicídios”. os casados. ”
  68. 68. formulação das variáveis“ Países economicamente Variáveis: desenvolvidos “desenvolvimento econômico” e apresentam baixos “índice de analfabetismo”. índices de ” analfabetismo.
  69. 69. variáveis independentes (x)As variáveis independentes (x) sãoaquelas que influenciam, determinam ouafetam uma outra variável.As variáveis independentes (x) sãoaquelas que variam deliberadamentepara o pesquisador descobrir o queacontece ao modificá-las.
  70. 70. variáveis dependentes (y)As variáveis dependentes (y) consistemnos fenômenos e fatores a seremexplicados ou descobertos, em virtude deserem influenciados, determinados ouafetados pelas variáveis independentes(x).
  71. 71. variáveis dependentes (y)As variáveis dependentes (y) são osfatores que aparecem, desaparecem ouvariam à medida que o pesquisadorintroduz, tira ou modifica as variáveisindependentes (x).
  72. 72. variáveis dependentes (y)São as propriedades ou fatores que sãoefeitos, resultados, conseqüências ourespostas a algo que foi manipulado(variáveis independentes).As variáveis dependentes (y) são aquelasque o pesquisador deseja medir, ou seja,são os critérios da pesquisa.
  73. 73. variáveis independentes x variáveis dependentes“ A classe social da mãe influencia no Variável independente (x): Classe social. tempo de Variável dependente (y): amamentação dos Tempo de ” filhos. amamentação.
  74. 74. variáveis independentes x variáveis dependentes“ O reforço do professor tem Variável independente (x): Reforço do professor. como efeito Variável melhoria na leitura dependente (y): ” Melhoria na leitura do aluno. do aluno.
  75. 75. variáveis independentes x variáveis dependentes“ Católicos tendem a ser menos Variável independente (x): Religião. favoráveis ao Variável dependente (y): divórcio que os Concordar com o protestantes. ” divórcio.
  76. 76. variáveis independentes x variáveis dependentes“ O capitalismo só se desenvolve Variável independente (x): Existência de trabalhadores livres. quando existem Variável trabalhadores dependente (y): ” Desenvolvimento do livres. capitalismo.
  77. 77. variáveis independentes x variáveis dependentes“ Observa-se a existência de Variável independente (x): Urbanização. relação entre Variável urbanização e dependente (y): Secularização. secularização. ”
  78. 78. variáveis independentes x variáveis dependentes“ O aproveitamento dos alunos está Variável independente (x): Tempo dedicado ao estudo. relacionado ao Variável tempo dedicado ao dependente (y): ” Aproveitamento dos estudo. alunos.
  79. 79. variáveis independentes x variáveis dependentes“ Adolescentes, filhos de pais viúvos ou Variável independente (x): divorciados, Novo casamento dos pais. passam a ter auto- Variável estima em menor dependente (y): Rebaixamento da grau quando seus auto-estima. pais se casam novamente. ”
  80. 80. variáveis independentes x variáveis dependentes“ Pessoas autoritárias Variável independente (x): Autoritarismo. manifestam Variável preconceito racial dependente (y): Preconceito racial. em grau elevado. ”
  81. 81. variáveis intervenientes (w)A variável interveniente é aquela que secoloca entre a variável independente (x) ea dependente (y), tendo como função:•  Ampliar.•  Diminuir.•  Anular...... a influência da variável independente(x) sobre a variável dependente (y).
  82. 82. variáveis intervenientes (w)É, portanto, encarada comoconseqüência da variável independente(x) e determinante da variáveldependente (y).A variável interveniente é aquela quemodifica a variável dependente sem quetenha havido modificação na variávelindependente.
  83. 83. variáveis intervenientes“ O alunoede escola pública de Variável independente (x): Aluno de escola pública e de particular. particular obtém Variável notas diferentes dependente (y): Notas obtidas no no vestibular pelo vestibular. nervosismo de uns Variável ” interveniente (w): ou de outros. Nervosismo.
  84. 84. * Fonte: proposta de tese de doutorado “Contextualização cultural de regras de usabilidade (culturabilidade) para o portal do cidadão do Estado do Rio de Janeiro”, de CarlosBahiana variáveis intervenientes“ A adoção deeregras de usabilidade a Variável independente 1 (x1): Regras de usabilidade. contextualização cultural Variável independente 2 para a população do Rio de (x2): Contextualização cultural. Janeiro aumentam a Variável dependente (y): satisfação do usuário do Satisfação do usuário. ‘Portal do Cidadão’ no Variável interveniente 1 (w1): consumo dos ‘Serviços para Hardware de acesso. o Cidadão’ através do seu Variável interveniente 2 (w2): hardware de acesso e sua Experiência com internet. experiência com internet. ”
  85. 85. variáveis controladasAs variáveis controladas são aquelas quese tenta manter constantes ao longo dapesquisa.Quando se diz que uma pesquisa é bemcontrolada, significa que o pesquisadorexaminou todas as variáveis relevantes,tentando manter todas elas constantes(exceto as que foram projetadasdeliberadamente para a pesquisa).
  86. 86. variáveis controladasA remoção de estímulos externos é umadas maneiras mais utilizadas para semanter as variáveis controladas.
  87. 87. variáveis controladasUma sala à prova de som ou à prova deluz, por exemplo, é uma das maneiras deassegurar que:•  Sons externos.•  Paisagens.•  Reflexos solares...... não irão interferir nas observações queo pesquisador está interessado em fazer.
  88. 88. * Fonte: dissertação de mestrado “Publicidade on-line, ergonomia e usabilidade: o efeito de seis tipos de banner no processo humano de visualização do formato do anúncio na telado computador e de lembrança da sua mensagem”, de Eduardo Rangel Brandão variáveis controladas
  89. 89. * Fonte: dissertação de mestrado “Publicidade on-line, ergonomia e usabilidade: o efeito de seis tipos de banner no processo humano de visualização do formato do anúncio na telado computador e de lembrança da sua mensagem”, de Eduardo Rangel Brandão variáveis controladas Remoção de estímulos externos como tentativa de manter algumas variáveis constantes.
  90. 90. * Fonte: dissertação de mestrado “Publicidade on-line, ergonomia e usabilidade: o efeito de seis tipos de banner no processo humano de visualização do formato do anúncio na telado computador e de lembrança da sua mensagem”, de Eduardo Rangel Brandão variáveis controladas Remoção de estímulos externos como tentativa de manter algumas variáveis constantes.
  91. 91. planejamento da pesquisa: formulaçãoda justificativa
  92. 92. formulação da justificativaA justificativa, geralmente, é o elementoque contribui mais diretamente naaceitação da pesquisa pela(s) pessoa(s)ou entidade(s) financiadora(s).Consiste em uma exposição sucinta,porém completa, das razões de ordemteórica e dos motivos de ordem práticaque tornam importante a realização dapesquisa.
  93. 93. formulação da justificativaA justificativa deve responder a seguintepergunta:“Por quê se deseja fazer a pesquisa?”
  94. 94. planejamento da pesquisa:métodos e técnicas
  95. 95. métodos e técnicasDepois de explicitados os problemas,hipóteses e objetivos da pesquisa, deve-se proceder ao detalhamento de como sepretende fazê-la.Quais métodos serão utilizados para seatingir os resultados esperados?
  96. 96. métodos e técnicasNesta etapa da pesquisa, deve-se definira amostra e as técnicas de coleta eanálise de dados a serem empregadas noestudo.Se a metodologia da pesquisa é bemdefinida, economiza-se tempo narealização do trabalho científico.
  97. 97. planejamento da pesquisa: referênciasbibliográficas
  98. 98. referências bibliográficas: livros
  99. 99. referências bibliográficas: livros •  Introdução ao projeto de pesquisa •  científica •  Franz Victor Rudio
  100. 100. referências bibliográficas: livros •  Metodologia científica: teoria e •  prática •  Carla Cruz •  Uirá Ribeiro
  101. 101. referências bibliográficas: livros •  Metodologia científica: a construção •  do conhecimento •  Antônio Raimundo dos Santos
  102. 102. referências bibliográficas: livros •  Metodologia científica •  Marina de Andrade Marconi •  Eva Maria Lakatos
  103. 103. referências bibliográficas: livros •  Técnicas de pesquisa •  Marina de Andrade Marconi •  Eva Maria Lakatos
  104. 104. referências bibliográficas: livros •  Como elaborar projetos de pesquisa •  Antonio Carlos Gil
  105. 105. referências bibliográficas: livros •  Métodos e técnicas de pesquisa •  social •  Antonio Carlos Gil
  106. 106. referências bibliográficas: livros •  Como fazer monografia na prática •  Takeshy Tachizawa •  Gildasio Mendes
  107. 107. referências bibliográficas: livros •  Manual de elaboração de projetos de •  pesquisa •  Maria Lúcia Seidl de Moura •  Maria Cristina Ferreira •  Patrícia Ann Paine
  108. 108. planejamento da pesquisa:sobre o professor
  109. 109. sobre o professor Eduardo Rangel Brandão atua desde 1995 na criação de produtos digitais. É gestor da equipe de UX (User eXperience) na área de novas mídias da Globosat, onde desenvolve projetos de sites e aplicativos (smartphones, tablets, smart-TVs, set-top boxes, consoles de games, etc.) para canais de televisão como GNT, SporTV, Multishow, Viva, Gloob, Telecine, Universal Channel, GloboNews, Canal Brasil, MegaPix, SyFy, Futura, PremiereFC, Combate, Sexy-Hot, Off, Muu, Philos, entre outros. É professor em cursos de pós-graduação, em disciplinas correlatas a arquitetura de informação, design de interfaces, usabilidade, interação humano-computador e metodologia de pesquisa. Participa do comitê organizador e do comitê técnico científico de congressos internacionais nas áreas de ergonomia, usabilidade, design de interfaces e interação humano-computador. Trabalhou como arquiteto de informação na Globo.com e como designer de interfaces nas empresas Agência Click, Starmedia, Cadê?, MTEC Informática e Rio Datacentro. Atuou em projetos para Amil, Banco do Brasil, Brasil Telecom, Oi, Petrobras, White Martins, Fundação Planetário, Museu Villa-Lobos, Projeto Portinari, Plaza Shopping Niterói, Pinto de Almeida Engenharia, Decta Engenharia, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e Programa de Despoluição da Baía de Guanabara. Publicou diversos trabalhos (entre capítulos de livros, monografias, dissertações e artigos em congressos), concluiu 7 orientações e 38 co-orientações de monografias de alunos de pós-graduação lato sensu e participou de 44 bancas examinadoras em cursos de pós-graduação lato sensu. TITULAÇÃO: mestre em interação humano-computador, especialista em ergonomia e usabilidade e bacharel em desenho industrial, nas habilitações de comunicação visual e projeto de produto.
  110. 110. fim :-)Eduardo Rangel Brandão, M.Sc.brandaoedu@gmail.comwww.eduardobrandao.com

×