Trabalho

348 views
300 views

Published on

Published in: Technology, Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
348
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trabalho

  1. 1. PLANO DE AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR<br />Enquadramento<br />Porquê avaliar?<br />“O Modelo de auto-avaliação da biblioteca escolar é um instrumento criado pelo Gabinete RBE para que as bibliotecas possam, de uma forma estruturada e fundamentada, realizar a avaliação da sua acção e definir estratégias de melhoria e desenvolvimento das suas práticas nos diferentes domínios de actuação.” (1)<br />A Biblioteca deve ser um recurso fundamental utilizado no processo de ensino aprendizagem das nossas crianças e jovens e constituir um contributo essencial para o sucesso educativo.<br />A auto-avaliação da BE pretende objectivar o impacto do trabalho realizado no sucesso educativo dos alunos de uma escola, qual o contributo das actividades que esta propõe, o que é oferecido e sua eficácia e o grau de satisfação dos utilizadores. Através do Modelo, pretende-se também que a comunidade escolar seja confrontada com os pontos fortes da BE e também com os seus pontos fracos, envolvendo-se activamente nas estratégias delineadas para a sua melhoria.<br />Espera-se que toda a comunidade educativa se envolva neste processo, pelo que a AA não deverá ser interpretada como uma avaliação do Professor Bibliotecário e da respectiva equipa, embora caiba a estes dinamizar todo o processo de AA.<br />São objecto de avaliação quatro domínios e respectivos subdomínios, que serão objecto de avaliação anual a concluir-se no final de um ciclo de quatro anos.<br />São, assim, objectivos da Auto-Avaliação:<br />Contribuir para o reconhecimento da BE;<br />Ajudar a definir os seus objectivos;<br />Aferir a qualidade dos serviços prestados;<br />Identificar pontos fortes;<br />Identificar pontos a melhorar;<br />Ajustar práticas de funcionamento.<br />Fases do processo de Auto-Avaliação<br />Selecção do domínio<br />Para este plano de avaliação escolhi o domínio B, Leitura e Literacia, dada a importância da Biblioteca Escolar na promoção da leitura para fins recreativos e informativos na escola, inserida num meio social desfavorecido, em que o livro ainda é considerado um artigo acessório ou mesmo “de luxo”. Assim, é necessário aferir de uma forma mais consistente o impacto da BE nesta área e que acções deverão ser tomadas para fortalecer este papel. <br />Pelo facto de sermos uma escola “aLer +” é de todo o interesse avaliar o trabalho que tem sido realizado nesta área.<br />Diagnóstico<br />Pontos FortesPontos a desenvolver- A BE disponibiliza uma colecção diversificada e adequada aos gostos e necessidades dos alunos; - A maioria dos alunos da escola utiliza a Biblioteca para requisitar livros para leitura domiciliária;- Tem vindo a adequar a sua oferta às novas realidades da escola (turmas CEF) que têm reagido com algum entusiasmo;- A maioria dos alunos da escola utiliza a Biblioteca para realizar trabalho de pesquisa;- Muitos alunos procuram a Biblioteca para actividades de estudo individual ou em pequenos grupos;- Incentiva a leitura informativa; - A BE promove acções de incentivo à leitura , como recitais de poesia, divulgação dos “textos do Mês”;- A BE promove a leitura domiciliária, verificando-se uma grande adesão, em particular das turmas do 2º ciclo;- Em parceria com as outras bibliotecas do agrupamento, tem vindo a enriquecer a colecção de livros do PNL, promovendo a sua utilização na sala de aula.- Promover acções que desenvolvam as competências na área da leitura; - Dinamizar actividades promotoras da leitura em diferentes ambientes e suportes (clubes, blogues, etc); - Incentivar a leitura em ambientes digitais;- Promover a criação de instrumentos de apoio a actividades de leitura e escrita e na produção de informação em diversos ambientes;-Promover a discussão conjunta da importância da leitura na formação pessoal e no sucesso educativo<br />Calendarização<br />EtapasIntervenientesCalendarizaçãoAvaliação diagnóstica da BE e selecção do domínio a avaliar.PBEquipa da BENovembro 2010Apresentação do processo de avaliação junto da Direcção e ao Conselho Pedagógico. Posterior apresentação aos departamentos.PBDirecção Conselho PedagógicoDocentesDezembro 2010Selecção e preparação dos instrumentos para recolha de evidências.PBEquipa da BEDezembro 2010Recolha de evidências.Equipa da BEAlunosProfessoresEncarregados de EducaçãoJaneiro-Maio 2011Análise das evidências recolhidas; atribuição do nível de desempenho à BE.PBEquipaJunho 2011Redacção do relatório de auto-avaliação.PBEquipaJunho 2011Divulgação da AA junto do órgão de gestão e CP. Definição de estratégias a adoptar.PBDirecçãoConselho PedagógicoJulho 2011Elaboração de um plano para melhoramento da acção da BE.PBEquipaJulho 2011Apresentação do plano.PBDirecção Conselho PedagógicoSetembro 2011<br />Recolha de evidências<br />Dados quantitativosInstrumentos para recolha de dados- Taxa de utilizadores dos equipamentos;- Taxa de utilizadores da BE (leitura em presença);- Percentagem de empréstimos domiciliários;- Percentagem de alunos que recorrem ao empréstimo domiciliário;- Frequência com que são realizadas actividades com recurso à BE;- Frequência com que determinados recursos são utilizados.- Questionários;- Fichas e grelhas de avaliação de actividades;- Reuniões com docentes, alunos, direcção;- Projectos curriculares de turma;- Actas;- Relatórios de actividades<br />Critérios<br />Abranger 20 % do número total de docentes;<br />Abranger 10% do número total de alunos (de cada ano de escolaridade);<br />Abranger professores de vários departamentos disciplinares;<br />Abranger a diversidade de alunos da escola: anos de escolaridade, sexo, idade, NEE, outros.<br />Intervenientes<br />Professor Bibliotecário;<br /> Equipa da BE;<br /> Direcção do Agrupamento;<br /> Conselho Pedagógico;<br /> Docentes;<br /> Alunos;<br />Encarregados de Educação.<br />6. Plano de acção<br />B. Leitura e Literacia<br />B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura;<br />B.2 integração da BE nas estratégias e programas de leitura;<br />B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e da literacia.<br />Diagnóstico / identificação do problema e objecto de avaliaçãoFactores críticos de sucessoPlano de melhoria- Necessidade de promover acções que desenvolvam as competências na área da leitura; - O PAA prevê actividades de incentivo à leitura, como o encontro com escritores; atelier de poesia, formação de clubes de leitores.- Promover actividades de leitura em voz alta e de leitura partilhada com as turmas do 2º ciclo durante as aulas de Estudo Acompanhado- Definir um plano de actividades que melhore os índices de leitura em parceria com o Agrupamento de Língua Portuguesa.- Necessidade de promover actividades de leitura em diferentes suportes (clubes, blogues, etc).- O PAA prevê a dinamização do blogue.- Possibilidade de criação de um grupo de leitura.- Estão previstas projecções de filmes, todos os dias, no período da tarde.- Criar grupos ou comunidades de leitores que partilhem gostos e leituras, começando por reunir os alunos com mais livros requisitados, de forma a “conquistar” os restantes alunos.- Reforçar o trabalho articulado com departamentos, docentes e a abertura a projectos externos.- Necessidade de incentivar a leitura em ambientes digitais.- O PAA prevê a dinamização do blogue;- Possibilidade de parceria com a turma do CEF que desenvolverá actividades neste domínio- Delinear um projecto que identifique prioridades e estabeleça objectivos e metas a atingir- Necessidade de promover a criação de instrumentos de apoio a actividades de leitura e escrita e na produção de informação em diversos ambientes;- O PAA prevê a produção de instrumentos de apoio pela equipa da BE.- Produzir instrumentos de apoio a ser usados por professores e alunos, criando uma equipa para o efeito.Necessidade de promover a discussão conjunta da importância da leitura na formação pessoal e no sucesso educativo- Possibilidade de organizar um colóquio sobre a leitura e a importância da BE.- Organizar um colóquio sobre a leitura, a literacia e o papel da BE.<br />Patrícia Sá<br />22 de Novembro de 2010<br />

×