Portais corporativos - Eduardo Mendes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
489
On Slideshare
489
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
14
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. PORTAIS CORPORATIVOSE A GESTÃO DO CONHECIMENTO Nome : Eduardo Lopes Mendes TGTI-4SA
  • 2. Introdução Atualmente, um dos grandes desafios das pequenas e grandes organizações é transformar suas intranets em Portais Corporativos, e é neste contexto que este trabalho se encaixa, apresentando o que são os Portais Corporativos, listando alguns dos seus requisitos, e pontos positivos, analisando este aplicativo como um novo instrumento de gestão de conhecimento. Feito isto, será discutido sobre a aplicação dos Portais Corporativos à Gestão do Conhecimento.
  • 3. O que é um Portal Corporativo? Portal Corporativo é uma ferramenta capaz de aliar o conhecimento explícito contido em arquivos, bases de dados, correspondências, páginas web, e aplicativos empresariais (dados estruturados e não estruturados) ao conhecimento tácito dos participantes do portal, facilitando a troca de informações e a tomada de decisões na empresa. Um ponto positivo e que serve como incentivo para utilização do EIP nas empresas é o resultado de alguns estudos realizados. Estes resultados afirmam que uma empresa pode economizar até uma hora de trabalho por dia para cada funcionário
  • 4. Requisitos de um Portal Corporativo Como toda solução de TI exige custo para seu estudo, implementação e implantação, será apresentado agora alguns requisitos listados por Eckerson. Seguindo estes requisitos, será possível desenvolver um eficiente Portal Corporativo. Fácil para usuários eventuais Classificação e pesquisa intuitiva Compartilhamento cooperativo Conectividade universal aos recursos informacionais Acesso dinâmico aos recursos informacionais Roteamento inteligente
  • 5.  Ferramenta de inteligência de negócios integrada Arquitetura baseada em servidor Serviços distribuídos Definição flexível das permissões de acesso Interfaces externas Interfaces programáveis Segurança para salvaguardar as informações corporativas e prevenir acessos não autorizados Customização e personalização
  • 6. Além destes requisitos ainda pode-se citar [Dias 2001]: Habilidade de gerenciar o ciclo de vida das informações estabelecendo níveis hierárquicos de armazenamento e descartando as informações ou documentos quando não mais necessários; Habilidade de localizar especialistas na organização de acordo com o grau de conhecimento exigido para o desempenho de alguma tarefa; Possibilidade de troca de informações com clientes, fornecedores, revendedores, etc., fornecendo uma infra-estrutura informacional adequada também para o comércio eletrônico.
  • 7. ARQUITETURA BÁSICA DE UMPORTAL CORPORATIVO
  • 8. APLICAÇÃO DOS PORTAIS CORPORATIVOS ÀGESTÃO DO CONHECIMENTO Para avaliar a aplicação dos portais corporativos à Gestão do Conhecimento, inicialmente será apresentado o conceito de conhecimento organizacional, além de fazer a classificação do conhecimento. Ainda neste ponto, serão esclarecidas as diferenças entre dados, informação, conhecimento e ação (tomada de decisão). No próximo ponto, o enfoque será a conversão do conhecimento nas organizações. E, por fim, serão apresentadas as dificuldades encontradas nas instituições para empregar a GC.
  • 9. O CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL Para que se possa compreender ainda mais a definição do conhecimento organizacional e tentar amenizar a dificuldade de diferenciação e identificação destes conceitos nas corporações, é importante saber a diferença entre dados, informação, conhecimento e ação. Observe a escala de valor ascendente da figura
  • 10. CONVERSÃO DO CONHECIMENTO A conversão acontece pela interação entre oconhecimento tácito e o explícito, e como pode ser visto nafigura , isto pode ser feito de quatro formas. De tácito paratácito, a conversão assume a característica de Socialização(Conteúdo Compartilhado). Quando a conversão é feita detácito para explícito, recebe o nome de Externalização(Conteúdo Conceitual). De explícito para explícito, ocorre aCombinação, e o conteúdo gerado neste momento é osistêmico. Finalmente, quando a conversão ocorre doconhecimento explícito para o tácito, dá-se o nome deInternalização (Conteúdo Operacional) [Santos e Cerante2000].
  • 11. DIFICULDADES NA UTILIZAÇÃO DAGESTÃO DO CONHECIMENTO Arquiteturas diferentes e caras que dificultam a integração de diferentes tipos de informação; A dificuldade de acesso ágil à informação, e ao mesmo tempo, sobrecarga de informação; Redundância e duplicação de informações; Informações e documentos publicados de modo desorganizado, sem controle de fluxo de aprovação; Diversidade de caminhos, métodos e técnicas diferentes para buscar e acessar informações; Dificuldade para as pessoas publicarem informações acessíveis à empresa como um todo;
  • 12.  Dificuldade de definição ou ausência de políticas de segurança; Usuários dependentes do departamento de TI para gerar, divulgar e obter informação. Partindo do pressuposto que todas as empresas enfrentam esses problemas, é notável que a aplicação dos Portais Corporativos passe a ser uma excelente opção para sanar seus problemas, e permitir que a empresa esteja sempre mantendo seus funcionários bem informados e gerando novos conhecimentos para a organização.
  • 13. CONCLUSÃO Utilizando esta tecnologia, é possível centralizar todo oconhecimento (explícito) existente na empresa em um pontoúnico de acesso. Com esta característica, o acesso àsinformações torna-se mais fácil, o que permite também atomada de decisões. Além disso, é oferecido ao usuáriomecanismos de conversação que permitem a troca deconhecimento (tácito) entre eles. Com a possibilidade desocialização, externalização, internalização e combinação doconhecimento, além de todas as características citadas nodecorrer no artigo, ficam evidenciadas a capacidade dosPortais Corporativos em ser uma ferramenta que possibilita aGestão de Conhecimento dentro das organizações.