Your SlideShare is downloading. ×

Projeto tcc

1,216

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,216
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS ÁREA DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CURSO DE COMUNICAÇÃO DIGITAL EDIQUELI BIANCA DA SILVA TÍTULO: O USO DO TWITTER PELOS JORNALISTAS São Leopoldo 2011
  • 2. 1 Problema Mídia, social e rede. Qual o significado dessas palavras? Segundo odicionário Aurélio, Mídia é a designação genérica dos meios, veículos e canais decomunicação, como por exemplo, o rádio, a televisão, o jornal, o outdoor e ainternet. E social refere-se à sociedade. Sociedade é um grupo de indivíduos que vivem por vontade própria sobnormas comuns. E rede, é um conjunto interconectado de vias e meios detransporte, de canais de escoamento ou distribuição, de fios ou circuito entre umafonte de eletricidade e as unidades de consumo, de meios e equipamentos decomunicação ou de locais e agentes de prestação de serviço. Um conjunto de pessoas forma uma sociedade. Pessoas que possueminteresse em comum originam uma rede de pessoas: a rede social. Podemosestabelecer uma rede social na sala de aula, no local de trabalho, ou até mesmo emuma roda de chimarrão com os amigos. Orkut, Twitter, Facebook e LinkedIn são exemplos de redes sociais? Não.Eles são exemplos de mídias sociais, meios que estabelece comunicação entrepessoas que pertencem a uma rede social. Aprendi nas aulas de Relações Humanas na escola que o ser humano é umser social, que ele não vive sozinho. Hoje, com o avanço das tecnologias, percebique as ferramentas digitais estão potencializando a tendência de aproximação entreas pessoas e, consequentemente, alterando a maneira em que elas se comunicam. Antigamente, só tinham acesso a informações as pessoas que compravamjornal impresso, ouviam rádio ou assistiam a programas na televisão. Hoje, com oauxilio da internet, a realidade é outra. Podemos saber o que acontecem emqualquer lugar do mundo, quase instantaneamente, com apenas um clique. E é nesse contexto que está situado o objeto de minha investigação – cujofoco é analisar, observar e compreender a relação entre as novas mídias sociais eos profissionais que atuam nas mídias sociais tradicionais. Nesse estudo, o Twitter eos jornalistas1. Essa instantaneidade é percebida no Twitter, mídia social que permite aosseus usuários compartilharem informações, em tempo real, em pequenos textos (de1 Jornalista é o profissional que dirige, redige ou colabora em um jornal, ele pode ser impresso,televisivo ou digital. (Dicionário Aurélio).
  • 3. até cento e quarenta caracteres), os populares “tweets”. Seus seguidores podemcompartilhar suas mensagens, creditando-a ao autor original, com o “retweet”. Alguns jornalistas, e outros profissionais da área de comunicação, estãopreocupados com uma possível substituição de mídias. Eles temem que com ofortalecimento das mídias sociais e do fácil acesso a internet, as pessoas deixariamde ouvir rádio, assistir televisão e comprar jornais nas bancas. Ocorrendo assim oenfraquecimento, ou até mesmo, o fim das mídias tradicionais. Acredito que isso não aconteça, pois a agilidade na propagação de notíciasno Twitter pode auxiliar na criação, e atualização, das pautas para as mídiastradicionais. É dever de todos, jornalistas ou não, conhecer a potência dessa redesocial, pois assim como ela pode nos beneficiar, pode nos causar grandestranstornos2. Afirmar que pesquisarei como os jornalistas utilizam o Twitter, é muito amplo.Para facilitar minha pesquisa e torna-la mais profunda e detalhista decididesenvolver esse estudo com um grupo de jornalistas da TV Record RS (meu localde trabalho). A partir dessas perspectivas emergem questões que norteiam minha pesquisae auxiliarão a trajetória desse estudo: • Como os jornalistas se apropriam do Twitter? Que sentido tem esses usos? • Há interação entre o jornalista e seus seguidores? Como se dá essa interação?2 Disponível em: exame.abril.com.br/marketing/noticias/critica-leva-brastemp-ao-topo-do-twitterAcesso em: 28/01/11
  • 4. 2 - Objetivos 2.1 Objetivo geral A pesquisa tem como objetivo geral investigar e compreender os usos eapropriações da Mídia Social “Twitter” por um grupo de jornalistas da Rede RecordRS. 2.2 Objetivos específicos • Caracterizar os perfis dos jornalistas, que usam o Twitter. • Descrever e analisar os tipos de usos que os jornalistas fazem do Twitter e o sentido que tem esses usos. • Observar como os jornalistas interagem com seus seguidores. • Perceber a relação entre as mídias tradicionais e os usos do Twitter.
  • 5. 3 Esquema sinóptico da problemática Uso do Twitter por jornalistas Objetivo Geral A pesquisa tem como objetivo investigar e compreender os usos e apropriações da Mídia Social “Twitter” por um grupo de jornalistas. Questão geradora Questões geradoras Questão geradoraQual o perfil dos = Como os jornalistas se = Há interação entre ojornalistas que usam apropriam do Twitter? jornalista e seuso Twitter? = Que sentido tem esses seguidores? usos? Objetivo específico Objetivo específicoCaracterizar os perfis Objetivo específico Os jornalistas interagemdos jornalistas que Entender como os com seus seguidores?usam o Twitter. jornalistas usam o Twitter e o sentido que tem esses usos.
  • 6. 4 - Justificativa Desde criança falava que quando crescesse, seria jornalista. Confesso quenão conhecia o campo de trabalho de um jornalista, mas queria ser jornalista. Otempo passou e conheci algo fascinante a internet. Cresci. Prestei vestibular para jornalismo para conhecer o processo seletivo,fui aprovada, mas não havia concluído o ensino médio. Na véspera da inscrição parao meu vestibular de verdade, conheci um curso que unia marketing, produção eedição de conteúdo (jornalismo) para internet. Era o Comunicação Digital. No inícioestava insegura, mas descobri que era o meu curso. Nas primeiras aulas, conheci o Twitter. A agilidade no compartilhamentoinformações me fascinou. E hoje, realizo outro grande, e desafiador, sonho: serresponsável pelo relacionamento da TV Record com o público na Internet. Trabalhorodeada de jornalistas e percebi que muitos deles têm receio de usar as redessociais. Fazem-me perguntas, pedem ajuda, ou até mesmo, pedem-me para que osensine a utilizar ao Twitter. E outros, usam com tranquilidade. Acredito que as mídias sociais podem ajudá-los em seu trabalho, sejaconhecendo seu público, aprofundando pautas ou compartilhando conhecimentos. Eé por tudo isso que decidi estudar o comportamento dos jornalistas nas redessociais, em especial o Twitter. Para compreender como eles vêem e utilizam essanova mídia social que muito importante em seu cotidiano.
  • 7. 5 - Problematização teórica Na problematização teórica, explicarei o conceito de Redes e seus tipos,apresentarei brevemente, a diferença entre Mídias e Redes Sociais. Comentareisobre Redes Sociais e a disseminação de conteúdos nas mesmas. Pretendo, também, apresentar a mídia social “Twitter” com sua historia,finalidade e importância na sociedade contemporânea e estudar a convergência queacontece entre as mídias tradicionais e as sociais. 5.1 - Redes: No ano de dois mil e oito, aconteceram vários fenômenos que chamaram aatenção de pessoas de todo o mundo. Com o Twitter foi possível, saber o que apopulação mundial pensava sobre a campanha eleitoral de Barack Obama. Umasérie de chuvas frequentes gerou uma das maiores catástrofes naturais de SantaCatarina. Dois fenômenos diferentes com algo em comum: O início da ComunicaçãoMediada por computador. Essas redes sociais não conectam apenas computadores, elas foramprotagonistas da difusão da informação tanto na campanha presidencial dos EstadosUnidos como na mobilização de milhares de pessoas que ajudaram ao povocatarinense. De acordo com Recuero (2009), rede é uma metáfora para observar ospadrões de conexão de um grupo social, a partir das conexões estabelecidas entreos diversos atores. Ela afirma ainda, que, na internet, existem dois tipos de redes:As emergentes e as de filiação, conhecidas como de associativas. As redes emergentes, utilizadas na interação social e na conversação, são oscomentários em blogs e fotologs. Elas recebem essa denominação, pois exigemlongo tempo disponível dos atores sociais para que haja significativa quantidade deinteração (grande número de comentários). As redes de filiação, além de possuírem conjuntos de atores e eventos,derivam de conexões “estáticas”, como no Orkut, Facebook e no Twitter. Os eventossão elementos que se conectam a um conjunto de atores. Não é necessário interagircom todos os amigos do Orkut, do Facebook ou trocar Tweets para manter o laço
  • 8. social. Mesmo sem essa interação, que resultam laços fracos, é possível gerargrandes conexões. Para melhor explicar as características que diferenciam as Redes Emergentesdas Redes Associativas, organizei a tabela 1. TABELA 1: Diferença entre os tipos de redes3 Emergentes Filiação (Associativas)Menor MaiorMenos centralizadas Mais centralizadaMais distribuídas Menos distribuídaMudam e rompem com freqüência EstávelGeram bastante conteúdo Geram pouco conteúdoMais conectadas e com poucos nós Pouco conectada e com muitos nósExigem mais esforços dos atores Exigem pouco esforço dos atoressociais. sociais 5.2 - Redes Sociais: Sites de redes sociais, conhecidos como mídias sociais, são espaços paraexpressar as redes sociais na Web. Raquel Recuero diz, e eu concordo com ela,que os sites de redes sociais, apesar de atuarem como suporte para as interaçõesnas redes sociais, são apenas sistemas utilizados pelos atores sociais. As redes são estabelecidas através da interação desses usuários nas mídiassociais, ou seja, um seguidor meu dá retweet em um conteúdo que eu gerei noTwitter a partir de um comentário que ouvi em um programa de televisão. Segundo Recuero (2009), Redes Sociais são caracterizadas por doiselementos: as conexões e os atores. As conexões, conhecidas por nós, são os laçosformados pelas interações (como as trocas de mensagens, tweets e e-mails, porexemplo) entre diferentes atores. Os atores, também chamados de usuários,representam as pessoas que atuam na rede. Eles podem estar presentes em váriasredes assumindo o mesmo ou diferentes papeis.3 Tabela elaborada por mim a partir do texto de RECUERO (2009).
  • 9. Alex Primo4 escreveu o texto “Quão real é @realWbonner”5 que trata sobre operfil no Twitter do personagem do jornalista William Bonner. O apresentador WilliamBonner é quem gera conteúdo no seu perfil no Twitter, @realwbonner, e não oprofissional William Bonemer Júnior. No perfil @realwbonner encontramos tweets doapresentador do Jornal Nacional6 interagindo com o público, comentando sobre oprograma e os assuntos do mais comentados na atualidade, como o Rock in Rio 7,estando eles no Trends Topics (ranking dos assuntos mais falados no Twitter), ounão. É possível gerar conteúdo e disseminá-lo em diferentes canais de mídias,simultaneamente. Segundo a autora, o conjunto de interações sociais origina novasrelações sociais e, permitem a migração de conteúdo. Explico: meus amigos noFacebook leem meu blog, me seguem, e compartilham o conteúdo do blog, noTwitter, trocam e-mails comigo por sermos colegas de trabalho. E esse conteúdo,pode ser uma notícia do jornal, o comentário de um jornalista na televisão, ou umafrase de alguém no Facebook. É importante salientar que uma rede social está em constante transformaçãoe que isso, na maioria das ocasiões, modifica suas estruturas. Um exemplo disso foia tradução oficial do Twitter para a Língua Portuguesa, a tradução de textos,indicações de perfis para seguir, os termos utilizados, como Mensagem Direta,Menções, Listas, o slogan, as buscas e os tópicos de Tendências. Tudo foiconcluído na última semana (07/06/2011). Veja a Home:4 Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS epesquisador com bolsa produtividade do CNPq.5 Disponível em: interney.net/blogs/alexprimo/2009/10/27/quao_real_e_realwbonner/ Acesso em:27/10/096 Telejornal brasileiro exibido pela Rede Globo, é apresentado por Fátima Bernardes e WilliamBonner.7 Ver: http://www.rockinrio.com.br/
  • 10. Twitter: Home em Inglês. Twitter: Home em português. Para alguns, a tradução popularizará8 ainda mais essa mídia entre osbrasileiros, uma vez que a barreira do idioma é de grande importância. É importantedestacar que, para visualizar o Twitter em português, é necessário alterar asconfigurações de sua conta na mídia social. 5.3 Twitter: Pretendo nesse momento, apresentar a mídia social Twitter, contando suahistoria, finalidade, importância na sociedade contemporânea e mostrar informaçõesrelevantes sobre ela (como número de seguidores, perfil dos usuários, formas deusos, influência nas mídias tradicionais que ela causa, recursos que ela oferece osusuários e demais informações consideradas importantes). O Twitter surgiu em 2006, mas teve seu reconhecimento, no Brasil a partir de2009, com o falecimento do astro pop Michel Jackson. A cada dia que passa novaspessoas aderem à mídia social e, com isso, a quantidade de conteúdo que elasgeram também cresce. Somente no primeiro trimestre de 2011, número de Tweetsaumento cerca de quarenta e um por cento a quantidade de perfis, praticamente,dobraram de tamanho9. Durante esse ano notei, e algumas reportagens comprovam isso, que aspessoas além de acompanharem seus programas de televisão preferidos,8 Disponível em: clippingrecordrs.wordpress.com/2011/05/19/twitter-ganha-55-contas-por-segundo/Acesso em 19/05/119 Disponível em: clippingrecordrs.wordpress.com/2011/05/13/numero-de-tuites-crece-em-41/Acessado em: 13/05/11
  • 11. compartilham opiniões, sobre eles no Twitter10. Diante disso, proponho-me, também,a estudar como a convergência acontece entre as mídias tradicionais, representadaspelos jornalistas, e as sociais, no meu estudo, o Twitter. Terei como texto de apoio os livros “Emergência” de Steve Johnson, “Linked”de Albert-Laszló Barabási e “Connected” de Nicholas A. Christakis e James H.Fowler e materiais disponíveis na internet, como gráficos, reportagens e pesquisasde institutos11 e outras pessoas que pesquisam sobre o assunto.10 Disponível em: clippingrecordrs.wordpress.com/2011/05/18/o-habito-de-ver-tv-e-tuitar/ Acessadoem: 18/05/1111 Disponível em: clippingrecordrs.wordpress.com/2011/05/17/pesquisa-mostra-relacao-da-tv-com-as-redes-sociais/ Acessado em: 17/05/11
  • 12. 6 - Estratégias metodológicas Para o desenvolvimento desse estudo, optei por realizar uma pesquisaqualitativa, pois assim poderei compreender com maior riqueza de detalhes como osjornalistas usam o Twitter. A amostra da pesquisa será composta por um grupo de jornalistas quetrabalham na TV Record RS e que possuem perfil no Twitter. Esse grupo é pequeno,portanto é importante salientar que nunca poderei generalizar minha análise e,consequentemente, sua conclusão. Para definir minha amostra, criei uma lista com o nome de todos os jornalistasque trabalham na Rede Record RS. Depois, verifiquei que, de oitenta e um (verapêndice A), trinta e um (ver apêndice B) estão presentes no Twitter. Para elaborar a pesquisa exploratória, criei um questionário online 12. Soliciteiuma rápida apresentação do entrevistado, com “sexo”, “idade” e o nome de seuperfil no Twitter. Pedi que eles me escrevessem o que é Twitter, quando e por quemotivo eles aderiram à mídia social e como eles a utilizam. Perguntei quantos seguidores eles possuem, quantas pessoas eles seguem,se eles enviam Mensagem Direta (DM), e se o conteúdo gerado por eles sãodivulgados por terceiros. Questionei, também, se eles errassem na mídia social elespediriam desculpas e corrigiriam o erro. Mídia Social e Mídia de Massa podem trabalhar juntas? Por quê? As MídiasSociais e a Internet contribuem em seu trabalho? Explique como. Foram outrasquestões respondidas por eles. Perguntei se eles possuíam blogs e pedi o endereço. Quis saber se elescompartilhavam conteúdo do blog no Twitter e se nele havia a opção “Twittar”. Senão, houvesse, quis saber se eles tinham interesse em usá-la e, para encerrar,questionei: “Você acredita que os blogueiros ajudam na propagação de notícias? Porquê?”. Questionário pronto, encaminhei-o para todos os jornalistas. Aqueles os quaissabia que não possuíam perfil também receberam, pois haveria a chance de algumpossuir perfil e eu não ter encontrado. Depois de três semanas de espera, vi quepoucos responderam. Reforcei o convite e aguardei mais uma semana. Obtive noverespostas.12 Ver em anexo
  • 13. A partir disso, organizei os resultados em tabelas (ver apêndice C). Paramelhor organização das respostas, cada pergunta corresponde a uma tabela (excetoa apresentação dos entrevistados, que servirá de referência para as demais).Compararei as respostas para criar grupos de perfis a partir das semelhanças entreas respostas. Na etapa sistemática da pesquisa irei trabalhar com uma pequena amostra dejornalistas deste grupo que fazem diferentes usos do Twitter. Penso que sejainteressante observar e registrar o comportamento desses jornalistas, durante omesmo período. Entrevistá-los-ei para obter mais informações sobre seus usos esentidos desses usos e fornecê-los-ei a eles o mesmo conteúdo para que elescompartilhem com seus seguidores. 7 - Cronograma
  • 14. Atividades/ 2011 2012 a s o n d j f m a m j Tempo A S O N D J F M A M JRevisão do problema X XContextualização e quadro X X X X XteóricoConstrução dos instrumentos Xde coletas de dadosColetas de dados X X XSistematização dos dados X X XAnálise descritiva dos dados X X XAnálise interpretativa dos dados X X XMetodologia X X XConclusão/Referências XRedação do relatório X X X X X X X X X XRevisão e formatação do XrelatórioEntrega X 8 – Referências PRIMO, Alex. Quão real é @realwbonner. Disponível em: <(http://www.interney.net/blogs/alexprimo/2009/10/27/quao_real_e_realwbonner/>. RECUERO, Raquel. Redes Sociais na Internet.Porto Algre: Sulinas, 2009. Clipping Record RS Dicionário Aurélio.
  • 15. Site Twitter Brasil: http://www.twitbrasil.org/ 9 - Bibliografia da pesquisa BARABÁSI. Albert-Laszló. Linked. São Paulo: Leopardo, 2002. CHRISTAKIS, Nicholas A. e Fowler, James H. Connected: O poder dasconexões. São Paulo. Editora: SP, 2009. JOHNSON, Steve. Emergência. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003. APÊNDICE A – TOTAL DE JORNALISTAS DA TV RECORD RS Adriene Emergente, Alexandre Mota, Aline Schneider, Alline Goulart, AmandaSilva, Ana Luisa Corrêa, Ananda Garcia, Anderson Borges, Andre Haar, AntonioSacomory, Bárbara Alves, Bianca Zuchetto, Bruna Kubaski, Carmel Mostardeiro,Carolina Zogbi, Cinthia Barbosa, Danilo Mattos, Pedro Calvi, Farid Germano Filho,Fernanda Cardoso, Fernanda Oliveira, Gabriela Pimentel, Giórgia Bazotti, Gisleine
  • 16. Guerra, Givanildo Menezes, Graziella Santos, Gustavo Berton, Gustavo Gossen,Gustavo Orlandi, Gustavo Nunes, Jeison Karnal, Jéssica Berger, Cícero Moura, JoseHenrique Ferraro, Karine Vieira, Kássia Souza, Kellen Caldas, Kemi Zardo, LauraFerla, Leandro Olegário, Leonardo Lara, Lizandra Ongaratto, Lucas Rivas, LucianaMismas, Luciana Rosa, Luciane Echevarria, Luciano Fechner, Luciano Macedo, LuizCarlos Reche, Luiz Felipe Fontoura, Horácio Duarte, Luiza Zanchetta, MarcelFreitas, Marcelo Chemale, Marcelo Santos, Márcia Schiffner, Marco Bocardi, MarcusReis, Lucia Fontanive, Matheus Bonez, Matheus Felipe, Monica Rossi, Otto Neto,Paulo Bogado, Priscilla Casagrande, Raquel Sager, Ricardo Lovatto, RodrigoFalcao, Rosa Amaral, Salete Teixeira, Sérgio Schueler, Sheron Oliveira, SimoneSantos, Thais Freitas, Ticiano Kessler, Valessa Prado, Vania Lain, Vera Bosak,Vithoria Vaz, Viviane Finkielsztejn e Voltaire Porto. APÊNDICE B – TOTAL DE JORNALISTAS NO TWITTER Alexandre Mota, Aline Schneider, Alline Goulart, Ana Luisa Corrêa, AntonioSacomory, Carmel Mostardeiro, Carolina Zogbi, Cinthia Barbosa, Farid GermanoFilho, Gabriela Pimentel, Giórgia Bazotti, Gisleine Guerra, Givanildo Menezes,Gustavo Berton, Gustavo Gossen, Kemi Zardo, Leandro Olegário, Luciana Mismas,Luciane Echevarria, Luciano Fechner, Luiz Carlos Reche, Luiza Zanchetta, MarcusReis, Matheus Bonez, Matheus Felipe, Monica Rossi, Paulo Bogado, PriscillaCasagrande, Sheron Oliveira, Ticiano Kessler e Valessa Prado. APÊNDICE C – APRESENTAÇÃO DOS ENTREVISTADOSData resposta: Sexo Idade Usuário29/03/2011 Fem Entre 21 e 30 valviega29/03/2011 Masc Entre 21 e 30 olegarioleandro30/03/2011 Fem Menos de 20 carmellllll30/03/2011 Fem Entre 31 e 40 schneideraline13/04/2011 Masc Entre 21 e 30 matheus__felipe14/04/2011 Masc Entre 21 e 30 Marcusreisrs ou marcusreis (não lembro)14/04/2011 Fem Entre 21 e 30 Gibazotti20/04/2011 Fem Entre 21 e 30 MONICAROSSI02/06/2011 Masc Entre 41 e 50 faridgermano Twitter
  • 17. Na sua opinião: O que é Twitter?Usuário RespostaValviega Um miniblog onde podemos expressar a nossa opinião sobre fatos em um curto espaço, o que facilita a vida do leitor. Além disso é um grande meio de informação, onde, na grande maioria das vezes, fico sabendo em primeira mão das notícias do dia.Olegarioleandro Para resumir em uma frase: é um miniblog. Um espaço onde o internauta expõe sentimento, informação e diversão - sob a forma de palavra, somimagem.Carmellllll Um microblog onde me informo todos os dias. Virou uma aglutinação de notícias e informações - algumas importantes, outras,nem tanto.Schneideraline Meio rápido de comunicação abrangendo grande número de pessoas. Para mim o twitter é a manchete de uma notícia, ou pelo menos deveria ser usado assim.matheus__felipe Um importante meio para que as pessoas expressem seus pensamentos, idéias e vontades de forma rápida.Marcusreisrs Twitter é uma ferramenta prática para a comunicação. É possível expressar opinões, fazer convites, alertas e principalmente noticiar algo. Para nós, jornalistas, o Twitter se tornou uma das mais importantes ferramentas para se comunicar, trocar contatos, procurar personagens para reportagens e noticiar.Gibazotti É uma ferramenta que possibilita a troca de informações entre o leitor e a fonte.MONICAROSSI Um pequeno espaço na net para compartilharmos idéias.Faridgermano Uma maneira interessante de informar, ser informado e conhecer pessoas diferentes. Em que ano você criou seu perfil na rede social?Usuário RespostaValviega 2009olegarioleandro 2010Carmellllll 2010schneideraline 2011matheus__felipe 2010Marcusreisrs 2010
  • 18. Gibazotti 2010MONICAROSSI 2010Faridgermano 2011 Por que você criou um perfil na rede social?Usuário RespostaValviega Para conhecer a rede social.olegarioleandro Para conhecer a rede social., Ser amigo dos telespectadores.Carmellllll Para conhecer a rede social.schneideraline Para seguir outros jornalistas.matheus__felipe Para conhecer a rede social.Marcusreisrs Para conhecer a rede social., Para seguir outros jornalistas., Ser amigo dos telespectadores.Gibazotti Para conhecer a rede social.MONICAROSSI Para seguir outros jornalistas.Faridgermano Ser amigo dos telespectadores. Como você usa a rede social?Usuário RespostaValviega Compartilhar links., Divulgar notícias relevantes., Dizer aonde vai e o que faz. Interagir com o público.olegarioleandro Compartilhar links., Dizer aonde vai e o que faz. Interagir com o público.Carmellllll Divulgar notícias relevantes., Dizer aonde vai e o que faz. Interagir com o público., Trocar informações com outros jornalistas.schneideraline Divulgar notícias relevantes., Dizer aonde vai e o que faz. Interagir com o público., Promover à emissora.matheus__felipe Divulgar notícias relevantes., Dizer aonde vai e o que faz. Interagir com o público.Marcusreisrs Compartilhar links., Divulgar notícias relevantes., Dizer aonde vai e o que faz. Interagir com o público., Promover à emissora. , Trocar informações com outros jornalistas.Gibazotti Divulgar notícias relevantes., Trocar informações com outros jornalistas.MONICAROSSI Trocar informações com outros jornalistas.Faridgermano Trocar informações com outros jornalistas. Quantos seguidores você tem?Usuário RespostaValviega 198olegarioleandro 439Carmellllll 291
  • 19. schneideraline 25matheus__felipe 141Marcusreisrs 179Gibazotti 76MONICAROSSI 91Faridgermano 650 Você segue quantas pessoas?Usuário RespostaValviega 223olegarioleandro 96Carmellllll 349schneideraline 16matheus__felipe 91Marcusreisrs 107Gibazotti 387MONICAROSSI 114Faridgermano 421 Teus Tweets são divulgados por seus seguidores?Usuário RespostaValviega Simolegarioleandro SimCarmellllll Nãoschneideraline Nãomatheus__felipe SimMarcusreisrs SimGibazotti NãoMONICAROSSI NãoFaridgermano Sim Você envia Mensagem Direta (DM)?Usuário RespostaValviega Simolegarioleandro SimCarmellllll Simschneideraline Nãomatheus__felipe SimMarcusreisrs NãoGibazotti SimMONICAROSSI SimFaridgermano Não Se você erra na rede social. Você pede desculpa e corrige seu erro?Usuário Resposta
  • 20. Valviega Simolegarioleandro SimCarmellllll Simschneideraline Simmatheus__felipe SimMarcusreisrs SimGibazotti SimMONICAROSSI SimFaridgermano Sim Mídia Social e Mídia de Massa Mídia Social e Mídia de Massa podem trabalhar juntas? Por quê?Usuário RespostaValviega Não só podem como devem. Quanto mais pessoas tiverem acesso a informação mais divulgada ela será. Bom para o jornalista e bom para o receptor da notícia.olegarioleandro As mídias social e de massa, no meu entendimento, são complementares. Uma está constantente movimentando a outra. Seja pelo feedback ou sugestões de pauta ou ainda pela recupercusão na cobertura de caso/evento. Elas caminham na mesma direção em velocidades diferentes.Carmellllll Sim. Uma complementa a outra.schneideraline Podem muitomatheus__felipe Acredito que sim. Elas se completam e devem trabalhar juntas. Empresas tem nas midias sociais uma espécie de termometro. Sentem o que as pessoas querem ou pensam por ali.Marcusreisrs Podem. Hoje em dia a internet muitas vezes é a forma mais rápida e direta de um telespectador se comunicar com a produção de um telejornal ou até mesmo diretamente com o jornalista. Antigamente isso era impossível. Hoje o internauta pode conversar on line com o reporter, trocar informações, contribuir para a reportagem que está sendo feita. Mesmo as mídias sociais não serem tão difundidas quanto as de massa elas podem e devem andar juntas.Gibazotti Podem e devem trabalhar juntas. Nos dias de hoje, é necessário que haja essa interação.MONICAROSSI Acredito que sim porque a agilidade das midias sociais pode servir
  • 21. e muito para melhorar os conteudos da outra. Conseguimos mais informações e de maneira mas rápida com uso dessas novas ferramentas.Faridgermano Claro que sim. As duas se completam. As Mídias Sociais e a Internet contribuem em seu trabalho? Explique como.Usuário RespostaValviega Contribuem e muito. As pequenas informações postadas pelos perfis que sigo me servem como sugestão de pauta e até apuração do factual.olegarioleandro Contribuem na medida em que posso interagir com os telespectadores, além de contar os bastidores de reportagens. Acredito que é um espaço para a ""dimensão humana"" do repórter frente ao público.Carmellllll Sim. São fontes de informação e, muitas vezes, de pautas.schneideraline Facilita o acesso a informação e divulgação do nosso trabalho. assim como contato com telespectador, contribuindo na construção dos programas.matheus__felipe Sim. No momento em que consigo interagir com pessoas de diversos lugares troco experiências e aprendo muito. A midia social e a internet fazem parte da rotina de qualquer pessoa que quer se manter atualizada.Marcusreisrs Já encontrei personagens para as reportagens (cases, como chamamos), através das mídias sociais. Apesar desse trabalho ser referente ao twitter vale eu destacar que eu não uso mais o twitter. Não lembro mais a senha. Minha última postagem foi em dezembro. Hoje uso o facebook pq une todas as ferramentas que preciso. Twitter, e-mail, conversa on line... Através do face já encontrei pessoas que passam por problemas que estou abordando na reportagem. Ou que tem opiniões necessárias para o ponto e contraponto do VT. As mídias sociais aproximaram o telespectador dos jornalistas assim como os jornalistas dos telespectadores. Ao mesmo tempo que temos o retorno direto se eles estão ou não gostando do que está indo ao ar. Antigamente isso era impossível. Hoje, em segundos, sei a repercussão que a reportagem está tendo.
  • 22. Gibazotti Contribuem muito, pois são uma das principais ""fontes". É uma verdadeira biblioteca virtual. Podemos encontrar cases, histórias interessantes,...MONICAROSSI Contribuem bastante pois atraves dessas ferramenttas mantenho- me informada e posso encontrar fontes e cases para minhas matérias.Faridgermano Não sei se contribuem. Atrapalhar, não atrapalham. Blog Você possui um blog?Usuário RespostaValviega Nãoolegarioleandro NãoCarmellllll Nãoschneideraline Não, não tenho blogmatheus__felipe SimMarcusreisrs SimGibazotti NãoMONICAROSSI NãoFaridgermano Não Qual o endereço?Usuário RespostaValviega -olegarioleandro -Carmellllll -schneideraline -matheus__felipe http://matheusfelipe.wordpress.com.brMarcusreisrs marcusreis.wordpress.comGibazotti Não tenho.MONICAROSSI NenhumFaridgermano Não Você compartilha conteúdo do blog no Twitter?Usuário RespostaValviega Nãoolegarioleandro NãoCarmellllll Nãoschneideraline Nãomatheus__felipe NãoMarcusreisrs NãoGibazotti Não
  • 23. MONICAROSSI Não@faridgermano Não "No seu blog, há a opção “Twittar”?"Usuário RespostaValviega Nãoolegarioleandro NãoCarmellllll Nãoschneideraline Nãomatheus__felipe NãoMarcusreisrs NãoGibazotti NãoMONICAROSSI NãoFaridgermano Não "Se não, você tem interesse em usá-la?"Usuário RespostaValviega Não Acho que blogs estão muito ultrapassados.olegarioleandro NãoCarmellllll Nãoschneideraline Simmatheus__felipe SimMarcusreisrs NãoGibazotti NãoMONICAROSSI NãoFaridgermano Não Você acredita que os blogueiros ajudam na propagação de notícias? Por quê?Usuário RespostaValviega Poucos são os blogs que difundem alguma coisa interessante. Hoje a rede está infestada de diários pessoais que não proporcionam nada de relevante.olegarioleandro -Carmellllll "Sim, mas existem blogs específicos para isso. Tem até jornalista que era do impresso que migrou para blogs.schneideraline Simmatheus__felipe Sim. Porque é assim que blogueiros abastecem de informação seus sites. Temos um problema grave e que deve ser analizado. A forma que a noticia é propagada. Muitas vezes distorcida e mentirosa.Marcusreisrs Sim. Não só na propagação da notícia como na exploração da notícia. Por exemplo. Recentemente morreu o jornalista Flávio
  • 24. Alcaraz Gomes. Isso era a notícia. Foi publicado em quase todos os sites do RS. No meu blog aprofundei o caso. Contei quem era o Flávio, as oportunidades que tive de conversar com ele e passar um pouco dos bastidores da vida desse grande repórter. Acho que o internauta não procura a notícia nos blogs (dependendo do blog), mas busca informações quem nem sempre as notícias ou o factual te dáGibazotti O blog é um meio de propagar notícias, independente do tipo de notícia.MONICAROSSI Sim, porque muitos deles postam noticias de veículos e incluem suas proprias informações, indagações ou críticas. Outros são eles mesmos fontes de noticia.Faridgermano Sim, eles espalham pela rede. ANEXOApresentação do questionário
  • 25. Apresentação do usuário
  • 26. Twitter – parte 1
  • 27. Twitter – parte 2
  • 28. Opinião: Mídia de Massa X Mídias Social
  • 29. Blog – Parte 1
  • 30. Blog – Parte 2Agradecimento por preencher o questionário.

×