Social commerce - velho conceito, novos preceitos

  • 1,074 views
Uploaded on

Palestra sobre Social Commerce que aborda novas formas deste velho conceito.

Palestra sobre Social Commerce que aborda novas formas deste velho conceito.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,074
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
50
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Velhos conceitos, novos preceitos.
  • 2. Associado@Deivid_LimaConsultor de Negócios empresa MagowebEspecializado em gerencia de e-commerce e Colunistamarketing digital pela Innovation Digital BusinessSchoolPós-Graduado em Tecnologias Web para Negócios IdealizadoFormação em Gestão em Marketing de Varejo
  • 3. Quando surgiu oSocial Commerce?
  • 4. Social Commerce: um velho conceito Social Commerce surgiu no ano de 1896 EmpresaQuem já ouviu falar na ?  Em 1876 cria a ação de vendas por catalogo;  A venda por catálogo é baseada na venda de informações sobre produto;
  • 5. Social Commerce: um velho conceito Ciclo de venda Consultores Recebimento Envio do fazem a Catálogos do produto Catálogo entrega Consultores produto Avon envia Consultores Cliente o produto Pedido escolhia e Apresentadepachado ligava aos os produtos consultores à amigos Compra / Pedido Pedido feito processado pelo consulto
  • 6. Social Commerce: um velho conceito Qual a grande sacada da em relação a ? Pessoas e envolvidas no processo de venda!
  • 7. Social Commerce: um velho conceitoO que diferencia o método usado pela Avon, de um site dee-Commerce? Somente a tecnologia. O conceito NÃO mudou! As redes sociais online sem dúvida potencializaram e encurtaram as distâncias entre as pessoas, no entanto, ainda funcionam da mesma forma, na medida em que pessoas influenciam pessoas.
  • 8. Social Commerce: Novos preceitos
  • 9. Social Commerce: novos preceitosSocial Commerce ou S-commercer como também é conhecido, no conceito online, é a união entre... ...Loja virtual + Ferramenta de Interação (blog, fóruns, redes sociais, etc.).
  • 10. Social Commerce: novos preceitos Segundo Daniel Ribas, o conceito de vendas colaborativas esociais não depende apenas das redes de relacionamento. É tudo que envolve um ambiente social, que pode converter em vendas, como os comentários dos e-consumidores e os vídeos inseridos nos sites multimídias.
  • 11. O Social tem impactado POSITIVAMENTEo e-Commerce 92%Confiam em anúncios 14% De seus amigos e dos amigos deles confiam em sua recomendação. 78% Confiam nas opiniões postadas na web
  • 12. Pesquisa feita pela Performics e conduzida pela ROI Research, entre 27/9/2011 à 4/10/2011. Usuários de redes sociais confiam mais nas informações de outros consumidores 62% confiam nas análises de clientes/usuários. 50% 62% 63% afirmam que as classificações publicadas por consumidores são a principal origem de informações sobre produtos. 63% 50% Confiam nas informações contidas em sites de empresas
  • 13. Pesquisa feita pela Performics e conduzida pela ROI Research, entre 27/9/2011 à 4/10/2011. 41% - Redes sociais são parte representativa do ciclo de compras. 41% 15% - Utilizam redes sociais para 57% saber a respeito de novos produtos. 15% 59% - compartilham com muita frequência suas experiências em 59% redes sociais após adquirir algum bem de consumo. 57% - Compartilham suas experiências de compra em lojas virtuais.
  • 14. A colaboração dousuário é o grandemotor que move a internet.
  • 15. Primeiros Passos:Tornando o e-Commerce Social
  • 16. Primeiros Passos:Tornando o e-Commerce Social
  • 17. Primeiros Passos:Tornando o e-Commerce Social
  • 18. Modelos de Social Commerce
  • 19. Modelos de Social CommerceF-Commerce ou Facebook Commerce
  • 20. Modelos de Social Commerce F-commerce ou Facebook Commerce • Pesquisas apresentou que, Facebook Commerce ou 89% das agências de F-commerce como também é marketing nos Estados conhecido, é uma das Unidos planejam incluir otendências mais promissoras Facebook em suas para o comércio online. campanhas nesse final de ano.“Nada mais é” que a utilização do Facebook como uma loja virtual. São mais de 1 milhão de sites que fazem uso de alguma maneira do modelo de F-commerce. Fonte: Revista e-commerce Brasil Pesquisa feita pela TechCrunch,
  • 21. F-commerce Pode-se trabalhar com o F-commerce de duas formas:1) Criar páginas de produtos 2) Criar literalmente um comércio e/ou serviços que direcionem eletrônico dentro da próprio para a loja virtual onde a Facebook onde toda a transação será transação realizada em si. finalizada/concluída;
  • 22. F-commercePáginas de produtos e/ou serviços que direcionem para a loja virtual
  • 23. F-commerceF-commerce no sentido literal
  • 24. F-commerce Algumas Vantagem da Loja Literalmente Dentro do FacebookNão há quebras no processo de compras nessa modalidade. Possibilidade de compartilhamento de sua compra com os seus amigos Possibilidades de marketing viral
  • 25. A corrida pelo ouro se dá pelos seguintes fatores... São mais de 773,67 milhões de usuário no mundo 30,453.260 milhões de brasileiros conectados Nos últimos 6 meses a versão em português cresceu 130% Se fosse um país, o Facebook seria o 3º maior Usuários acessam 14 minutos por dia dentro da rede socialMédia de 130 amigos cada um para compartilhar suas experiências mais recentes de compras 68% dos fãs visitam as páginas dos lojistas para manter-se atualizado sobre vendas e promoções Fonte: Socialbakers, Blog do e-Commerce e Revista e-Commerce Brasil
  • 26. A corrida pelo ouro se dá pelos seguintes fatores... Fãs estão 41% mais propensos a recomendar um produto Para algumas empresas 20% das vendas são através de sua loja no Facebook Valores de carrinho são 7-10% superiores através do Facebook O número de transações em lojas do Facebook está crescendo 10% ao mês 40% das pessoas usam sites de redes sociais ao fazer compras onlineAté 2015 estima-se que sejam movimentados US$ 15 bilhões emalguma plataforma que utilize Social Commerce. Fonte: Socialbakers, Blog do e-Commerce e Revista e-Commerce Brasil
  • 27. Social Commerce NÃO é......unicamente e estritamente,
  • 28. Social Commerce é a venda de forma social.Não basta ter uma loja virtual noFacebook, é preciso engajar as pessoas. Isso é venda social.
  • 29. Social Commerce é a venda de forma social. O objetivo do social no e-Commerce é criar engajamento de forma que outras pessoas sejaminfluenciada por sua decisão/posição/opinião e não pela marcar ou empresa em si.
  • 30. Case Ticketmaster“Fulano comprou o ingresso nas cadeiras 2A e 2B. Quer comprar perto dele?” http://www.youtube.com/watch?v=Rq1FSglST8E
  • 31. Case Levishttp://www.youtube.com/watch?v=T7VZVa2bqbI
  • 32. Outros modelos de S-Commerce
  • 33. Modelos de Social CommerceCompra Coletiva Clubes de desconto Comunidades Comparadores de preço e Social Cashback Social Shopping recomendações
  • 34. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendações Faturamento de R$ 170 milhões em 2010Modelo de negócio que surgiu em2008 nos EUA. Deve faturar R$ 200 milhão neste ano. Em dezembro do ano passado, o BrasilCompras Coletivas estão no topo dos tinha 405 sites desse tipo ativos, hoje sãomodelos de Social Commerce. 1100Estourado há pouco no Brasil e Até metade do 3ª trimestre, uma médiaabrangem milhões de pessoas, isto (mês) de 14.155 usuários navegandofaz deste modelo um dos mais Publico composto por 54,8% homens epopulares. 42,5% mulheres Fonte: Camara-e.net e IBOPE Media
  • 35. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendações“Progressive Cashback” A novidade e grande diferencial deste modelo de Social Commerce é aQuanto mais pessoas comprarem capacidade de interação comna mesma loja ou o mesmo usuário, atrelada ao sistema deproduto, maior é este reembolso. recompensa.O consumidor ganharia uma“recompensa” ao incentivar sua Quanto mais engajado forrede de contatos a adquirir na o consumidor maior será omesma loja ou o mesmo bem. seu Cashback.
  • 36. Modelos de Social CommerceCompra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendações
  • 37. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendações Encontrar amigos; Três grandes vantagens: Discutir sobre um produto ou loja;  Capacidade de interação, Recomendar e avaliar produtos.  Desconto pós-compra  CashBack – devolução do dinheiro.
  • 38. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendaçõesAmbiente onde usuárioscompartilham suas opiniõessobre determinado produto ouuma loja.As opiniões compartilhadasajudam a outros na tomada dedecisão de compra.
  • 39. Modelos de Social CommerceCompra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendações
  • 40. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendaçõesAssim como sites de “ComprasColetivas” também são bempopulares no BrasilSomente membroscadastrados tem acesso aspromoções.
  • 41. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendaçõesO social não é explicito nosbuscadores, mas possuemcapacidade de recomendaçãoprovenientes do eBit.O usuário pode buscar a melhoroferta e saber qual loja possui melhorreputação.O preço não é o único fatorimpactante.
  • 42. Em qual dessas você compraria?
  • 43. Modelos de Social Commerce Compra Coletiva Social Cashback Comunidades Comparadores de preço e Clubes de desconto Social Shopping recomendaçõesO Social Shopping utiliza o poderdo boca-a-boca.“Este modelo de Social Commerce Criar listas de compras eajuda a compartilhar opiniões, ofertas compartilhar;e descontos.” Fazer ou receber avaliações e saber se o que você pretende comprar vale aTem a capacidade de reunir pena;pessoas, prover opiniões eencontrar as melhores ofertas. Faça ou receba recomendações;
  • 44. 2 grandes tendências de Social Commerce Conceito implantado pela Avon em 1896 Lançando mão do Facebook. Site de compra coletiva próprios o que fideliza ainda mais o usuário a marca http://www.youtube.com/watch?v=T7VZVa2bqbI
  • 45. Algumas Vantagens do Social Commerce Compra Maior mais Troca de exposição assertiva Possibilidade experiências da Marca de marketing viral Soluções Economia Aumento baseadas em de tempo nas vendas interesses comuns Troca de experiências E-Consumidor como Fidelização influenciador
  • 46. Contato Deivid Silva Fone: (82) 8830-2307 Email: deivid.mg@magoweb.com Twitter: @Deivid_Lima
  • 47. Referências• Blog do e-Commerce http://www.blogdoecommerce.com.br/o-que-e-social-commerce/• Blog do e-Commerce http://www.blogdoecommerce.com.br/coloque-sua-loja-virtual-no-facebook/• Blog do Conrado Adolfo http://www.conrado.com.br/uma-das-maiores-redes-sociais-do-mundo-e-nao-e-o-facebook/• Câmara-e.net http://www.camara-e.net/2011/10/31/febre-dos-portais-de-desconto-ja-e-bilionaria/• Câmara-e.net http://www.camara-e.net/2011/10/20/a-era-do-social-commerce/• E-Commerce Brasil http://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/o-que-vem-por-ai-no-e-commerce/#comment-2869• e-Commerce Brasil http://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/consumidores-sao-mais-influenciados-por-comentarios-positivos- que-negativos/• e-Commerce Brasil http://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/comercio-eletronico-e-dinheiro-de-volta-na-conta-do-consumidor- como-funciona• e-Commerce Brasil http://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/diversas-faces-compoem-o-social-commerce/• Economia IG http://economia.ig.com.br/empresas/comercioservicos/brasil+sera+segundo+mercado+com+maior+receita+do+groupon/n123780954 4017.html• e-CommerceOrg http://www.e-commerce.org.br/stats.php• Imasters http://imasters.com.br/artigo/15702/e-commerce/comercio-eletronico--redes-sociais--comercio-social• Innovation https://www.facebook.com/notes/internet-innovation/f-commerce-lojas-no-facebook-s%C3%A3o-a-nova- tend%C3%AAncia-no-com%C3%A9rcio-eletr%C3%B4nico/307228999290319• Mediatísmo http://www.midiatismo.com.br/o-marketing-digital/e-commerce/modelos-de-social-commerce• To Be Guarany http://tobeguarany.com/internet_no_brasil.php• Blur-Consultin http://blur-consulting.com/blog/case-study-ticketmaster-uses-facebook-to-allow-customers-to-tag-themselves-in-seats- and-see-where-their-friends-are-sitting/