• Save
Presentación sobre Datos Abiertos / Bernadette Farias
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Presentación sobre Datos Abiertos / Bernadette Farias

on

  • 397 views

Hace una semana tuvimos la visita en El Salvador de Bernadette Farias, experta en temas de Datos Abiertos y Web Semántica. En una reunión con representantes de instituciones de gobierno ...

Hace una semana tuvimos la visita en El Salvador de Bernadette Farias, experta en temas de Datos Abiertos y Web Semántica. En una reunión con representantes de instituciones de gobierno conversamos, conocimos y generamos ideas para enriquecer el Proyecto de Datos Abiertos en ES.

¿Quiere conocer más? Acá la presentación con la que Bernadette inició su ponencia.

Statistics

Views

Total Views
397
Views on SlideShare
394
Embed Views
3

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 3

https://twitter.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Presentación sobre Datos Abiertos / Bernadette Farias Presentación sobre Datos Abiertos / Bernadette Farias Presentation Transcript

  • Dados Abertos Governamentais:benefícios e principais desafiosConsultoria em Dados AbertosEl Salvador, Junho 2013Bernadette Farias Lósciobfl@cin.ufpe.br
  • você sabe…
  • quanto dos impostos que você paga é gastocom iluminação das ruas ou para melhoriados hospitais públicos de San Salvador? View slide
  • qual é o caminho mais curto e mais seguroda sua casa até o seu trabalho? E qual é aqualidade do ar que respira ao longo dessetrajeto? View slide
  • onde encontrar facilmente delegacias,postos de saúde, parques oubilbliotecas distribuídos nos diferentesbairros da cidade de San Salvador?
  • quais os índices de evasão escolarnas escolas públicas da sua cidade?
  • quando e como influenciar leis oudecisões públicas sobre temas com osquais se preocupa?
  • você sabe?
  • eu acho que não!
  • Tecnologias para oferecer respostaspara estas perguntas já existem!
  • o que está faltando?Image courtesy of potowizard/ FreeDigitalPhotos.net
  • Faltam os DADOSDados precisam estardisponíveis de forma públicae com fácil acesso!Image courtesy of Castillo Dominici/ FreeDigitalPhotos.net
  • Onde estão os dados?em bancos de dados e arquivosarmazenados de forma privada e isolada emorgãos governamentais e empresas privadas
  • Qual a solução?Image courtesy of Castillo Poonsap/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos“dado aberto é um dado que pode serlivremente utilizado, reutilizado eredistribuído por qualquer um”.http://opendefinition.orgImage courtesy of Castillo Dominici/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos – CaracterísticasDisponibilidadee acessoReuso eredistribuiçãoParticipaçãouniversal
  • Dados AbertosImage courtesy of stockimages/ FreeDigitalPhotos.net– o dado precisa estar disponível porinteiro e por um custo razoável dereprodução, preferencialmente pormeio de download na Internet– também deve estar num formatoconveniente e modificávelDisponibilidadee acesso
  • Dados Abertos– o dado precisa ser fornecido emcondições que permitam reutilização eredistribuição, incluindo o cruzamentocom outros conjuntos de dadosImage courtesy of imagerymajestic/ FreeDigitalPhotos.netReuso eredistribuição
  • Dados Abertos– todos podem usar, reutilizar eredistribuir, não havendo discriminaçãocontra áreas de atuação, pessoas ougrupos– não são permitidas restrições como“não comercial” e “somenteeducacional”Image courtesy of stockimages/ FreeDigitalPhotos.netParticipaçãouniversal
  • Quais os tipos de dados abertos?http://br.okfn.org/dados-abertos/
  • Dados Abertos GovernamentaisResultam da publicação e disseminação dasinformações do setor público na Web,compartilhadas em formato bruto eaberto, compreensíveis logicamente, demodo a permitir sua reutilização emaplicações digitais desenvolvidas pelasociedade.
  • Dados Abertos Governamentais• são dados produzidos pelo governo e colocados àdisposição das pessoas de forma a tornar possível nãoapenas sua leitura e acompanhamento, mas também– sua reutilização em novos projetos, sites e aplicativos;– seu cruzamento com outros dados de diferentes fontes;– e sua disposição em visualizações interessantes eesclarecedoras.
  • As 3 leis dos dados abertos governamentais– Se o dado não pode ser encontradoou indexado ele não existe– Se o dado não estiver aberto edisponível ele não pode serreaproveitado– Se algum dispositivo legal nãopermitir sua reaplicação, ele não éútilImage courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • 8 princípios dos Dados Abertos Governamentais– Completos– Primários– Atuais– Acessíveis– Compreensíveis por máquinas– Não discriminatórios– Não proprietários– Livres de licençasImage courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Completos– Todos os dados públicos devem serdisponibilizados– Dado público é aquele que não estásujeito a restrições de privacidade,segurança ou outros privilégiosImage courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Primários– São apresentados tal como colhidos da fonte,com o maior nível possível de granularidade,sem agregação ou modificaçãoImage courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Atuais– Devem ser publicados o mais rápidopossível para preservar seu valor.– Em geral, têm periodicidade: quantomais recentes e atuais, mais úteispara seus usuários.Image courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Acessíveis– São disponibilizados para a maiorquantidade possível de pessoas,atendendo, assim, aos maisdiferentes propósitos.Image courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Compreensíveis por máquina– Devem estar estruturados de modorazoável, possibilitando que sejamprocessados automaticamente– Ex: Um arquivo pdf não pode serfacilmente processado, um arquivo xmlpode!Image courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Não discriminatórios– Devem estar disponíveis paraqualquer pessoa, semnecessidade de cadastro ouqualquer outro procedimentoque impeça o acesso.Image courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Não proprietários– Nenhuma entidade ou organização deve tercontrole exclusivo sobre os dadosdisponibilizados.Image courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Dados Abertos Governamentais - Princípios• Livres de licenças– Não devem estar submetidos a copyrights,patentes, marcas registradas ouregulações de segredo industrial.– Restrições razoáveis quanto a privacidade,segurança e outros privilégios são aceitas,desde que transparentes e bemjustificadas.Image courtesy of Stuart Miles/ FreeDigitalPhotos.net
  • Efeitos dos dados abertos governamentaissobre as políticas públicasResponsabilidadeTransparênciaInclusão
  • Efeitos dos dados abertos governamentais• Inclusão– Prover dados em padrões abertos e formatosque suportam a acessibilidade permite que osutilizadores façam uso das diversasferramentas de software disponíveis paraadaptar esses dados à suas necessidades.Inclusão
  • Efeitos dos dados abertos governamentais• Responsabilidade– Os conjuntos apropriados de dados abertos,devidamente associados, podem oferecervários pontos de vista sobre o desempenhodo governo no cumprimento de suas metasem políticas públicas.Responsabilidade
  • Efeitos dos dados abertos governamentais• Transparência– Informações do setor público abertas eacessíveis melhoram a transparência, pois aspartes interessadas podem usá-las da maneiramais adequada ao seu propósito.Transparência
  • Benefícios dos Dados Abertos Governamentais• Transparência e controle democrático• Melhora na eficiência de serviçosgovernamentais• Melhora na efetividade de serviçosgovernamentais• Medição do impacto das políticasImage courtesy of imagerymajestic/ FreeDigitalPhotos.net
  • Benefícios dos Dados Abertos Governamentais• Participação popular• Empoderamento dos cidadãos• Melhores ou novos produtos e serviçosprivados• Inovação• Conhecimento novo a partir da combinaçãode fontes de dados e padrões
  • Dados abertos permitem…• Ter multiplas visões, não apenas uma– A provisão de dados abertos permite queconsumidores usem a informação da formamais adequada para atingirem seus objetivos.
  • Dados abertos permitem…• Analisar dados– Dados abertos quando integrados a dadosde outras fontes podem prover diferentesinformações que permitem analisar odesempenho do governo na concretizaçãode seus objetivos na política pública.
  • Dados abertos permitem…• Reutilização– Informação aberta aumenta a habilidade detodos em reutilizar informações– Organizações do setor público ou não podemutilizar a informação de outros órgãos paraprover valor agregado através da combinaçãode informação própria com outras fontes– Aumento da usabilidade, visibilidade e valordos dados (mashups)
  • Dados abertos permitem…• Melhoria na busca de informações– Disponibilizar informações públicas emformatos abertos pode ajudar os usuários alocalizar mais facilmente a informação de queprecisam.
  • Dados abertos permitem…• Integração de dados– Disponibilizar dados usando padrões abertosfacilita a integração e o compartilhamento dedados– Facilita a integração de dados entre sistemasdistintos e novos serviços
  • Principais desafios• Qual a prioridade?• Quais dados publicar?• Em qual formato?• Como fazer?Image courtesy of stockimages/ FreeDigitalPhotos.net
  • Quais dados abrir?dados governamentais públicos, aqueles que jáestão ou deveriam estar expostos para asociedadedados que têm o potencial de se tornaremabertos, garantindo sua reutilização em novosprojetos.
  • Como abrir os dados?• Algumas regras básicas– Simplicidade– Envolvimento com a comunidade– Atenção aos medos comuns e mal-entendidos
  • Como abrir os dados?• Simplicidade– Comece com um planopequeno, simples e rápido.– Não é obrigatório que todoconjunto de dados sejaaberto imediatamente.
  • Como abrir os dados?• Envolva-se com as comunidades logono início do processo e mantenhacontato com elas– Dialogue com os usuários atuais epotenciais dos dados assim que puder,sejam eles cidadãos, empresas,organizações não governamentais oudesenvolvedores.
  • Como abrir os dados?• Atenção aos medos comuns e mal-entendidos– Isso é especialmente importantequando se está trabalhando com oudentro de grandes instituições degoverno.– Ao abrir dados, surgirão muitosquestionamentos (e medos), e por issoé essencial identificar os principaisentraves e, então, resolvê-los o maiscedo possível.
  • Principais passos na abertura dos dados1. Escolha os conjuntos de dados queplaneja abrir.2. Disponibilize os dados estruturadose em um formato abertoreutilizável.3. Torne-os mais fáceis de encontrar.
  • Como escolher os dados?• Converse com a comunidade e com osprincipais interessados!• Não há requisitos para se criar a lista dosprimeiros conjuntos de dados abertos.• Para dar o primeiro passo, o principal éconsiderar a viabilidade da publicação dosdados e o interesse das pessoas.
  • Disponibilizar os dados• Disponíveis para download, completose formato aberto e compreensível pormáquina• É melhor liberar imediatamente dadosbrutos para download, no formato emque estiverem disponíveis, do quedados perfeitos seis meses depois.
  • Disponibilizar os dados• A disponibilização de conjuntos de dadosbrutos, próximos do formato em que foramcolhidos na fonte, com o máximo dedetalhamento possível, permite que outraspessoas usem os dados não apenas paraleitura.
  • Disponibilizar os dados• Uma opção interessante dedisponibilização é– a última versão dos dados estardisponível via API– enquanto dados brutos e completossão publicados integralmente paradownload, em intervalos regularesde tempo.
  • Tornar os dados fáceis de acharUma prática interessante para tornar osdados abertos mais fáceis de encontrar écriar catálogos de dados!
  • • É fundamental planejar!• O processo de abertura de dadosé incremental• O importante é começar, aprendercom erros e melhorar a cadaiteração!Como abrir os dados?
  • quem está usando?
  • Exemplos de Aplicações• Onde acontece• http://ondeacontece.com.br/• Mostra a ocorrência de diversos tipos decrime no Rio Grande do Sul.
  • Exemplos de Aplicações• Acidentes de Trabalho por Categoria noBrasil• http://api.dataprev.gov.br/doc/visualizacao-mapa.html• Mostra as estatísticas de diversosacidentes de trabalho em todo territórionacional
  • Acidentes de Trabalho por Categoria noBrasil
  • Exemplos de Aplicações• Para onde foi meu dinheiro?• http://www.paraondefoiomeudinheiro.com.br/node/170227• Estatísticas do que o governo gastou emcada área no estado de São Paulo.
  • Para onde foi meu dinheiro?
  • Exemplos de Aplicações• ProAnálise• http://proanalise.p.ht/• Aplicação que faz uso dos dados do PROCON• 3o. Lugar no 1o. Concurso de Aplicativospara Dados Abertos do Ministério da Justiça• Desenvolvida por alunos do CIn/UFPE
  • Conclusões• Dados abertos são uma realidade mundial• Dados abertos governamentais contribuem paraa criação de um público bem informado– Maior transparência nos serviços públicos• Dados do governo para o governo– Melhoria dos serviços governamentais• Uso e reuso dos dados• Muitos desafios pela frente!
  • Links• Portal OD4D– http://www.od4d.org/• W3C Brasil – Grupo de Dados Abertos– http://www.w3c.br/GT/GrupoDadosAbertos• The Open Knowledge Foundation– http://okfn.org/• Portal CKAN– http://ckan.org/features/metadata/• Project Open Data– http://project-open-data.github.io/• OKFN Brasil– http://br.okfn.org/• Open Government Paternship– http://www.opengovpartnership.org/• World Bank– http://data.worldbank.org/• Open Data sites– http://www.data.gov/opendatasites