Resol. p4 m2-2012

706 views
632 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
706
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
18
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Resol. p4 m2-2012

  1. 1. SISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Geral — P-4 SISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Geral — P-4 Tipo M-2 - 06/2012 Tipo M-2 - 06/2012 G A B A R I T O G A B A R I T O 01. B 11. C 21. C 31. A 41. E 01. B 11. C 21. C 31. A 41. E 02. A 12. E 22. A 32. B 42. B 02. A 12. E 22. A 32. B 42. B 03. A 13. B 23. D 33. A 43. A 03. A 13. B 23. D 33. A 43. A 04. C 14. B 24. B 34. D 44. B 04. C 14. B 24. B 34. D 44. B 05. A 15. C 25. A 35. B 45. A 05. A 15. C 25. A 35. B 45. A 06. A 16. E 26. D 36. E 46. E 06. A 16. E 26. D 36. E 46. E 07. A 17. E 27. C 37. D 47. E 07. A 17. E 27. C 37. D 47. E 08. B 18. A 28. C 38. D 48. C 08. B 18. A 28. C 38. D 48. C 09. B 19. E 29. E 39. E 49. A 09. B 19. E 29. E 39. E 49. A 10. A 20. B 30. C 40. D 50. C 10. A 20. B 30. C 40. D 50. CSISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Geral — P-4 SISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Geral — P-4 Tipo M-2 - 06/2012 Tipo M-2 - 06/2012 G A B A R I T O G A B A R I T O 01. B 11. C 21. C 31. A 41. E 01. B 11. C 21. C 31. A 41. E 02. A 12. E 22. A 32. B 42. B 02. A 12. E 22. A 32. B 42. B 03. A 13. B 23. D 33. A 43. A 03. A 13. B 23. D 33. A 43. A 04. C 14. B 24. B 34. D 44. B 04. C 14. B 24. B 34. D 44. B 05. A 15. C 25. A 35. B 45. A 05. A 15. C 25. A 35. B 45. A 06. A 16. E 26. D 36. E 46. E 06. A 16. E 26. D 36. E 46. E 07. A 17. E 27. C 37. D 47. E 07. A 17. E 27. C 37. D 47. E 08. B 18. A 28. C 38. D 48. C 08. B 18. A 28. C 38. D 48. C 09. B 19. E 29. E 39. E 49. A 09. B 19. E 29. E 39. E 49. A 10. A 20. B 30. C 40. D 50. C 10. A 20. B 30. C 40. D 50. CSISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Geral — P-4 SISTEMA ANGLO DE ENSINO Prova Geral — P-4 Tipo M-2 - 06/2012 Tipo M-2 - 06/2012 G A B A R I T O G A B A R I T O 01. B 11. C 21. C 31. A 41. E 01. B 11. C 21. C 31. A 41. E 02. A 12. E 22. A 32. B 42. B 02. A 12. E 22. A 32. B 42. B 03. A 13. B 23. D 33. A 43. A 03. A 13. B 23. D 33. A 43. A 04. C 14. B 24. B 34. D 44. B 04. C 14. B 24. B 34. D 44. B 05. A 15. C 25. A 35. B 45. A 05. A 15. C 25. A 35. B 45. A 06. A 16. E 26. D 36. E 46. E 06. A 16. E 26. D 36. E 46. E 07. A 17. E 27. C 37. D 47. E 07. A 17. E 27. C 37. D 47. E 08. B 18. A 28. C 38. D 48. C 08. B 18. A 28. C 38. D 48. C 09. B 19. E 29. E 39. E 49. A 09. B 19. E 29. E 39. E 49. A 10. A 20. B 30. C 40. D 50. C 10. A 20. B 30. C 40. D 50. C
  2. 2. 834114012 PROVA GERAL — P-4 TIPO M-2 — 06/2012 RESOLUÇÕES E RESPOSTAS GEOGRAFIAQUESTÃO 1: Resposta BRealmente a elevada participação da agricultura familiar na lista dos produtos alimentícios consumidos pelos brasileirosmostra o seu enorme peso no abastecimento do mercado interno.As demais afirmações estão erradas, pois: I. A grande dependência que a cesta básica do brasileiro tem dos alimentos produzidos pela agricultura familiar (todos acima de 30%) não é proporcional à distribuição de terras no Brasil, pois vimos que este tipo de propriedade tem apenas 24% da área agrícola total dos estabelecimentos rurais do país. II. Os dados mostram que a alimentação do brasileiro é altamente dependente da produção agropecuária realizada nos esta- belecimentos familiares e não nos estabelecimentos não familiares.III. O índice de áreas com florestas (28%) nos estabelecimentos de agricultura familiar não é elevado e não se constitui em um obstáculo para o aumento da produtividade.QUESTÃO 2: Resposta AO agronegócio teve início nos países desenvolvidos do mundo temperado, em especial nos Estados Unidos, sendo marcadopela gestão moderna da produção por empresários rurais (fazendeiros) e urbanos (industrial e financeiro) e pelo uso intensivode tecnologia. Portanto, isso elimina aspectos como: predomínio do trabalho familiar; pequenas propriedades; direcionamen-to ao mercado interno; assentamentos rurais; e baixo nível de mecanização, apontadas nas demais alternativas.QUESTÃO 3: Resposta AÉ verdade que o reflorestamento com espécies nativas soluciona parcialmente o problema da erosão, já que outros proce-dimentos são necessários para acabar definitivamente com esse problema; e que a intensificação da erosão pode ser tãogrande a ponto de criar voçorocas que atingem a periferia de algumas cidades, causando, portanto, problemas urbanos.Está errado o que se afirma em III, já que não é o porte da vegetação que determina a proporção da erosão, mas sim o des-matamento e/ou o uso inadequado desses espaços; e em IV, pois a técnica de plantio em curvas de nível reduz e não aceleraa perda de camadas do solo nas encostas.QUESTÃO 4: Resposta CA expansão da lavoura de cana-de-açúcar rumo ao Centro-Oeste é uma decorrência direta do crescimento interno do mercadode carros biocombustíveis. Além disso, o Brasil tem uma exportação crescente desse produto. Para suprir a demanda de eta-nol, as Regiões Sudeste e Nordeste, que são as principais produtoras de cana, dispõem de poucas áreas novas agricultáveis,sendo terras do Centro-Oeste uma opção para a expansão canavieira.QUESTÃO 5: Resposta AA preservação do solo nas encostas com declives se dá pelo uso de curvas de nível, que acompanham as cotas altimétricasdo relevo, reduzindo a velocidade de descida das águas e, consequentemente, a erosão.QUESTÃO 6: Resposta AVários fatores contribuem para a determinação do valor da terra urbana, mas o preço dos terrenos das cidades está relacio-nado principalmente com sua localização, fator que determina a presença ou a proximidade dos serviços urbanos, tais comomeios de transporte, boa rede comercial, áreas de lazer e entretenimento, boa oferta de serviços, presença de hospitais, etc.QUESTÃO 7: Resposta AAs informações deixam claro que o tema é a conurbação, que ocorre quando duas ou mais cidades se encontram devido aoseu crescimento horizontal.QUESTÃO 8: Resposta BSem dúvida as favelas estão sendo verticalizadas por falta de espaço para aumentar a área habitada, já que muitas delas estãoem terrenos cercados de outras construções e não há espaço para a sua expansão.As demais estão erradas, pois:A) Para o poder aquisitivo dos seus habitantes, as moradias nas favelas têm um alto custo. Além disso, o crescimento das favelas não é explicado pelo custo da moradia ser baixo.C) O crescimento vertical não é a única condição necessária para que um aglomerado de construções possa ser classificado como integrante da parte “normal” da cidade. Para que a favela deixe de ter essa condição seriam necessárias muitas outras melhorias urbanas: coleta de lixo, oferta de água tratada, coleta de esgotos, oferta de energia, escolas, postos de saúde, segurança, dentre tantas outras.D) Não houve uma substancial elevação da renda dos favelados e esse fator não é o responsável pela verticalização das fave- las.E) A verticalização não é consequência da melhoria dos serviços urbanos oferecidos dentro dessas favelas, mesmo porque esses serviços ou inexistem ou são de má qualidade. –1–
  3. 3. ANGLO VESTIBULARESQUESTÃO 9: Resposta BÉ fato bastante divulgado que a maioria da população afrodescendente do Brasil tem más condições de vida.As demais estão incorretas, pois:A) Os descendentes dos grupos asiáticos citados são principalmente japoneses e coreanos, que se adaptaram bem ao país e em sua maior parte superaram as dificuldades linguísticas.C) Os grupos árabes e israelenses convivem bem no Brasil.D) Os europeus foram bem assimilados pelos que aqui estavam e disseminaram seus hábitos no país (religião católica, língua portuguesa, etc.).E) Os dois grupos imigrantes mais numerosos no Brasil foram brancos (portugueses e italianos).QUESTÃO 10: Resposta AA letra da música deixa claro pelo menos duas intenções: mostrar o branco como inventor de uma imagem desqualificada donegro e apontar a origem histórica do preconceito contra o negro.As demais alternativas estão incorretas, pois:B) o tema das cotas para os afrodescendentes não foi abordado.C) a letra não faz alusão à condição social do negro após o fim da escravidão.D) a letra não aborda a questão das políticas assistencialistas.E) a letra trata de preconceito racial e não de racismo. HISTÓRIAQUESTÃO 11: Resposta CA questão aborda um conhecido documento redigido por Bolívar no contexto das guerras de independência da América es-panhola, em que ele defende a união latino-americana. O fracasso do projeto deveu-se à oposição da Inglaterra e dos EstadosUnidos, países que apoiaram as independências por terem amplos interesses (econômicos e territoriais) na região — seusobjetivos seriam mais facilmente atingidos com a fragmentação política do continente. Além disso, houve oposição de gru-pos das elites locais (quase sempre grandes proprietários) com ambições políticas e temerosos de qualquer alteração maisprofunda na estrutura socioeconômica da região.QUESTÃO 12: Resposta EO quadro do enunciado revela toda a estrutura de poder político do Brasil monárquico, definida pela Constituição outorgadade março de 1824. O Poder Moderador, de uso privativo do imperador, era a chave de toda organização política. Dele depen-diam os outros poderes de Estado e os demais níveis da administração pública.QUESTÃO 13: Resposta BAinda que em 1822 o Brasil tenha rompido com o domínio português e conquistado sua independência política, quase nadase modificou nas áreas econômica e social.Apesar de elite nacional se dizer liberal, a escravidão continuou a ser o sustentáculo da produção agrícola. Além disso, arenovação dos Tratados de 1810, que ocorreu em 1827, manteve os privilégios alfandegários conquistados pela Inglaterra àépoca de D. João VI.QUESTÃO 14: Resposta BO Período Regencial (1831-1840) foi marcado por uma intensa disputa pelo poder envolvendo vários agrupamentos políticos,por uma grave crise econômico-financeira e pelo generalizado descontentamento social. E isso pode ser facilmente visualiza-do nas rebeliões que ocorreram nas províncias.Algumas dessas revoltas tiveram caráter republicano e separatista, ameaçando quebrar a unidade nacional. Assustadas comessa turbulência, as elites proprietárias usaram, com sucesso, a Guarda Nacional para preservar a ordem social, econômicae política.QUESTÃO 15: Resposta CO Partido Restaurador formou-se após a abdicação de D. Pedro I. Liderado pelos irmãos Andrada, defendia a volta do impe-rador ao trono e representava, na época, a direita conservadora.QUESTÃO 16: Resposta EA Guarda Nacional foi criada, em 1831, pelo Ministro da Justiça, Padre Feijó e tinha como função principal a repressão políticainterna. Tinha seus postos de comando destinados exclusivamente a pessoas de posses financeiras, sendo assim a origemdo chamado Coronelismo no Brasil.QUESTÃO 17: Resposta EAdam Smith critica a concepção metalista, típica da política econômica mercantilista. Em oposição a ela, o economista britâ-nico desenvolveu a teoria do valor-trabalho, ou seja: a riqueza seria proveniente do trabalho. –2–
  4. 4. PROVA GERAL — P-4 TIPO M-2 — 06/2012QUESTÃO 18: Resposta ANa defesa da liberdade ilimitada os anarquistas negavam todos os poderes, especialmente a sujeição a um governo e a umadivindade.QUESTÃO 19: Resposta EO conceito de “luta de classes” desenvolvido por Karl Marx parte do princípio de que esta, “motor da história”, foi agravadapelo capitalismo, sistema econômico em que ela se dá entre a burguesia e o proletariado.QUESTÃO 20: Resposta BO texto descreve as Revoluções de 1848, que, em meio à difusão de várias ideologias, como o nacionalismo, o liberalismo eo socialismo, e de questões sociais surgidas das aspirações do operariado, gerou, a partir da França, novos eventos revolu-cionários. Esses eventos se espalharam por diversos países, em uma sucessão de acontecimentos que ficou conhecida comoa Primavera dos Povos. MATEMÁTICAQUESTÃO 21: Resposta Csen(x – y)cosy + cos(x – y)seny = sen((x – y) + y) = senxQUESTÃO 22: Resposta A senx senx 2⋅ 2⋅ cosx cosx f(x) = ∴ f(x) = sen2x cos2x + sen2x 1+ cos2x cos2x senx cos2x∴ f(x) = 2 ⋅ ⋅ ∴ f(x) = 2 ⋅ senx ⋅ cosx cosx 1∴ f(x) = sen2xQUESTÃO 23: Resposta D 3πA função f: IR → IR é definida por f(x) = 2 + 2 ⋅ senx; seu conjunto imagem é [0; 4]; no intervalo π; é decrescente e o período 2de f é 2π. 11π 3πComo = 2π + , temos: 4 4 f ( ) 11π 4 = 2 + 2 ⋅ sen 11π 4 ( ) ∴ f 11π = 2 + 2 ⋅ sen 4 3π 4 ͌2 ≅ 2 + 1,41 = 3,41∴ f 4( ) 11π =2+2⋅ 2∴ 2ϽyϽ4QUESTÃO 24: Resposta B 2 1[x y] ⋅ = [8 5] 5 3[2x + 5y x + 3y] = [8 5] 1 1 x + 3y = 5 2x + 6y = 10 ∴ 23 23 – 2x + 5y = 8 2x + 5y = 8 y = 2 e x = –1Assim:x ⋅ y = 2 ⋅ (–1) = –2QUESTÃO 25: Resposta AA) Correta: propriedade distributiva.B) Incorreta. Geralmente A ⋅ C ≠ C ⋅ A.C) Incorreta. Só é verdadeira se A ⋅ B = B ⋅ A.D) Incorreta. Só é verdadeira se B ⋅ C = C ⋅ B.E) Incorreta. Exemplo: ( )( ) ( ) 2 2 2 2 ⋅ 3 –3 = 0 0 –3 3 0 0 –3–
  5. 5. ANGLO VESTIBULARESQUESTÃO 26: Resposta D 1 2 1 2 1 0A2 = A ⋅ A = ⋅ = = I2 0 –1 0 –1 0 1Assim:A11 = A10 ⋅ A = [A2]5 ⋅ A = [I2]5 ⋅ A = I2 ⋅ A = AQUESTÃO 27: Resposta Cdet(A ⋅ B) = detA ⋅ detBLogo: (x – 2) ⋅ (2 + x) = 3x 2x + x2 – 4 – 2x – 3x = 0 x=4 x2 – 3x – 4 = 0 ou x = –1A diferença entre os valores de x pode ser 4 – (–1) = 5.QUESTÃO 28: Resposta Cx+1 x 0 x x 0 1 x 0y+2 y 0 = y y 0 + 2 y 0z+3 z 2 z z 2 3 z 2 1 424 3 0 = 2y – 4xQUESTÃO 29: Resposta Edet(–2 • A) = (–2)3 • detA = –8 • 4 = –32 ↓ ordem 3QUESTÃO 30: Resposta CP(a, 3a)P ∈ r → 4 ⋅ a + 3a – 28 = 0 7a = 28 ∴ a=4Logo, P(4, 12).Portanto, 4 + 12 = 16.QUESTÃO 31: Resposta AP ∈ r → P(a, a + 4) dPO = ͌10 ͌(a – 0)2 + (a + 4 – 0)2 = ͌10 a2 + (a + 4)2 = 10 a2 + a2 + 8a + 16 = 10 2a2 + 8a + 6 = 0 a = –1 a2 + 4a + 3 = 0 ou a = –3Logo, P(–1, 3) ou P(–3, 1).O produto pedido é –3.QUESTÃO 32: Resposta B 1 3A(–2, 0) 4–0 ms = =2 2B(0, 4) 0 – (–2)r // s → mr = 2 23P(2, 1) y – 1 = 2 ⋅ (x – 2)mr = 2 ∴ y = 2x – 3 1 –4–
  6. 6. PROVA GERAL — P-4 TIPO M-2 — 06/2012QUESTÃO 33: Resposta A x 1 y=– + 10 → m = – 3 3Logo, a perpendicular tem coeficiente angular 3, pois: ( ) 3• – 1 3 = –1Portanto, a reta é y = 3x + 10QUESTÃO 34: Resposta D y r A 7 B C 2 0 1 5 8 x——BC é horizontal.Logo, r é vertical e passa por A(5, 7).A equação de r é x = 5.QUESTÃO 35: Resposta B(r) x + y – 4 = 0 = ͌2 |0 + 2 – 4| 2d= = ͌12 + 12 ͌2 BIOLOGIAQUESTÃO 36: Resposta ENo ciclo reprodutivo de todos os vegetais — o que inclui as Briófitas (musgos) e Pteridófitas (samambaias) a meiose resultana produção de esporos.QUESTÃO 37: Resposta DNo reino Vegetal, as únicas plantas que produzem frutos são as Angiospermas. Lembrar que liquens não são vegetais.QUESTÃO 38: Resposta DNas Gimnospermas não há produção de frutos, apenas sementes (os pinhões).QUESTÃO 39: Resposta EEm todos os vegetais os esporos produzidos por meiose, ao germinar, originam a geração haploide — gametófito — do cicloreprodutivo.QUESTÃO 40: Resposta DDas estruturas citadas nas alternativas:• abacate e tomate são frutos;• batata-doce, rabanete, cenoura e mandioca são raízes tuberosas;• colmo de cana-de-açúcar é caule aéreo não tuberoso;• cebola é um bulbo;• batata comum é um caule tubérculo subterrâneo. –5–
  7. 7. ANGLO VESTIBULARESQUESTÃO 41: Resposta EO grupo dos cordados inclui animais como peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.QUESTÃO 42: Resposta BO cavalo-marinho é um peixe ósseo e assim como todos os animais do filo cordados, possuem sistema nervoso dorsal. Ofilo artrópodes inclui animais portadores de exoesqueleto quitinoso, tais como insetos, crustáceos, aracnídeos, quilópodese diplópodes.QUESTÃO 43: Resposta AAs cecílias (cobras-cegas) são anfíbios desprovidos de patas (ápodes) que, diferentemente dos répteis, apresentam a pelefina, permeável, umedecida por inúmeras glândulas mucosas e adaptada para a respiração cutânea.QUESTÃO 44: Resposta BOs quelicerados não possuem antenas. Os artrópodes apresentam circulação aberta. Lagostas e camarões possuem o corposubdividido em cefalotórax e abdome e excretam através de glândulas verdes situadas no cefalotórax.QUESTÃO 45: Resposta AAs águas-vivas são cnidários dotados de células urticantes, os cnidócitos. Essas células liberam toxinas que podem desenca-dear sensações de queimadura e reações alérgicas em seres humanos. MODELO ENEMQUESTÃO 46: Resposta EDe acordo com o texto, a má higienização bucal e restos de alimentos, como açúcares, favorecem a proliferação de bactériasque provocam a cárie dental.QUESTÃO 47: Resposta EO ponto A vai percorrer 1 volta até a linha de origem, isto é, 2 • π • 8 = 16π metros.O ponto B, para dar uma volta percorrerá 2 • π • 10 = 20π metros.Assim, o ponto B deverá percorrer 4π metros a menos que 20π metros.Logo: 20π ––––––– 360º 4π ––––––– α ∴ α = 72ºQUESTÃO 48: Resposta CDa figura concluimos que o diâmetro da circunferência é: d = 140 – 40 = 120 – 20 = 100 mLogo, o raio é 50 mcomprimento: c = 2 • π • 50com π = 3: c = 2 • 3 • 50 = 300 mQUESTÃO 49: Resposta AO processo histórico que culminou no “7 de setembro de 1822”, data em que se completou a separação entre Brasil e Por-tugal, foi liderado por setores das elites aristocráticas identificadas com os grandes proprietários, apoiadas pelo príncipeportuguês D. Pedro de Bragança.A Independência, assim realizada, assumiu o aspecto de uma transição conservadora porque manteve inalterada a estruturade produção colonial, baseada no latifúndio escravocrata, e também porque não rompeu a dependência econômica em rela-ção à Grã-Bretanha.QUESTÃO 50: Resposta C 1Sabemos que as florestas absorvem do CO2 (gás carbônico) emitido pelo uso de combustíveis fósseis no mundo. Por outro 3lado, estudos mostram que o desflorestamento aumenta a emissão de gás carbônico.As demais estão erradas, pois o desflorestamento:A) reduz a precipitação.B) reduz a população de insetos polinizadores de plantas.D) até pode contribuir para surgimento de áreas desérticas, mas isso não se deve ao aumento da transpiração plantas, já que elas foram eliminadas.E) reduz a possibilidade de sobrevivência dos povos da floresta. –6–

×