Your SlideShare is downloading. ×
Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso
                         usam criatividade e divulgam a importância
               ...
No Dia Nacional da Leitura...                                                             Um giro pelo Brasil

Bibliotecas...
Bibliotecas Premiadas
                        Para promover o Dia Nacional da Leitura,
                        crianças do...
Com atividades diversificadas,                                                                    Parceria com o poder púb...
menção honrosa
 Biblioteca Comunitária Ler é Preciso
 de Camocim de São Felix, em Pernambuco,
 realiza visitas de crianças...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Encarte especial jornal_prosa

778

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
778
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Encarte especial jornal_prosa"

  1. 1. Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso usam criatividade e divulgam a importância da leitura literária desde o berço foto: Acervo Ecofuturo
  2. 2. No Dia Nacional da Leitura... Um giro pelo Brasil Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso As três Bibliotecas vencedoras usam criatividade e divulgam a importância que receberam livros de literatura como prêmio são: Itapirapuã Paulista, localizada no interior de da leitura literária desde o berço São Paulo; Joselândia, no Estado do Maranhão, e Rui Barbosa, na Bahia. A Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de Camocim de São Félix, Varal de livros na praça, Para destacar e valorizar as ações promovidas em Pernambuco, recebeu palestras com poetas pelas equipes das Bibliotecas Comunitárias, o Instituto a Menção Honrosa. Ecofuturo premiou as três unidades que mais se e escritores, leituras e destacaram a partir dos seguintes critérios: realização As ações realizadas por essas Bibliote- de temas urgentes e relevantes que en- contação de histórias, de atividades de leitura de livros de literatura; cas foram consideradas as mais criativas e volvem a causa da leitura no Brasil. exposição de fotos e articulação com a comunidade; criatividade e inovação; de maior poder articulador, resultando na As atividades in loco de leitura aconte- utilização das publicações do Ecofuturo; articulação mobilização da comunidade e ampliando ceram em dez Estados brasileiros, envol- até uma marcha pela as discussões sobre a importância da lei- vendo cerca de 70 cidades e 7 mil pesso- com o poder público; articulação para divulgação das leitura foram algumas das tura literária. as. As comunidades ligadas às Bibliotecas atividades; acervo utilizado nas atividades; busca de Vale lembrar que todas as atividades Comunitárias Ler é Preciso promoveram atividades desenvolvidas parceiros e patrocínios; foco na leitura para bebês; desenvolvidas foram extremamente rele- cerca de 60 ações de leitura – mas as por 41 Bibliotecas envolvimento de cursistas; impactos e acessibilidade. vantes para o sucesso da celebração do 1º ações de disseminação de conteúdo e Dia Nacional da Leitura, como a palestra divulgação da data via internet atingiram Comunitárias Ler é Uma Biblioteca também recebeu destaque como sobre a importância da leitura para os be- cerca de 3 milhões de pessoas, confirman- Preciso para comemorar Menção Honrosa. bês no período de gestação, desenvolvi- do o quanto é possível alcançar quando O mais importante foi o modo que cada Biblioteca da por uma psicóloga da comunidade de se age em rede, mobilizando parceiros e o primeiro Dia Nacional Aimorés (Minas Gerais); a Pracinha da Lei- multiplicando informações. encontrou para mobilizar-se na promoção da leitura da Leitura, celebrado em literária entre crianças e adultos. Bibliotecas da Bahia, tura, com livros pendurados em árvores Chegar até onde chegamos merece e à disposição das pessoas, realizada em comemoração, pois o bom caminhante 12 de outubro. São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Maranhão, Alagoinhas (Bahia); e a Caravana da Hora não despreza seu percurso, mesmo ciente Pernambuco, Pará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul do Conto, com distribuição de livros em do longo trajeto que ainda tem pela participaram com entusiasmo e dedicação, revelando escolas na comunidade rural de Casinhas frente. Assim nos sentimos: gratificados com fotos e fatos o encantamento que a literatura (Pernambuco). pelo que conquistamos e, ao mesmo Houve também o Seminário do Dia e tempo, confiantes em que teremos muito pode proporcionar e a importância das atividades Semana Nacional da Leitura e Literatura, mais o que contar no final de 2010. Sua desenvolvidas para promover o encontro de um leitor na Comissão de Educação, Cultura e Es- presença nesta rede nacional pela leitura com um bom livro. porte do Senado Federal, com a projeção colabora muitíssimo para esta certeza!
  3. 3. Bibliotecas Premiadas Para promover o Dia Nacional da Leitura, crianças dormem e acordam na Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de Joselândia, no Maranhão Dormir dentro de uma biblioteca pare- Para custear o evento, o Conselho Gestor ce coisa nada divertida, mas não foi o que conseguiu um “amigo secreto” para cada acharam cerca de 20 crianças da cidade de criança, denominado Anjo da Guarda. “Assim Joselândia, no Maranhão. Frequentadoras conseguimos dar prêmios e preparar um assíduas da Biblioteca Comunitária Ler é lanche noturno e o café da manhã para nossos Preciso, elas participaram do programa Dor- hóspedes”, explica Marilena. Pela manhã, ao mindo e acordando com os livros, evento acordar, cada criança encontrou um livro em que fez parte da programação idealizada seu colchão. Os exemplares foram doados pela Biblioteca para comemorar o Dia Na- pela Secretaria de Educação de Joselândia. cional da Leitura. “A Secretaria também doou outros livros que A inovação, que rendeu um dos três foram sorteados em outras ações, como a visita prêmios pela melhor programação do Dia em escolas.” Nacional da Leitura, agitou a pequena Para encerrar essa semana intensa de cidade. As crianças escolhidas, com idade atividades, a Biblioteca preparou a Feira de entre sete e 12 anos, dormiram do dia 11 Leitura. Realizado na praça central, o evento para o dia 12 de outubro na Biblioteca. contou com uma árvore de livros: cerca De acordo com Marilena Borges Amorim, de 30 exemplares, presos com elásticos uma das funcionárias, a programação foi e fitas, ficaram à disposição das pessoas. pensada e repensada várias vezes. “Era uma “Também tivemos um caldeirão de livros, com grande responsabilidade estar com todas as uma bruxa que emprestava pessoalmente crianças, mas valeu a pena”, conta ela, que os livros de terror, e ainda o Espaço do foi pessoalmente a cada casa para pegar a Menino Maluquinho, além de contação de autorização dos pais. histórias, dinâmicas, leituras e sorteios de Das 8 horas da noite do dia 11 até as livros”, finaliza Marilena, sem deixar de 11 horas da manhã do dia 12, as crianças, salientar: “Depois disso, a procura aumentou além de dormirem, participaram de várias consideravelmente.” atividades. “Cada criança foi convidada a escolher o livro de que mais gostava e contar aos outros a história. Quem contasse melhor levava um prêmio e ganhava o título de Contato: Marilena Borges Amorim Garoto(a) Ler é Preciso”, diverte-se Marilena. TeL.: (99) 8409-4908
  4. 4. Com atividades diversificadas, Parceria com o poder público simples e criativas, a Biblioteca amplia atividades na Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de Itapirapuã Comunitária Ler é Preciso de Rui Barbosa, Paulista envolve ainda mais a comunidade na Bahia Imagine uma enorme Além da confecção da colcha de retalhos, A parceria firmada entre a Biblioteca Comuni- mos os livros e fomos os responsáveis pelas ativi- colcha de retalhos for- a Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de tária Ler é Preciso da cidade baiana de Rui Barbosa dades e brincadeiras”, explica Marigilda. Outra mada por 150 pedaços Itapirapuã Paulista programou palestras com e a Prefeitura local deu um novo fôlego às ativida- ação de impacto foi uma caminhada pelas ruas de tecido, cada um pin- professores sobre a importância da leitura des do Dia Nacional da Leitura. Realizada de 12 a da cidade. “Foi uma forma divertida e com muito tado por uma pessoa no dia-a-dia, realizou leituras públicas e 16 de outubro, a programação, destinada a todas barulho para que as pessoas pudessem conhecer diferente e todos com o a Caminhada da Leitura, uma iniciativa as idades, atingiu um público de cerca de 3 mil melhor o espaço da Biblioteca.” A ideia deu cer- mesmo tema: Brincar de das crianças que frequentam a Biblioteca. pessoas, fazendo dessa biblioteca do Estado da to, pois aumentou o movimento de pessoas na Ler. Imaginou? Agora, se “Nessa caminhada, com o tema Caminhos Bahia uma das três vencedoras do prêmio para a Biblioteca. “A cada dia que passa, mais leitores você quer ver de perto que a leitura pode nos mostrar, as crianças melhor programação do Dia Nacional da Leitura. nos procuram. Isso é muito gratificante”, se entu- uma colcha assim, é só levavam cartazes e livros, cantando as A articulação para a realização das atividades siasma a coordenadora. ir à Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de músicas Brincar de ler e Viva a leitura”, começou quando a Biblioteca procurou escolas, Para Marigilda, outra atividade que chamou Itapirapuã Paulista, localizada no interior do conta Raquel. creches, asilos e artistas locais propondo a muito a atenção foi a realizada no asilo Casa Estado de São Paulo, uma das três vencedoras Segundo ela explica, a realização de uma programação conjunta, que do Idoso. “Mesclamos os vovôs e as vovós às do prêmio para a melhor programação do Dia grande visibilidade que a pudesse reunir todos. De acordo com Marigilda crianças e seus pais com a intenção de resgatar as Nacional da Leitura. programação trouxe para Andrade da Silva, coordenadora da Biblioteca, histórias já vivenciadas pelos antigos moradores. Segundo Raquel Cordeiro, promotora de a Biblioteca já está sendo nunca havia sido feito nada parecido. “Foi O resultado foi surpreendente e mostrou que leitura da Biblioteca, a colcha está com o Fundo sentida, pois aumentou o um evento completo, cheio de atrações e que a união faz mais do que a força; faz até alguns Social de Solidariedade da Prefeitura, mas em número de pessoas que conseguiu mobilizar a cidade”, conta ela. milagres”, brinca ela. breve será exposta na Biblioteca. “A princípio, estão participando das Na praça principal foram montados vários pensamos em doar a colcha para uma instituição atividades. “Hoje temos estandes com livros divididos por faixa etária. “A Contato: Marigilda Andrade da Silva filantrópica, mas o trabalho ficou tão bonito e maior frequência de montagem ficou a cargo da prefeitura. Nós cede- TeL.: (75) 9956-1542 representa tanta coisa, que decidimos expô-lo adultos, que puderam aqui, na nossa biblioteca”, se entusiasma Raquel. ver de perto que ler A colcha foi uma das inúmeras atividades é muito bom.” criativas que a Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de Itapirapuã Paulista realizou para comemorar o Dia Nacional da Leitura. Contato: Raquel Cordeiro “Uma das coisas mais importantes foi a TeL.: (15) 3548-1347 união do Conselho Gestor, que se empenhou em criar uma programação que atingisse toda a comunidade”, explica Raquel, que conta ter ficado surpresa com a premiação. “Fizemos o que achamos que despertaria na população o interesse pelos livros. Demos o melhor sem pensar nos prêmios”, diz ela.
  5. 5. menção honrosa Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de Camocim de São Felix, em Pernambuco, realiza visitas de crianças e adolescentes portadores de deficiência visual com portadores de deficiência visual. “A ideia é aproveitar ao máximo o material que recebemos. Com isso, mais um grupo de pessoas pode começar a aproveitar a nossa biblioteca”, conta Maria do Socorro Andreia de Assis Lima, promotora de leitura. Outra atividade bem recebida pela comunidade foi o agendamento de visitas à Biblioteca. “Íamos às escolas e marcávamos hora para os professores trazerem seus alunos. Com isso, otimizamos os horários menos concorridos”, explica Maria do Socorro. Nessas Uma série de atividades marcou o Dia visitas eram realizadas atividades como a Nacional da Leitura na Biblioteca Comunitária Hora do Conto, com contação de histórias Ler é Preciso de Camocim de São Félix, no e distribuição de brindes. “Fizemos vários Estado de Pernambuco. Pela programação marcadores de páginas e foi um sucesso.” realizada, essa Biblioteca, localizada na região Como não poderia deixar de ser, pois tudo o do Agreste, foi merecedora de Menção que é bem divulgado tem retorno, a frequência Honrosa. Uma ação de destaque foi a atividade à Biblioteca aumentou de forma considerável. desenvolvida para deficientes visuais com a “Já estamos pensando nas atividades para 2010 utilização do acervo em braile enviado pelo e não vamos deixar de participar do Dia Nacional foto: Acervo Ecofuturo Ecofuturo para 78 Bibliotecas Comunitárias em da Leitura”, comenta a promotora de leitura, outubro passado, resultado de uma parceria enfatizando que o apoio da prefeitura local foi firmada com a Fundação Dorina Nowill. de extrema importância para o evento. Aproveitando esse acervo, a Biblioteca Comunitária Ler é Preciso de Camocim de Contato: Maria do Socorro Andreia de Assis Lima São Felix idealizou uma atividade de leitura TeL.: (81) 9643-7220 REALIZAÇÃO: APOIO: As 84 Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso foram patrocinadas por: Avon, Companhia Vale, CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), Duratex, FCA (Ferrovia Centro- Atlântica), Holcim, Instituto Oi Futuro, JHSF, Philips, Politeno, Telefonica, Videolar e Suzano.

×