• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa
 

Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa

on

  • 3,693 views

Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa

Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa

Statistics

Views

Total Views
3,693
Views on SlideShare
3,693
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
90
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa Presentation Transcript

    • Revisão Sistemática e Bases de Pesquisa Prof. Wagner Igarashi, Dr.
    • Definição “Uma revisão sistemática, assim como outros tipos de estudo de revisão, é uma forma de pesquisa que utiliza como fonte de dados a literatura sobre determinado tema.” [1]
    • Definição“Uma revisão sistemática da literatura (muitas vezes referida como uma revisão sistemática) é um meio de identificar, avaliar e interpretar toda a pesquisa disponível e relevante para uma questão de pesquisa específica, ou área temática, ou fenômeno de interesse. “ (grifo nosso)“Estudos individuais que contribuem para uma revisão sistemática são chamados de estudos primários; uma revisão sistemática é uma[3] forma de estudo secundário.”
    •  Esse tipo de investigação disponibiliza ◦ um resumo das evidências relacionadas a uma estratégia de intervenção específica, ◦ mediante a aplicação de métodos explícitos e sistematizados de busca, ◦ apreciação crítica e ◦ síntese da informação selecionada. [1]
    •  As revisões sistemáticas são modeladas para serem: ◦ metódicas, ◦ explícitas e ◦ passíveis de reprodução. Esse tipo de estudo serve para nortear o desenvolvimento de projetos: ◦ indicando insights para futuras investigações e ◦ identificando quais métodos de pesquisa [1] foram utilizados em uma determinada
    • Métodos Requisitos de uma revisão sistemática: ◦ pergunta clara, ◦ definição de uma estratégia de busca, ◦ estabelecimento de critérios de inclusão e exclusão dos artigos, e ◦ uma análise da qualidade da literatura selecionada. [1]
    •  O processo de desenvolvimento desse tipo de estudo de revisão inclui: ◦ caracterizar cada estudo selecionado, ◦ avaliar a qualidade deles, ◦ identificar conceitos importantes, ◦ comparar as análises estatísticas apresentadas e ◦ concluir sobre o que a literatura informa em relação a determinada intervenção, apontando ainda problemas/questões que necessitam de novos estudos. Um trabalho de revisão sistemática segue a estrutura [1] um artigo original. de
    • Vantagens “[...] as revisões sistemáticas nos permitem incorporar um espectro maior de resultados relevantes, ao invés de limitar as nossas conclusões à leitura de somente alguns artigos. [...] a possibilidade de avaliação da consistência e generalização dos resultados entre populações [...], bem como especificidades e variações [...]. “ Obs: “[...] uma revisão sistemática depende da qualidade da fonte primária.” (grifo nosso) [1]
    • Antes de iniciar 3 ações devem ser consideradas antes de se iniciar uma revisão sistemática : ◦ definir o objetivo da revisão, ◦ identificar a literatura e ◦ selecionar os estudos possíveis de serem incluídos. Estes auxiliam os pesquisadores a adequar ◦ a pergunta norteadora da revisão ◦ com base na informação disponível [1] ◦ sobre o tema de interesse.
    • Passo 1: Definindo apergunta A pergunta deve conter a descrição do problema ou condição de interesse, a população, o contexto, a intervenção e o desfecho. [1] Ex: O objetivo da revisão foi levantar quais jogos educacionais, voltados para a aprendizagem de Engenharia de Software no Brasil, são utilizados e como os efeitos de aprendizagem são avaliados. [4]
    • Passo 2: Buscando aevidência São necessárias as seguintes definições: ◦ termos ou palavras-chave, ◦ estratégias de busca, ◦ bases de dados e de outras fontes de informação a serem pesquisadas. [1]
    •  Ex: Bases de dados eletrônicas (MEDLINE, PubMed, EMBASE, CINAHL, Sports Discus, DARE, PsychInfo, ERIC, AusportMed, AMI, Cochrane, PEDro) foram consultadas retrospectivamente até o ano de 1966, usando as seguintes palavras- chave: paralisia cerebral (cerebral palsy) combinada com exercício (exercise), força (strength) e treinamento físico (physical training). A busca se limitou aos artigos escritos em inglês” [2]
    • Passo 3: Revisando eselecionando os estudos ◦ Deve ser feita a avaliação dos títulos e dos resumos (abstracts) identificados na busca inicial ◦ por pelo menos 2 pesquisadores, ◦ de forma independente e cegada, ◦ obedecendo aos critérios de inclusão e exclusão definidos no protocolo de pesquisa. [1]
    • ◦ Quando o título e o resumo não são esclarecedores, deve-se buscar o artigo na íntegra.◦ As discordâncias que por ventura ocorram devem ser resolvidas por consenso. [1]
    • ◦ Critérios de inclusão e exclusão são definidos com base na pergunta de pesquisa:  tempo de busca apropriado (ex: 5 anos),  população-alvo (e.g. adulto, criança, atleta),  intervenções, mensuração dos desfechos de interesse,  critério metodológico,  idioma,  tipo de estudo, entre outros. [1]
    •  ex: uso de critérios ◦ “[..]. artigos identificados pela estratégia de busca inicial foram avaliados independentemente por dois autores, conforme os seguintes critérios de inclusão:  (1) população (adultos ou crianças),  (2) intervenção (treinamento de força ou programa de exercício de resistência progressiva),  (3) desfecho (medida de mudança na [2] força, atividade, ou participação)”.
    • Passo 4: Analisando aqualidade metodológica dosestudos de uma revisão sistemática A qualidade depende da validade dos estudos incluídos nela. Considerar todas as possíveis fontes de erro (bias), que podem comprometer a relevância do estudo em análise. Auxiliam neste processo: ◦ conhecimento de métodos de investigação e de análise estatística, ◦ bem como o conhecimento de medidas ou de instrumentos de mensuração empregados. [1]
    •  Ex: em estudos clínicos há escalas como lista de Delphi “Os estudos que cumpriram os critérios de inclusão foram avaliados quanto à qualidade metodológica com a escala PEDro, baseada na lista Delphi, descrita por Verhagen et al. [...] estudos com baixa qualidade metodológica (escore PEDro menor que 3) foram excluídos. Foram excluídos também artigos que apresentavam informações repetidas ou disponíveis em outros artigos” [2]
    • Passo 5: Apresentando osresultados “Os artigos incluídos na revisão sistemática podem ser apresentados em um quadro que destaca suas características principais, como: ◦ autores, ◦ ano de publicação, ◦ desenho metodológico, ◦ número de sujeitos (N), ◦ grupos de comparação, ◦ caracterização do protocolo de intervenção (tempo, intensidade, frequência de sessões, etc.), ◦ variáveis dependentes e [1] ◦ principais resultados
    •  Publicar nas revisões sistemáticas os aspectos positivos e negativos dos artigos analisados.
    • Exemplos de estudos emCC usando RS Proposta de RS em CC: http://cmcc.ufabc.edu.br/images/storie s/relatoriosdepesquisa/Rel0310.pdf RS em CC: http://www.labes.icmc.usp.br/~anadias /Docs/WAIHCWS10_slides.pdf Minicurso de RS no SBQS 2010 http://www.sbqs2010.ufpa.br/index.ph p?option=com_content&view=article&i d=68&Itemid=5&lang=br
    •  Curso de RS on-line http://www.virtual.epm.br/cursos/meta nalise/ RS em Gestão do Conhecimento e Engenharia de Software http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/su mmary?doi=10.1.1.159.3937 RS em LPS utilizando POA http://www.din.uem.br/~teclopes/LPS- BET-OA/RelatorioRS.pdf
    • Bases de dados (18/09/2012) Bases que necessitam de assinatura para acesso: ◦ ACM Digital Library  Provider: Association of Computing Machinery  Description: Full-text for articles, reviews, and proceedings published in ACM (Association for Computing Machinery) and affiliated organizations.  http://dl.acm.org/  358.629 articles (Journals, usando o termo “a”) ◦ IEEE Xplore  Provider: IEEE  Description: Featuring content from IEEE as well as the Institution of Engineering and Technology (IET), IEL contains almost one-third of the world’s current literature in electrical engineering, communications and computer science.  http://ieeexplore.ieee.org/  152 Journals & Magazines in Computing & Processing (Hardware/Software)  546. 952 articles (clicar no total de artigos, Journals & Magazines, Computing & Processing (Hardware/Software))
    • ◦ SpringerLink  http://www.springerlink.com/  Provider: Springer (editora)  Description: Provide scientific and professional communities with specialist information.  413.375 articles (busca por “a”, Computer Science)  Book Chapters (342,118)  Journal Articles (65,186)
    • ◦ ScienceDirect  Provider: Elsevier  Description: Full text articles.  http://www.sciencedirect.com/  503.419 articles (Advanced search, Computer Science, Journals, termo “a”)◦ Scopus  Provider: Elsevier  Description: A large abstract and citation database of research literature and quality web sources. Records with references go back to 1996, pre-1996 records go back to 1884.  927.177 articles (termo “a”, Physical Sciences, Journal, Computer Science)
    •  Base de acesso gratuito ◦ CiteSeerX  Provider: The College of Information Sciences and Technology - The Pennsylvania State University  http://citeseerx.ist.psu.edu/index  Em torno de 1,5 milhões de documentos e cerca de 30 milhões de citações Outras Bases ◦ Google scholar
    • Relevância bases no contextonacional (2012) http://qualis.capes.gov.br/webqualis/ Extratos de avaliação: A1-A2, B1-B5 e C Total A1 = 140 periódicos ◦ IEEE = 40 ◦ ACM = 3 Total A2 = 148 periódicos ◦ IEEE = 14 ◦ ACM = 8
    • Indicadores bibliométricos Aspectos quantitativos da produção intelectual; Auxiliam na seleção de informação científica, porém bons indicadores não são certeza de qualidade. [5]
    •  Indice JCR – métrica de desempenho de um journal; Indice H - quantificação de impacto da produção científica individual.
    •  O JCR (Journal Citation Reports) permite verificar os periódicos mais citados em uma determinada área, e a relevância da publicação para a comunidade científica por meio do Fator Impacto. Publicado anualmente em duas edições pela Thomson Reuters o JCR tem sido utilizado mundialmente como parâmetro de avaliação da relevância da produção científica.
    •  http://webofknowledge.com/jcr Ex:
    • Conclusão “Boas revisões sistemáticas são recursos importantes ante o crescimento acelerado da informação científica. Esses estudos ajudam a sintetizar a evidência disponível na literatura sobre uma intervenção, podendo auxiliar profissionais [...] e pesquisadores no seu cotidiano de trabalho.” [1]
    • Bibliografia[1] SAMPAIO, R. F.; MANCINI, M. C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 11, n. 1, p. 83-89, jan./fev. 2007.[2] Dodd KJ, Taylor NF, Damiano DL. A systematic review of the effectiveness of strength-training programs for people with cerebral palsy. Arch Phys Med Rehabil. 2002;83:1157-64.
    • [3] Kitchenham, B.; Charters, S. Guidelines for performing systematic literature reviews in software engineering. Technical Report EBSE 2007-001, Keele University and Durham University Joint Report, 2007.[4] WANGENHEIM, Christiane Gresse von; KOCHANSKI, Djone; SAVI, Rafael. Revisão Sistemática sobre Avaliação de Jogos Voltados para Aprendizagem de Engenharia de Software no Brasil. Fórum de Educação em Engenharia de Software. 2009. Disponível em: http://fees.inf.puc- rio.br/FEESArtigos/artigos/artigos_FEES09/ FEES_6.pdf. Acesso em: 17/10/2012.
    • [5] Bases de dados online e indicadores bibliométricos. Disponível em: http://www.slideshare.net/UnespRC/ba ses-de-dados-online-e-indicadores- bibliomtricos-fator-de-impacto-indice- h-qualis. Acesso em 17/10/2012.
    • Outras fontes1. Revisão Sistemática: http://www.slideshare.net/fkenjikamei/introduo- reviso-sistemtica-da-literatura2. Revisão Bibliográfica: http://www.inf.ufes.br/~falbo/files/Revisao_Bibli ografica.pdf3. Bases de dados, indicadores bibliométricos, índice H, JCR: http://www.slideshare.net/UnespRC/bases-de- dados-online-e-indicadores-bibliomtricos-fator- de-impacto-indice-h-qualis4. "Softwares" de auxílio e desenvolvimento de revisões sistemáticas e meta-análises: http://www.polbr.med.br/ano99/evba0999.php