Redes sociais em bibliotecas

  • 119 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
119
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
2
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Dulce Hirli Costa Almeida Ednaldo Rodrigues de Sousa Lizianne Régia da Silva Costa
  • 2. SUMÁRIO Conceito de redes Conceito de redes sociais Ferramentas das redes sociais Tipos de redes sociais e sua aplicabilidade nas bibliotecas: 4.1 Redes sociais de compartilhamento de documentos 4.2 Redes sociais de compartilhamento de fotos 4.3 Redes sociais de compartilhamento de vídeos 4.4 Redes sociais de relacionamento 4.5 Redes sociais individualizadas 4.6 Redes sociais literárias Conclusão Referências 1. 2. 3. 4.
  • 3. CONCEITO DE REDES Conjuntos de nós interconectados. “[...]São sistemas de televisão, estúdios de entretenimento, meios de computação gráfica, equipes para cobertura jornalística e equipamentos móveis gerando, transmitindo e recebendo sinais na rede global da nova mídia no âmago da expressão cultural e da opinião pública, na era da informação.” (CASTELLS, 1999, p. 498) -
  • 4. CONCEITO DE REDES SOCIAIS  Pessoas ou grupo de pessoas ligadas por interesses comuns -> motivadas por amizade, trabalho e/ou informações.  Sistema aberto e em construção permanente.  Interação e troca social. Fonte: Google Imagens
  • 5. FERRAMENTAS DAS REDES SOCIAIS  Facebook, Orkut, Flickr, LibraryThing etc. são ferramentas que passam a ser redes sociais quando possuem pessoas conectadas para interagirem.  Serviços da web que permitem ao indivíduo construir um perfil em um sistema, compartilhá-lo e interagir com outros indivíduos que também possuem um perfil. Fonte: Google Imagens
  • 6. Redes sociais de compartilhamento de documentos  Slideshare -> repositório aberto de apresentações  A biblioteca pode: Disponibilizar conteúdo; 2. Ver conteúdo de outras bibliotecas; 3. Armazenar conteúdos; 4. Compartilhar conteúdos dos usuários; 1. Fonte: Google Imagens
  • 7. Redes sociais de compartilhamento de fotos  Flickr, Instagram  As bibliotecas podem: Criar álbuns temáticos; 2. Compartilhar suas ações; 3. Disponibilizar um acervo fotográfico e classificá-lo através das Tags para recuperação; 4. Mostrar sua equipe. Fonte: Google Imagens 1.
  • 8. Redes sociais de compartilhamento de vídeos  Vimeo, Youtube  As bibliotecas podem: Criar um acervo de vídeos; 2. Criar uma página; 3. Disponibilizar suas ações; 4. Compartilhar vídeos que façam referência ao acervo; 1. Fonte: Google Imagens
  • 9. Redes sociais de relacionamento  Orkut, Facebook, Twitter  São as mais populares podendo atrair um maior número de usuários.  As bibliotecas podem: 1. Se autopromover criando seu perfil, sua página, seu grupo. 2. Divulgar notícias, eventos e demais ações. 3. Criar aplicativos. Fonte: Google Imagens
  • 10. Redes sociais individualizadas  Grouply, Ning  As bibliotecas podem: 1. Criar sua própria rede social; 3. Criar chats; Fonte: Google Imagens 2. Criar fóruns;
  • 11. Redes sociais literárias  LibraryThing: aplicativo Web para catalogação compartilhada que permite importação de registros onlines e ainda funciona como rede social.  Skoob, O livreiro -> As bibliotecas podem: 1. Informar sobre novas aquisições; 2. Fazer resenhas; 3. Informar sobre desbastamento. Fonte: Google Imagens
  • 12. CONCLUSÃO  As bibliotecas precisam utilizar os artefatos da tecnologia a seu favor. bibliotecas precisam acompanhar essa era imediatista.  As redes sociais podem ser grandes auxiliadoras na divulgação das bibliotecas e no alcance de maior número de usuários. Fonte: Google Imagens  Os usuários, principalmente os jovens, estão em um mundo cada vez mais imediatista e as
  • 13. Fonte: Google Imagens
  • 14. REFERÊNCIAS  CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo, Paz e Terra, 1999.  AGUIAR, Giseli Adornato de. Uso das ferramentas de redes sociais em bibliotecas universitárias: um estudo exploratório na UNESP, UNICAMP e USP. São Paulo: USP, 2012. 148 p.