Empreendedorismo corporativo vdisponível

  • 1,489 views
Uploaded on

 

More in: Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,489
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
31
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Eduardo Pinto Vilas Boas
    Criação de Empresas e Empreendimento de Base Tecnológica
    EAD- 5864
    Universidade de São Paulo
    19/10/2010
    Empreendedorismo Corporativo
  • 2. Agenda
    O que é
    Literatura
    Empreendedorismo Corporativo
    Corporate Venture
    Casos
    Futuro...
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    2
  • 3. O que é?
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    3
    Intra-empreendedorismo
    Corporate entrepreneurship
    Intrapreneurship
    Corporate Venture
    Empreendedorismo Corporativo
  • 4. Empreendedorismo Corporativo
    Capacidade da empresa de inovar sistematicamente
    Criar novos produtos, processos ,serviços, conceitos de gestão ou novos negócios
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    4
  • 5. Empreendedorismo Corporativo
    Década de 80
    Intraempreendedorismo
    Corporate Venture
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    5
  • 6. Empreendedorismo Corporativo
    Corporate Venture
    Criar novos negócios
    Interno
    Externo
    Empreendedorismo estratégico (Intrapreneurship)
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    6
  • 7. Estágios de desenvolvimento de empreendedorismo corporativo
    Primeiro estágio – diversificação em novos produtos e novos mercados
    Segundo estágio – diversificação em novos negócios
    Terceiro estágio – corporação empreendedo- ra
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    7
    Fonte: SEIFFERT, 2004
  • 8. Como desenvolver empreendedorismo corporativo
    Trabalhar perfil dos colaboradores
    Criar condições internas para sistematizar a inovação
    Desenvolver incentivos e condições diferenciados para níveis organizacionais distintos
    Foco na identificação de oportunidades de inovação
    Integrado à estratégia corporativa
    Visão de médio e longo prazos
    Definição de objetivos, metas e mensuração de resultados
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    8
  • 9. CEAI - Corporate EntrepreneurshipAssessmentInstrument
    Medir empreendedorismo corporativo em empresas
    84 questões
    Encontraram 05 fatores
    Suportegerencial,
    Liberdade de trabalho/autonomia,
    Recompensas e reconhecimento,
    Disponibilidade de tempo,
    Limites organizacionais.
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    9
    Fonte: HORNSBY, et al., 2002
  • 10. Práticas que promovem o EC
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    10
    Fonte: VILAS BOAS, 2009
  • 11. Casos Brasileiros
    Empresa A
    Empresa B
    Empresa C
    Empresa D
    Empresa E
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    11
  • 12. Corporate Venture
    Estruturas devem ser diferentes
    Pouca integração com a empresa mãe
    Integração deve ser informal
    Alta gerência não tem grande influência no resultado
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    12
    Fonte: BURGUERS, 2009
  • 13. Tipos de Corporate Venture
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    13
    Fonte: VIEGAS, 2010
  • 14. Tipos de Corporate Venture
    EcosystemVenturing
    InnovationVenturing
    HarvestVenturing
    Private EquityVenturing
    New LegVenturing
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    14
    Fonte: Campbell et al, 2003
  • 15. Casos Brasileiros – Corporate Venture
    Empresa A
    Empresa B
    Empresa C
    Empresa D
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    15
    Fonte: SEIFFERT, 2004
  • 16. Futuro
    Modos de organizar a empresa para empre- ender
    Confirmar os benefícios do empreendedorismo corporativo para a empresa
    Mais formas de incentivar a ação empreende-dora nas empresas
    Open Innovation
    ...
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    16
  • 17. Referências
    Burgers j. h.; Jansen j. j. p.; Bosch f. a. j. v. d.; Volberda h. w. Structural differentiation and corporate venturing: The moderating role of formal and informal integration mechanisms. Journal of Business Venturing 24 (2009) 206–220.
    DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo Corporativo, 2 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008
    HORNSBY, J. B.; KURATKO, D. F.; ZAHRA, S. A. Middle managers’ perception of the internal environment for corporate entrepreneurship: Assessing a measurement scale. Journal of Business Venturing, [S.l.], v. 17, 2002.
    Phanp. h.;, Wright m.; Ucbasaran d.; Tan w. l. Corporate entrepreneurship: Current research and future directions. Journalof Business Venturing24 (2009) 197–205.
    SEIFFERT, P. Q. Empreendendo novos negócios em corporações. São Paulo: Editora Atlas, 2004.
    VIEGAS, R. M. D., JARDIM, F., SCHECHTMANN, P. Corporate Venture Capital: Quais são suas perspectivas no Brasil? Anais do SIMPOI, p 1-16, 2010
    VILAS BOAS, E. P. Estudo das práticas de gestão empresarial de promoção do empreendedorismo corporativo: estudos de caso em empresas reconhecidamente empreendedoras com atuação no Brasil, Dissertação de Mestrado, Universidade de São Paulo, 2009
    ZAFFALON F. R.; LENZI F.; SANTOS S. A. Intraempreendedorismo e sua relação com a inovação em empresas consolidadas. Revista CEA – PUC Campinas, agosto/2006.
    19/10/2010
    Eduardo Pinto Vilas Boas
    17