Sociedade de Informação

2,475
-1

Published on

Esta apresentação é de autoria da professora Edméa Santos da UERJ. Discute as diferenças entre sociedade industrial e sociedade da informação e suas relações com a educação e o currículo.

Published in: Education, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,475
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
42
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sociedade de Informação

  1. 1. Edméa Oliveira dos Santos Doutora em Educação e Cibercultura Contatos: (21)9139-3437;22444-6450 [email_address] http://www.docenciaonline.pro.br/moodle AS TICS COMO DISPOSITIVOS DE INCLUSÃO DIGITAL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES
  2. 2. Aprendizagem Conhecimento Tácito Conhecimento Explícito Sentido SINGULAR Significado COLETIVO Tecnologias da Inteligência Significantes REGISTRO E SIGNIFICAÇÃO SOCIAL CULTURA COMUNICAÇÃO COMO APRENDEM OS SERES HUMANOS?
  3. 3. s s o Mediador: pessoa, instrumento, signo LINGUAGEM TEORIA SÓCIO-INTERACIONISTA Teoria: estuda do pensamento como produto da história social ou reflexo das atividades interpessoais e das condições materiais, chamando essa psicologia de cultural e histórica. Origem: Lev Vygotsky (1896-1934) Aprender: “ A aprendizagem é o aspecto necessário e universal do processo de desenvolvimento das funções psicológicas culturalmente organizadas especificamente humanas”.
  4. 4. COM QUE TECNOLOGIAS E MÍDIAS? BITS INFORMÁTICA (DIGITAL) ÁTOMO ESCRITA CORPO (MEMÓRIA) ORALIDADE SUPORTES TECNOLOGIAS
  5. 5. SOCIEDADE DA INDUSTRIAL “ o homem faz a ferramenta a ferramenta faz o homem”. M. Luhan SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
  6. 6. COMO APRENDEMOS NA SOCIEDADE INDUSTRIAL E NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO?
  7. 7. SOCIEDADE DA INDUSTRIAL <ul><li>MODO DE PRODUÇÃO & MODO DE CONHECIMENTO </li></ul><ul><li>Estruturado pelas tecnologias da automação </li></ul><ul><li>Ênfase no trabalho alienado, super especializado e individualizado </li></ul><ul><li>Competências profissionais eram adquiridas a partir do treinamento ao longo da carreira </li></ul><ul><li>Espaço de aprendizagem legítimo era separado do espaço de trabalho (escola e universidade X ambiente organizacional) </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Ferramentas: artefatos que prolangam ou expande habilidades humanas; </li></ul><ul><li>Máquinas: ferramentas que apresentam um certo nível de autonomia em seu funcionamento. Se caracterizam como: musculares, sensóriais, cerebrais e/ou proposicionais. </li></ul>
  9. 9. MODELO DE CURRÍCULO <ul><li>PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: </li></ul><ul><li>Fragmentação dos saberes; </li></ul><ul><li>Racionalidade técnica; </li></ul><ul><li>Especialização; </li></ul><ul><li>Dispositivos de controle; </li></ul><ul><li>Automação dos processos produtivos; </li></ul><ul><li>Instituições sólidas; </li></ul><ul><li>SEMPRE PRESENCIAL (treinamentos) TENDO O PROFESSOR ESPECIALISTA NO CENTRO DO PROCESSO </li></ul>
  10. 10. SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO <ul><li>MODO DE PRODUÇÃO & MODO DE CONHECIMENTO </li></ul><ul><li>Estruturada pelas tecnologias digitais da informação e comunicação (TICS) </li></ul><ul><li>Ênfase no trabalho compartilhado, especializado e generalista </li></ul><ul><li>Competências profissionais são adquiridas a partir da imersão em situações concretas de aprendizagem (comunidades de prática) </li></ul><ul><li>Espaço de aprendizagem legítimo é o espaço do trabalho </li></ul>
  11. 11. TECNOLOGIAS DIGITAIS I <ul><li>Imitam, simulam processos mentais; </li></ul><ul><li>Trabalham com algorítimos de proposições; </li></ul><ul><li>Articulam e convergem com outras tecnologias; </li></ul><ul><li>Liberam o pólo da emissão; </li></ul><ul><li>Digitalização da linguagem; </li></ul><ul><li>Potencializa conectividade e redes de relações. </li></ul>PC & CC
  12. 12. COVERGÊNCIA DE MÍDIAS
  13. 13. NOVOS ARRANJOS CURRICULARES <ul><li>PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: </li></ul><ul><li>Articulação dos Saberes; </li></ul><ul><li>Racionalidade técnica e inteligência emocial e social; </li></ul><ul><li>Especialização e generalização; </li></ul><ul><li>Dispositivos de controle; </li></ul><ul><li>PRESENCIAL E A DISTÂNCIA TENTO O APRENDENTE COMO AUTOR DO PROCESSO. </li></ul>
  14. 14. “ Quaisquer meios de comunicações ou mídias são inseparáveis das suas formas de socialização e cultura que são capazes de criar, de modo que o advento de cada novo meio de comunicação traz consigo um ciclo cultural que lhe é próprio” Santaella <ul><li>Desafios: </li></ul><ul><li>Aprender de forma autônoma e colaborativa </li></ul><ul><li>Saber buscar informações pertinentes e transformar em conhecimento útil </li></ul><ul><li>Articular linguagens e saberes. </li></ul>
  15. 15. Como articular o uso das TIC na prática pedagógica?
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×