BNDES ProCopa Turismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

BNDES ProCopa Turismo

on

  • 2,230 views

Explicação do funcionamento do BNDES ProCopa Turismo

Explicação do funcionamento do BNDES ProCopa Turismo

Statistics

Views

Total Views
2,230
Views on SlideShare
2,230
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
35
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

BNDES ProCopa Turismo Presentation Transcript

  • 1. BNDES Turismo BNDES TurismoFoz do Iguaçu – 18 de Junho 2011
  • 2. Agenda Informações Institucionais Apoio ao Turismo Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas - Projetos de Investimento; - Aquisição de Máquinas e Equipamentos; Cartão BNDES Perguntas e Respostas
  • 3. Apoio às Micro, PequenasInformações Institucionais e Médias Empresas
  • 4. Como apoiamos? Operações Diretas Operações Indiretas Contratadas diretamente Instituições financeiras com o BNDES credenciadas pelo BNDESEmpresário Informação e Relacionamento Instituição Financeira Credenciada Empresário
  • 5. Informações gerais Requisitos Mínimos BNDES Agente FinanceiroEm dia obrigações fiscais e Análise cadastral;previdenciárias; Capacidade de pagamento;Legislação ambiental; Garantias: normas BancoNão estar em regime de Central.recuperação de crédito. O BNDES não exige tempo mínimo de faturamento!
  • 6. Classificação de porte utilizada Receita Operacional Bruta Porte AnualM Micro Até R$ 2,4 milhõesP Pequena Até R$ 16 milhõesME Média Até R$ 90 milhões Média-grande Até R$ 300 milhões Grande Acima de R$ 300 milhões
  • 7. Operações 2010/2011Obs. Últimos 12 meses até Junho de 2011 Número de Operações Desembolsos 722.853 R$ 164,7 bilhões 50.470 101.372 117,3 7% 14% 71% 42.351 6% 8,1 5% 13,2 528.660 26,1 73% 8% MPME + PF = 94% 16% Pessoa Física Micro e Pequena Média Grande
  • 8. Formas de apoio do BNDES Turismo Máquinas e EquipamentosBNDES ProCopa BNDES Finame + BNDES PSI Cartão BNDES + Insumos e serviços Projetos de Capital de Giro Investimento BNDES BNDES Progeren Automático
  • 9. Apoio ao Turismo
  • 10. Apoio ao Turismo - MotivaçãoGrandes eventos com visibilidade mundial:Copa do Mundo de Futebol em 2014 eOlimpíadas em 2016.Grupo de trabalho no BNDES: Ministério do Turismo, representantes dosetor e consultores. Prazos das operações no setor inadequadosConclusões: Associar ao Programa a questão da Sustentabilidade Ambiental
  • 11. Apoio ao Turismo - Sustentabilidade LEED® (Leadership in Energy and Environmental Design®) Reuniões AQUA (Alta Qualidade Ambiental) Inmetro Eletrobrás “Hotel Sustentável”: Certificação no Sistema de Gestão da Sustentabilidade para Meios de Hospedagem (NBR 15401 – ABNT)Certificações “Eficiência Energética”: Etiqueta Nível “A” do Programa de Eficiência Energética nas Edificações – PROCEL Edifica
  • 12. BNDES ProCopa Turismo1. É obrigatoriamente necessário aderir a uma dessasquestões ambientais?Não. O BNDES ProCopa Turismo foi estruturado de forma que aProponente possa decidir se quer ou não buscar uma certificação.2. Se optar por não certificar o empreendimento, qual obenefício do programa no meu caso?Prazo. Mesmo sem certificação, os hotéis novos podem ter prazototal (carência + amortização) de até 10 anos.As reformas, modernizações e ampliações podem ter prazos de até 8anos.
  • 13. BNDES ProCopa Turismo3. Qual a taxa aplicada?As mesmas taxas aplicadas no FINEM – Capacidade Produtiva –Comércio, Serviços e Turismo
  • 14. BNDES ProCopa Turismo sem Certificação Taxa de Juros para Operações Diretas com MPME 100% TJLP Remuneração do BNDES = 0,9 % a.a 0,46% até 3,57% a.a. Prazo total de financiamento: Valor mínimo: Novos hotéis: até 10 anos R$ 3 milhões nas capitais Reforma: até 8 anos R$ 10 milhões nas demais cidades
  • 15. BNDES ProCopa Turismo sem CertificaçãoTaxa de Juros p/ Operações Indiretas Não Automáticas com MPME 100% TJLP Remuneração do BNDES = 0,9% a.a MPME X 0,5% a.a. Prazo total de financiamento: Novos hotéis: até 10 anos Reforma: até 8 anos Participação MPMEs: até 100% Grandes empresas: até 80%
  • 16. PROCEL EDIFICA
  • 17. Certificação Procel Edifica SEM a certificação Procel Edifica: Novos hotéis: até 10 anos Reformas e modernizações: até 8 anos COM a certificação Procel Edifica: Novos hotéis: até 15 anos Novos Prazos Reformas e modernizações: até 10 anos
  • 18. Certificação “Hotel Sustentável”Conceito:Refere-se à certificação no Sistema de Gestão da Sustentabilidade para Meios de Hospedagem (NBR 15401 – ABNT)SEM a certificação Hotel Sustentável: Novos hotéis: até 10 anos Reformas e modernizações: até 08 anosCOM a certificação Hotel Sustentável: Novos hotéis: até 18 anosNovos Prazos Reformas e modernizações: até 12 anos
  • 19. BNDES ProCopa TurismoPrincipais características1. A empresa só terá certeza da obtenção da certificaçãoquando encerrar a construção ou reforma. Inicialmente → Condições básicas do Programa2. As condições financeiras não são retroativas.A diferença de juros paga antes da obtenção da certificaçãonão é devolvida e as novas condições de prazo e juros só passam a valer após a entrega da certificação;3. Não será necessário um aditivo ao contrato quando oempreendimento obtiver a certificação.O contrato já prevê todas as condições do programa de forma que não é necessário alterá-lo.
  • 20. BNDES ProCopa TurismoPrincipais características4. As certificações são independentes. Caso o empreendimento obtenha “dupla” certificação, valerá a mais vantajosa (Hotel Sustentável)5. A consulta prévia deverá ser protocolada no BNDES até31/12/20126. As garantias reais devem ser equivalentes a 130% dovalor do financiamento7. No caso dos hotéis são aceitas garantias evolutivas Considera-se os gastos previstos em obras civis para se chegar ao índice de 130%
  • 21. Fluxo de tramitação de projetos - estimada EMPRESA EMPRESA 60 dias AcompanhamentoCarta Consulta Projeto Projeto Área Responsável Análise doEnquadramento Aprovação Contratação Desembolso Projeto Comitês Equipe de Análise Diretoria Equipe Jurídica Enquadramento Prazo Estimado Crédito 30 dias 60 dias 30 dias 30 dias 210 dias
  • 22. Observações finais O BNDES ProCopa Turismo não existe nas operações automáticas. Nas operações de hotéis, os prazos podem ser prolongados caso sejam obtidas as certificações ambientais (Atenção: apenas os prazos, as taxas não são alteradas) O Programa incorporou a exigência de cadastramento no CADASTUR (Ministério do Turismo): - "Certificado de Habilitação para Obtenção de Recursos” no caso de novos empreendimentos: www.cadastur.turismo.gov.br
  • 23. Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas
  • 24. Apoio às Micro, PequenasProjetos de Investimento e Médias Empresas
  • 25. Projetos de Investimento BNDES Automático O que pode ser financiado?Obras civis, montagem e instalaçõesMóveis e utensíliosDespesas pré-operacionaisPesquisa e Desenvolvimento / CertificaçãoMáquinas e equipamentos nacionais Novos Usados - MicroempresaCapital de Giro Micro – até 70% Pequena e média – até 40%
  • 26. Projetos de Investimento BNDES Automático 1 - Qual é a participação 2 - Quais são as garantias máxima do BNDES? exigidas? Negociadas entre o cliente e o agente financeiro; O financiamento pode chegar a100% do valor do investimento. Pode ser utilizado o Fundo Garantidor para Investimento – BNDES FGI.
  • 27. Projetos de Investimento BNDES Automático 4 - O que não pode ser 3 - Qual é o prazo total? financiado? Aquisições de terrenos e imóveis; Os prazos de carência e Gastos correntes;amortização são definidos pelo Compra de empresas;agente financeiro. Aquisição de software produzido no exterior.
  • 28. Apoio às Micro, PequenasMáquinas e Equipamentos e Médias Empresas
  • 29. Máquinas e Equipamentos BNDES Finame O que pode ser financiado? Máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional e listados no CFI; Capital de giro associado ao investimento fixo. Microempresa – até 50% Pequena e Média – até 30%
  • 30. Máquinas e Equipamentos BNDES Finame 1 - Qual é o prazo do 2 - Quais são as garantias financiamento? exigidas? A garantia mínima é o próprio Os prazos de carência e equipamento financiado;amortização são definidos peloagente; O agente poderá exigir garantias adicionais; Prazo total: até 120 meses. Pode ser utilizado o BNDES FGI.
  • 31. Máquinas e Equipamentos BNDES Finame 3 - Qual é a participação 4 - O que não pode ser máxima do BNDES? financiado? Máquinas e equipamentos que não estejam no Credenciamento Pode chegar a 100% do valor do de Fabricantes Informatizado -investimento; CFI; Máquinas e equipamentos usados.
  • 32. Condições BNDES BNDES BNDES PSI Automático Finame TJLP TJLP Custo Financeiro 6% a.a. 6% a.a. Remuneração 0,9% a.a. 0,9% a.a. 6,5% a.a. BNDES Remuneração Negociada Negociada Agente Financeiro* 3,3% a.a. 3% a.a. +/- +/- Taxa Final 0,53% a.m. 0,84% a.m. 0,82% a.m. Até 120 Prazo Negociado Até 60 meses meses De 3 a 24 De 3 a 24 Carência Negociado meses meses *Fonte: AOI/DESCO – média 2010
  • 33. Como solicitar o financiamento?Micro, Pequena e Média Agente Financeiro Empresa 1º Passo 2º Passo 3º Passo Apresentação da documentação necessária; Homologação da Dirigir-se à instituição Análise da possibilidade operação;financeira credenciada de de concessão do crédito; Liberação dos sua preferência Negociação das garantias; recursos. Aprovação da operação.
  • 34. Cartão BNDES
  • 35. Cartão BNDESObjetivo: Baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar de forma ágil esimplificada os investimentos das MPMEs.
  • 36. Cartão BNDESAmbiente de negócios 427 milCompradores 33 mil Fornecedores MPMEs Credenciados 165 mil produtos R$ 20 bilhões Parceirosde crédito pré- aprovado
  • 37. CompradoresSolicitando o Cartão BNDES
  • 38. Cartão BNDESCompradores - Vantagens Limite de até R$ 1 milhão, por banco emissor; Prestações fixas em até 48 meses; Taxa de juros atrativa; Crédito pré-aprovado; Uso automático.
  • 39. www.cartaobndes.gov.brComo solicitar o Cartão BNDES? Solicite seu Cartão BNDES
  • 40. Solicitação do Cartão BNDES Banco Emissor analisaMPME solicita o Cartão o crédito e emite o no Portal Cartão BNDES • Preenche proposta de • MPME entrega documentação no solicitação do Cartão, que é Banco Emissor para a análise do enviada automaticamente, pela crédito. Internet, ao Banco Emissor •Assinatura do Termo de Adesão ao Regulamento do Cartão BNDES. Prazo de emissão médio: 20 dias
  • 41. FornecedoresSeja um Fornecedor Credenciado
  • 42. Cartão BNDES Fornecedores - Vantagens • 427 mil potenciais clientes com R$ 20 bilhões de crédito pré-aprovado • Financiamento automático para o cliente • Sem risco de crédito • Fabricantes podem indicar distribuidores • Exposição do catálogo de produtos gratuita
  • 43. www.cartaobndes.gov.brComo solicitar credenciamento como fornecedor? Seja um Fornecedor Credenciado
  • 44. Credenciamento de Fabricantes Credenciamento do Fabricante Fabricante solicita credenciamento no Portal deOperações do BNDES – Cartão BNDES Análise de Afiliação Análise BNDES Montagem do Catálogo de Produtos pelo Fabricante
  • 45. Indicação de Distribuidores Fabricante Credenciado indica até 100 CNPJs e pode associar todos os produtos disponíveis para compra de uma só vez Distribuidor Indicado acessa o Portal e preenche proposta de afiliação Adquirentes afiliam o distribuidor no Portal Distribuidor Autorizado a vender – emissão de nota fiscal e recebimento pelas vendas realizadas
  • 46. Cartão BNDESO que pode ser financiado?Mais de 165 mil itens, incluindo: Máquinas, equipamentos, computadores, móveis, motocicletas, veículospesados e softwares; Insumos industriais (têxtil, coureiro-calçadista, moveleiro, resinas,laminados metálicos ou plásticos, entre outros); Peças e componentes de bens de capital, informática e automação; Materiais para construção civil; Inovação – Serviços tecnológicos; Qualificação profissional para o turismo.
  • 47. Cartão BNDES Apoio ao Turismo
  • 48. Cartão BNDES Itens para meios de Hospedagem • Veículos Comerciais Leves - Furgões • Material de Construção Civil e itens de acessibilidade • Móveis e TV • Colchões e Travesseiros • Roupas de Cama, Mesa e Banho • Computadores, Softwares • Lavadoras e Secadoras • Equipamentos para Cozinha • Pratos, Talheres, Copos • Projetos de Eficiência Energética • Certificação de Gestão de Turismo de Aventura (OTA)
  • 49. Cartão BNDES Qualificação Profissional para o Turismo
  • 50. Cartão BNDES Qualificação Profissional para o Turismo • Cursos presenciais de capacitação ou aperfeiçoamento relacionado às atividades de recepção, viagens, eventos, serviços de alimentação, entretenimento • Cursos corporativos presenciais de idiomas inglês e espanhol
  • 51. Cartão BNDES Números
  • 52. Cartão BNDESEvolução dos Desembolsos 500 mil operações 8.000* (R$ milhões) 4.313 2.478 845,7 509,2 1,2 12,1 71,7 225,2 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011* *Projeção
  • 53. Cartão BNDES Perfil das Empresas Portadoras Nº de Cartões 427 mil = R$ 20 bilhões 9,9% 1,8% 88,3% Média Empresa Micro Empresa Pequena Empresa Micro e pequenas empresas representam 98% dos Cartões BNDES
  • 54. Cartão BNDESSimulador
  • 55. Cartão BNDESSimulação* - Financiamento de R$ 10 mil Parcelas fixas Valor em R$ 3 3.366,56 12 879,69 24 466,07 36 328,85 48 260,73 *Taxa de 1% a.m (ago/11)
  • 56. Cartão BNDESInformações: Dúvidas Manuais
  • 57. Canais de comunicação Atendimento Empresarial Operações Indiretas (21) 2172-8888 (21) 2172-8800 www.bndes.gov.br/faleconosco desco@bndes.gov.br Cartão BNDES Ouvidoria 0800 702 6337 0800 702 6307 www.cartaobndes.gov.br www.bndes.gov.br/ouvidoria www.bndes.gov.br http://slideshare.net/bndes
  • 58. Obrigado!