Gerenciamento Ágil de Projetos

1,295 views

Published on

Palestra ministrada por Edivandro Conforto no 12o. Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos - Project Management Institute (PMI) Chapter São Paulo em 18.Set.2012. Única apresentação sobre o tema "Gerenciamento Ágil de Projetos".
É crescente a preocupação das empresas em inovar e gerar valor a partir de novos produtos e serviços, com o objetivo de aumentar a competitividade e manter um ritmo sustentável de crescimento. Entretanto, é preciso considerar estratégias e abordagens gerenciais adequadas, além de um conjunto de fatores críticos. Juntos, tais elementos contribuem para a criação de um ambiente propício à inovação, geração de ideias, novos produtos, serviços e principalmente, agregação de valor para o negócio e clientes. O Scrum é considerado uma abordagem adequada para tal contexto e tem sido amplamente adotado pela indústria de Tecnologia da Informação. No entanto, empresas de diferentes setores estão buscando inovar nas práticas de gestão por meio da adoção da abordagem ágil e modelos como o Scrum. A palestra apresenta uma perspectiva de como o Scrum pode ajudar no desenvolvimento de competências estratégicas para a agilidade em inovação.

Published in: Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,295
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
67
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gerenciamento Ágil de Projetos

  1. 1. Gerenciamento Ágil de Projetos com ScrumDesenvolvendo Competências Estratégicas paraAgilidade em InovaçãoEdivandro ConfortoPesquisador | Consultor | Autor Palestra 18.Set.2012
  2. 2. Edivandro Conforto é pesquisador, consultor e autor nas áreas de gerenciamento de projetos, gerenciamento ágil, desenvolvimento de produtos e gestão da inovação. É co-autor do livro “Gerenciamento Ágil de Projetos – aplicação em produtos inovadores”, Saraiva-2011, primeiro livro publicado no Brasil sobre o tema gerenciamento ágil.Seu trabalho de pesquisa é pioneiro em nível global, tendo sido o primeiro brasileiropremiado e reconhecido internacionalmente pelo Project Management InstituteEducational Foundation (PMIEF), Production & Operations Management Society (POMS-USA) e International Project Management Association (IPMA). Conforto é também autor deartigos publicados em revistas e eventos nacionais e internacionais. É pesquisadormembro do Grupo EI2 (USP/EESC/NUMA), onde conduz estudos avançados paradesenvolvimento de modelos, técnicas e ferramentas para gerenciamento de projetos edesenvolvimento de produtos e serviços em ambientes de inovação. Possui mestrado emGerenciamento Ágil de Projetos e Gestão da Inovação pela USP/EESC. br.linkedin.com/pub/ @ecconforto edivandro-c-conforto/ 9/9b4/8a0 2
  3. 3. O que é Gerenciamento Ágilde Projetos? “O Gerenciamento ágil de projetos é uma abordagem fundamentada em um conjunto de princípios, cujo objetivo é tornar o processo de gerenciamento de projetos mais simples, flexível e iterativo, de forma a obter melhores resultados em desempenho (tempo, custo e qualidade), menor esforço em gestão e maiores níveis de inovação e agregação de valor ao cliente.”Fonte: AMARAL, D.C.; CONFORTO, E.C.; BENASSI, J.L.G.; ARAÚJO, C. Gerenciamento Ágil de Projetos– aplicação em produtos inovadores. São Paulo: Saraiva, 2011. 3
  4. 4. Diferenciais do Gerenciamento Ágil Visão em lugar do Desenvolvimento Escopo Iterativo Envolvimento do Autogestão e Cliente e Auto-organização SimplicidadeFonte: AMARAL, D.C.; CONFORTO, E.C.; BENASSI, J.L.G.; ARAÚJO, C. Gerenciamento Ágil de Projetos– aplicação em produtos inovadores. São Paulo: Saraiva, 2011. 4
  5. 5. PM Survey 2012 – Global Report | 730 Organizations Types of Agile Methodologies used for Project Management Do not use Scrum Their own Other agile method 45.1% 23.0% 19.5% 12.4%Adaptado do relatório global PMSurvey, disponível em: http://www.pmsurvey.org/ 5
  6. 6. PMI’s Pulse of the Profession Report – March 2012 Using Agile on a The desire for organizational agility frequent basis Has increased the use of iterative/ incremental PM methods > 15% Agile methods in project management Topic #1 requested on PMI’s 2011 PM Network Readership SurveyMais informações em: http://www.pmi.org/~/media/PDF/Research/2012_Pulse_of_the_profession.ashx 6
  7. 7. McKinsey Quarterly – Forbes | Dec.2009 Author: Donald Sull   Higher revenues   More satisfied customers and employees Strategic   Improved operational efficiency   Faster time to market Portfolio OperationalMais informações em:http://www.forbes.com/2009/12/23/strategy-innovation-agility-leadership-managing-mckinsey.html 7
  8. 8. Survey com 19 empresas (48 entrevistados), de diferentes setores, integrantes do CRI Minas da Fundação Dom Cabral | Programa 2011 “Encontramos ambientes favoráveis para o Gerenciamento Ágil, em especial para o desenvolvimento de competências relacionadas à Agilidade” 19th International Product DevelopmentParceria de Pesquisa: Management ConferenceFDC CRI Minas: http://www.fdc.org.br/pt/pesquisa/inovacao/cri/minas/Paginas/default.aspx 8
  9. 9. Uma solução criativa Geração de valor para um problema? para o cliente? Competência Estratégica para as Organizações se Dinheiro novo? manterem no mercado? 9
  10. 10. Desafios no Gerenciamento de Solucionar problemasProjetos Inovadores complexos, além de uma solução tecnológica; Projetos com alto nível Envolve limitações de marketing, de incerteza em parte processos e gestão significativa do seu conteúdo Realizar o projeto em ambientes de redes de inovação; diferentes instituições; Obter a cooperação e coordenação dentro de Envolver os clientes e equipes de especialistas usuários no desenvolvimento com diferentes formações dos produtos Fonte: AMARAL, D.C.; CONFORTO, E.C.; BENASSI, J.L.G.; ARAÚJO, C. Gerenciamento Ágil de Projetos – aplicação em produtos inovadores. São Paulo: Saraiva, 2011. 10
  11. 11. Ausência de times genuinamente multifuncionais ouDesafios no Gerenciamento de inter-departamentaisProjetos Inovadores Administrar riscos Mudanças de escopo inerentes de um Flexibilidade das e requisitos durante a projeto inovador estruturas execução do projeto organizacionais Identificar projetos Como planejar se o segundo uma escopo do “projeto” estratégia de longo não está claro? prazo Pesquisa realizada em conjunto com o Centro de Referência em Inovação/Minas Fundação Dom CabralPopulação: 19 Empresas de médio e grande porte de diferentes setores 11
  12. 12. Identificar tendências, oportunidades ou necessidades dos clientes/ mercado Adaptar o projeto, d e ib ilida Coletar dados,propor soluções criativas Flex requisitos, analisar, e de valor para os d e lo cida explorar clientes/mercado Ve Discutir com todos os envolvidos no projeto eFonte: Conforto (2012) tomar decisão 12
  13. 13. O que é Scrum?! 13
  14. 14. High-performing and Cross-functional teams•  Built-in instability Scrum!•  Self-organizing project teams•  Overlapping development phases•  “Multilearning”•  Subtle control•  Organizational transfer of learning1986 SCHWABER, K; BEEDLE, M. Agile Software Development with Scrum. Prentice Hall, 2001 14
  15. 15. Transparency! Inspection! Adaptation!Schwaber (2009).Scrum Guide 15
  16. 16. Scrum Process Sprint Sprint Product Planning (2-4 weeks) FeaturesVision Product Backlog Inspection Daily Scrum Sprint BacklogSchwaber (2009).Scrum Guide 16
  17. 17. •  Scrum Rituals •  Scrum Artifacts –  Sprints –  Product Backlog –  Sprint Planning –  Sprint Backlog –  Daily Scrum –  Sprint Review •  Scrum Roles –  Sprint Retrospective –  Development Team –  Product Owner –  Scrum MasterSchwaber (2009).Scrum Guide 17
  18. 18. Desenvolvendo Competências Estratégicas para Agilidade em Inovação OrganizaçãoCliente / Time doMercado Projeto Processo 18
  19. 19. Time de Projeto Contribui para as competências estratégicas para agilidade em •  Times pequenos (8 até 12 pessoas) inovação: •  Auto-organizados (tomada de decisão) •  Auto-gerenciados | Colabora com o Conhecimento útil Scrum Master Dinamismo na •  Co-localizados (interação constante) resolução de •  Colaboração | Compartilham problemas conhecimento (resiliência) •  Dedicados ao projeto (foco) Agilidade •  Times de auto desempenho Foco no valor •  Responsável pelos resultados 19
  20. 20. Processo Contribui para as competências estratégicas •  Time-boxed | Desenvolvimento para agilidade em Iterativo inovação: •  Planejamento contínuo “Think big, •  Inspeção / Feedback contínuo act small, fail fast; •  Orientado para resultados de valor learn rapidly” •  Tarefas / Entregas priorizadas Redução de Riscos e •  Absorve mudanças / Busca Maximização do Valor inovação •  Foco na redução dos riscos e Produtos que tragam maximização do valor resultados concretos 20
  21. 21. Organização Contribui para as•  Redução do time-to-market competências estratégicas para agilidade em•  Orientada à inovação | crescimento inovação:sustentável•  Explorar novas oportunidades | DiferencialPortfólio Equilibrado competitivo•  Clientes e colaboradores mais Estratégia de longosatisfeitos prazo•  Rápida tomada de decisão (agilidade) “The Agile•  Redução de desperdícios | Enterprise”Simplificação | Lean Inovação no modelo•  Capacidade de responder àsmudanças (flexibilidade) de negócio 21
  22. 22. Cliente / Mercado Contribui para as competências estratégicas •  Participação ativa em todos os para agilidade em estágios do projeto inovação: •  Enxerga a empresa como um Open Innovation parceiro, não somente um fornecedor •  Desenvolvimento colaborativo “Lead User Innovation” •  Compartilha e assume riscos Cliente passa a ter um •  Busca inovação e resultados expressivos papel diferenciado •  Modifica a forma de trabalho e relação Testar novas ideias, (fornecedor/cliente) explorar, desenvolver 22
  23. 23. Core Values! &! Agile! Culture! Innovation!Practices & Tools! Competences! Enablers! 23
  24. 24. Competências emAgilidade! Inovação Alto Moderado Baixo Ambiente Dinâmico de Negócio Complexidade = Incerteza 24
  25. 25. Afinal, por onde começar?•  Definir uma estratégia de longo prazo.•  Buscar conhecimento sobre Abordagens Ágeis. Treinamento / Capacitação das pessoas.•  Os próprios colaboradores são os agentes de mudança.•  Adotar uma visão estratégica para adoção das práticas. Ex. Perspectiva da transformação organizacional.•  O cliente como parceiro do desenvolvimento / não apenas O Cliente! Fonte de renda, mas fonte de inovação!•  Adotar algumas práticas, técnicas e ferramentas (incremental). 25
  26. 26. Obrigado pela Atenção!Edivandro Carlos Conforto, MSc. CSM.Twitter = @ecconfortoLinkedIn: br.linkedin.com/pub/edivandro-c-conforto/9/9b4/8a0 Blog do Livro: http://gerenciamentoagildeprojetos.blogspot.com.br/ Curta nossa página no facebook: https://www.facebook.com/GerenciamentoAgildeProjetos 26
  27. 27. Referências em uso e fontes adicionaisAMARAL, D.C.; CONFORTO, E.C.; BENASSI, J.L.G.; ARAÚJO, C. Gerenciamento Ágil de Projetos – aplicação em produtos inovadores.São Paulo: Saraiva, 2011.CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO (CRI – MINAS) – Fundação Dom Cabral. Disponível em:http://www.fdc.org.br/pt/pesquisa/inovacao/cri/minas/Paginas/default.aspxCONFORTO, E.C. Modelo de Agilidade em Gerenciamento de Projetos. São Carlos EI2, 2012, 20 p. Relatório interno de pesquisa (Whitepaper) – Escola de Engenharia de São Carlos – Universidade de São Paulo, Grupo de Engenharia Integrada (EI2).CONFORTO, E. C., SALUM, F. A., SILVA, S.L., AMARAL, DC, PEREIRA, R. H. F., SOARES, L. G. O. N., Almeida, L.F.M. Empiricalinvestigation of Agile Project Management Practices, Enablers and Competences in innovative NPD Enterprises In: 19th International ProductDevelopment Conference - IPDMC, 2012, Manchester. 19th International Product Development Conference - IPDMC. Belgium: EIASM, 2012.Chesbrough, H.W., 2003. The Era of open innovation. MIT Sloan Management Review. 44, 3, 35-41.Chesbrough, H.W., 2006. Open innovation: the new imperative for creating and profiting from technology. Harvard Business School Press,Boston.Chesbrough, H., Schwartz, K., 2007. Innovating business models with co-development partnerships. Research Technology Management. 50,1, 55-59.SCHWABER, K. Scrum Guide. Scrum Alliance, 2009.SCHWABER, K. Agile Project Management with SCRUM. Microsoft Press: Washington, 2004.SCHWABER, K; BEEDLE, M. Agile Software Development with Scrum. Prentice Hall, 2001.TAKEUCHI, I.; NONAKA, H. The new new product development game. Harvard Business Review, 1986.VON HIPPEL,E.LeadUsers:asourceofnovelproductconcepts.ManagementScience,v.32,n.7,pp.791‐805,1986.http://www.forbes.com/2009/12/23/strategy-innovation-agility-leadership-managing-mckinsey.htmlhttp://www.forbes.com/sites/karlmoore/2012/06/12/agility-the-ingredient-that-will-define-next-generation-leadership/ 27

×