O que é uma biblioteca digital
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O que é uma biblioteca digital

on

  • 4,646 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,646
Views on SlideShare
4,640
Embed Views
6

Actions

Likes
1
Downloads
81
Comments
0

1 Embed 6

http://moodle.unipampa.edu.br 6

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

O que é uma biblioteca digital O que é uma biblioteca digital Document Transcript

  • Biblioteca digital Biblioteca Digital é a biblioteca constituída pordocumentos primários, que são digitalizados quer sob a forma material(disquetes, CD-ROM, DVD), quer em linha através da Internet, permitindo oacesso à distância. Este conceito inclui também a ideia de organizaçãocomposta por serviços e recursos cujo objectivo é seleccionar, organizar edistribuir a informação, conservando a integridade dos documentosdigitalizados.Segundo Leiner (1988), "Uma Biblioteca Digital é a colecção de serviços ede objectos de informação, com organização, estrutura e apresentação quesuportam o relacionamento dos utilizadores com os objectos de informação,disponíveis directa ou indirectamente via meio electrónico / digital."Uma Biblioteca Digital permite o acesso remoto através de um computadorcom ligação em rede e, ao mesmo tempo, a sua utilização simultânea pordiversos utilizadores, onde estes podem encontrar em suporte digital osprodutos e serviços característicos de uma biblioteca física. Através dela étambém possível utilizar de forma integrada diferentes suportes de registode informação (texto, som, imagem).As Bibliotecas Digitais eliminam as barreiras físicas e a distância, factoresque desde sempre limitaram o âmbito das bibliotecas físicas – bibliotecasem muros. Porém, estas bibliotecas sofrem de outros tipos de limitações,nomeadamente a nível da sua temática.Assim, a Internet, meio por excelência de transmissão da informação nestecontexto, comporta diferentes aspectos únicos, como sendo a capacidadede memória, a facilidade de transporte e a ubiquidade da informação.A biblioteca digital pode ser também designada por biblioteca electrónica,biblioteca sem muros ou biblioteca virtual.
  • HistóriaO desenvolvimento das Bibliotecas Digitais está intimamente relacionadocom a evolução da tecnologia e do modo de tratamento e transmissão dedados. Desde a invenção do telefone por Graham Bell (1876), passandopela criação do primeiro computador pela ENIAC (1946), até à invenção daweb por Tim Berners-Lee (1991).Antes, em 1971, Michael Hart, no momento em que a rede se limitavaapenas a 23 computadores, criou a Biblioteca de Alexandria em formatodigital (Projeto Gutenberg), cujo primeiro trabalho se baseou na Declaraçãoda Independência dos Estados Unidos. Esta iniciativa foi muito bemsucedida, dando origem à disponibilização de mais de 2 000 títulos emdiferentes línguas.As bibliotecas começaram por utilizar a tecnologia dos computadores paramelhorar os seus serviços básicos como a catalogação e organização doacervo à sua guarda. Com a proliferação do acesso em linha, estasinstituições passaram a poder ter bases de dados organizadas,dinamizando assim a informação disponível.Na última década do século XX, o mundo da informação digital sofreugrandes transformações, tendo surgido inúmeros projectos que confluíramno que hoje denominamos de Bibliotecas Digitais, tal como acontece comas bibliotecas das universidades de Columbia e de Yale. «Na verdade, hojeo digital deixou de ser um desafio para se transformar numa realidade.»UtilizadoresTal como acontece com as bibliotecas tradicionais, os utilizadores dasbibliotecas digitais dividem-se em três grandes grupos: investigadores,estudantes / professores e de leitura pública. As necessidades dosutilizadores neste contexto são preenchidas, essencialmente, através dautilização da Internet, acedendo ao sítio ou a página da biblioteca queapresenta informações sobre a própria biblioteca (serviços e colecções),podendo também consultar o catálogo bibliográfico em linha.
  • Vantagens - Conjuga a nova tecnologia informática com a milenar tecnologia da escrita, possibilitando o arquivo e a Disponibilização do saber a todos os seus utilizadores; - Funciona 24 horas por dia e permite o acesso à distância; - Desenvolve-se a partir de contribuições individuais dos seus utilizadores; - Permite o acesso simultâneo de um número infinito de utilizadores; - Permite o acesso em linha a outras fontes de informação externas; - Comporta diferentes formatos de informação; - Os custos de aquisição são reduzidos; - Desempenha um papel importante na preservação dos documentos; - Facilitam o acesso a pessoas com deficiência. Desvantagens - O excesso de informação cria redundância e perda de tempo; - Inexistência de infra-estruturas necessárias; - Perigo relacionado com os Direitos de Autor; - A complexidade dos sistemas informáticos pode levar à info- exclusão.Elementos das bibliotecas digitais - Dados bibliográficos (referentes a documentos em papel e electrónicos); - Índices e ferramentas de pesquisa; - Colecções; - Documentos primários disponíveis sob diferentes formatos; - Imagens; - Periódicos em linha; - Informações úteis sobre a instituição e a comunidade. View slide
  • Tipologia - Bases de Dados Bibliográficas: sistemas de informação onde se registam a existência de recursos, tais como revistas, jornais, relatórios, etc., como por exemplo a PORBASE - Base Nacional de Dados Bibliográficos (Portugal); - Repositórios Digitais: fundo de obras digitalizadas, tais como revistas, jornais, relatórios, etc., ou de obras nascidas já digitais, como por exemplo a BND - Biblioteca Nacional Digital (Portugal); - Manuais Digitalizados: obras em linha que correspondem a manuais de estudantes com informação e serviços complementares (ex.: Metatext); Colecções de e-book: acesso via web de livros completos (ex.: NetLibrary); - Ferramentas de cursos Digitalizados: iniciativa relacionada com o processo de aprendizagem (ex.: XanEdu); - Bibliotecas Digitais Patrimoniais: colecção de obras raras ou de valor importante para uma dada comunidade, digitais ou digitalizadas a fim de serem acessíveis a todos, como acontece com determinadas colecções à guarda de uma Biblioteca Nacional; - Bibliotecas Digitais Eruditas: constituição de uma colecção enciclopédica. Bibliotecas digitais portuguesas - BND - Biblioteca Nacional Digital Espaço de obras da BND - Biblioteca Digital de Estatísticas Oficiais - Biblioteca Digital da Universidade do Minho - Biblioteca Digital do ICEP - Biblioteca Digital da Universidade Aberta - Biblioteca Digital do Centro de Estudos Galegos - Biblioteca Digital da Fundação Mário Soares View slide
  • - Biblioteca Digital Ferroviária - Biblioteca Digital da Assembleia da República - Biblioteca do Conhecimento On Line - Biblioteca On Line em seis idiomas - Biblioteca Infoeuropa do Centro de Informação Europeia Jacques DelorsBibliotecas digitais internacionais - Biblioteca do Congresso - Bibliothèque Nationale de France - Biblioteca Nazionale Centrale di Roma - Biblioteca Pública de Nova Iorque - Biblioteca Virtual de Macau -Project Gutenberg — Versão Portuguesa - Royal Library Belgium - Digital library – The British Library - German library: German subject catalogue - The Princess Grade Irish Library of Monaco - Virtual Library – www virtual library - Cervantes Virtual (em castelhano) - The European Library (A Biblioteca Europeia) Texto adaptado da Wikipédia (enciclopédia livre).