O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas

on

  • 528 views

Slide para os alunos das turmas 11C, 11D, 11E e 11F

Slide para os alunos das turmas 11C, 11D, 11E e 11F

Statistics

Views

Total Views
528
Views on SlideShare
413
Embed Views
115

Actions

Likes
0
Downloads
29
Comments
0

5 Embeds 115

http://www.alicebarros.blogspot.com.br 68
http://alicebarros.blogspot.com.br 38
http://www.alicebarros.blogspot.com.br. 7
http://alicebarros.blogspot.com 1
http://alicebarros.blogspot.in 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas Presentation Transcript

  • AGRICULTURA MUNDIAL
  • ORIGEM DA AGRICULTURA  Originou-se há cerca de 12 mil anos (Período Neolítico)  Povos caçadores - coletores notaram que determinados grãos ao serem enterrados, poderiam produzir plantas iguais às que os originaram.  O surgimento da agricultura possibilitou: • A produção de excedentes; • Condicionou a seleção de sementes;
  • A IMPORTÂNCIA DA AGRICULTURA  No meio rural é a atividade mais representativa para a sobrevivência; sua principal função é fornecer alimentos para a humanidade;  É importante fonte de matérias – primas;  Ampla participação no comércio mundial;
  • OBS: INTENSIVA X EXTENSIVA Agricultura intensiva: tipo de agricultura que utiliza técnicas modernas, mais produtividade - grandes empresas podendo acarretar impactos ambientais Agricultura extensiva: tipo de agricultura realizada em grandes áreas, empregando pouco capital e técnicas agrícolas tradicionais e por isso apresenta baixa produtividade.
  • OS  SISTEMAS AGRÍCOLAS  Correspondem às diferentes formas de se utilizar o solo para cultivos agrícolas.  Os principais sistemas agrícolas são: • Itinerante • Jardinagem • Plantation • Belts • Rotação de Culturas • Hidroponia
  • AGRICULTURA ITINERANTE  Sistema arcaico e típico de sociedades primitivas, onde prevaleceram a apropriação comunitária dos meios de produção e a inexistência de classes sociais. Atualmente ocorre, sobretudo, na América Latina e na África.  Consiste basicamente em se atear fogo na mata para, em seguida, proceder a destoca e semeadura da terra.  O não emprego de adubos e de outros recursos técnicos mais aprimorados, bem como a ação das chuvas, acarretam o esgotamento precoce do solo e seu consequente abandono, em favor de outra área, onde todo o processo se repete.  Agricultura de subsistência
  •  AGRICULTURA DE JARDINAGEM  Sistema considerado intensivo por trabalhos ou por mão de obra, também conhecido por rizicultura inundada.  Sistema encontrado principalmente no sul e sudeste na Ásia.  Agricultura tradicional, embora com técnicas mais ou menos aprimoradas (irrigação e adubação), cuidados bastante especiais em relação aos vegetais e ao solo, e boa produtividade por hectare.  Características: Propriedade muito pequenas e mão de obra abundante, predomínio de técnicas de terraceamento, adubação e irrigação, utilização intensiva do solo, dentre outras.
  • AGRICULTURA DE PLANTATION  Agricultura introduzida pelos europeus nas suas colônias tropicais a partir do século XVI.  Características: Utilização de monocultura agroindustrial voltada para o mercado externo; emprego de grandes propriedades (latifúndios) e de numerosa mão de obra (escrava ou nativa) para garantir a produção em larga escala, aplicação de grandes capitais na produção de gêneros agrícolas tropicais para abastecer as metrópoles, etc  Consequências: Esgotamento dos solos; revoltas sociais; excessiva concentração de terras (latifúndios); dentre outras.
  • OS BELTS  Caracteriza-se pelo uso de sementes selecionadas, pequena mão de obra, uso intensivo de máquinas, tecnicas modernas e caráter empresarial.  A agricultura dos EUA, a mais desenvolvida do mundo, organiza sua produção em grandes faixas ou cinturões agrícolas (belts), especializados no cultivo de determinados produtos.  Outras características: Mão de obra familiar, grandes propriedades, agricultura altamente mecanizada, agricultura intensiva com grande produtividade por hectare.
  • ROTAÇÃO DE CULTURAS  O solo é cultivado intensivamente, já que o emprego correto e maciço de adubos químicos impede seu esgotamento, tornando desnecessário o repouso prolongado do solo.  A rotação de culturas e a associação agropecuária são características mercantes além do pousio (repouso da terra) para a rotação de terras.  A mecanização não é excessiva, porém utilizada.  Produtividade e rentabilidade elevadas.
  • HIDROPONIA  É um sistema de cultivo, dentro de estufas, sem uso do solo. Os nutrientes que a planta precisa para desenvolvimento e produção são fornecidos somente por água enriquecida com os elementos necessários, dissolvidos na forma de sais.
  • A PRODUÇÃO DA AGROPECUÁRIA  Agricultura: Conjunto de atividades empregadas pelo homem para conseguir, do solo, produtos vegetais que atendam às suas necessidades econômicas. Pode-se afirmar que a mais antiga atividade econômica do mundo inclui o cultivo da terra como base.  Os objetivos da agricultura são definidos conforme o destino que é dado à produção.  Agricultura de subsistência: A produção destina-se, principalmente, a atender às necessidades de consumo do produtor rural e sua família.
  •  Agricultura comercial: A produção é determinada em função do abastecimento do mercado consumidor, ou seja, interno e/ou externo e caracteriza a agricultura nos países capitalista mais desenvolvidos.  Agricultura especulativa: Ocorre quando a produção é organizada para atender à demanda do mercado externo, não visando o mercado local. Plantation é um tipo de agricultura especulativa.
  •  Agricultura socialista: A produção organizada segundo as necessidades sociais do país onde é implementada, buscando atender ao mercado interno.
  • A BIOTECNOLOGIA  Objetivo: Otimizar a produção agrícola e a reduzir custos. As multinacionais de biotecnologias, desde os anos 80, investem fortemente no desenvolvimento de plantas transgênicas, especialmente a soja, o trigo, o milho e o algodão. Apresentam a estrutura geneticamente modificada para resistência às pragas, às intempéries e o aumento do poder nutritiv  Observa-se uma redução com o uso de de pesticidas e herbicidas, além da produtividade maior. Dos quase 40 milhões de hectares de lavoura com transgênicos, mais de 90% concentram-se nos EUA, Argentina, Canadá e Alemanha.  Vantagens: Batatas maiores e com polpas mais densas, tomate de amadurecimento mais lento, bananas de maior tamanho e adaptadas ao clima mais frio, entre outras.
  • OBS: REVOLUÇÃO VERDE  A “Revolução Verde”, concebida nos EUA, objetivava combater a fome e a miséria dos países mais pobres, por meio da introdução de técnicas mais apropriadas de cultivo, mecanização, uso de fertilizantes, defensivos agrícolas e sementes selecionadas. Porém, dessa forma aumentou a dependência dos países mais pobres em relação aos países mais ricos.
  • PECUÁRIA MUNDIAL  Pecuária extensiva  A pecuária extensiva é realizada em imensas explorações de milhares de hectares e com dezenas de milhares de cabeças de gado. Não há utilização de fertilizantes para regenerar o solo, o que faz com que os rendimentos sejam muito baixos. Apesar disso, constitui a maior reserva de carne do mundo.  Abarca extensas zonas do oeste dos Estados Unidos, o norte do México, a área mais seca dos pampas argentinos, diversas regiões do Brasil e os espaços mais secos da Austrália e da República da África do Sul.  É uma pecuária de ovelhas e gado bovino dedicada basicamente à produção de carne, lã e couro. O leite não pode ser aproveitado, por falta de uma rede de transporte adequada para sua distribuição.  As crias e parte do rebanho são vendidas no início da estação seca, quando os pastos começam a se tornar escassos.
  • X Extensiva Intensiva
  •  Pecuária intensiva  A diferença fundamental com o sistema extensivo é que o período de déficit dos pastos é compensado pela produção de forragens, o que permite completar a alimentação do gado nos períodos de frio mais intenso. A pecuária intensiva localiza-se na zona de clima temperado oceânico do oeste da Europa (Alemanha, Países Baixos, Dinamarca, Escandinávia, Reino Unido e França), na Nova Zelândia, no nordeste dos Estados Unidos e no sudeste do Canadá.  As precipitações, regulares e pouco intensas, e a suavidade do clima permitem a existência de pradarias permanentes onde o gado pode pastar ao ar livre em grande parte do ano.  Essas condições naturais são especialmente adequadas para o desenvolvimento do gado bovino leiteiro.  Com esse tipo de pecuária são obtidos altos rendimentos, devido à utilização de técnicas mais modernas de criação e seleção do gado.