Your SlideShare is downloading. ×
Paisagens do campo e da cidade   slide
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Paisagens do campo e da cidade slide

5,356
views

Published on

Published in: Education, Technology

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,356
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.
    • Curso Tecnologias na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC
    • Cursista: Edineyde Martins dos Santos
    • Tutora: Ana Maria di Santos
    • Unidade III
    • Atividade 3
  • 2. Paisagens do campo e da cidade: olhares
  • 3.
    • Bloco de Conteúdo Geografia
    • Ano/série
    • 3º ano
    • Duração
    • 2 aulas
  • 4. Conteúdo
    • Espaços urbano e rural
  • 5. Objetivos
    • a) Identificar, descrever e comparar os elementos de origem natural e cultural que configuram as diferentes paisagens.
    • b) Observar, descrever e analisar elementos de paisagens urbanas e rurais em pinturas, fotografias, desenhos e ilustrações.
  • 6. Desenvolvimento das atividades
    • Primeira aula
    • Converse com os alunos sobre os espaços que eles costumam freqüentar, visitar ou usar para brincadeiras. Pergunte quais são os de que mais gostam e o que se pode encontrar nesses locais: árvores, brinquedos como balanço ou gangorra, gramado, campo de futebol, casas e outras edificações etc. Solicite a cada aluno que represente esses espaços por meio de desenhos, deixando-os à vontade também para representar o que gostariam que fosse melhorado em cada um deles.
    • Em seguida, peça aos alunos que contem para os colegas que outros espaços eles já tiveram a oportunidade de conhecer ou visitar, seja na cidade ou no campo. É importante que eles procurem também mostrar diferenças entre esses espaços e os de sua freqüência ou convivência habitual. Aproveite a oportunidade para saber mais dos alunos quais diferenças eles percebem entre o campo e a cidade e como seria a vida em cada um deles. Ouça os relatos e opiniões e esclareça que nas próximas aulas eles poderão examinar com mais detalhes como eles se organizam, o que poderá ajudá-los a melhor compreender os seus próprios espaços de vida.
    • Proponha que a turma se organize em duplas ou pequenos grupos para observar as pinturas 1 e 2 (ver Anexos). Considere o roteiro a seguir:
  • 7.
    • a) Se julgar conveniente, antes de apresentar as imagens mostre o título de cada uma delas e procure saber dos alunos se já ouviram falar dos autores, período e local em que foram produzidas e o que esperam ver retratado nelas;
    • b) Com as figuras em mãos, peça que observem cada uma delas e descrevam características e detalhes dos objetos, nomeiem e descrevam cada um deles e assinalem sua posição na paisagem. Peça que observem também as cores, formas e volumes dos objetos. Procure saber que sensações a visão de cada uma das paisagens sugere ou provoca no observador;
    • c) A seguir, solicite que comparem as duas imagens e estabeleçam as diferenças e semelhanças entre elas;
    • d) Depois, proponha que identifiquem quais elementos são de origem natural e quais foram criados pelos grupos humanos em cada uma delas. Essas informações deverão ser organizadas em um quadro com duas colunas e algumas linhas. Se necessário, desenhe um modelo no quadro-de-giz .
  • 8.
    • Segunda aula
    • Converse com toda a turma sobre os resultados da observação feita na aula anterior. Para a discussão, considere que a observação das duas obras de arte permite considerações sobre alguns conteúdos e características do campo e da cidade. A paisagem urbana é de evidente artificialidade, enquanto a que mostra uma cena do campo deixa à vista elementos de origem natural, ainda que parcialmente modificados pela ação humana. A paisagem urbana mostra elementos inerentes à própria idéia de cidade, como a densidade, diversidade e concentração de pessoas e objetos. Há também contigüidade entre os objetos, se comparados aos que aparecem na figura do meio rural. Vale a pena ressaltar também as diferenças evidentes entre os sistemas de circulação nos espaços retratados.
    • Questione os estudantes se poderíamos encontrar novos elementos em outras paisagens urbanas e rurais. Por exemplo, a presença de indústrias no campo, atividades que costumam ser encontradas mais frequentemente nos núcleos urbanos. Você pode propor aos estudantes que coletem, observem e comparem outras imagens de paisagens do campo e da cidade para serem observadas, como fotografias, obras de arte, desenhos e ilustrações. Com a participação de todos, anote as principais conclusões na lousa e solicite que todos anotem no caderno.
  • 9. Avaliação
    • Para avaliar a aprendizagens dos alunos, leve em conta toda a produção realizada ao longo da seqüência didática, como os desenhos produzidos e os trabalhos realizados em grupos. Leve em conta os objetivos previstos inicialmente para avaliar a evolução do aluno no que diz respeito a sua capacidade de expressão, escrita, compreensão do tema e da leitura e interpretação das imagens. Considere também a participação de todos nos trabalhos individuais e coletivos e nas rodas de conversa, assim como o modo como divisão de trabalho e participação individual nos grupos.
  • 10. Anexos
    • Vídeo
    • http://revistaescola.abril.com.br/historia/pratica-pedagogicabertioga-Macau-diversidade-cultural-intercâmbio-postal
    • Pintura 1 Paisagem urbana
    • Pintura 2 Paisagem rural
    • Reportagens
    • http://revistaescola.abril.com.br/geografia/pratica-pedagogica/ exodo-rural- aqui-agora
    • http://revistaescola.abril.com.br/geografia/pratica-pedagogica/ A favela como espaço da cidade

×