MEMORANDO DE INFORMAÇÕES CLODAM DO BRASIL LTDA | Janeiro 2011
ÍNDICE   Sumário Executivo   Mercado   Perfil da Empresa   Porque a CLODAM   Plano de Negócio
OVERVIEW                • Fundada em 2003 por empreendedores.                • Desde o início, vem aumentado seu faturamen...
SUMÁRIO EXECUTIVO  Oferta de Investimento  A CLODAM está inserida num segmento que tem apresentado forte crescimento devid...
ÍNDICE   Sumário Executivo   Mercado   Perfil da Empresa   Porque a CLODAM   Plano de Negócio
MERCADO DE EMBALAGEM PETEmbalagem PETEmbalagemO PET proporciona alta resistência mecânica e química,          Oportunidade...
MERCADO DE EMBALAGEM PETPerspectiva de Crescimento                                                             Indicadores...
MERCADO DE RECICLAGEM  Fatores que impulsionam a reciclagem  Legislação Brasileira  PROJETO DE LEI Nº 436, de 2008, obriga...
RECICLAGEM DE PETPerspectiva de Crescimento                                                          Indicadores de Cresci...
RECICLAGEM DE PETPerspectiva de CrescimentoColeta de resíduos sólidos O potencial de geração de renda oriundo da coleta de...
RECICLAGEM DE OUTRAS RESINASOutras Resinas Plásticas                                      Indicadores de CrescimentoEvoluç...
RECICLAGEM EM GRANDES EMPRESAS  Processo de Reciclagem nas Grandes Empresas  Natura, pioneira em sustentabilidade no Brasi...
ÍNDICE   Sumário Executivo   Mercado   Perfil da Empresa   Porque a CLODAM   Plano de Negócio
HISTÓRICO  Fev/2003: Início das atividades                                                      Jan/2010: Projeto e execuç...
PROCESSO PRODUTIVO                                                                                                        ...
TECNOLOGIAExtrusão                                                    Pós-CondensaçãoO processo de extrusão passa por 3 et...
INFRA-ESTRUTURA  Fábrica  • Localizada em Diadema, na Grande São Paulo, com uma área de aproximadamente 2.500 m².  • Capac...
CLIENTES   Cliente Atuais   A Clodam, atualmente, atende 71 clientes, sendo de pequenas a grandes empresas em   diversas r...
DESEMPENHO HISTÓRICOFaturamento                                                 Volume de VendaEm R$ milhões              ...
ÍNDICE   Sumário Executivo   Mercado   Perfil da Empresa   Porque a CLODAM   Plano de Negócio
PORQUE A CLODAM  Diretrizes Estratégicas      1     Tecnologia      2     Empreendedorismo & Expertise técnica      3     ...
TECNOLOGIA  Processo de Pós-condensação  A Clodam destaca-se no cenário de reciclagem de granulados de polímeros PET, por ...
EMPREENDEDORISMO & EXPERTISE TÉCNICA  Forte curva de aprendizado  A Clodam conta com uma equipe com forte conhecimento téc...
PLATAFORMA DE CRESCIMENTO  Novas frentes de expansão  A Clodam está se adaptando às novas normas que deverão impulsionar o...
DEMANDA LATENTE        A Clodam dispõe de um portfólio de clientes e de prospecções em curso que indicam uma forte        ...
ÍNDICE   Sumário Executivo   Mercado   Perfil da Empresa   Porque a CLODAM   Plano de Negócio
FOCO ESTRATÉGICOAntecedentes do Plano de ExpansãoMercadológicos                                                           ...
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO                                         •Novos projetos de reciclagem de                         ...
PLANO DE EXPANSÃO   Hoje                               Etapas de crescimento                          Visão do futuroJan/2...
PLANO DE INVESTIMENTOS                                                   2011  Expansão da Fábrica de Diadema             ...
PLANO DE INVESTIMENTOS                                               2012  A Clodam tem como projeto a construção de fábri...
PLANO DE INVESTIMENTOS                                             Pós-2014  Desenvolvimento de Novos Produtos  Com a expe...
PLANO DE INVESTIMENTOS  Composição dos Investimentos                                                      O Plano de Inves...
AVISO IMPORTANTE  A Aditus Advisors Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda foi legalmente mandatada pela  CLODAM DO BRA...
36
Im 2011
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Im 2011

1,019 views
940 views

Published on

Published in: Lifestyle, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,019
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Im 2011

  1. 1. MEMORANDO DE INFORMAÇÕES CLODAM DO BRASIL LTDA | Janeiro 2011
  2. 2. ÍNDICE Sumário Executivo Mercado Perfil da Empresa Porque a CLODAM Plano de Negócio
  3. 3. OVERVIEW • Fundada em 2003 por empreendedores. • Desde o início, vem aumentado seu faturamento fortemente em todos os anos. • “Know-how” específico de tecnologia aplicada na Unidades PrevistasHighlights reciclagem, expertise técnica e comercial no AL, PE, RJ segmento. Bases deda • A tecnologia utilizada, chamada “pós- OperaçãoEmpresa condensação”, é uma das mais avançadas, possibilitando alto nível de qualidade, descontaminação e produtividade. Unidade Produtiva de Diadema • Atua no setor de reciclagem pós-consumo, focada na produção de granulados de polímero PET Faturamento da Empresa reciclado para reutilização como matéria-prima. Em R$ milhões • O produto resultante da reciclagem tem aplicação 1171% 21,560 na produção de embalagens rígidas e flexíveis, tais 18,216Atuação da como garrafas, frascos e peças injetadas. Dados da 10,098Empresa • Possui fábrica localizada em Diadema com uma Empresa 6,563 área de 2.500 m² e capacidade atual de cerca de 4 1,696 mil toneladas/ano de garrafa PET. • Possui clientes como Bombril, Pepsico, Clykop, A partir 2007 2008 2009 2010 entre outros. ago/2006Fonte: Clodam 4
  4. 4. SUMÁRIO EXECUTIVO Oferta de Investimento A CLODAM está inserida num segmento que tem apresentado forte crescimento devido a diversos fatores, notadamente a conscientização ambiental do consumidor, além da forte regulamentação decorrente da política de tratamento de resíduos industriais e pós-consumo. A CLODAM observa, atualmente, uma forte demanda latente oriunda de seus cliente atuais e em prospecção. Sendo assim, o Plano de Expansão da CLODAM visa ampliar significativamente o volume de oferta de produtos, além de aumentar a eficiência produtiva. Além de multiplicar o volume produtivo com a instalação de novas unidades produtivas, o Plano prevê investimentos na melhoria da eficiência da Empresa, com o aprimoramento do processo industrial e a verticalização na cadeia produtiva com foco na garantia de qualidade e de fornecimento de matéria-prima. Para tanto, os cotistas da CLODAM estão em busca de sócio(s)-investidor(es) que propicie os recursos necessários para os investimentos previstos na expansão da empresa, podendo este(s) assumir uma posição minoritária ou majoritária, conforme as condições e o montante proposto de aporte de recursos. A CLODAM é uma empresa diferenciada no Segmento de Reciclagem de Resinas Plásticas, contando com uma solução tecnológica mais avançada que seus competidores, além de forte impulso empreendedor, caracterizando-se como uma das pioneiras nesta atividade. 5
  5. 5. ÍNDICE Sumário Executivo Mercado Perfil da Empresa Porque a CLODAM Plano de Negócio
  6. 6. MERCADO DE EMBALAGEM PETEmbalagem PETEmbalagemO PET proporciona alta resistência mecânica e química, Oportunidade de Crescimentosuportando o contato com agentes agressivos. Possuiexcelente barreira para gases e odores, sendo capaz de conter Capacidade Produtiva de Resina PET no Brasilos mais diversos produtos com total higiene e segurança. Em mil toneladas 1000*Capacidade Produtiva 720 850*O Brasil alcançou a capacidade produtiva de 550 mil toneladas 550 550* 550*em 2009, ante as 450 mil toneladas verificadas em 2008. 294 450Entretanto, a estimativa de capacidade produtiva para 2013deve alcançar 1 milhão de toneladas. 2006 2007 2008 2009 2010* 2011* 2012* 2013*Estrutura da Indústria * Perspectiva Fonte: AbipetBasicamente é formada por fabricantes de pré-forma, dadoque o formato final da embalagem PET tende a ser produzidonos próprios consumidores (indústrias verticalizadas). Asembalagens PET são aplicadas principalmente na produção debebidas, fitossanitários e cosméticos. 7
  7. 7. MERCADO DE EMBALAGEM PETPerspectiva de Crescimento Indicadores de CrescimentoEvolução do Consumo Volume de Resina PET aplicada na produção de Embalagens noO país apresentou uma forte evolução no consumo de Brasil *embalagens PET (garrafas e frascos) ao longo dos últimos Em mil toneladascinco anos, com um crescimento médio de 6% ao ano, 432 462 471alcançando o volume consumido de 471 mil tons de resina 374 378PET em 2009.Aumento da RendaO aumento da renda das classes mais baixas, que vem 2005 2006 2007 2008 2009ocorrendo ao longo dos últimos anos, tem se refletido Evolução do Consumo de Resina PET (virgem)diretamente no consumo de embalagens PET. Isto ocorreporque os produtos que mais tem se beneficiado com o * Somente garrafas e frascos Fonte: Abipetincremento da renda, tais como bebidas e cosméticos, temforte presença deste tipo de embalagem.Fonte: Abipet – Associação brasileira da indústria do PET. 8
  8. 8. MERCADO DE RECICLAGEM Fatores que impulsionam a reciclagem Legislação Brasileira PROJETO DE LEI Nº 436, de 2008, obriga as empresas produtoras, distribuidoras e envasadoras de garrafas de Polietileno Tereftálico (PET) ou resinas plásticas em geral, estabelecidas no Estado, a desenvolver programas de reciclagem, reutilização ou reaproveitamento desses produtos. Regulamentação Setorial da ANVISA, Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 20, de 26 de março de 2008. Anvisa liberou o uso de embalagens PET reciclados em alimentos. A principal exigência para o uso do Polietileno Tereftálico (PET) reciclado em alimentos será o registro do produto na Anvisa. Além disso, o rótulo da embalagem deverá conter o nome do produtor, o número de lote e a expressão “PET-PCR”. Políticas governamentais O governo pretende investir R$ 1,5 bilhão em projetos de tratamento de resíduos sólidos, na substituição de lixões, implantação da coleta seletiva e no financiamento de cooperativas de catadores. Também prevê incentivos fiscais como instrumentos para estimular o setor, financiar inovações e gerenciamento de resíduos para reciclagem. Programa de reciclagem em Grandes Empresas Empresas estão cada vez mais focadas em ações com relação ao meio ambiente, buscando alternativas para o mercado sustentável. Podemos destacar empresas como: Ambev , que mantém o Programa Reciclagem Solidária; Wal Mart com a loja Ecoeficiente em São Paulo; Pepsico, que transforma embalagens plásticas de salgadinho em displays, mochilas e outras peças; Bombril, com sua linha de produtos Ecobril; e Coca-cola, no Brasil, planeja para 2011, utilizar 25% de resina PET reciclado. 9
  9. 9. RECICLAGEM DE PETPerspectiva de Crescimento Indicadores de CrescimentoEvolução da Produção de Matéria Prima PET Reciclado Volume (Consumo x PET Reciclado) Resina PET no Brasil*Considerando o volume total de resina PET consumido na Em mil toneladasprodução de embalagens (garrafas e frascos) atualmente,cerca de 55,6 % é reciclado. 432 462 471 374 378 253 262 194 231Estrutura do Segmento 174Fontes do segmento indicam que existem 182 empresas dereciclagem de PET, que geraram um faturamento de R$ 2005 2006 2007 2008 20091,12 bilhão e empregaram cerca de 40 mil funcionáriosdiretos e indiretos em 2009. Desta amostra, menos de 10 Evolução do Consumo de Resina PET (virgem)empresas dispõe da tecnologia de pós-condensação. Volume de PET RecicladoIncentivos Governamentais Taxa de recuperação de PET*O Governo brasileiro tem como intuito estimular oinvestimento em produtos oriundos de reciclagem de 51,3% 53,5% 54,8% 55,6%resíduos sólidos, com objetivo de ampliar o segmento de 46,5%reciclagem. Outra medida importante para o segmento dereciclagem de embalagem PET foi a liberação da Anvisa aouso do polímero reciclado em embalagens de produtosalimentícios. Este fato deverá alavancar o volume de 2005 2006 2007 2008 2009produção do PET reciclado significativamente.Fonte: Abipet – Associação brasileira da indústria do PET, Jornal Valor Econômico * Somente garrafas e frascos Fonte: Abipet 10
  10. 10. RECICLAGEM DE PETPerspectiva de CrescimentoColeta de resíduos sólidos O potencial de geração de renda oriundo da coleta deresíduos tem incentivado o aumento do volume de Indicadores de Crescimentoembalagens PET coletado. Existem, atualmente,cerca de 600 cooperativas formais de coleta de resíduos Taxa de embalagens recicladas em 2009 (%)no Brasil. Japão (2008) 77,9Taxa de embalagens recicladas Brasil 55,6A despeito do volume absoluto de embalagens, o Brasil é osegundo maior reciclador de embalagens PET, com 55,6% Europa 48,4do volume total, ficando apenas atrás do Japão. Austrália (2007) 42,3 Argentina 34Evolução do PET Reciclado EUA 28Devido as medidas de regulamentação de uso de PETreciclado em embalagens (garrafas e frascos ) para a Fonte: Abipetindústria de bebidas e alimentos, o volume de produção dematéria-prima PET reciclado deve migrar de aplicações demenor valor agregado para a produção de embalagenspara a indústria de bebidas e alimentos, que possuemvalor agregado superior.Abipet – Associação brasileira da indústria do PET. 11
  11. 11. RECICLAGEM DE OUTRAS RESINASOutras Resinas Plásticas Indicadores de CrescimentoEvolução da Produção de Resinas Plásticas Volume de Produção x Reciclagem de Resinas Plásticas no BrasilA produção de resinas plásticas apresentou uma forte Em milhões toneladasevolução nos últimos seis anos, com crescimento de 5,3 5,6 4,4 4,5 4,9 4,8aproximadamente 38%, alcançando o volume de 5,6 4,1milhões de toneladas produzidas em 2009. 0,91 0,96Tipos de Resinas Plásticas 0,70 0,75 0,86A resina de polipropileno (PP) e a polietileno de baixadensidade (PEBD) são as mais usadas no Brasil, com 26% e 2003 2004 2005 2006 2007 2008 200925%, respectivamente, dos polímeros consumidos no Volume de Produção Plásticos Recicladosmercado de plástico. Também podemos citar outrasresinas plásticas, como Polietileno de alta densidade Consumo de Resinas Plásticas no Brasil(PEAD), Cloreto de polivinila (PVC), Poliestireno (PS) comocomponentes do segmento. PP EVA 26% 1%Reciclagem de Resinas PETO volume de reciclagem de plástico vem aumentando 8%gradativamente, alcançando 962 mil toneladas em 2007. A PEBD PStaxa de crescimento anual no período de 2003 a 2007 foi 25% 7%de 9,2%, sendo 39% relativo a indústria e 61% ao pós- PVC PEADconsumo. 14% 19% Fonte: Plastivida 12
  12. 12. RECICLAGEM EM GRANDES EMPRESAS Processo de Reciclagem nas Grandes Empresas Natura, pioneira em sustentabilidade no Brasil, foi a primeira empresa de cosméticos a utilizar PET reciclado em embalagens. Pepsi, fabricante de salgadinhos, investe em tecnologia e programas que transformam embalagens plásticas de salgadinho em displays, mochilas, estojos e outras peças. Coca-Cola, no Brasil, possui um programa de sustentabilidade que planeja utilizar na composição de suas garrafas, ao menos 25% de resina PET reciclado. Wal-Mart utiliza critérios sociais para qualificar, selecionar e monitorar seus fornecedores em relação aos resíduos liberados e também já possui uma loja ecoeficiente. Pão de Açúcar, pioneiro em instalar estações de coleta de materiais reciclados em suas lojas, já arrecadou mais de 31 mil toneladas de resíduos de papel, plástico, alumínio e vidro, além de óleo de cozinha. Além disso, o Grupo Pão de Açúcar utiliza o papel e papelão descartados nas lojas, com intuito de fabricar embalagens dos produtos da marca própria Taeq. Bombril , com plano de atingir o mercado de sustentabilidade , possui a linha Ecobril de produtos que não agridem a natureza. Ambev mantém o Programa Reciclagem Solidária, projeto que incentiva coleta de produtos passíveis de reciclagens, e já coletou mais de 2,5 mil toneladas de embalagens de PET, alumínio, papelão, plástico e vidro, desde o início do projeto. Tetra Pak, fabricante das embalagens longa vida, vem desenvolvendo tecnologias e parcerias com diversos recicladores no país com o objetivo de gerar negócios na área de reciclagem das embalagens pós-consumo, gerando materiais como placas e telhas recicladas. 13
  13. 13. ÍNDICE Sumário Executivo Mercado Perfil da Empresa Porque a CLODAM Plano de Negócio
  14. 14. HISTÓRICO Fev/2003: Início das atividades Jan/2010: Projeto e execução em no segmento de reciclagem de parceria com Pepsico para PET, localizada em Vargem Mar/2005: Aquisição de imóvel (galpão), com reciclagem de embalagem da Elma Grande Paulista, Estado de São Chips, transformando resinas de Paulo. uma área de 2.500 m², Bopp em displays. localizada em Diadema. Nov/2003: Expansão do Fev/2008: Instalação negócio com o aluguel da do laboratório de fábrica em Diadema análises. (Grande São Paulo).2003 2005 2006 2008 2009 2010 Nov/2003: Aquisição de uma extrusora Jun/2009: Início do processo com capacidade de 250 kg/hora. O para homologação na Anvisa resultado dessa expansão foi a e início do projeto PAPAPET. capacidade instalada de 180 ton/mês. Agosto/2006: Adquiriu um pós- Mar/2010: Aquisição de um Fev/2003: Aquisição de um equipamento condensador com capacidade cristalizador com chamado “pós condensador” com para 12 toneladas e uma nova capacidade de 1 ton/hora. capacidade para 3 toneladas, e linha de extrusão com contratação da terceirização do processo capacidade de 1.000 kg/hora. de extrusão. 15
  15. 15. PROCESSO PRODUTIVO A resina PET é embalada, Etapas da Extrusão: Fusão No processo de pós- sem contato manual e do flake, Plastificação e condensação, a resina PET conforme as Filtragem. eleva seu IV – Índice de necessidades dos Viscosidade. clientes. Análise Compra do Qualitativa Rastreabili- Flake Extrusão Granulação Pós-condensação Embalagem (Lab.) dade O flake será submetido a testes Laboratório com análise final O material será granulado em de qualidade e analisado completa do produto e uma geometria de 3mm. conforme os padrões da rastreabilidade de todo Clodam. Após sua aprovação, é processo. codificado e liberado para processo. 16
  16. 16. TECNOLOGIAExtrusão Pós-CondensaçãoO processo de extrusão passa por 3 etapas:1° - Fusão - Transformação do “flake” sólido para o Constitui-se num processo de granulação e poli-condensaçãolíquido. no estado sólido (homologado pela U.S. FDA), que2° - Plastificação – homogeneização da massa do proporciona a realocação na cadeia polimérica, abordando opolímero. craqueamento das moléculas (know-how ZIMMER),3° - Filtragem – utilização de filtros para retirada de permitindo um aumento da viscosidade dos polímeros de PET.contaminantes.LaboratórioA Clodam possui um laboratório próprio para a indústria de granulação de PET, contando com controladores deviscosidade, umidade, fluidez e controle efetivo de todo processo do SSP (Solid State Polymerization), além derastreabilidade de matéria-prima e produtos acabados.PapapetA Clodam desenvolveu a máquina com o objetivo de aumentar e facilitar a coleta de garrafas PET. Oequipamento incentiva pessoas a depositarem as garrafas PET na máquina, direcionando a mesma para asempresas de reciclagem. A Clodam possui a patente da PAPAPET. Atualmente, possui 2 máquinas emoperação. 17
  17. 17. INFRA-ESTRUTURA Fábrica • Localizada em Diadema, na Grande São Paulo, com uma área de aproximadamente 2.500 m². • Capacidade atual para reciclagem de 4 mil toneladas de garrafa ao ano. • Atualmente, a Clodam produz internamente cerca de 350 toneladas/mês de resina PET e terceiriza com outros produtores 200 toneladas/mês adicionais. Capacidade Operacional Para a produção do granulado das Resinas PET e Bopp, a empresa conta com os seguintes equipamentos: Produção de Resina PET Reciclado Produção de Resina Bopp 1. Dois reatores (Pós-condensador) 1. Máquina Extrusora 2. Duas Máquinas Extrusoras 2. Granulador 3. Laboratório Completo 4. Cristalizador 5. Granulador 18
  18. 18. CLIENTES Cliente Atuais A Clodam, atualmente, atende 71 clientes, sendo de pequenas a grandes empresas em diversas regiões do país. E devido a experiência adquirida, ao longo dos anos, consegue oferecer expertise técnica e qualidade na produção de granulados PET reciclados. Alinhado a esse propósito, apresenta soluções sob medida e inovadoras para o segmento de embalagens PET reciclado. Desta forma, a Clodam conquistou uma vasta rede de relacionamentos com os produtores e consumidores de embalagens PET, fato que permite construir parcerias comerciais importantes para o desenvolvimento da empresa. Como principais parcerias, podemos destacar: 19
  19. 19. DESEMPENHO HISTÓRICOFaturamento Volume de VendaEm R$ milhões Em milhares de toneladas 6,37 1171% 21,560 4,99 18,216 2,89 10,098 2,00 6,563 1,696 0,49 A partir 2007 2008 2009 2010 A partir de 2007 2008 2009 2010 ago/2006 ago/2006 EBIT Em R$ 1.037.340 944.792 2009 2010 20
  20. 20. ÍNDICE Sumário Executivo Mercado Perfil da Empresa Porque a CLODAM Plano de Negócio
  21. 21. PORQUE A CLODAM Diretrizes Estratégicas 1 Tecnologia 2 Empreendedorismo & Expertise técnica 3 Plataforma de Crescimento 4 Demanda Latente 22
  22. 22. TECNOLOGIA Processo de Pós-condensação A Clodam destaca-se no cenário de reciclagem de granulados de polímeros PET, por ser uma das poucas empresas com a utilização do processo de “pós-condensação” no país. Os principais benefícios do processo, são: 1) Recomposição da viscosidade - o processo proporciona que a resina reciclada retome o índice de viscosidade da resina PET virgem. Desta forma, ao contrário da característica da resina reciclada resultante de outros processos (tais como a cristalização), a resina PET reciclado por pós-condensação pode ser utilizada sem a mistura com resina virgem na fabricação de embalagens PET. 2) Descontaminação da resina PET - o processo possibilita a descontaminação necessária para utilização em produtos alimentícios, o que proporciona uma expansão significativa do escopo de aplicação da resina no segmento de embalagens PET. Embora é reportado que existam 182 empresas no segmento de reciclagem no Brasil, a tecnologia de Pós-condensação é dominada por menos de uma dezena de empresas, sendo a CLODAM, uma das pioneiras na implementação desta tecnologia. 23
  23. 23. EMPREENDEDORISMO & EXPERTISE TÉCNICA Forte curva de aprendizado A Clodam conta com uma equipe com forte conhecimento técnico e prático no processo de reciclagem, em especial com relação ao processo de pós-condensação. As principais características do corpo técnico e gerencial são: • Empreendedorismo: os atuais sócio-executivos implementaram todo o processo industrial com sucesso sem contar com experiência pregressa no negócio. • Vasta experiência no processo de reciclagem: a equipe Clodam possui 7 anos de experiência no segmento, tendo sido uma das pioneiras em reciclagem e no processo de pós- condensação. • Experiência comercial no segmento - a Clodam, por ter sido uma das pioneiras no segmento no Brasil, possui um forte reputação e vasta e sólida rede de relacionamentos com os produtores e consumidores de embalagens PET. • Constante aprimoramento técnico - a Clodam tem trabalhado na permanente melhoria de seus processo produtivos, com vistas a qualificação de seus produtos e serviços. Atualmente, está em curso a homologação pela ANVISA para fornecimento de resina PET reciclado para indústria alimentícia. 24
  24. 24. PLATAFORMA DE CRESCIMENTO Novas frentes de expansão A Clodam está se adaptando às novas normas que deverão impulsionar o segmento de reciclagem PET. Para tal, tem em curso o processo de homologação pela ANVISA, com intuito de regulamentar a fábrica, para o fornecimento de resina PET reciclado para as indústrias de bebidas e alimentos. Essa homologação proporcionará um acréscimo significativo no faturamento da empresa. Por outro lado, vem pesquisando permanentemente novas linhas de reciclagem, inclusive para outros materiais plásticos. Em 2009, em parceria com a PEPSICO, introduziu um processo de reciclagem dos pacotes de “salgadinhos” ELMA CHIPS, que são produzidos com a resina BOPP (POLIPROPILENO BIORIENTADO), outra matéria prima plástica adotada em larga escala para embalagens. A Direção da empresa está atenta as diversas oportunidades na atividade de reciclagem de plásticos e tem desenvolvido diversos projetos alternativos no segmento de reciclagem pós- consumo, podendo gerar novas frentes de expansão do negócio fora do segmento PET. 25
  25. 25. DEMANDA LATENTE A Clodam dispõe de um portfólio de clientes e de prospecções em curso que indicam uma forte demanda latente. Os principais clientes da empresa vem solicitando volume significativamente superiores. Isto garantiria a ocupação do investimento em ampliação da capacidade produtiva. Cliente Volume Volume (em ton) Atual* Potencial** Volume Atual*Bombril 756 2.268 3.198 toneladasFábrica de Idéias 475 950 Volume PotencialCyklop 1.427 1.570 com os clientes atuais.Sedna 65 195 5.933 toneladasInterlândia 475 950Brasalpla - 3.000 Volume PotencialAmcor - 5.000 com clientes atuais e em prospecção.Performax - 3.000 22.933 toneladasEngepack - 3.000Cristal PET - 3.000Total 3.198 22.933*Em 2010 *Referente a amostra de clientes listados com**Estimativa potencial de crescimento
  26. 26. ÍNDICE Sumário Executivo Mercado Perfil da Empresa Porque a CLODAM Plano de Negócio
  27. 27. FOCO ESTRATÉGICOAntecedentes do Plano de ExpansãoMercadológicos Expansão Projetada da Capacidade Produtiva1. Busca por reciclagem de resíduos, impulsionada por fatores como a concientização dos consumidores e de Em milhares de empresas na busca de soluções ambientais toneladas sustentáveis, e regulamentação governamental.2. Forte incremento de renda das classes C e D, 18 18 18 refletindo diretamente no consumo de produtos que utilizam embalagens de PET, como, por exemplo, sucos 12 12 12 e refrigerantes.3. Incentivos fiscais e de outras naturezas, em regiões brasileiras, como região Nordeste e o Rio de Janeiro, 4,2 com intuito de atrair novas empresas.4. Demanda latente de clientes atuais e potenciais, projetando volumes significativamente superiores de faturamento com um esforço comercial pouco 2010 2011 2012 2013 2014 significativo.Internos PET Reciclado Flake1. Proximidade logística com clientes potenciais muito relevantes.2. Verticalização do Processo produtivo, para garantir suprimento de matéria-prima e integrar margens. 28
  28. 28. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO •Novos projetos de reciclagem de novas resinas. 3. Aumento de Portfólio •Novos projetos de produtos oriundos de reciclagem. •Montagem de Planta de Flake em Pernambuco. 2. Integração Vertical •Montagem da Planta de Flake no Rio de Janeiro. •Investimento na eficiência produtiva 1. Melhoria de Eficiência e na capacidade produtiva da planta de Diadema. Aumento de Volume •Montagem de Fábrica em Alagoas. 29
  29. 29. PLANO DE EXPANSÃO Hoje Etapas de crescimento Visão do futuroJan/2011 2011 2012 2013 Pós 2014Capacidade Capacidade Inovação e Capacidade CapacidadePET PET Reciclado Tecnologia PET Reciclado PET RecicladoReciclado de de 1500 para criar de 1000 de 1500350 ton/mês ton/mês novos ton/mês ton/mês + Capacidade de produtos. produção do Flake de 1000 ton/mês 2011 - Melhorias na fábrica de Diadema aumentando a capacidade • Aplicação da de produção para 1.000 ton/mês. Resina PET para Construção da fábrica em Alagoas, com capacidade para 500 Novos Produtos. ton/mês. • Reciclagem, a 2012 - Fábrica de Diadema e de Alagoas prontas para capacidade partir de novas plena. Construção das fábricas de flakes no Rio e em Recife com Resinas Plásticas. capacidade de produção de 500 ton/mês cada. • Projeto de madeira plástica. 2013 - Fábricas de flake prontas para plena capacidade. 30
  30. 30. PLANO DE INVESTIMENTOS 2011 Expansão da Fábrica de Diadema Fábrica de Alagoas O Plano de Expansão, previsto para começar a A Clodam conta com a disponibilidade de áreas partir de 2011, considera as melhorias na e equipamentos necessários para implementar fábrica: a fábrica em Alagoas. Os investimentos necessários incluem a construção das • Aumento da Capacidade da Fábrica com a instalações e a instalação dos equipamentos, o implantação de equipamento periféricos que deve demandar cerca de 180 dias. para diminuir o ciclo produtivo de 18 para 9 horas. Pressupostos do Investimento • Construção de um Laboratório Avançado Os fatores que levaram a definição do com vistas a homologação para ANVISA. investimento neste local foram: • Benefício Fiscal oferecido pelo Governo Objetivo do Investimento Estadual; Duplicar a produção de granulados polímeros • Facilidade na aquisição do imóvel, com na fábrica de Diadema. benefícios oferecidos pelas autoridades locais; • Proximidade de Clientes com demanda previamente encomendada. 31
  31. 31. PLANO DE INVESTIMENTOS 2012 A Clodam tem como projeto a construção de fábricas de flakes no Rio de Janeiro e em Recife, com o objetivo de integração vertical da produção, proporcionando maior agilidade e garantia de matéria-prima para a produção de resinas recicladas, bem como a possibilidade de ganhos de margens. Pressupostos da Instalação das fábricas de Flake As regiões adotadas para a implantação das fábricas foram escolhidas de acordo com alguns critérios estratégicos: • Logística e Disponibilidade de matéria-prima: a fábrica de Recife estará localizada próxima do Pólo de Suape, onde existe disponibilidade de resíduos pós-industriais dos produtores e transformadores de PET. No Rio de Janeiro, o volume disponível de resíduos pós-consumo e pós- industrial é o fator determinante. • Benefícios fiscais e na aquisição dos imóveis: oferecidos pelas autoridades locais proporcionando uma redução significativa no volume de investimento e melhoria das margens do negócio. 32
  32. 32. PLANO DE INVESTIMENTOS Pós-2014 Desenvolvimento de Novos Produtos Com a expertise em reciclagem e capacidade de inovação para o desenvolvimento de novos produtos, explorando o uso de resinas plásticas, a Empresa pretende expandir seus negócios para a aplicação em outras resinas plásticas com o BOPP, o PE (Baixa e Alta Densidade) e o PVC. A seguir mencionamos alguns exemplos de projetos que já estão em desenvolvimento. Projeto de BOPP O Projeto já está em produção, em escala menor, e contempla a reciclagem de embalagens de “salgadinhos” produzidas com a resina BOPP, que resulta na sua reciclagem e transformação em displays de exposição dos próprios “salgadinhos”. Projeto de Madeira Plástica O foco do projeto é utilizar diversas resinas plásticas recicladas para produzir chapas de “madeira” plástica que teriam aplicações similares ao MDF (Medium Density FiberBoard – material oriundo de madeira), material muito utilizado na Indústria Moveleira. 33
  33. 33. PLANO DE INVESTIMENTOS Composição dos Investimentos O Plano de Investimentos para a R$ milhões Expansão da Capacidade da CLODAM foi estimado em R$ 7.1 milhões, para a aplicação nas fábricas e inclui: • a construção dos prédios e as Melhorias Diadema benfeitorias necessárias aos imóveis. 1,8 1,5 • a compra dos equipamentos e suas Fábrica de Alagoas respectivas instalações. • uma reserva adicional de recursos Fábrica Flake Rio para cada unidade para gastos não previstos na implantação das fábricas. Fábrica de Flake 2,0 Recife Este Plano de Investimento não inclui 1,8 aplicação de recursos no fortalecimento da estrutura de capital da Empresa (previsto no Plano de Projeções Financeiras). 34
  34. 34. AVISO IMPORTANTE A Aditus Advisors Assessoria e Consultoria Empresarial Ltda foi legalmente mandatada pela CLODAM DO BRASIL LTDA, para a busca de investidores para financiar seu projeto de expansão. Este material se constitui informação CONFIDENCIAL e está submetido aos termos do acordo de confidencialidade previamente executado entre a Aditus Advisors e a instituição receptora. Sendo assim, fica vetada expressamente a reprodução ou a distribuição a qualquer terceiro que não seja parte integrante da instituição da qual pertence o receptor deste material. Opiniões, estimativas e previsões apresentadas neste material constituem o nosso julgamento considerando-se as atuais condições de mercado e as informações as quais tivemos acesso, estando sujeitas a mudanças. Na preparação deste material foram usadas informações fornecidas pela CLODAM e por terceiros que acreditamos ser confiáveis. A Aditus Advisors não checou a veracidade das informações fornecidas, portanto a Aditus Advisors não se responsabiliza por sua fidelidade. Este material não tem intenção de ser uma oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer natureza, sendo que decisões de investimento tomadas com base neste material são de responsabilidade exclusiva de seu leitor.
  35. 35. 36

×