Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
07 pri 1e2t_resol
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
23
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
2
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ELECTRÓNICA I 1º EXAME - 30/6/2007 - Sem consulta - Duração 3h00m Grupos em folhas separadas 1. Amplificador TJB (2+2+1) A figura representa um andar de amplificação. Os dados são β =100, VBEon=0.7V, VCC=5V, RC=2kΩ e C1=C2=∞. a) Dimensione RB e RE de modo que, no PFR, IC=1mA e VCE=2V. Explique a função dos condensadores C1 e C2. b) Desenhe o esquema incremental do circuito. Calcule o ganho de tensão Gv=vo/vi, as resistências de entrada Ri=vi/ii e de saída Ro=vo/io. c) O circuito tem polarização estabilizada? Justifique. 2. Amplificador MOS (2+1.5+1.5+2+2) A figura apresenta um andar de amplificação NMOS onde VDD=+3V, VSS=-3V, RD=1kΩ, e os transístores são todos iguais com K=8mA/V2 e Vt= 1V. a) Dimensione RREF de modo que, no PFR, com v1=v2=0V se tenha v01=v02=1V. Calcule as correntes ID e as tensões VDS em todos os NMOS. b) Calcule os ganhos v01/vd, v02/vd e v012/vd, onde vd e v012 são as tensões de entrada e saída diferenciais, respectivamente. c) Calcule os ganhos v01/vc, v02/vc e v012/vc, onde vc = v1= v2. d) Calcule os limites da tensão de modo comum vc =v1 = v2, de modo que o amplificador funcione correctamente. e) Admitindo que o efeito de carga na saída diferencial é modelado por um condensador de 1pF ligado entre v01 e v02, calcule a frequência de corte a 3dB, ωH, do ganho de tensão diferencial. 3. Inversor CMOS (2+2+2) Considere o circuito da figura, onde VDD =5V, Kn´=0.2mA/V2 , Kp´=0.1mA/V2 , Kn=Kn´(W/L)n, Kp=Kp´(W/L)p e Vtp=Vtn=1V. a) Sabendo que (W/L)n=2, dimensione (W/L)p de modo a que o inversor fique adaptado. Nestas condições faça um esboço da característica v0(vI), indicando as diferentes zonas de funcionamento dos transístores. Calcule os pontos limites entre essas zonas. b) Calcule o tempo de propagação tp do inversor dado, supondo CL=1pF. Sugestão: Use a média das correntes. c) Desenhe o circuito lógico da mesma família do inversor dado que implementa a função lógica ( )1 2 3Y X X X= + ⋅ . Dimensione os (W/L) dos vários transístores para que o circuito nunca seja mais lento a comutar que o inversor dado. M3 M1 M2 v1 v2 RD RD v01 v02 RREF VDD VSS M4
  • 2. ELECTRÓNICA I 2º TESTE - 30/6/2007 - Sem consulta - Duração 2h30m Grupos em folhas separadas 1. Amplificador TJB (3+3) A figura representa um andar de amplificação. Os dados são β =100, VBEon=0.7V, VCC=5V, RC=2kΩ e C1=C2=∞. a) Dimensione RB e RE de modo que, no PFR, IC=1mA e VCE=2V. Explique a função dos condensadores C1 e C2. b) Desenhe o esquema incremental do circuito. Calcule o ganho de tensão Gv=vo/vi, as resistências de entrada Ri=vi/ii e de saída Ro=vo/io. 2. Amplificador MOS (3+2+3) A figura apresenta um andar de amplificação NMOS, onde VDD=+3V, VSS=-3V, RD=1kΩ, e os transístores são todos iguais com K=8mA/V2 e Vt= 1V. a) Dimensione RREF de modo que, no PFR, com v1=v2=0V se tenha v01=v02=1V. Calcule as correntes ID e as tensões VDS em todos os NMOS. b) Calcule os ganhos v01/vd, v02/vd e v012/vd, onde vd e v012 são as tensões de entrada e saída diferenciais, respectivamente. c) Admitindo que o efeito de carga na saída diferencial é modelado por um condensador de 1pF ligado entre v01 e v02, calcule a frequência de corte a 3dB, ωH, do ganho de tensão diferencial. 3. Fontes de corrente (3+3) Considere o circuito da figura, onde Kn´=6mA/V2 , Kp´=2mA/V2 , Kn=Kn´(W/L)n , Kp=Kp´(W/L)p, Vtn= Vtp= 1V, λn=λp=0.01V-1 . Os transístores NMOS têm (W/L)n =2. a) Dimensione o (W/L)p de M5 de modo que I0=2mA e que as quedas de tensão nos transístores M2, M4 e M5 sejam iguais. b) Calcule a resistência de saída da fonte e a gama de valores de v0 para a qual o circuito desempenha correctamente a sua função. Indique, justificando, quais os transístores que têm efeito de corpo. M3 M1 M2 v1 v2 RD RD v01 v02 RREF VDD VSS M4